Com as dimensões de um SUV e com uma construção muito inteligente, ele é compatível tanto ao uso dentro da cidade, e preparado também para pequenas e grandes viagens além de ser preparado para aventuras na selva urbana e muito além.

O novo modelo do T-Cross já está sendo preparado para o seu lançamento. Com as dimensões de um SUV e com uma construção muito inteligente, ele é compatível tanto ao uso dentro da cidade, e preparado também para pequenas e grandes viagens além de ser preparado para aventuras na selva urbana e muito além. A sua estreia mundial acontecerá ainda no segundo semestre do ano de 2018. Enquanto isso, a montadora da Volkswagen pode revelar alguns detalhes deste novo SUV, que está praticamente pronto para a sua produção em série. Com o novo modelo, a montadora da Volkswagen irá poder se expandir ainda mais na gama do Sport Utility Vehicles mais conhecido como SUV.

Os modelos T-Cross, o Tiguan Allspace e o Touareg estes são os formatos no modelo SUV que a marca possui no Brasil, até o momento. O T-Cross que possui um design totalmente carismático, sempre com uma tração dianteira, e um conceito funcional e todas as suas configurações personalizáveis. O modelo T-Cross oferece ainda mais, sem precisar por hora ser o modelo mais caro da montadora.

Ele é muito “Prático, um tanto quanto descolado, além de ser muito intuitivo e bem seguro”. Essas são suas quatro principais marcas do T-Cross: “Prático” por ser muito mais espaço e possuir muita flexibilidade; “Descolado” por possuir um design muito marcante e uma linda personalização; “Intuitivo” por ser totalmente digital e conectado; além de ser “Seguro” sendo hoje um dos automóveis altamente seguros em seu segmento.

O novo modelo SUV da marca Volkswagen, que também será produzido na sua fábrica da cidade de São José dos Pinhais no estado do Paraná, ele mede aproximadamente 4.192 mm em seu comprimento e 1.568 mm na sua altura ele é 10 mm ainda mais alto que o modelo do T-Cross versão europeia. A sua distância entre os seus eixos do modelo produzido no Brasil será maior do seu segmento: com 2.649 mm medindo 86 mm a mais de que a distância do T-Cross produzido na Europa. Sendo assim, o novo modelo do T-Cross é muito maior que o Novo Polo.

O seu motor é o 1.0 TSI e Total Flex atinge a potência de 128 cv e 94 kW estando abastecido com etanol. Já o seu motor 1.4 TSI e Total Flex gera a potência de 150 cv e 110 kW, também abastecido de etanol.

O novo SUV pode oferecer um espaço muito surpreendente. E um dos elementos que são responsáveis por isso é sua Estratégia Modular a MQB. Esta base que é muito inovadora puxa o seu eixo dianteiro para frente, podendo garantir certa distância entre os seus eixos, produzindo assim um maior espaço interno e no volume de carga. Fazendo assim, que a capacidade de seu porta-malas chegue em 390 litros. O seu encosto dobrável no banco de passageiro da frente oferece muito mais flexibilidade. Essa característica bem típica do modelo SUV a sua posição bem elevada nos assentos do T-Cross. O seu ângulo de visão é elevado no T-Cross e é obtido graças a sua maior altura livre entre o solo e o seu sistema de bancos.

Com certeza é um ótimo modelo de SUV, se está pensando em comprar um carro desse modelo valerá muito a pena conhecer a fundo e fazer um teste drive pessoalmente desse modelo.

Não deixe de ficar atento a todas as novidades, e quando sair sobre seu valor. Pois esse será um carro com a mecânica e qualidade garantida pela Volkswagen, porém com a tecnologia e conforto de um carro importado com toda certeza.

Tenho certeza que quem adquirir um exemplar desse novo T-Cross não se arrependerá jamais.

Por Ricardo Ferreira Rodrigues

Volkswagen T-Cross 2019

Volkswagen T-Cross 2019


Confira aqui mais detalhes sobre o Novo Volkswagen Passat 2018.

A Volkswagen apostou alto no novo Passat 2018, transformando o modelo em um dos mais requintados da marca por aqui. A nova versão não é só mais bonita, também é muito mais tecnológica, contando com uma central multimídia com tecnologia de ponta e o que é melhor, todos os equipamentos que estavam em seu antecessor, continuam no novo modelo. Outra boa notícia é em relação ao preço, que está mais barato, sendo que antes custava R$ 178 mil, caindo para R$ 164 mil.

Mas com tantos modelos chegando mais caros ao mercado, é de se estranhar que a Volkswagen tenha conseguido este feito para o novo Passat. Porém, tudo isso é resultado de um grande empenho da empresa, que montou um complexo esquema para conseguir reduzir em cada detalhe e o resultado final realmente foi surpreendente. Essa atitude da VW deixa claro que a empresa quer garantir boas vendas, mas sem revelar os números que espera alcançar. Gustavo Schmidt, vice-presidente de marketing e vendas da empresa no mercado nacional, disse que a meta é superar as vendas do ano passado e tentar chegar ao dobro do que foi comercializado. Se no ano passado foram 545 unidades comercializadas, então a meta para este ano poderá ser 1.090 carros a serem vendidos.

Mas a Volkswagen no Brasil não quer aumentar as vendas apenas do Passat, a intenção da empresa é reduzir o número de modelos oferecidos, mas atingindo vendas maiores. Em 2017 eram oferecidas 141 combinações para o consumidor escolher para os modelos premium, mas agora este número caiu para 34 combinações e são apenas 4 modelos, sendo eles: o Passat, Touareg, Tiguan e também o Jetta.

O consumidor acabou tendo vantagem nesta nova linha do Passat, que praticamente não traz novidades, porém, continua luxuoso e custando bem menos. Só da VW não ter reduzido em nada o Passat 2018, já pode ser considerado um ganho, pois assim como na versão anterior, ele é elegante, garante ótimo desempenho com seu motor 2.0 TSI gasolina, com 220 cv. O câmbio robotizado com dupla embreagem é de 6 marchas e através de comandos no volante, permite a troca manual.

E engana-se quem pensa que o Passat é apenas potente e luxuoso, ele também consegue oferecer conforto tanto ao motorista como também aos passageiros, pois a VW conseguiu distribuir muito bem o espaço e os 2,79 m de entre-eixos possibilitaram maior comodidade para os ocupantes. Mesmo quem vai no banco traseiro, ainda que seja em longas viagens, se sente descansado durante todo o percurso, nos confortáveis bancos de couro e ainda tem ar-condicionado automático com 3 zonas, para deixar o interior com a temperatura ideal.

Entre os itens de série está a facilidade de abrir o porta-malas, que é através de gesto com o pé, além da chave presencial. Apenas um opcional é comercializado para o novo Passat 2018, que é o teto solar elétrico, mesmo assim está disponível apenas para a versão Highline.

Apesar de não oferecer novidades ao consumidor, a central multimídia está mais moderna e pode até ser controlada através de gestos, mas na prática não funciona tão bem e o toque na tela é quase sempre exigido. Porém, ao aproximar a mão da tela, é exibido um menu e isto ajuda muito, mas vale lembrar que esta opção também já estava presente na versão anterior.

O Passat vai bater de frente com o Ford Fusion e o BMW Série 3, na disputa pelo mercado de sedãs premium, mas a empresa garante que a meta não é ser a líder entre os concorrentes, porém, se conseguir este feito, é uma conquista importante, sem dúvida alguma.

Luxuoso, confortável, potente, acabamento interno de ótima qualidade e muita tecnologia, o Passat 2018 conseguiu manter o nível, com um preço menor e isto será um diferencial enorme no concorrido mercado.

Por Russel


Conheça aqui todos os detalhes sobre o Novo Golf Variant 2018.

Quem está em busca de um veículo que agrega todas as melhores características, como conforto, segurança e espaço interno, precisa saber que a Volkswagen apostou pesado em seu novo Golf Variant 2018. Chegando às concessionárias brasileiras, a fabricante aprimorou o interior, se beneficiando de uma plataforma MQB.

Considerado um dos maiores ícones da montadora, ele acabou ficando ainda maior. E o melhor de tudo é que o modelo traz um equilíbrio perfeito entre o seu design esportivo, tecnologia e todos os demais atributos buscados na hora da avaliação de compra.

Ficou interessado e quer saber mais sobre essa novidade? Nós te damos todas as informações que você precisa saber para não perder nenhum lance. Vamos a elas.

Tecnologia de ponta

O VW Golf Variant traz a tecnologia que você busca em um carro. Munida do sistema Infotainment Discover Pro, o lançamento apresenta DVD player, rádio, tela em touchscreen de 8 polegadas, Bluetooth, comando de voz, conexão USB, entrada para um SD-Card, sistema de navegação e App-Conect.

Para personalizar ainda mais o automóvel, ainda é possível optar por faróis de xênon com luz para a condução em LED diurna. E se ainda preferir, poderá aproveitar e adicionar uma luz para a conversão dinâmica, indicador de nível de água no lavador e regulagem de altura.

Não bastasse isso, você pode selecionar o modo como quer conduzir o seu carro. As opções disponíveis são: individual, normal, Sport ou eco. Ao selecionar o perfil desejado, o carro automaticamente ajusta o motor, os sistemas auxiliares e o ar-condicionado para o alcance desejado: de equilíbrio, economia ou esportividade.

O melhor em conforto

No quesito conforto, o design e o espaço interno garantem a melhor escolha. Com bancos em revestimento de couro, seu acabamento e ergonomia irão te impressionar pela qualidade.

Além disso, para quem quer curtir o clima do local, o teto do carro é solar elétrico e panorâmico. Basta somente ativar o botão de distância para sentir a brisa de um dia ensolarado. E para a temperatura ideal, a tecnologia do Climatronic traz as duas zonas que funcionam de forma independente, podendo por programação transmitir temperaturas diferentes para o passageiro dianteiro e o motorista.

Para não dificultar a vida e para que o motorista não precise tirar as mãos do volante, o Golf Variant funciona, ainda, com todos os principais comandos nele. Sendo assim, é possível, por exemplo, operar o sistema de navegação somente com a voz, telefonar e selecionar mídias.

Espaço para levar tudo

Se você encontra problemas na hora de sair para viajar com a sua família, já que precisa deixar muita coisa para trás, esse é o seu carro. Isso porque o compartimento da bagagem do modelo Golf Variant 2018 possui um design muito prático e, ainda, um espaço generoso. São no total 605 litros de capacidade, podendo chegar a até 1.620 litros no rebatimento dos bancos traseiros.

E para a carga extra, os racks transversais e fixados no teto garantem uma aparência diferenciada e capacidade. Assim, dá para levar tudo que você precisa.

Itens de segurança

O Park Assist detecta uma vaga que tenha o tamanho suficiente do veículo e estaciona o seu carro para você. Para isso, basta que o motorista engate a marcha da ré e utilize os pedais de acelerar e frear. A direção é controlada automaticamente.

E o ACC, outro agregado, é considerado a melhor forma de controlar e manter a distância dos demais carros à sua frente, mantendo uma velocidade compatível. Com a tecnologia, é possível fazer uma varredura de toda a área e garantir uma direção mais segura. Já a câmera de ré realiza todas as manobras com muita praticidade e segurança diretamente no rádio, que é em alta definição.

Para impactos, a frenagem automática é acionada logo após um choque. Sendo assim, o sistema assume um protocolo de frenagem que evita colisões posteriores com outros veículos. Com um total de sete airbags, esses inflam no mesmo instante que é sentido o impacto.

Outros dois pontos de segurança são: detector de fadiga, que analisa comportamentos diferentes na direção do motorista, como a concentração e dispersão, avisando o momento para uma pausa; e o controle eletrônico para a estabilidade da direção nas curvas ou em caso de mudança repentina na direção, no qual o motor desacelera e os freios são acionados de forma individual para trazer de volta à trajetória o veículo.

Versões e preços

São duas as versões apresentadas para o VW Golf Variant 2018. A primeira, a Comfortline Tiptronic com motor 1.4 TSi Flex com 150 cavalos de potência, é comercializada no valor de R$ 104.216,00. Já a segunda, a Highline Tiptronic, também acompanhada com a mesma motorização, é vendida por R$ 115.889,00.

Esses motores TSi estão entre os mais premiados no mundo todo, já que oferecem o melhor desempenho e, ao mesmo tempo, muita economia. Isso porque, para aqueles que dirigem na cidade e precisam parar com freqüência devido aos engarrafamentos, além de ser um esquema cansativo, também gasta combustível extra.

Munido de sistema Start-Stop, o motor do Golf Variant desliga e religa em meio ao trânsito, resultando em menos emissão de poluentes e muito mais economia.

Em relação à transmissão, essa é automática de seis marchas.

Kellen Kunz


Confira aqui mais detalhes sobre o VW Tiguan 2018.

O mercado brasileiro recebe o VW Tiguan 2018 com preço a partir de R$ 124.900,00 e a princípio este valor pode até assustar os menos esclarecidos, mas é só analisar bem a ficha técnica do modelo para ver que ele faz por onde, para ter lugar entre os modelos mais caros. A 2ª geração do suv médio chega em 3 versões e o consumidor pode escolher o de 5 ou 7 lugares.

O Tiguan da Volkswagen chega ao Brasil sendo importado do México e por onde passa atrai os olhares de todos. A versão de entrada, a 250 TSI, tem 5 lugares e conta com motor 1.4 TSI flex de 150 cv, o que garante potência em qualquer terreno. O câmbio automatizado DSG com 6 marchas já revela a potência e tem dupla embreagem, mas a tração ficou somente nas rodas dianteiras.

Quem optar pela versão intermediária irá ficar com o Comfortlline 250 TSI, que oferece mais vantagens, mas custa bem mais, R$ 149.990,00. O espaço é para 7 lugares e a relação dos equipamentos é bem mais completa, trazendo inclusive os faróis de LED e rodas de liga leve de 18 polegadas. De 0 a 100km/h, o Tiguan vai em apenas 9,5 segundos, com velocidade máxima de 198Km/h.

Mas o modelo top é o R-Line 350 TSI e para ter essa opção é preciso desembolsar R$ 179.990,00. Essa versão também conta com 7 lugares, só que o motor é 2.0 TSI com 220 cv. O câmbio DSG é de 7 marchas e conta com tração integral, para não ficar agarrado em nenhum lugar. Essa configuração vai de 0 a 100Km/h em apenas 6,8 segundos e a velocidade máxima é de 223km/h.

Essa geração se destaca da anterior em vários itens, começando pelas dimensões que agora garante bem mais espaço. De comprimento são 4,701 metros, ou seja, 274 milímetros a mais e de largura são 30 milímetros a mais. A distância entre-eixos ficou com 2,790 m, são 185 milímetros a mais do modelo anterior. Estas medidas fazem parte tanto da versão de 5 lugares como também a de 7. Neste caso, a vantagem é que a de cinco lugares consegue oferecer 710 litros para levar as bagagens, enquanto que na de sete lugares esse tamanho cai para 286 litros, mas se rebater os bancos consegue aumentar para 686 litros. É espaço de sobra para a grande maioria dos consumidores brasileiros, dificilmente alguém conseguirá ficar sem espaço com um modelo desse, mesmo em viagens mais longas.

Tiguan de R$ 124.900,00: vem com roda de liga leve 17", freio eletrônico, ar-condicionado, monitor de pressão para cada um dos pneus, sensores de estacionamento tanto na parte de traz como na frente, sensor de chuva, 6 airbags e o teto solar panorâmico é opcional, tendo que pagar R$ 4 mil para tê-lo.

Tiguan R$ 149.990,00: o mesmo que tem na versão anterior, mas com 7 lugares, banco de couro com aquecimento na frente, tela central colorida, mesa tipo avião atrás dos bancos dianteiros e o teto solar panorâmico também é opcional.

Tiguan R$ 179.990,00: as mesmas opções do Comfortline, mas contando com faróis de LED que tem assistente dinâmico, rodas 19", volante modelo esportivo, o painel é configurável, sensores para abrir e fechar o porta-malas, chave presencial, sistema moderno para estacionamento automático e também tem o teto solar panorâmico se o consumidor aceitar pagar R$ 4 mil.

E diante de toda esta poderosa configuração, será que o Tiguan é um modelo que vale a pena? A resposta vai depender de cada um, pois há grandes concorrentes no mercado e é sempre bom conversar com alguém que já tenha um carro do modelo que se pretende comprar, para ver o que a pessoa achou, se teve algum problema, inclusive com manutenção, pois alguns compradores já reclamaram do alto valor na hora de trocar algumas peças no veículo, ainda que seja durante a manutenção preventiva, então é bom pesquisar bem antes de efetuar a compra.

Por Russel


Veja aqui mais detalhes sobre o VW Space Fox 2018.

O VW Space Fox é um carro muito completo, ele não traz apenas beleza. Esse carro possui um ótimo motor, que vai deixar seu usuário satisfeito e também muitos itens de série modernos, que vão ajudar a compor a lado moderno desse carro. Ele vem preparado para abalar a estrutura dos seus concorrentes e conquista um número alto de usuários, principalmente os mais exigentes. Veja abaixo as principais informações desse carro, tenho certeza que não irá se arrepender.

Volkswagen Space Fox é muito espaçoso

Uma das características que vai agradar a muitos consumidores que estão pesquisando sobre esse carro é que ele é bem espaçoso e por isso se torna confortável. E por isso ele se encaixa na lista de carros indicados para família. Mas qualquer pessoa pode comprar esse carro, ele vai agradar de qualquer jeito.

Carro com porta-malas bem espaçoso

Ainda falando de espaço, devo destacar o seu porta-malas, que é capaz de guardar diversos tipos de bagagens sem maiores problemas e com isso facilitam a vida dos seus usuários. A junção do espaço no assento e no porta-malas é uma boa observação para quem preza pelo espaço e conforto. Quase todos os usuários buscam por esses dois detalhes e por isso o VW Space Fox ganha muitos pontos e fica na frente de alguns dos seus maiores concorrentes. O porta-malas desse carro possui 430 litros.

Muitos itens de séries modernos e essenciais

Agora vou falar dos itens de série que são muito importantes em qualquer carro. Pois eles compõem a parte da segurança, modernidade e bem-estar de todos os ocupantes de carro. A marca pensou muito nessa parte e caprichou para impressionar todos os consumidores, até mesmo aqueles que já conhecem alguns carros da VW. Veja abaixo os principais itens de série desse carro.

– Conta-giros

– Ar-condicionado semi-automático

– Direção tipo assistida

– Alarme

– Carroceria dupla

– Compartimento no banco do motorista

– Acabamento cromado do lado lateral da carroceria

– Cobertura do porta-malas rígida

– Carroceria com cinco portas que lembra uma perua

– Luz no porta-malas

– Seis alto-falantes

– Luz de leitura traseira e dianteira

– Lâmpada de halógena

– Dois freios a discos e 2 deles são ventilados

– Espelho iluminado para o motorista e passageiro e ele vai de cortesia

– Retrovisores dobráveis

– Limpador de para-brisa com fixa intermitência

– Vidros elétricos na parte da frente de traseira que funciona com acionamento de toque

– Sensor de estacionamento dianteiro e traseiro

– Tomada12 com saída 1 volts na parte da frente

E muitos outros.

Volkswagen Space Fox tem 6 verões

Volkswagen Space Fox tem 6 versões que são perfeitas, cada uma tem sua particularidade e sua cereja no bolo. A versão de entrada custa R$68.330,00 e a versão Top de linha custa R$83.057,00. Esse valor está dentro da média esperada, já que esse carro é muito completo e moderno, principalmente a versão mais simples. Então posso concluir que ele é um ótimo custo benefício e um carro para durar longos anos se usado com os cuidados devidos.

Informações sobre o moto do carro

Esse carro traz um ótimo motor 1.6 que consegue fazer 104 cv de potência máxima. Seu câmbio é manual e possui 5 marchas. E isso vai agradar muito usuários. A potência é alta e por outro lado, esse carro possui muitos recursos de segurança e uma junção bem inteligente e que vai convencer muitas pessoas a concluírem a compra desse carro.

Consumo médio desse carro

O consumo médio desse carro é ótimo e a notícia que vai agradar a muitas pessoas é que ele pode ser abastecido com etanol e gasolina e por isso se torna um carro versátil.

Na estrada ele faz 9,4 km/l e na cidade ele faz 7,2 km/l.

Essas são as principais informações do Volkswagen Space Fox!

Escrito por Cristiane Amaral


O novo Volkswagen Polo 2018 é espaçoso e tem design luxuoso.

O Volkswagen Polo 2018 é um carro de parar o trânsito e indicado para os consumidores mais exigentes. Sua nova versão traz algumas mudanças significativas e importantes, para quem já está de olho nesse modelo. Ele possui muitas características que são bem atrativas para qualquer consumidor, entre elas estão a: modernidade, espaço, segurança e beleza. Quem adquirir esse carro não vai se arrepender, ele tem tudo para tornar a vida de qualquer pessoa mais emocionante e prática. Vamos falar um pouco mais sobre alguns detalhes desse carro.

Carro muito espaçoso e conforto

Se você é uma pessoa que gosta de um carro com muito espaço e conforto, saiba que o Volkswagen Polo 2018 é uma ótima opção de compra. Pois ele possui essas duas características. Esse modelo é considerado grande e suas medidas são: Largura 1.751 m, altura 1.468 m, peso 1.050 litros, distância entre eixos 2.568 m e tanque 52.0 litros. Podemos ver que com essas medidas o VW Polo 2018 mostra ser muito espaçoso mesmo.

Carro com porta-malas de 351 litros

Outra vantagem do VW é que ele tem o porta-malas com um bom tamanho e que vai agradar a maioria dos consumidores. Nesse espaço cabem diversos tipos de bagagens e bolsas. Pode-se dizer que esse porta-malas é compacto e ideal para quem sempre precisa guardar coisas extras nesse espaço como: Bolsas de compras, brinquedos das crianças e até mesmo aquela bagunça que sempre carregamos no dia a dia.

Conheça algumas mudanças desse carro top de linha

O Volkswagen Polo 2018 teve algumas mudanças que podem ser vistas facilmente. De cara posso afirmar que elas são bem significativas e ajudam a manter o design moderno do carro e entre essas mudanças estão:

– Algumas funções inovadoras que são: Detecção de ponto cego, faróis de LED e assistência frontal;

– Maior espaço no carro;

– O carro possui LED e ACC;

– Esse carro possui instrumentos digitais;

– Melhoria no tamanho do Porta-malas.

Veja os principais itens de série desse carro

Os itens de série desse carro são maravilhosos e animadores. Com ele o VW Polo 2018 se torna ainda mais especial e completo. Eles também são importantes na hora de decisão de compra de um carro, no caso desse modelo, esses itens vão ser bem positivos. Vamos citar abaixo os principais itens desse carro:

– Isofix;

– Limpador de para-brisas;

– Sensor de colisão para o monitoramento do motorista;

– Sistema que limita a velocidade;

– Bluetooth que tem transmissão de música e telefone;

– Luzes laterais de LED;

– Porta traseira com sistema de abertura na vertical;

– Cartão ou chave inteligente manual;

– Ar-condicionado;

– Sistema de freio para evitar colisão;

– Vidros na cor verde;

– 4 Airbags;

– Distribuição de eletrônica de frenagem EBD.

Entre outros.

Valores das versões do VW Polo 2018

O novo modelo VW Polo 2018 tem 4 versões, a versão mais simples custa R$ 49.990,00 e a versão Top de linha custa R$ 69.190,00. Por ser um carro bem completo o Volkswagen Polo 2018 tem um ótimo valor, mesmo se baseando pela linha mais Top.

Informações sobre o motor da versão de entrada do VW Polo 2018

O motor desse carro é 1.0 e consegue fazer 75 cv de potência máxima. Ele não é o melhor exemplo de potência máxima, porém, ele não deixa a desejar em relação à expectativa da maioria dos usuários. Ele possui torque máximo de 9,7 kgfm. Vale lembrar que transmissão manual e 5 marchas que também é muito positivo.

Consumo médio da versão de entrada

O consumo médio da versão de entrada mostra que esse carro é muito econômico. Veja abaixo seu consumo médio.

Na estrada

10,0 km/l com etanol e 12,9 km/l com gasolina

Na cidade

8,8 km/l com etanol e 14,3 km/l com gasolina

Essas são as principais razões para se render aos encantos do VW Polo 2018!

Por Cristiane Amaral

Volkswagen Polo 2018


Modelo é vem em duas versões principais (Comfortline e Highline) com dois tipos de motorização e acabamento, uma menos potente de 150 cavalos e outra mais potente de 211 cavalos, todas comandadas por câmbios automáticos.

O sedan médio da montadora alemã, Volkswagen Jetta, comercializado no mercado nacional, agora voltou a ser importado do México e é vendido em duas versões principais (Comfortline e Highline) com dois tipos de motorização e acabamento, uma menos potente de 150 cavalos e outra mais potente de 211 cavalos, todas comandadas por câmbios automáticos.

Apesar do estilo um tanto quanto conservador tanto externamente como internamente, o Volkswagen Jetta se destaca pelo seu espaço interior e um pacote de equipamentos mais recheado neste ano agregando um novo sistema de entretenimento com tela sensível ao toque denominado Discover Media.

Diferenciais oferecidos

A Volkswagen vem aprimorando e agregando itens importante ao Jetta, trazendo não só mais conforto como também mais sofisticação para seu motorista e passageiros, dentre estes itens destacamos:

  • Volante com comandos Multifuncionais;
  • Possibilidade do motorista comandar o sistema de telefonia somente com o uso da voz;
  • Incorporação da tecnologia de faróis de Xênon com luzes diurnas de LED no veículo;
  • Assistente de Manobras com Câmera de Ré conjugada e projetada no interior do veículo;
  • Ar Condicionado com tecnologia Climatronic permitindo duas zonas independentes dentro do veículo;
  • Sistema Kessy para abertura das portas e acionamento do motor somente com a aproximação do condutor;
  • Sistema de segurança incorporando um Detector de Fadiga, emitindo avisos visuais e sonoros para a pausa do motorista na condução.

Versões, Características e Preços

Volkswagen Jetta Comfortline

Preços iniciais de R$ 94.190,00.

Motorização e Câmbio: Motor de 1.4 litros TSI com 150 cavalos e câmbio automático de 6 velocidades com função Tiptronic agregada.

Direção e Suspensão: Direção com assistência elétrica, suspensões dianteiras Independentes e traseiras do tipo Multilink.

Pneus e Rodas: pneus 205/R16 com rodas de liga leve de 16 polegadas.

Principais Destaques desta versão:

– Veículo com um total de quatro airbags, sendo 2 frontais e 2 laterais;

– Controle automático de velocidade;

– Sistema de Áudio com 8 alto-falantes;

– Manobralidade total com sensores de estacionamento tanto frontais como traseiros;

– Sistema Antitravamento das Rodas conjugado com Controle de Estabilidade e Controle de Tração;

– Alarme acionado remotamente através de controle.

Cores disponíveis: Metálicos Azul, Cinza e Prata. Perolizados Preto e Sólidos Branco e Preto.

Principais Opcionais: Teto solar elétrico e Pacote Exclusive com rodas de 17 polegadas de liga leve, sensores de chuva, entre outros.

Jetta Highline

Preços iniciais de R$ 108.60 0,00

Motorização e Câmbio: Motor de 2.0 litros TSI com 211 cavalos e câmbio automático de 6 velocidades com função Tiptronic agregada.

Interior: Opção de Acabamento em Preto ou em Couro de tonalidade Branca ou Preta.

Direção e Suspensão: Direção com assistência elétrica, suspensões dianteiras Independentes e traseiras do tipo Multilink.

Pneus e Rodas: Pneus 225/R17 com rodas de liga leve de 17 polegadas.

Principais Destaques desta versão:

– Veículo com um total de seis airbags, sendo 2 frontais e 2 laterais e 2 de cortina;

– Iluminação do ambiente interno;

– Sensor que indica perda de pressão dos pneus;

– Ar-condicionado com sistema Dual Zone agregado a um sistema de refrigeração do porta-luvas;

– Placa do carro iluminada através de LED;

Cores disponíveis: Metálicos Azul, Cinza e Prata. Perolizados Preto e Sólidos Branco e Preto.

Principais Opcionais: Teto solar elétrico e Pacote Premium com rodas de 17 polegadas de liga leve, faróis com bi xenônio, Sistema de Entretenimento Multimídia, Sensores de chuva e Sistema de Acesso ao veiculo somente com a presença da chave, entre outros.

Dimensões e Capacidades

Comprimento de 4,6 metros, Altura de 1,47 metros e Largura de 1,77 metros.

Porta-malas com capacidade para 510 litros e Tanque com capacidade para 55 litros.

Mais detalhes no site da Volks

Confiram todos os detalhes deste sedan de sucesso da Volkswagen através de sua página específica no site da Volks: https://www.vw.com.br/pt/carros/jetta.html, inclusive com um configurador de versões e opções de financiamento.

Por C. B.

Volkswagen Jetta 2018

Volkswagen Jetta 2018


A nova Amarok 2018 ganhou um motor V6 3.0, com transmissão automática de oito velocidades e tração das 4 rodas.

A Volkswagen Amarok 2018 vem em sete versões. A versão S com Cabine Simples e motor 2.0 TDI MT 4 Motion que sairá pelo valor de R$ 116.490. A versão S com Cabine Dupla e motor 2.0 TDI MT 4 Motion que vai custar R$ 131.590. A versão SE CD com motor 2.0 TDI MT 4 Motion custará R$ 139.990, a Trendline CD de motor 2.0 TDI AT 4Motion sairá pelo valor de R$ 154.990, a Highline CD de motor 2.0 TDI AT 4Motion sairá por R$ 169.990, a versão Extreme CD com motor 2.0 TDI AT 4Motion sairá por R$ 179.990 e a versão Highline CD com motor V6 3.0 TDI AT 4Motion sairá pelo valor de R$ 184.990.

O veículo possui um design tradicional e simples. LEDs diurnos foram colocados no modelo e a versão completa vem com farol bi-xênon. O para-choque traseiro é cromado, as rodas são de liga leve com aro de 18” ou 19” e são cromadas ou na cor preta brilhante, assim como os retrovisores.

Na parte interna, o painel é funcional e simples, vem com difusores de ar e o acabamento é feito com material resistente, já o quadro de instrumentos conta com um display colorido.

A Discover Media é oferecida pela multimídia da Amarok, nela há o Google Android Auto, Apple Car Play e o MirrorLink. A versão Highline, conta ainda com GPS e câmera de ré. A caçamba do veículo é feita com um material resistente.

Novidades

A Amarok 2018 ganhou um motor V6 3.0, com transmissão automática de oito velocidades e tração das 4 rodas.

Itens do Modelo

A versão S vem com freio ABS off-road; rodas de aço com aro de 16”; transmissão automática de 6 velocidades; airbag para o passageiro; airbag para o motorista; volante com ajuste de altura; volante com ajuste de profundidade; banco dianteiro do motorista com ajuste de altura; banco dianteiro do passageiro com ajuste de altura; ar-cond.; direção hidráulica; farol e lanterna de neblina, isofix, os vidros traseiro e dianteiro são elétricos e possui acionamento manual nos retrovisores externos.

A versão SE vem com os itens citados acima + rodas de liga leve com aro de 16”; transmissão manual c/ 6 velocidades; comando remoto na chave tipo canivete, possui display central de 3,5” no painel de instrumentos, o retrovisor externo é aquecível e elétrico, a multimídia vem com Bluetooth e entradas para USB, cartão SD e auxiliar e possui 2 alto-falantes traseiros e 2 tweeters.

A versão Trendline possui os itens citados acima + retrovisores com a capa e as maçanetas na mesma cor que a carroceria, comp. de bordo, farol com lâmpada halógena, o farol de neblina possui luz de conversão estática, o Composition Media (sistema de entretenimento) vem com uma tela de 6,3” e o volante com acabamento de couro.

A Highline possui os itens já citados acima + airbag lateral e de cortina, ajuste elétrico nos bancos dianteiros, retrovisores com capas cromadas, farol bi xênon c/ luz diurna em LED, pneus com monitoramento da pressão, o retrovisor interno é eletrocrômico e os externos possuem rebatimento elétrico, além de bancos com acabamento de couro.

Já a versão Extreme vem com os itens que já foram citados + capa nos pedais com aço inoxidável, display colorido no painel de instrumento, entre outras.

Consumo

Esse modelo só poderá ser abastecido com diesel. A versão CS com motor 2.0 TDI MT faz 8,5 km por litro na cidade e 9,3 km por litro na estrada. A versão CD com motor 2.0 TDI AT faz 8,9 km por litro na cidade e 9,2 km por litro na estrada.

Segue abaixo a Ficha Técnica do modelo

Motor: 2.0 TDI/ 3.0 TDI

Tipo: Dianteiro, longitudinal, Turbo e Diesel

Número de Cilindros: 4 em linha / 6 em V

Cilindradas por Cm3: 1.968 / 2.967

Válvulas: 16 / 20

Taxa de compressão: 16: 1

Injeção eletrônica de combustível: Direta

Tipo de transmissão: Manual 6 marchas ou Automática 8 marchas / Automática 8 marchas

Tipo de Tração: 4×4

Tipo de freios: Disco Ventilado / Tambor

Tipo de direção: Hidráulica

Suspensão dianteira: Braços sobrepostos, barra estabilizadora

Suspensão traseira: Eixo rígido

Rodas: Aço 16” ou Liga leve 18” / Aço 19”

Capacidades:

Tanque: 80 Litros

Porta-Malas: 1.280 Litros ou 1.814 quando for cabine simples

Dimensões:

Comprimento: 5.254mm

Largura: 1.944mm

Altura: 1.821mm ou 1834m / 1.821mm

Distância entre-eixos: 3.097mm

Por Rosângela Rodrigues

Volkswagen Amarok 2018


Nova linha do Up! traz novo visual, novo acabamento interno e novos itens de série em todas as versões.

O modeloVW Up 2018 vem nas versões Take Up! 1.0 MPI no valor de R$ 37.990; Move Up! 1.0 MPI no valor de R$ 48.790; Move Up! 1.0 MPI I-Motion no valor de R$ 51.190; Move Up! 1.0 TSI custando R$ 53.490; High Up! 1.0 TSI por R$ 57.100 e a versão Cross Up! 1.0 TSI 2018 no valor de R$ 56.350.

Ele conta com novo visual, novo acabamento interno e novos itens de série em todas as versões citadas acima.

Em relação às unidades do novo modelo, tanto os faróis como a frente do veículo foram remodelados, além disso, a parte frontal das versões TSI possui aplique na cor preto brilhante. Ainda sobre os faróis, os de neblina vêm com a função de conversão estática, o que proporciona ao motorista melhor visibilidade em curvas acima de 40 km por hora.

As rodas são de liga leve com aros de 14” ou 15” e os retrovisores possuem repetidores de direção, são em preto brilhante e tem faixas decorativas nas laterais.

Os modelos vêm nas cores laranja habanero; prata sirius; azul lagoon; vermelho flash; branco cristal; cinza platinum e preto ninja.

Na parte interna do veículo, o visual também foi alterado. Houve mudanças no painel, fazendo com que o quadro de instrumentos se tornasse mais completo e com uma facilidade maior de leitura. O volante também traz novidades, como comandos para display, telefonia e mídia.

O sistema de áudio tem entrada USB e vem com SD, auxiliar, Bluetooth e teve também a introdução de um GPS da TomTom.

O aplicativo Maps & More presente no veículo traz econômetro, comp. de bordo e várias funcionalidades de telefonia e mídia.

Entre o acabamento central e a parte inferior do painel há uma linha de LED na cor branca, que ilumina essa divisão. O sensor crepuscular e o de chuva também estão entre as novidades.

Conforme já informado no início, todas as versões possuem novos equipamentos. Veja abaixo quais são eles:

Take Up!:

Os itens de série da versão são os pneus 175 / 70 R 14, regulagem de altura no banco do motorista, alerta sonoro para quando os faróis tiverem acesos, palhetas “aerowischer” no limpador de para-brisa, parte traseira com limpador e desembaçador, chave tipo lavador e canivete, porta-malas com iluminação, suporte para celular, relógio digital e entrada USB para carregar o celular na parte traseira do suporte para telefone.

A lista de itens opcionais dessa versão conta com pacote “take completo”, ajuste de altura na coluna de direção, ar-condicionado, acionamento elétrico nos vidros dianteiros e travamento elétrico das portas.

Move Up!:

Já os itens de série da versão Move Up são compostos por todos os equipamentos já citados na versão Take Up!, painel com iluminação ambiente na versão TSI, acabamento de couro no volante multifuncional, comp. de bordo, rodas liga leve com 14”, farol de neblina, sensor de estacionamento traseiro, luz de seta integrada nos espelhos retrovisores externos, espelho no para sol tanto do motorista como do passageiro, chave com controle remoto (tipo canivete), vidros dianteiros elétricos e travamento central elétrico, além do sistema de som “Composition”.

Entre os equipamentos opcionais estão o sist. de som “Composition Phone” disponível apenas para a versão TSI.

High Up!:

Essa versão terá todos os equipamentos já citados no Move Up!, sensor de luminosidade e de chuva, função “Coming & Leaving Home”, além disso o top de linha possui luz de conversão estática no farol de neblina.

Já nos opcionais estão itens como sist. de som “Composition Phone” e acabamento de couro sintético nos bancos.

Na cidade o consumo da versão Up de motor 1.0 MPI faz 9,6 km por litro com o uso de etanol e 14,2 km por litro com o uso de gasolina. Na estrada ele faz 10,6 km por litro com o uso de etanol e 15,3 km por litro com o uso da gasolina.

Na cidade o Up de motor 1.0 MPI I-Motion faz 9,4 km por litro usando o etanol e 14,0 km por litro usando gasolina. Já na estrada ele faz 10,6 km por litro com o uso de etanol e 15,8 km por litro com o uso de gasolina.

Na cidade o Up de motor 1.0 TSI faz 9,6 km por litro usando etanol e 14,1 km por litro usando gasolina. Com o uso do etano na estrada, o Up 1.0 TSI faz 11,1 km por litro e com gasolina ele faz 16,0 km por litro.

Veja abaixo a Ficha Técnica do modelo:

Motor

Versão 1.0 MPI- Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol e Versão 1.0 TSI – Dianteiro transversal, Turbo, Intercooler, Gasolina e Etanol.

Número de cilindros: 3 em linha

Cilindrada em cm3: 999

Válvulas: 12

Taxa de compressão: Versão 1.0 MPI – 11,5:1 e Versão 1.0 TSI – 10,5:1

Injeção eletrônica de combustível: Versão 1.0 MPI – Multiponto e Versão 1.0 TSI -Direta.

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484): Versão 1.0 MPI- Potência de75 cv a 6.250 rpm com o uso de gasolina e potência de 82 cv a 6.250 rpm com o uso de etanol.

Versão 1.0 TSI- Potência de 101 cv a 5.000 rpm com o uso de gasolina e potência de 105 cv a 5.000 rpm com o uso de etanol.

Potência Máximo Líquido (ABNT NBR 5484):Versão 1.0 MPI– 9,7 kgfm a 3.000 rpm com o uso de gasolina e 10,4 kgfm a 3.000 rpm com o uso de etanol.

Versão 1.0 TSI– 16,8 kgfm a 1.500 rpm com o uso de gasolina e 16,8 kgfm a 1.500 rpm com o uso de etanol.

Tipo de transmissão: Versão 1.0 MPI – Manual 5 marchas / Automatizado 5 marchas e Versão 1.0 TSI – Manual 5 marchas

Tipo de freios: Versão 1.0 MPI- Disco ventilado / tambor e Versão 1.0 TSI – Disco ventilado / tambor

Tipo de direção: Elétrica

Suspensão dianteira: McPherson (independente com barra estabilizadora)

Suspensão traseira: Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas: Versão 1.0 MPI – Aço com aro de 14” e Versão 1.0 TSI – Aço com aro de 14” / Liga Leve com aro de 15”.

Capacidades

Tanque: 50 Litros

Porta Malas: 285 Litros

Dimensões

Comprimento: 3.689 mm

Largura: 1.645 mm

Altura: 1.500 mm

Distância entre eixos: 2.421 mm

Por Rosângela Rodrigues

Volkswagen Up 2018

Volkswagen Up 2018

Volkswagen Up 2018


Algumas das principais características do novo modelo são a sua robustez e a maior capacidade de carga.

O ano de 2018 chega cheio de novidade no meio automotivo e a Volkswagen, é claro não poderia estar de fora deste fato.

Se você é daqueles consumidores que gostam de aventuras e deseja um carro que seja capaz de acompanhar o seu ritmo, então vai gostar do novo CrossFox 2018.

Para quem gosta de aventuras e espera um carro que responda às suas expectativas, então não vai se decepcionar. Isto é o que garante a montadora que promete uma linha que veio para dominar este tipo de segmento brasileiro.

Algumas das principais características do novo modelo são a sua robustez e a maior capacidade de carga.

Para começar, o novo design chama a atenção de qualquer consumidor. A Volkswagen resolveu adotar um estilo bem mais agressivo e o resultado foi uma versão em um estilo bem mais agressivo, mas sem perder a elegância e a sofisticação da linha.

Embora a Volkswagen ainda tente manter um certo segredo, o certo é que as imagens e as características do novo modelo já estão a ‘ rodar’ nos sites especializados sobre o assunto.

A data de um lançamento do novo Cross ainda não foi divulgada, porém, algumas características já podem ser notadas no novo modelo. Vamos a elas:

1 – Design mais arrojado;

2 – A dianteira ficou maior e a grade do motor já vem com detalhes cromados e em preto fosco brilhante;

3 – Suporte na dianteira com a presença de faróis auxiliares que desempenham a função de neblina e possibilitam um maior alcance neste tipo de condição;

4- Os faróis principais foram desenhados em um estilo mais alongado e são do tipo duplo com proteção principal no estilo de máscara negra;

5 – Na traseira, temos o aerofólio na mesma cor do veículo;

6 – Lanternas traseiras também em estilo mais escurecido;

7 – Espelhos retrovisores com efeito do tipo Chrome;

8 – Suspensão nas quatro rodas do tipo elevada.

Como dissemos, a empresa não divulgou ainda grandes detalhes sobre o veículo, o que só atiça ainda mais a curiosidades dos vários consumidores que aguardam por uma versão mais cheia de novidades.

Apesar da pouca informação, o que se pode saber é que uma das novidades da nova linha é tentar manter os seus ocupantes, a maior parte do tempo, conectados.

Dentre alguns dos vários itens já divulgados, podemos destacar a sua capacidade de conexão via Bluetooth.

Para quem quiser conhecer maiores detalhes sobre a nova linha,, basta acessar o seguinte endereço: http://proximocarro.com/crossfox-2018.

Apesar de nada de mais importante ter sido divulgado ainda, as fotos já divulgadas do novo veículo são realmente de chamar a atenção de qualquer consumidor.

Ele deverá vir de fábrica em duas versões: a álcool e a gasolina.

Na primeira versão, os testes mostraram um consumo de 7,4 km/l na cidade e de 8,1 km/l na estrada.

Já a versão a gasolina fez 10.3 km/l na cidade e 11,5 Km/l na estrada.

Outro grande mistério ainda é sobre qual o tipo de motor que vai ser adotado para o novo CrossFox.

Alguns especialistas estão apostando numa versão com um motor mais limpo, mais eficiente e que seja também mais econômico em relação ao modelo que já se encontra no mercado.

Com relação ao preço, este é outro item que permanece guardado sobre ‘sete chaves’.

Espera-se que este possa ser, com certeza, um pouco mais elevado em relação ao que é praticado atualmente no modelo atual.

Quem for se aventurar em comprar um modelo atual, deverá gastar algo em torno de R$ 65.000,00 a R$ 69.000,00. Talvez este seja o patamar semelhante que a nova linha deverá custar ao bolso dos consumidores brasileiros.

Por Emmanoel Gomes

Volkswagen CrossFox 2018


A nova linha está com um design mais moderno, equipada com direção elétrica e direção hidráulica convencional.

Quem já dirigiu um modelo da Volkswagen sabe o quanto a montadora se preocupa em desenvolver carros que ofereçam conforto, segurança e eficiência aos seus ocupantes e o Voyage é um modelo que já possui uma tradição no Brasil. Desse modo, se você é um fã desse supermodelo, conheça abaixo todas as informações sobre a linha Voyage 2018 que está um arraso.

O modelo da linha 2018 chega ao mercado brasileiro trazendo algumas novidades na sua mecânica para chegar ao mesmo nível que outros modelos e partir para briga com seus concorrentes que são o Hyundai HB20S e o Chevrolet Prisma.

Além disso, teremos um carro que apresenta um design mais moderno, equipado com direção elétrica e direção hidráulica convencional.

Por dentro os ocupantes poderão contar com mais espaço. Haverá a opção de banco traseiro bipartido.

Em termos de tecnologia temos volante multifuncional e um moderno painel.

Como a maioria dos compradores antes de fechar a compra deseja saber quais os equipamentos que o modelo oferece. Veja abaixo alguns dos itens do Novo Voyage 2018:

Características do VW Voyage 2018

  • ESS: Sistema de alerta de frenagem de emergência;
  • 2 airbags (um para passageiro e um para o motorista);
  • Apoios de cabeça traseiros (2);
  • Luzes de leitura traseiras (2);
  • Antena no teto;
  • ABS;
  • Ar- condicionado;
  • Ajuste de altura para o banco do motorista;
  • Encosto rebatível no banco traseiro;
  • Desembaçador para o vidro traseiro;
  • Direção assistida;
  • Faróis com máscara escurecida;
  • Direção hidráulica;
  • Porta-malas com iluminação;
  • Painel de instrumentos equipado com conta-giros, velocímetro e também marcador do nível de combustível;
  • Para-sol equipado com espelho para passageiro;
  • Pneus 185/65 r14;
  • Encosto do banco do passageiro com porta revistas;
  • Tomada 12 v no console central;
  • Preparação para sistema de som com fiação;
  • Travamento elétrico das portas;
  • Retrovisores com comando interno manual;
  • Vidros dianteiros elétricos;
  • Rodas de aço aro 14″ com calotas;
  • Marcador do nível de combustível e velocímetro;
  • Vidros e travas elétricas;
  • Entre outros.

E para deixar os ocupantes do novo Voyage ainda mais seguros, a Volkswagen oferece vários itens de segurança. Confira a seguir:

  • Chave canivete;
  • Direção hidráulica;
  • ABS: freios com sistema antitravamento;
  • EBD: distribuição eletrônica de frenagem;
  • Airbags;
  • Faróis de neblina;
  • Travamento elétrico das portas.
  • Espelhos retrovisores externos equipados com luzes indicadoras de direção integradas;
  • ESS” – alerta de frenagem de emergência;
  • Sistema infotainment “Composition Touch” com mirrorlink;
  • Keyless”: sistema de alarme com comando remoto;
  • Piloto automático com controle automático de velocidades;
  • Park Pilot – sensor de estacionamento traseiro;

Em relação à motorização do novo Voyage temos um motor de 1.0 com 3 cilindros e câmbio manual de cinco marchas que oferece uma potência de 75 cavalos abastecido com gasolina e 82 cavalos abastecido com álcool.

O motor de 1.6 possui 4 cilindros e sua potência é de 101 cavalos com gasolina e 104 cavalos abastecido com álcool. Pra ele existe a opção de câmbio automático de cinco marchas ou câmbio manual também de cinco marchas.

A média de consumo do motor 1.0 é de 8,7 km por litro de álcool na cidade e 12,9 km por litro de gasolina. Na estrada temos 8,5 km por litro de álcool e 15,4 km por litro de gasolina.

Por sua vez o motor 1.6 oferece uma média de consumo de 7,5 km por litro de álcool na cidade e 11,1 km por litro de gasolina. Já na estrada temos 10,5 km por litro de álcool e 15,4 km por litro de gasolina.

Confira abaixo todas as versões da linha Volkswagen Voyage 2018 e seus respectivos preços:

  • Novo Voyage 1.0 Trendline flex 2018: por R$ 43.600,00;
  • Novo Voyage 1.6 Trendline flex 2018: por R$ 46.890,00;
  • Novo Voyage 1.0 Comfortline flex 2018: por R$ 48.950,00;
  • Novo Voyage 1.6 Comfortline flex 2018: por R$ 52.350,00;
  • Novo Voyage 1.6 Comfortline I flex 2018: por R$ 55.650,00;
  • Novo Voyage 1.6 Highline flex 2018: por R$ 57.990,00;
  • Novo Voyage 1.6 Highline I flex 2018: por R$ 61.290,00.

Por Sirlene Montes

Volkswagen Voyage 2018

Volkswagen Voyage 2018


Nova linha 2018 da Saveiro traz diversas novidades, entre elas está a nova versão Robust com cabine dupla.

Chega ao mercado pelas mãos da Volkswagen do Brasil a linha 2018 da picape leve Saveiro, com muitas novidades que vão dar o que falar. E uma das principais é a chegada da Saveiro Robust na versão com cabine dupla, com o preço sugerido em aproximadamente R$ 57.890.

São diversas as configurações existentes e que atendem a todos os gostos e necessidades. E para não perder nenhum detalhe, basta ficar ligado às informações completas sobre o carro que nós te damos a seguir.

Gama de versões

A Saveiro 2018 possui uma excelente gama de versões, formada pelas seguintes configurações e preços: Saveiro Robust Cabine Simples 1.6 MSI Flex, por R$ 46.530, VW Saveiro Cross Cabine Dupla 1.6 16V MSI Flex, comercializada no valor de R$ 77.470; Saveiro Cross Cabine Estendida 1.6 16V MSI Flex, por R$ 74.250; Saveiro Trendline Cabine Dupla 1.6 MSI, por R$ 65.950; Saveiro Highline Cabine Dupla 1.6 MSI Flex, por R$ 67.560; Saveiro Robust Cabine Dupla, por R$ 57.890; Saveiro Trendline Cabine Estendida 1.6 MSI Flex, por R$ 55.539; e Saveiro Trendline Cabine Simples 1.6 MSI Flex, por R$ 57.340.

Saveiro Robust Cabine Dupla

A Robust em Cabine Dupla, a nova versão lançada para a Saveiro, é voltada para quem quer utilizar o seu carro para o trabalho, já que oportuniza muito mais conforto e flexibilidade para os seus usuários, graças à cabine que acomoda um total de até cinco passageiros. Entre os itens de série que acompanham o automóvel temos: protetor de caçamba, para-sol com espelho para o lado do motorista e do passageiro indicador para a troca de marcha, banco do motorista com o ajuste de altura, rack e barra de proteção para o apoio em carga no teto e, ainda, rodas de aço de 15 polegadas com os pneus 205/60 R15.

Ainda, há outros itens como grade protetora no vigia traseiro, desembaçador de vidro (vigia), tomada de 12V em console central e também na lateral direita na parte traseira, porta-objetos na parte lateral das portas, três apoios de cabeça no banco traseiro e cintos de segurança retráteis em três pontos e porta-revistas localizado atrás dos bancos dianteiros.

Para um opcional, é ofertado o pacote Robust, que integra a direção hidráulica, ar-condicionado, chave canivete e vidros e travas elétricos. Em cabine dupla, o modelo é oferecido com um total de seis cores: as sólidas preto ninja, vermelho flash e branco cristal; e as metálicas azul night, prata sírius e cinza platinum.

No custo-benefício, o Saveiro Robust acompanha a mesma da versão com cabine simples, já que traz um painel oriundo de sua geração anterior. Os faróis, grande, para-choque, tampa e lanternas são todas na cor preta.

Em relação ao motor, esse é o 1.6 flex de quatro cilindros. Com isso, o mesmo gera uma potência que chega a até 104 cv, utilizando um câmbio manual de até cinco marchas. A capacidade da caçamba é de 580 litros.

Consumo Saveiro 2018

Para calcular o consumo médio do modelo Saveiro, foi utilizado pelo Inmetro um veículo da linha 2017, equipado esse com duas opções de motores 1.6. Esses rodaram pela cidade e pela estrada, abastecendo-os tanto com gasolina como com álcool.

A partir disso, surgiram os resultados da média de consumo do veículo, na versão com motor 1.6 8V. Na cidade, essa foi de 7,3 km por litro e na estrada de 8,3 km por litro, isso quando utilizando o etanol. No caso da gasolina, o consumo ficou em 10,7 km por litro na cidade e de 11,5 km por litro circulando pela estrada.

Com o motor 1.6 16V, o consumo foi o seguinte: com etanol, o consumo foi de 7,5 km por litro circulando na cidade e de 8,2 km por litro na estrada. Já com a gasolina, esse total foi de 10,7 km por litro na cidade e de 11,5 km por litro na estrada.

Por Kellen Kunz

Volkswagen Saveiro 2018


Modelo 2018 do Gol será mais robusto e trará novidades.

Considerado por muitos brasileiros como um dos carros mais populares do país, o Gol da Volkswagen entra o ano de 2018 de cara nova. Desta vez, a montadora promete muitas novidades que irão, com certeza, agradar a muitos consumidores.

O Gol merece ser recordado com um pouco de história

Lançado pela primeira vez em 1981, quando estreou o primeiro modelo em um estilo bem quadrado, com um motor refrigerado a ar (copiado do velho Fusca), o carro sofreu várias modificações ao longo do tempo.

Sai o motor refrigerado a ar e entra o modelo de arrefecimento feito com água e utilizado até hoje nos carros do mundo todo, esta foi uma das grandes evoluções da marca.

Deste modo, em 1984 ele estreou uma nova geração de motores chamado AP e que foi um sucesso de vendas no Brasil todo por exatos 25 anos seguidos.

Mas como nada dura para sempre, as demandas dos milhares de consumidores brasileiros sempre estão mudando e como a montadora não conseguiu acompanhar tal mudança, o Gol deixou de ser líder nas vendas em 2014.

Sem acompanhar as necessidades de segurança e mais tecnologia que os carros deveriam ter, ele perdeu o posto.

Diante de tal fato, a montadora decidiu inovar e para começar decidiu mudar toda a plataforma de fabricação do novo modelo.

De 2014 para cá, a Volkswagen percebeu as mudanças na preferência dos consumidores brasileiros e resolveu apostar todas as suas fichas na evolução tecnológica que estava sendo incorporada a cada dia na indústria automotiva e o Gol vem evoluindo cada vez mais e traz a cada geração as novidades que prometem facilita a vida de seus usuários.

Quais as mudanças do novo Gol 2018?

Se você é fã do Gol e gosta de novidades para o seu veículo preferido, então vai gostar do que vem para 2018.

Para começar, tudo indica que o novo modelo ficou bem mais robusto. Isso por que, segundo os especialistas em carros, a Volkswagen adotou a mesma plataforma utilizada para a fabricação de outro sucesso de vendas, o Golf 2018.

Se você gosta de números, então anote aí. O novo Gol 2018 deverá ter cerca de 4 metros de comprimento e uma distância bem maior entre eixos: cerca de 2,55 m.

Com certeza, isso dará à nova versão um espaço interno bem maior e bem mais conforto para os seus ocupantes.

Para os consumidores que gostam de saber detalhes sobre motorização, o novo Gol 2018 vem com os motores 1.0 e 1.6 nas versões tanto a gasolina quanto a álcool.

Motor novo, desempenho também. As versões a gasolina 1.0 e 1.6 atingem a potência de 75 e 101 cavalos de força, respectivamente. Para a versão a álcool, este resultado fica em 82 e 104 cavalos de força para as versões 1.0 e 1.6, respectivamente.

Com relação à transmissão, ela pode ser tanto manual de cinco marchas quanto a automática, na versão l-Motion.

Com relação ao consumo, a nova versão traz um sistema direto de injeção de combustível o que, na prática, traz mais potência para o carro e também mais economia.

De acordo com os testes realizados pelo Inmetro e divulgados nos sites especializados em carros, o consumo do novo Gol na cidade foi de 13 Km/l (gasolina) e 8,9 Km/l (álcool) na estrada para a versão 1.0.

Para a versão 1.6, o consumo ficou em 8.1 km/l na estrada para o etanol e 11,9 km/l para a gasolina nas cidades.

Como todo lançamento que se preze, as novidades que a nova linha traz, obrigatoriamente, traduzem-se em aumento de preço, principalmente, agora com uma mudança radical na plataforma de fabricação e a adoção de um novo estilo.

Quem já está pensando em adquirir o seu, então pode ir preparando o bolso, pois as novas versões deverão estar nas lojas com preços variando entre R$ 42.000,00 e R$ 45.000,00.

Por Emmanoel Gomes

Gol 2018


Nova linha do Polo será vendida com preços mais altos que chegam a R$ 2.570.

Lançado oficialmente em setembro do ano de 2017, foi divulgado pela montadora Volkswagen que o seu modelo Polo na linha de 2018 receberá o primeiro aumento em sua tabela de preços. Posicionado no Brasil como o quarto veículo mais vendido na categoria de hatch compacto, o automóvel será oferecido com preços mais altos, com acréscimos que chegam a até R$ 2.570.

Com quatro configurações sendo ofertadas, somente um dos modelos de entrada irá manter o preço anterior. Trata-se do Polo com o motor 1.0 MSI MT, com preço anterior fixado sem reajuste em R$ 49.990.

Polo 1.6 MSI

Já o Polo que vem equipado com o motor 1.6 MSI, que conta com potência de 117 cavalos e torque de 16,5 kgfm não teve a mesma sorte do anterior. Com uma diferença significativa em relação à tabela anterior, já que o aumento foi de R$ 1,1 mil, o carro custava em seu lançamento R$ 54.990. Agora, ele está disponível por R$ 56.090, trazendo acoplada uma transmissão manual e de cinco marchas.

Outras versões

Porém, apesar de a diferença grande notada no preço do modelo 1.6 MSI, essa não chega nem perto daquelas versões com o motor 1.0 TSI com potência de 128 cavalos e torque de 20,4 kgfm. Tida como a versão que mais sofreu com o reajuste dos novos preços, o modelo vem com transmissão automática de seis marchas.

Sendo assim, o Volkswagen Polo Comfortline 200 TSI, que anteriormente custava R$ 65.190, passou agora a ser comercializado pelo valor de R$ 67.150. O aumento, portanto, foi de R$ 1.960.

Já na versão do Volkswagen Polo Highline 200 TSI, considerado o veículo mais bem equipado e caro de toda a linha lançada, o custo teve reajuste de R$ 2.570. Assim, ele passou dos R$ 69.190 para o valor final de R$ 71.760.

É importante lembrar que essa versão topo de linha do VW Polo é tida como uma das mais recheadas de toda a categoria, com itens atrativos para os usuários. Sendo assim, o modelo dispõe de elementos como: sensor de fadiga, monitoramento da pressão exercida sobre os pneus, sistema multimídia com sistema Android Auto, GPS e Apple CarPlay, faróis com facho automático, retrovisor interno e eletrocrômico, frenagem pós-colisão, sensores de luz, de estacionamento e de chuva, painel com instrumentos totalmente digitais, bloqueio eletrônico do diferencial, freio a disco em todas as quatro rodas, limpeza de discos de freio, controles de estabilidade e de tração, quatro airbags, e muito mais.

Volkswagen Polo

Apesar das informações divulgadas pela Volkswagen, ainda não se sabe ao certo se os pacotes que são opcionais do carro e são ofertados pela montadora também terão um reajuste ou uma alteração no conteúdo. Até o momento, ele foi retirado do site no espaço “Monte o Seu”, de forma a assim receber todos os reajustes necessários.

Em sua sexta geração, o Polo foi apresentado oficialmente no Brasil no último ano, com uma mecânica extremamente moderna, agregado de muita tecnologia e um visual muito parecido com aquele comercializado na Europa. Com isso, o hatch chegou como uma das apostas mais fortes da Volkswagen no país, juntamente com outro lançamento, o sedan Virtus.

Apesar dos reajustes sofridos, o carro ainda é uma boa opção de compra, já que compete em uma categoria que é dominada por outros carros especiais, como é o caso do Fiat Argo, que parte dos R$ 46.800 e que ainda busca o seu espaço no mercado, e o campeão de vendas Hyundai HB20.

E se você quer saber mais sobre o veículo, basta acessar o portal https://www.vw.com.br/pt/carros/polo.html e ficar por dentro de tudo que envolve o Novo Polo.

Por Kellen Kunz

Volkswagen Polo 2018

Volkswagen Polo 2018


Conheça um pouco mais sobre este veículo que completa este ano 82 anos de criação.

Poucos sabem disso, mas dia 22 de junho foi o Dia Mundial do Fusca. Ele nasceu em 1934 na Alemanha e foi no Ipiranga, São Paulo, onde a Volkswagen do Brasil iniciou suas operações em 1953. Segundo pesquisas, Ferdinand Porsche e Adolf Hitler firmaram um contrato neste dia mencionado acima para iniciar a produção.

Em 1950, as primeiras importações desde carro foram feitas e no início da fabricação no Brasil as peças eram trazidas de fora. Característica dessa época era o vidro traseiro dividido. Em São Bernardo do Campo/SP, a fabricação do então chamado Volkswagem Sedan foi entre os anos de 1959 e 1986, onde este passou a ser chamado oficialmente de "Fusca" só em 1983.

Com um projeto de um carro barato, que fosse econômico e que chegasse aos 100 km/h, este carro já nasceu para ser um veículo popular e de 1993 a 1996 a fabricação foi feita por pedido do Presidente, na época em exercício, Itamar Franco. Em 2012 ele voltou ao mercado, mas este veio da terceira geração do Beetle.

Na Dinamarca, um Fusca fabricado no ano de 1974 e com apenas 90 quilômetros rodados foi a leilão. O valor estimado dos lances estavam entre 35.000 a 40.000 Euros. E além da conservação e baixa quilometragem, este exemplar tinha a nota fiscal, manual do proprietário e kit de ferramentas estava intacto.

Um outro exemplo de leilão foi no caso do "Herbie" ano 63 que participou em dois filmes da série na década de 70. Ele vou vendido por US$ 86.250.

Com uma produção que chegou a 100.000 exemplares em 1950, o Fusca teve algumas versões modificadas, como é o caso do modelo "Cabriolet" de 1949, onde este, acredite se quiser, era conversível. Em 1976 uma outra versão de Fusca conversível era encontrado no exterior.

Carinhosamente chamado de "Bizorrão", o Fusca foi usado até pela polícia e hoje em dia, vários encontros de carros antigos são marcados por exemplares raríssimos ou modificados, onde os atuais donos exploram ainda mais a capacidade de força e resistência.

Algumas brincadeiras foram criadas por conta do fusca, uma delas é que, encontrando um fusca azul, os participantes dessa brincadeira trocam tapas e socos até ser falado "Fusca Azul".

Por: Fernando Dias


Montadora pretende se colocar no topo da lista dos transportes ecológicos.

Volkswagen informou nesta quinta-feira, dia 16, que irá lançar nos próximos 10 anos mais de 30 modelos de veículos completamente elétricos, como uma tentativa de colocar a montadora no topo da lista dos transportes ecológicos, após ter se envolvido em um escândalo de automóveis onde havia um software que manipulava as emissões de gases de carros movidos a diesel.

A empresa alemã, que conta com diversas marcas em seu grupo, como Audi, Porsche, Lamborghini, Bugatti, Bentley, MAN e Scania, comunicou que tem a intenção de comercializar de 2 a 3 milhões de unidades com o motor alternativo até o ano de 2025.

Segundo a montadora, os veículos elétricos irão representar entre 20 e 25 por cento das vendas globais do VW.

Dentre estes automóveis está o Porsche Mission E, o primeiro veículo que a marca lançará sendo 100% elétrico, o qual será lançado até o ano de 2020 e contará com um investimento de 1 bilhão de euros.

O grupo alemão também vem buscando novas alternativas de transporte, como robotáxis, sob demanda e compartilhamento. No final do mês de maio a empresa multinacional realizou um investimento em uma empresa chamada Gett e espera que o mercado em questão renda uma receita bilionária dentro de 10 anos.

A VW reconheceu que instalou de forma ilegal em cerca de 11 milhões de veículos movidos a diesel um sistema que fazia com que as emissões de poluentes estivessem ajustadas ao máximo permitido, porém, na realidade os propulsores ultrapassavam esse limite.

Devido ao escândalo, a multinacional já reservou 16,2 bilhões de euros para não sofrer com as consequências. Deste valor, serão destinados aos custos judiciais cerca de 7 bilhões.

Nesta semana, a justiça dos Estados Unidos voltou a prorrogar o prazo dado a empresa para informar as propostas de indenização aos consumidores americanos que adquiriram seus veículos com motores a diesel, o prazo agora foi prorrogado para o dia 28 de junho.

O tribunal responsável pelo processo é o de San Francisco e anunciou que aumentou o prazo, o qual findava no dia 21 de junho, pois levou em consideração a índole técnica da proposta diante da complexidade dos processos.

FILIPE R SILVA


Volkswagen Fox 2017 chega com nova lista de equipamentos

A Volkswagen vem bastante forte para o mercado automobilístico em 2016. A montadora alemã acabou de lançar a linha 2017 do já conhecido Fox. Sem muitas novidades no visual, o grande destaque fica por conta das novidades em relação a itens de série em suas versões. Com preço inicial de R$ 44.690 (versão mais básica), o Fox 2017 chega bastante forte ao mercado brasileiro.

Uma novidade dessa linha 2017 do Fox é quanto aos pneus “verdes”, pois os mesmos passam a fazer parte de todas as versões. O mesmo é entregue nas medidas 195/55 R15, sendo que possui menor resistência à rolagem. Um diferencial está na versão Trendline, pois a mesma dispõe de rodas de aço com novas calotas Yatch.

A versão Comfortline é uma das mais interessantes da linha 2017. A mesma dispõe de volante multifuncional capaz de integrar os comandos do sistema de som e do computador de bordo, sendo que tal item passou a ser de série. Além disso, entre os opcionais da respectiva versão estão à câmera de ré que é um item de auxílio ao estacionamento além do novo conjunto de rodas de liga leve com 15 polegadas denominadas Turim.

A versão Highline, por sua vez, também conta com rodas de liga leve Turim em seus itens de série. Além disso, a mesma ainda possui como diferencial um novo interior totalmente escurecido que trás um tom bastante moderno ao automóvel. A versão Pepper apresenta faróis com friso vermelho entre seus adicionais além de dispor do novo conjunto de rodas Modena. Outra versão que também dispõe de novo conjunto de rodas de liga leve é o CrossFox, que conta com o conjunto Ancona que é acompanhado de pneus 205/60 R15.

Outra grande novidade deste lançamento é, sem sombra de dúvidas, o fato de os sistemas de Infotainment do Fox 2017 já estarem devidamente integrados com o Apple CarPLay, MirrorLink além do Android Auto.

Em relação à motorização, saiba que não houve mudanças neste quesito. Com isso, as versões Comfortline e Trendline permanecem com o 1.0 MPI de três cilindros que possui até 82 cv além do 1.6 MSI, de 8 válvulas, que entrega até 104 cv. Já as versões Fox Track e Fox BlueMotion contam com o motor 1.0 MPI. As versões Highline, Pepper e CrossFox são equipadas com o 1.6 MSI de 16 válvulas que é capaz de entregar até 120 cv através de câmbio manual de seis marchas.

Por Bruno Henrique


Modelo contará com as versões Robust, Trendline, Highline e Cross.

Não há como negar que a Saveiro é uma picape que há bastante tempo vem fazendo muito sucesso no mercado brasileiro, sucesso este que é corroborado com o fato de o modelo, atualmente, possuir o título de vice-líder da categoria das picapes compactas no país. É neste contexto que a Volkswagen fez a apresentação oficial, no dia 16 de março, na cidade de Campinas (SP), da nova linha 2017 da conceituada picape Saveiro.

Nesta apresentação, a Volkswagen fez a apresentação de quatro versões dessa nova Saveiro, sendo que nestas serão utilizadas três tipos de cabines e dois modelos de propulsores.

A nova linha da Saveiro 2017 será disponibilizada com quatro versões sendo elas as seguintes: a Robust, a Trendline, a Highline e a Cross. As principais mudanças que foram feitas nesta nova linha ficarão por conta da inserção de um capô um pouco mais alto, faróis com formato diferenciado e com a presença de um recorte um pouco mais trabalhado nas proximidades da grade dianteira. Para aqueles que forem menos detalhista, estas poucas mudanças feitas podem passar despercebidas, contudo as modificações foram bem pontuais.

Nas versões mais caras a picape acabou ganhando lindos frisos cromados. Os detalhes que são comuns a todas as versões são: o logotipo da Volkswagen, devido ao seu posicionamento, dá a impressão de ter passado por uma projeção para frente, a entrada de ar localizada na parte de baixo foi aumentada, já os faróis de neblina foram projetados com formato de trapézio.

Assim como o que foi feito na principal corrente da Saveiro, a Fiat Strada, a abertura da tampa da caçamba passou a ser realizada através do logotipo da Volkswagen. Na parte interior, a Saveiro foi comtemplada com uma renovação integral em sua cabine, sendo que nesta linha todos os comandos foram distribuídos em posições mais horizontais.

Com relação aos itens de segurança, vale ressaltar que a Saveiro, apesar de ser uma picape compacta, é a única da categoria a ser disponibilizada com a presença do sistema de controle de estabilidade, contudo somente na versão topo de linha que é a Cross.

Para aqueles que gostaram deste lançamento, vale a pena conferi-lo de perto, os preços da linha Saveiro 2017 partem de R$ 43.530 e podem chegar até R$ 69.250, de acordo com a versão escolhida.

Por Adriano Oliveira

Volks Saveiro 2017

Volks Saveiro 2017

Fotos: Divulgação


Veículo parece uma versão mais curta do Polo e deverá ser lançado inicialmente na Índia.

A empresa alemã Volkswagen publicou a primeira foto oficial do novo lançamento da marca, o Volkswagen Ameo 2017, que agora tem seu nome confirmado. A companhia apresentou somente uma imagem, onde exibe apenas a lanterna traseira e o nome do novo veículo, que chegará com uma nova plataforma, a MQB, proveniente do VW Polo Europeu. O sedan, o qual terá sua estreia realizada na Índia, é um dos lançamentos mais aguardados no continente asiático e ocorrerá muito em breve. É provável que a apresentação ao público aconteça no mês de fevereiro deste ano, durante o Auto Expo 2016, caso isso não se concretize, tal fato dar-se-á até o final do primeiro semestre.

O futuro sedan chegou a receber o nome de Brezze, porém, o nome Ameo foi dado como definitivo pela Volkswagen nesta quarta-feira, dia 20 de janeiro. A montagem do carro será feita na cidade de Chakan, na região de Pune, Índia, ao lado do VW Polo.

Apesar de ainda não haver nenhuma informação oficial, o veículo foi flagrado e conclui-se que o modelo é basicamente uma versão encurtada do Pólo. O Ameo, que é o primeiro produto da Volkswagen focado no mercado indiano, terá 3,99 metros de comprimento para que assim seja enquadrado entre os compactos menores de 4 metros, pois na Índia veículos com metragem menor que esta possuem tributação mais favorável.

Embaixo do capô acredita-se que poderão ser dois motores, um deles é um com 1.2 litros de 3 cilindros (com 75 cavalos de potência e torque de 11,2 kgfm), o outro é um 1.5 Tdi movido a diesel (que gera uma potência de até 90 cv e 23,5 kgfm de torque), ambos com câmbio mecânico de cinco velocidades. Especula-se também o uso de um propulsor turbo 1.0 TSi.

Acredita-se que será um dos carros mais caros do segmento, rivalizando com Tata Zest, Honda Amaze, Maruti Swift Dzire, Hyundai Xcent e Ford Figo Aspire, que é uma versão mais curta do Ka+.

Nádia Neves


No Brasil, alguns modelos tiveram redução e outros, alta nos preços.

Na última quinta-feira (dia 13) a Volkswagen do Brasil anunciou uma mudança na tabela de preços para o seu modelo de picape Amarok. A mudança na versão S cabine simples de entrada foi uma variação de R$ 105.990 anteriores para o novo preço de R$ 106.990, um aumento de R$ 1.000 no preço. No modelo S com cabine dupla, ao contrário, houve uma queda de R$ 2.000, variando do preço inicial de R$ 111.990 para R$ 113.990.

Outro modelo que sofreu redução de preços foi o SE cabine dupla, que agora está custando R$ 120.190. Antes o preço do modelo era de R$ R$ 123.190, uma redução também de R$ 2.000. Porém somente esse modelo teve redução nos preços. Todos os outros modelos sofreram elevação de preços. A Amarok Trendline cabine dupla, por exemplo, teve um salto de preço de R$ 132.040 para os atuais R$ 135.990. O mesmo modelo, quando equipado com câmbio automático passou a ter um custo de R$ 140.990, aumento considerável frente ao anterior de R$ 136.040.

As mudanças no preço também chegaram à versão especial da linha, denominada Dark Label. A versão que antes saía pelo preço de R$ 142.690, subiu para o preço atual de R$ 147.990. A opção topo de linha, a Highline com cabine dupla, passou do preço anterior de R$ 156.990, para os atuais R$ 158.990.

Os novos preços já estão disponíveis no site oficial da empresa. Porém, a montadora reafirma que os preços são sugestões e que podem sofrer alteração de acordo com a concessionária que o cliente escolher (são mais de 600 espalhadas por todo o país), independentemente de onde morem. A Volkswagen lembra ainda, que os consumidores têm a opção da escolha da localidade da compra, e que as concessionárias estão vedadas de recusá-las, independentemente da sua área geográfica de atuação.

Por Patrícia Generoso

Volkswagen Amarok 2015

Volkswagen Amarok 2015

Fotos: Divulgação


Novo modelo com motor 1.0 TSI será comercializado por preços que partem de R$ 43.490,00.

A Volkswagen trouxe ao Brasil o seu novo motor 1.0 TSI que antes era encontrado somente nos modelos mais caros, mas que agora está disponível também no compacto Up!, da marca alemã, com preço a partir dos R$ 43.490,00.

O mercado de automóveis não está aquecido no Brasil e todo lançamento acaba não tendo grande aceitação, independente de ser ou não um lançamento que agrade o consumidor que no momento, não quer ver novas dívidas, mas o Up! TSI chega para mostrar que a combinação turbo e injeção direta de combustível agora não é mais uma exclusividade dos modelos mais caros do mercado.

E a Volkswagen está atenta à crise do mercado, tanto que o Up! TSI não traz para o consumidor apenas uma performance melhor, mas também oferece maior economia!

O Up!, com seus 105 cv e 16,8 kgfm a partir dos 1.500 rpm, oferece uma ótima potência, tendo sua agilidade ampliada e já é apontado inclusive, como uma nova era dentro da VW. E o Up! TSI vai contar com uma série especial, a "Speed Up!", totalmente personalizada, vem com motor TSI que é fabricado em São Paulo, na fábrica da cidade de São Carlos e este modelo vai custar R$ 49.990,00. Mas como toda melhoria tem seu preço, com o Up! não vai ser diferente e cada versão terá um acréscimo no preço final de R$ 3.100,00.

O novo motor Up! TSI é uma novidade exclusiva para os brasileiros, não sendo comercializado na Europa. Com gasolina entrega 101 cv e com etanol 105 cv. Todo feito em alumínio, conta com blocos de 3 cilindros e pesa 13,3 kg. A pressão interna chega a 250bar e as bielas, apesar de estarem menores, ficaram bem mais resistentes.

E para evitar um possível atrito entre as bielas e o óleo no fundo, o propulsor agora conta com um protetor, localizado entre o cárter e o eixo de manivelas.

Confira as versões do Volkswagen Up! TSI e os respectivos preços:

– Versão Move Up! TSI: R$ 43.490,00;

– Versão High Up! TSI: R$ 48.040,00;

– Versão Black/White/Red Up! TSI: R$ 48.690,00;

– Versão Cross Up! TSI: R$ 47.030,00;

– Versão Speed Up! TSI: R$ 49.990,00.

Por Russel

Volkswagen Up TSI

Volkswagen Up TSI

Fotos: Divulgação


Versão Comfortline do Jetta será fabricada na unidade de São José dos Campos (SP) da montadora.

Finalmente, a Volkswagen do Brasil fez o anúncio oficial, no dia 6 de julho de 2015, a respeito da chegada, nas concessionárias de todo o país, do mais novo sedan médio da montadora que será fabricado no país, o Jetta. Esta versão nacionalizada do Jetta será fabricada na unidade de São José dos Campos (SP) da Volkswagen, no caso só uma das versões deste carrão será fabricada aqui no país que será a Comfortline, a qual será comercializada com valor inicial sugerido de R$ 74.730.

Para aqueles que gostaram dessa novidade, este veículo chegará às concessionárias de todo o país equipado com um propulsor de 2 litros MPI flex de 116/120 cavalos de potência e um torque de 17,7 Kgfm quando abastecido com gasolina e de 18,4 Kgfm quando abastecido com etanol, além disso, o câmbio será o automático Tiptronic modelo AQ250 de seis marchas.

Este veículo com estas configurações já estava sendo fabricado na unidade do ABC paulista da empresa desde o início do ano de 2015, porém somente agora começará a ser distribuído nas concessionárias da Volkswagen de todo o país. Este novo Jetta também será ofertado aos consumidores em duas outras versões, contudo estas serão importadas do México que serão as versões Trendline que é a versão mais básica deste veículo e terá preço sugerido a partir de R$ 70.690 e a versão Highline que é a topo de linha com todos os opcionais e será comercializado com valor a partir de R$ 94.930, esta versão chegará às concessionárias dotada de um propulsor 2.0 TSi turbo, com injeção de gasolina direta, este motor terá a capacidade de produzir uma potência total de 211 cavalos e um torque de 28,6 Kgfm, ela virá com um câmbio do modelo DSG com dupla embreagem e com seis marchas.

Esta nova geração do Jetta será mais uma aposta da Volkswagen, uma vez que segundo as estatísticas da Fenabrave o Jetta ocupa, no momento, apenas a quinta posição no seu segmento com o total de 4.498 veículos emplacados no primeiro semestre de 2015. O campeão de vendas e concorrente do Jetta é o Toyota Corolla que teve cerca de 32 mil unidades comercializadas no mesmo período mencionado acima.

Por Adriano Oliveira

Volkswagen Jetta no Brasil

Volkswagen Jetta no Brasil

Fotos: Divulgação


Confira as características e os valores das versões do modelo

Depois de divulgar o novo design do Jetta no Salão do Automóvel de São Paulo, a Volkswagen anunciou os valores do modelo 2015, que passará a chegar às lojas em pouco tempo. Sendo importado do território mexicano, o modelo inicia a ter uma nova versão de entrada, sendo a Trendline, fornecida por R$ 69.990.

Possuindo motor 2.0 flex de 116/120 cavalos e transmissão automática de seis velocidades Tiptronic, o modelo fornece ar-condicionado, trio elétrico, direção hidráulica, rádio integrado com conectividade Bluetooth e entradas USB auxiliar, computador de bordo, sensores de estacionamento dianteiro e rodas de liga leve de 16 polegadas calçadas em pneus 205/55.

Para a segurança, somado ao regulamentar ABS, o veículo possui também airbags frontais e laterais dianteiros. Não existem opcionais, as pessoas que quiserem componentes de segurança como ESP e controle de tração, precisarão adquirir o top Highline, onde o Jetta antigo fornecia os componentes desde o valor menor.

Os quatro cilindros idêntico de até 120 cavalos também estão presentes abaixo do capô da versão de nível médio Comfortline, recomendada por R$ 73.990. O kit de componentes da configuração acrescenta sistema multimídia com visor sensível ao toque, volante multifuncional com borboleta para troca de velocidade e 8 alto-falantes.

Considerando os opcionais, possui o Kit Exclusive de R$ 5.747, que faz a inclusão do ar-condicionado digital dual zone, sensores de chuva e de luz, espelho interno antiofuscante e externo rebatíveis eletricamente, revestimento em couro sintético, rodas aro 17 com pneus 225/45, navegador GPS e partida sem chave e sistema de som com visor touchscreen. O teto solar é fornecido de forma separada pelo valor de R$ 4.127.

A de elite Highline, por sua vez, é a versão exclusiva a fornecer o motor 2.0 turbo de 211 cavalos e a transmissão de dupla embreagem de seis velocidades. Seu preço é a partir de R$ 93.990. Somado ao conjunto mecânico mais sofisticado, o modelo possui ar-condicionado digital duas zonas.

Por Felipe Couto de Oliveira

Volkswagen Jetta 2015

Volkswagen Jetta 2015

Fotos: Divulgação


O novo Voyage 2015 ganhou reajuste no preço. Agora, o sedan está em disputa acirrada com o Chevrolet Prisma, um de seus maiores rivais. Em 2014, o concorrente da Chevrolet teve as vendas alavancadas, ultrapassando pela primeira vez o clássico três volumes.

A redução média no valor do novo modelo foi de R$ 460 nas versões de entrada. Nas demais, o custo ficou mais elevado.

Foto: divulgação

O novo Voyage está disponível em 9 versões: Trendline 1.0, Trendline 1.6, Comfortline 1.0, Comfortline 1.6, Comfortline 1.6 I-Motion, Highline 1.6, Highline 1.6 I-Motion, Evidence 1.6 e Evidence 1.6 I-Motion.    

No design, linhas mais modernas foram aliadas a uma grade frontal arrojada – o que garante uma aparência robusta ao veículo. Com excelente acabamento, os bancos trazem versão estampada. Na direção, o carro já vem com volante multimídia (com controle de som e atendimento de telefone via Bluetooth).

Foto: divulgação

Para completar, som mp3, ar-condicionado e, em versão mais refinada, freios ABS e airbag duplo. Em detalhes, o carro vem com função Tilt Downretrovisor com ajuste automático e acionamento da ré, o que auxilia o condutor nas manobras para estacionar. 

Avaliado como o grande diferencial do novo modelo, o novo motor é MSI.6, de 120 cv. Assim como o Gol, a transmissão foi atualizada com um novo software de gerenciamento. A promessa é uma troca de marchas mais suave e precisa – o que faz com que o carro seja mais econômico e tenha um melhor desempenho.  

Em testes, o veículo mostrou estabilidade e conforto ao pilotar. Pontos negativos ficam por conta da acústica. Na transição de circuito cidade/estrada, o consumo é melhor em comparação à versão anterior.

Foto: divulgação

Tabela de valores:

– Novo Voyage Trendline 1.0 – R$ 36.130 (valor do antigo: R$ 36.500);

– Novo Voyage Trendline 1.6 – R$ 41.290 (valor do antigo: R$ 41.840);

– Novo Voyage Comfortline 1.0 – R$ 39.060 (valor do antigo: R$ 38.550);

– Novo Voyage Comfortline 1.6 – R$ 44.580 (valor do antigo: R$ 44.000);

– Novo Voyage Comfortline 1.6 I-Motion – R$ 47.640 (valor do antigo: R$ 47.020);

– Novo Voyage Highline 1.6 – R$ 51.720 (valor do antigo: R$ 50.920);

– Novo Voyage Highline 1.6 I-Motion – R$ 54.780 (valor do antigo: R$ 53.940);

– Novo Voyage Evidence 1.6 – R$ 53.850 (valor do antigo: R$ 53.150);

– Novo Voyage Evidence 1.6 – R$ 56.920 (valor do antigo: R$ 56.180).

Por Marina Saviani


A Volkswagen anunciou um novo ajuste para o compacto urbano Up!. O modelo que já havia passado por um reajuste de preço há cerca de dois meses, agora está mais caro e os novos preços já constam no site oficial da marca alemã.

Com bons índices de vendas desde que fora lançado no Brasil, o Volkswagen Up! agora é vendido no mercado brasileiro com versões a partir de R$ 27.520, ante os R$ 27.190 pedidos anteriormente pela configuração de entrada Take Up!.

A configuração de entrada associada a um câmbio manual, que agora parte dos R$ 27.520, sofreu um reajuste de R$ 330. O modelo intermediário, Move Up!, anteriormente era vendido pela Volkswagen por R$ 29.200 e aumentou R$ 360, passando a custar R$ 29.560.

O Up! na configuração High Up! foi que teve o maior reajuste de preço, aumentando R$ 1.440. Com isso, essa versão do compacto urbano, que era vendida por R$ 35.690 agora é vendida pela fabricante alemã por R$ 36.520. Já o Up! nessa versão associado à transmissão automatizada I-Motion de cinco velocidades, agora sai por R$ 39.380.

Por fim, as edições especiais Black/Red/White Up! deixaram de ser vendidos por R$ 40.190 para serem oferecidos por R$ 41.120, um acréscimo de R$ 490. Com a transmissão automatizada I-Motion, o modelo é vendido por R$ 43.980, podendo a custar até R$ 45.979 quando equipado com todos os opcionais. Por esse valor, o Up! fica mais caro que o novo Fox 1.6 Comfortline I-Motion (R$ 44.590) e mais barato que o novo Fox 1.6 Highline (R$ 48.490).

Mesmo com os reajustes, a fabricante alemã não acresceu o Up! com nenhum equipamento de série.

Abaixo, versões e preços reajustados do Volkswagen Up!:

– Take Up! manual – R$ 27.520;

– Move Up! manual – R$ 29.560;

– Move Up! I-Motion – R$ 31.710;

– High up! manual – R$ 36.520;

– High up! I-Motion – R$ 39.380;

– Black/Red/White Up! manual – R$ 41.120;

– Black/Red/White Up! I-Motion – R$ 43.980.

Por Caio Polo

Volkswagen Up!

Volkswagen Up!

Volkswagen Up!

Fotos: Divulgação


Acompanhando o que foi visto por outras montadoras no mercado brasileiro, a Volkswagen inicia o reajuste de preços em seu portfólio. E o primeiro modelo a passar por mudanças de preço é o compacto urbano Up!, que anteriormente tinha a versão de entrada Take Up! com carroceria duas portas e câmbio manual vendida por R$ 26.900, e que agora é oferecida pela marca alemã com preços a partir de R$ 27.190.

Enquanto a configuração Move Up! passou por um reajuste de R$ 300, deixando de ser comercializado com preços a partir de R$ 28.900 para ter preço tabelado a partir de R$ 29.200, a versão High Up! teve um reajuste bem modesto, saindo dos R$ 34.990 para ser oferecido a partir dos R$ 35.080

Se os modelos intermediários da gama passaram por um pequeno reajuste, em contrapartida a série topo de linha Black/Red/White Up! com câmbio manual sofreu um reajuste de R$ 1.240, deixando de ser vendido por R$ 39.390 para custar R$ 40.630

Caso o cliente queira adquirir o Up! com transmissão automatizada I-Motion de cinco velocidades e função Tiptronic, este terá que gastar um pouco mais, já que a Volkswagen disponibiliza o câmbio nas versões Move Up!, High Up! e na Black/Red/White Up!, com preços a partir de R$ 31.330, R$ 38.910 e R$ 43.450, respectivamente. Se o carro trouxer o sistema de entretenimento e navegação Maps & More e com bancos revestidos em couro sintético, itens opcionais disponibilizados pela Volks, o Up! topo de linha sai por R$ 44.240.

Além de seguir o que se viu com outras fabricantes, a Volkswagen aproveita os bons índices de venda do Up! para aumentar um pouco o preço. Segundo a Fenabrave, desde o mês de fevereiro deste ano, quando o compacto foi lançado, o Up! registrou 23.035 emplacamentos até junho, sendo o 16º carro mais vendido no Brasil. Apenas no mês de junho, o modelo vendeu 6.223 unidades, sendo o 12º veículo mais vendido no mês. 

Por Caio Polo

Volkswagen Up!

Foto: Divulgação


O mercado de automóveis no Brasil é bastante concorrido devido à grande quantidade de empresas que atuam no mercado nacional. Vale ressaltar que essa concorrência atrai diversos tipos de benefícios para o brasileiro, que vão desde aos preços e até mesmo a grande variedade de modelos de automóveis à nossa disposição.

Dentre as multinacionais que atuam no mercado brasileiro não podemos deixar de citar a Volkswagen, empresa alemã que dispõe de grande sucesso mundial e é justamente a maior fabricante de automóveis do planeta. No Brasil, é possível encontrar vários modelos e linhas da Volkswagen, que vão desde aos carros populares até os mais luxuosos.

Para aqueles que estão interessados em adquirir um dos recentes lançamentos da Volkswagen, o novo Gol, Saveiro ou Voyage 2015, é importante saber que os preços oficiais dos mesmos já foram divulgados pela multinacional alemã aqui no Brasil. As versões d os modelos citados já dispõem de um preço sugerido e você pode conferi-los logo abaixo:

Novo Gol 2015:

– Novo Gol Trendline 1.0 (2P) – R$ 31.710;

– Novo Gol Trendline 1.0 (4P) – R$ 33.590;

– Novo Gol Confortline 1.0 (2P) – R$ 33.720;

– Novo Gol Confortline 1.0 (4) – R$ 35.590;

– Novo Gol 1.0 Track – R$ 35.170;

– Novo Gol 1.0 Seleção – R$ 36.460;

– Novo Gol Trendline 1.6 (2P) – R$ 36.470;

– Novo Gol Trendline 1.6 (4P) – R$ 38.410;

– Novo Gol Trendline 1.6 I-Motion (2P) – R$ 39.350;

– Novo Gol Trendline 1.6 I-Motion (4P) – R$ 41.290;

– Novo Gol Confortline 1.6 (2P) – R$ 38.480;

– Novo Gol Confortline 1.6 (4P) – R$ 40.410;

– Novo Gol Confortline 1.6 I-Motion (2P) – R$ 41.360;

– Novo Gol Confortline 1.6 I-Motion (4P)- R$ 43.290;

– Novo Gol 1.6 Seleção (4P) – R$ 41.450;

– Novo Gol 1.6 Seleção I-Motion (4P) – R$ 44.390;

– Novo Gol 1.6 Highline (4P) – R$ 47.130;

– Novo Gol 1.6 Highline I-Motion (4P) – R$ 50.140;

– Novo Gol 1.6 Rallye (4P) – R$ 50.150;

– Novo Gol 1.6 Rallye I-Motion (4P) – R$ 53.080.

Novo Voyage 2015:

– Novo Voyage Trendline 1.0 – R$ 35.640;

– Novo Voyage Confortline 1.0 – R$ 37.640;

– Novo Voyage Seleção 1.0 – R$ 38.540;

– Novo Voyage Trendline 1.6 – R$ 40.850;

– Novo Voyage Trendline 1.6 I-Motion – R$ 43.800;

– Novo Voyage Confortline 1.6 – R$ 42.960;

– Novo Voyage Confortline 1.6 I-Motion – R$ 45.910;

– Novo Voyage Seleção 1.6 – R$ 44.030;

– Novo Voyage Seleção 1.6 I-Motion – R$ 46.950;

– Novo Voyage Highline 1.6 – R$ 49.720;

– Novo Voyage Evidence 1.6 – R$ 51.890;

– Novo Voyage Evidence 1.6 I-Motion – R$ 54.850.

Novo Saveiro 2015:

– Novo Saveiro Startline 1.6 SC – R$ 34.990;

– Novo Saveiro Trendline 1.6 SC – R$ 37.530;

– Novo Saveiro Trendline 1.6 EC – R$ 41.210;

– Novo Saveiro Cross 1.6 EC – R$ 53.690.

Por Bruno Henrique

Volks Gol 2015

Foto: Divulgação


Nesta semana, na última quarta-feira (26), a Volkswagen anunciou que vai lançar os modelos 2015 das linhas de Gol, Voyage e Saveiro. Os carros terão boas melhorias e novidades. O Gol Rallye e o Saveiro Cross vão contar com um novo motor de quatro cilindros 1.6, 16V MSI com potência de 120 cavalos. Além disso, eles ganharão algumas alterações visuais e itens de série.

O Voyage vai ganhar a versão Evidence, um estilo que está acima da Highline. Os modelos Fox e Polo não entraram na apresentação da Volkswagen, o que os especialistas sugerem que esses automóveis devem ganhar um novo formato pela marca futuramente.

Além de receber um novo motor, os novos modelos terão câmbio automatizado I-Motion. A VW tem uma proposta de desenvolver um novo software de gerenciamento, ou seja, o câmbio fará as trocas das marchas de forma mais suaves, com relações encurtadas e mais precisas. O gerente executivo de Desenvolvimento de Produto, José Loureiro, afirma que “o novo sistema percebe e reage mais rápido ao comportamento do motorista”.

A versão inicial, denominada pela Volkswagen como versão Trendline, do Gol e Voyage terão agora de série a direção hidráulica, chave canivete, três apoios de cabeça no banco traseiro e iluminação no porta-malas, além de outros itens já compostos na versão de 2014.

No meio das três versões anunciadas, virão o Gol Comfortline e Voyage Comfortline, que dão ao consumidor a opção de um novo conjunto de componentes chamado “Fun”, que vem com bancos e acabamento interno exclusivos, pedaleiras esportivas, adesivos externos que dão a aparência de carro jovial e volante revestido em couro.

A versão Highline, a última e mais sofisticada da tabela, vem com a configuração completa, com ar condicionado, detalhes laterais cromados, vidros dianteiros e traseiros elétricos, alarme Keyless, lanterna de neblina, sobretapetes e volante multifuncional coberto em couro, além de todos os outrso ítens presentes nas outras versões.

O modelo da Saveiro também terá inclusão de novos itens e mudança do nome. Ele terá uma cabine simples, mas de fábrica a versão Startline vem equipada com antena de teto, travas das portas e vidros com manuseio manual, preparação para som e novo revestimento para os bancos.

Já a Saveiro intermediária combinou também no nome da intermediária dos outros modelos, a Trendline. O top de linha da versão será o Cross, com algumas inovações tecnológicas. De série, ele vem com controle eletrônico de estabilidade e tração, um auxiliar de frenagem de emergência, freios ABS off-road, um assistente de subida e controle de velocidade.

Por Carolina Miranda


A Volkswagen tentou manter em segredo, mas as primeiras imagens oficias do renovado Scirocco 2015, que revelam o modelo por completo, inclusive a versão esportiva “R”, vazaram antes de sua apresentação oficial, que será realizada no Salão de Genebra.

As linhas que consagraram o esportivo da marca alemã foram mantidas, no entanto, a Volkswagen aplicou sua nova características de design no veículo, notado nitidamente nos novos faróis, no para-choque dianteiro que recebe detalhes semelhantes aos do Golf GTI, e também no capô.

Na parte traseira, percebe-se que os traços são mais retos, com vincos na tampa do porta-malas e no para-choque traseiro, enquanto que as lanternas, ganharam uma modernização e passam a ser compostas por LED’s. Na versão apimentada “R”, as duas saídas de escape são separadas, os refletores de luz são menores e ficam no acabamento em preto do para-choque, além da incorporação de saídas de ar na região posterior aos para-lamas, bem na lateral do para-choque traseiro, conferindo maior esportividade à versão.

No interior há modificações importantes. O painel foi redesenhado por completo, trazendo novas saídas laterais e centrais, que compartilham o acabamento em Black Piano que também está presente no console central, onde se localiza os novos comandos do ar condicionado, iguais aos do novo Golf. Há também um sistema de entretenimento e navegação, que dispõe de uma tela touchscreen. O quadro de instrumento também foi revisado, contando agora com mostradores com iluminação em branco e vermelho na versão tradicional e branco e azul, na “R’. O volante multifuncional com revestimento em couro também tem novo desenho e disposição, sendo igual ao do novo Golf. Na parte superior do console central o Scirocco ganhou os mesmos mostradores adicionais do novo Fusca. Por fim, a versão esportiva “R” ainda traz bancos esportivos de couro do tipo concha, enquanto que a versão convencional possui bancos com apoio lateral. 

Ainda não há informações quanto a motorização e as demais especificações técnicas do veículo, que provavelmente só serão conhecidas em sua apresentação oficial na abertura do Salão de Genebra, em março.

Volkswagen Scirocco 2015


Apresentada pela Volkswagen em setembro do ano passado, durante a realização do Salão de Frankfurt, a versão monovolume da nova geração do VW Golf segue as características atuais de design da marca e já começou a ser produzida na planta fabril de Wolfsburg, na Alemanha. Até então denominada como Golf Plus, a marca alemã resolveu alterar seu nome e o modelo recebeu nesta geração o sobrenome Sportsvan.

Trazendo um visual totalmente redesenhado, em sintonia com os mais recentes lançamentos da marca, o Volkswagen Golf Sportsvan chega ao mercado europeu e terá como principais rivais o Ford B-Max, o Opel Meriva e o Renault Scenic. 

Dotado de 4,338 metros de comprimento, 1,807 metros de largura, 1,578 metros de altura e 2,685 metros de distância entre-eixos (dimensões diferentes do hatchback), o estilo do monovolume fica nítido pelo teto mais alto (a minivan é 12,6 centímetros mais alta que o Golf hatchback), bem como pelo maior distância entre-eixos (4,8 centímetro a mais longo), proporcionando um espaço interno mais generoso. 

De acordo com marca alemã, o Golf Sportsvan oferece um porta-malas com 498 litros de capacidade. Os bancos traseiros possuem disposição 60:40 e podem deslizar para frente ou para trás, ampliando as medidas do porta malas em até 87 litros, além de serem totalmente rebatíveis.

Mecanicamente, a Volkswagen irá disponibilizar uma grande quantidade de opções, composta por propulsores movidos a diesel e a gasolina, sendo que todas as configurações serão equipadas com sistema Start&Stop, o que faz com que esses motores sejam até 19% mais eficientes em termos de consumo de combustível se comparado às versões anteriores.

Haverá quatro opções de blocos TSI com injeção direta de gasolina, com potências de 85 cv, 110 cv, 125 cv e 150 cv. O modelo poderá trazer também dois motores TDI a diesel, com 110 cv ou 150 cv de potência. Todas as opções, com exceção do propulsor a diesel menos potente, poderão ser equipados opcionalmente com transmissão automática DSG de dupla embreagem e seis velocidades, no entanto, o câmbio manual de seis marchas será o padrão.

Segundo a fabricante, a versão mais econômica é a equipada com motor 1.6 TDI de 110 cv, com autonomia de média de 27 km/L, com emissões de apenas 95 g de CO2/km. De acordo com a Volkswagen, esta é a melhor média entre os principais concorrentes.


Apresentado no início do segundo semestre de 2013 juntamente com a versão elétrica do compacto Up!, o Golf elétrico já teve as vendas iniciadas na Europa, chegando primeiramente ao mercado alemão, sendo a principal aposta atual da Volkswagen no segmento dos veículos ecológicos.

Batizado de e-Golf, o hatch é movido por um motor totalmente elétrico, alimentado por uma bateria de íon-lítio com capacidade de 25,6 kWh, responsável por oferecer uma autonomia que varia de 130 km a 190 km, sem a necessidade de recarga. O propulsor movido a eletricidade oferece potência de 115 cavalos e torque de 27,5 kgfm, desempenho que permite sair da inércia e chegar aos 100 km/h em 10,4 segundos.

O novo carro elétrico da VW conta com três modos de condução. No modo normal, quando é utilizada toda a potência disponível do motor, o veículo pode alcançar até 140 km/h de velocidade máxima, enquanto no modo Eco, a potência é diminuída para 93 cv e a velocidade máxima fica limitada a 120 km/h. Já no modo Eco+, ainda mais econômico, a potência máxima é de 73 cv e a velocidade não passa dos 95 km/h. Nesse último caso, o ar condicionado é desligado, para poupar mais energia.

Segundo a montadora alemã, quando a recarga do e-Golf é feita nas tomadas domésticas, de 220V, o tempo para que ela seja totalmente completada é de cinco horas. Mas se o proprietário optar por uma tomada trifásica, o tempo de recarga é reduzido para apenas 20 minutos.

Com relação ao preço, o VW Golf Elétrico custa a partir de 34.900 euros, o equivalente a pouco mais de R$ 115.000 em conversão direta, pela cotação atual, sem levar em conta impostos e taxas.

Em breve, ele estará disponível em outros países do velho continente, chegando a seguir à Ásia e aos Estados Unidos. Para o mercado brasileiro, não há nenhuma previsão de chegada do modelo, por enquanto.

Volkswagen e-Golf


UP!, o novo carro da Volkswagen já está batendo na porta do mercado brasileiro. O carro que possuirá seis versões, com duas opções de transmissões, ganhou o selo do Inmetro com uma ótima nota em todas as categorias.

O carro, que será lançado no dia 5 de fevereiro, ainda não teve um suposto real preço divulgado. Mas, sabe-se que ele será produzido em uma das fábricas do interior de São Paulo.

A Volks ainda tenta manter alguns segredos, mas com algumas apurações, há boatos de que o carro em sua versão mais simples poderá sair por menos de R$ 28.000 já com os itens de série: airbags e freios ABS. Entretanto, os opcionais como vidros elétricos e direção elétrica irião acrescentar um preço a mais no carro.

E sua versão mais cara, a White, Black e Red, sairá em média R$ 36.000, já com os itens de série: direção elétrica, ar condicionado, entre outros. Essa versão do carro será mais exclusiva no sentido de ter o seu acabamento interno diferenciado, por exemplo.

O carro, que já levou cinco estrelas no teste de segurança, tende a ser um lançamento importantíssimo para a revendedora, que pretende aclopar as vendas do Gol G4 e ser o “novo” fusca. O “Fusca do Século XXI”.

O design do carro é algo moderno e bonito e ele atenderá a necessidade de seu consumidor, já que, cada modelo é voltado para um certo tipo de pessoas. Aquelas que gostam de carros menores, por exemplo, irão apreciar a versão do UP Take. Já aquelas que gostam de mais espaço e algo mais “seu”, apreciaria muito a versão White, Black e Red.

Já as outras versões, a Move, tem mais uma cara de carro esportista, e o High, demonstra uma certa delicadeza em seu design.

Enfim, o carro com toda certeza irá agradar os fãs da montadora e das outras, também.

Por Mariana Caetano

Volks UP!

Foto: Divulgação


Quando paramos para pensar no preço de um carro, jamais levaríamos em conta que todos os encargos embutidos na compra estão relacionados não só à marca, mas também a outros fatores. Podemos citar o Volkswagen Golf Highline como um breve exemplo para este relato, no qual o valor se encaixa aos de rivais como Ford Focus e Hyundai i30.

Na verdade, o assunto se refere a uma reportagem feita sobre o futuro Golf Variant (ex-Jetta Variant). Nela, foram citados os valores do novo modelo Golf Highline, que custarão de R$ 67.990 a R$ 74.990 (com câmbio DSG) no Brasil e de 24.475 a 26.400 euros na Europa. Na conversão da moeda euro para o real (que gira em torno de 1 para 3), dá entre os valores de R$ 73 mil e R$ 78.800 no Velho Continente, sem contar as outras taxas de importação. Totalizando esta conversão, a diferença é de R$ 3.810 a R$ 5.010 acima dos preços estimados por aqui. Ou seja, o modelo Golf alemão estaria muito mais barato no nosso país, porque falta ainda considerar as taxas.

Com o registro feito, será preciso lembrar que a nova especulação sobre os preços de carros lá e cá surgiu logo depois que o presidente da Hyundai-CAOA, Antônio Maciel, determinou que todos os descontos de até 15% para o i30 e Elantra, realizados após o encalhe dos dois modelos, ultrapassou a margem de lucro da empresa, “que já era de porte pequena”.

Este tema foi tocado em duas notas da coluna da reportagem publicada ainda neste mês de novembro pela mídia online. Mas de fato não é isso que importa para o consumidor. O que realmente mais importa ao consumidor é a acessibilidade ao veículo, sendo ele popular ou não.

Por Daniela Almeida da Silva


A Volkswagen informou recentemente que a companhia obteve um aumento de 20% em relação ao lucro operacional do terceiro trimestre deste ano. De acordo com as informações da companhia, essa “subida” nos lucros se deu devido às vendas dos modelos de luxo Porsche e Audi, que tiveram até mesmo marcas recordes. De quebra, a montadora ainda conseguiu com isso se manter no caminho certo para atingir as metas estabelecidas para este ano.

O maior grupo automotivo do continente europeu teve seu lucro operacional alavancado para 2,78 bilhões de euros (US$ 3,8 bilhões). Para uma melhor comparação, vale lembrar que um ano antes esse lucro foi de 2,32 bilhões de euros. A empresa parece estar na linha certa do mercado, já que esses números estão de acordo com as estimativas apresentadas por 14 analistas por meio de uma pesquisa da Reuters.

A Volkswagen voltou ainda a reafirmar que não se esqueceu da meta de atingir o recorde de lucro operacional que foi registrado no ano passado, sendo que este foi de 11,5 bilhões de dólares. A companhia também não abandonou o objetivo de elevar as vendas e entregas para níveis recordes ainda antes do fim deste ano. Mesmo sendo otimista, a Volkswagen não apenas sabe, mas disse estar consciente de que tais metas são "muito ambiciosa dada a forte dificuldade do ambiente econômico".

A companhia tem voltado suas atenções em dois pontos fundamentais para empresa no momento, que são a disciplina de custos e o gerenciamento de investimentos. Isso, de acordo com os comentários feitos pelo vice-presidente financeiro da empresa, Hans Dieter Poetsch.

Poetsch acrescenta ainda que nesse momento "Isso é particularmente importante, dado que o ambiente econômico não deve melhorar no curto prazo".

Porém, de acordo com alguns analistas do setor, a nova plataforma de veículos “MQB” que foi desenvolvida pela auxiliar no corte de custos e no aceleramento da linha de montagem de veículos, deverá ainda continuar pesando sobre o lucro da companhia. Consequentemente, as reduções de custos poderão ficar bem abaixo das metas apresentadas pela empresa.

Por Denisson Soares


Novo Golf 2015O pré-lançamento do Novo Golf está sendo tão comentado assim como a espera por sua chegada nas lojas, que deve ocorrer já nesta semana.

A Volkswagen está investindo forte na sua categoria hatch e convidou cerca de mil pessoas para a apreciação do Novo Golf que ocorreu no Campo de Marte, em São Paulo, no último dia 13.

Possivelmente o modelo virá como 2015 na documentação devido ao modelo 4,5 já constar como 2014. O Golf sempre teve uma imagem muito particular em relação ao design, potência e os demais sistemas mecânicos e segundo a montadora, o sucesso de vendas não será diferente para as duas novas versões do modelo, que já tem uma grande trajetória desde seu lançamento em 1980.

Sobre o valor, é estipulado inicialmente R$ 70 mil para a versão mais simples (Highline) e até R$ 120 mil para a versão GTI. Inicialmente, serão importados da Alemã e vêm com a potência de 140 cv, rodas de 16 polegadas, ar condicionado digital, sete airbargs, freio ABS e direção eletromecânica.

A versão GTI ainda conta com câmbio de 6 marchas e rodas aro 17. Sobre o novo visual as características específicas são os faróis e lanternas em LED além dos filetes vermelhos que garantem ainda mais exclusividade. A fabricação brasileira deverá ocorrer apenas no próximo ano.  

Por Luciana Ávila 


Kombi Last EditionApós quase 6 décadas de sucesso e dedicação, a velha companheira do brasileiro se despedirá no final de 2013. A Kombi que possui projeto de criação datado de meados de 1957 encontra problemas para se adaptar às novas leis de segurança viária e por isso deixará de ser fabricada ainda este ano. No entanto, a Volkswagen resolveu criar uma edição de homenagem para fechar o ciclo com chave de ouro.

A montadora alemã desenvolveu um modelo de Kombi especial onde apenas 600 unidades foram montadas. Interessados em adquirir o modelo denominado Last Edition terão que desembolsar nada menos do que R$ 85.000. Para se ter noção essa edição especial será mais cara do que a 7 geração do Golf que em breve desembarca no Brasil.

A versão de despedida terá cor azul com teto e para-choque em branco, as rodas e calotas também possuirão a cor branca e diversos adesivos que indicam que a Kombi é de uma edição especial estão colados nas laterais do veículo. Seu motor alcança os 78 cv e seu câmbio manual possui 4 velocidades.

Quem comprar uma Kombi Last Edition levará para casa um certificado oficial atestando que o modelo comprado realmente faz parte da edição limitada da Kombi.

Por Fernando Setoue


Volks Golf - Nova versãoPara os fãs do Golf, uma ótima notícia foi divulgada pela Volkswagen: o Novo Golf será lançado em setembro, no Salão de Frankfurt, Alemanha, e chegará ao Brasil no mesmo mês.

O novo modelo será o mais veloz das gerações Golf, com motor 2.0 turbo, 300 cv de potência além de outras inovações, como novas molas, modificações nas válvulas de exaustão e melhoras na transmissão, fazendo o carro ir de 0 a 100 km/h em apenas 5 segundos.

O visual também não fica por menos. O hatch terá novos para-choques, spoiler traseiro, quatro saídas de escapamento e rodas de liga leve aro 18.

Os bancos são esportivos com tecido especial, as lanternas e os faróis estão mais escuros e sua suspensão estará mais rebaixada, do tipo MacPherson na dianteira e multilink na traseira, o que melhora sua estabilidade.

O novo Golf terá duas versões: Highline, com câmbio manual; e GTI, com transmissão automática.

Outras novidades do tão esperado modelo são sete airbags vindos de fábrica, controle de estabilidade, CD Player com tela sensível ao toque, freio de estacionamento Auto Hold e sistema Start Stop para ligar e desligar o veículo. O novo Golf no Brasil custará cerca de R$ 70 mil

Por Nathalia Henderson


Novo GolEstá pensando em comprar um carro novo? O site da Volkswagen está com uma oferta imperdível para os amantes do bom e velho Gol, e é do ano 2014.

O carro mais vendido do Brasil agora pode ser seu por R$ 30 mil. Os benefícios são o baixo custo de manutenção, novo motor TEC, 1.0 total flex, com até 76 cv, economia de combustível e desempenho alto, transmissão manual de cinco velocidades e direção hidráulica. Além desses detalhes ainda conta com acionamento elétrico dos vidros dianteiros, travas automáticas e acionamento interno do porta-malas. O modelo ainda vem com três anos de garantia.

O Gol vem com o título de "Automóvel Mercosul 2013", além de já vir na liderança dos carros mais vendidos do Brasil há 26 anos completos, ainda no topo da lista. No ano de 2013 também é o vencedor da 15ª Eleição dos Melhores Carros, na categoria Melhor Hatch Pequeno, depois de ficar o ano passado em segundo lugar.

Para ver de perto o modelo, basta entrar no site ofertas.vw.com.br e procurar pela concessionária mais próxima de você. Confira também mais ofertas da montadora e não deixe de pesquisar o melhor carro para você.

Por Fábio G. Santos


A Saveiro é um dos mais belos e mais vendidos carros no Brasil, sendo ele fabricado pela conceituada marca Volkswagen. Esse é um carro para duas pessoas e com uma carroceria incrível, que serve para mil e uma utilidades.

Nesse momento, a marca acaba de lançar a Saveiro 2014, que possui um design maravilhoso e você com certeza vai aprovar.

A nova Saveiro 2014 ganhou um visual mais moderno, assim como os modelos Gol e Voyage, também da Volkswagen. As principais mudanças da nova Saveiro foram realizadas em sua dianteira, pois ela possui agora novos faróis, nova grade e novo para-choque, porém, nenhuma mudança foi feita nas lanternas.

A carroceria recebeu uma nova arquitetura eletrônica, o que possibilita a introdução de uma série de dispositivos e soluções voltadas à segurança e ao conforto dos passageiros.

Itens de última geração como o travamento elétrico das portas, vidros com acionamento elétrico, conta-giros, MP3, ar condicionado e tampa da caçamba com amortecimento, não poderiam faltar em um carro como esse.

Esse é um carro total flex e o seu motor é o 1.6 VHT, que desenvolve 104 cv quando abastecido com etanol e 101 cv quando abastecido com gasolina.

O preço desse carro varia entre R$ 33.490 e R$ 48.900.

Por Josiane Fernandes de Jesus


O mês de fevereiro apresentou uma baixa nas vendagens do setor automotor brasileiro em comparação com o mês de janeiro. Mesmo com os incentivos fiscais que fizeram de 2012 um ano recorde em vendas, o segundo mês de 2013 não seguiu a regularidade apresentada em janeiro. Com isso, muitas empresas foram afetadas e uma delas é a Volkswagen.

Apesar do número de vendagens da Volkswagen ter subido 0,4% no mês de fevereiro em relação a janeiro, este foi considerado o menor ganho dentro de treze meses, como informou a montadora de origem alemã. Os embarques da empresa totalizaram 401.400 unidades no mês de janeiro, contra 399.700 verificados no mesmo mês do ano passado. Segundo a fabricante, "essa é a menor alta em muito tempo".

Apesar disso, as comercializações da empresa subiram 9,1% nos 2 primeiros meses de 2013, totalizando 893.400 unidades comercializadas.

O total de vendas referente ao grupo completo, com a inclusão das marcas de luxo Skoda e Audi, pode sair até o final da semana. De acordo com o diretor de vendas da empresa, “a competição está acirrada e a companhia não ficou imune a este processo”.

Por Marcelo Araújo


Outra melhoria em modelos populares está perto de acontecer, pois foi apresentada a sétima geração do Golf com melhorias principalmente em suas opções tecnológicas disponíveis nas versões Trendline, Highline e Comfortline.

O novo Golf conta agora com 5,6 metros de comprimento e um peso de 1.260 quilos equipados com os motores 1.2 TSI que alcança 85 cavalos de potência e o 1.4 TSI com 140 cavalos de potência máxima.

Do ponto de vista técnico, este novo modelo possui freios ABS que são acionados de forma automática assim que ocorre uma batida na sua traseira, airbags frontais e laterais, controle de estabilidade e sistema start/stop.

Esteticamente, este veículo ganhou novos faróis, lanternas, grade e para-choques com contornos e linhas melhoradas.

No seu interior as novidades ficam por conta de dispositivos, como: painel de instrumentos sensível ao toque, banco do motorista com ajuste de altura, entre outros

Para quem deseja adquirir a nova geração do Golf, ele será vendido por 16.900 euros, que equivalem a cerca de R$ 43.000.

Portanto, para quem deseja adquirir um carro com preços mais acessíveis a nova geração do Golf consiste em uma boa possibilidade que alia economia e conforto.

Por Ana Camila Neves Morais


Mais uma boa notícia chegou ao mercado automobilístico brasileiro, pois o novo Gol 2013 foi apresentado com algumas alterações em seu estilo, ficando mais semelhante com a cara geral da Volkswagen.

O novo modelo possui novas calotas e rodas de liga leve, além de uma traseira mais moderna com traços mais retos. Não bastasse isso, também ocorreram alterações na dianteira do veículo.

No seu interior, a nova versão do Gol recebeu um novo revestimento nos bancos e teve o seu painel de instrumentos melhorado. Além disso, o veículo ganhou comandos elétricos para a abertura do porta-malas.

Outra inovação interessante é o Kit Bluemotion, que inclui direção hidráulica, pneus com menos atrito e motor 1.0 com aumento na potência e no torque (que diminui o consumo de combustível). Não bastasse isso, o Kit Bluemotion também insere no veículo o Kit I-Trend (de aparência, que contém computador de bordo, caixas de som e rodas de 15 polegadas).

Todas estas inovações e novidades do novo Gol podem ser adquiridas com preços que variam de R$ 27.990,00 a R$ 37.405,00.

Portanto, para aqueles que são apaixonados por carros e suas tecnologias, o novo Gol 2013 é uma ótima opção de compra.

Por Ana Camila Neves Morais


Interessados em adquirir um carro zero quilômetro terão uma oportunidade imperdível no próximo fim de semana que, como tudo indica, será o último com IPI reduzido. Trata-se do "Festival Volkswagen IPI Reduzido", durante o qual a marca promete oferecer modelos com descontos superiores a R$ 2.000.

A linha 2013 do Fox 1.0, por exemplo, com 4 portas, direção hidráulica, ar condicionado, vidros dianteiros com acionamento elétrico e travamento central, sairá por R$ 33.490, um desconto de R$ 2.082 em relação ao valor da tabela. Vale ressaltar que toda a linha 2013 do Fox virá com taxa zero, IPVA grátis e GPS.

Já o Polo Hatch 2013, será vendido por apenas R$ 43.700, um abatimento de R$ 484. Outro exemplo é o CrossFox 2013, que poderá ser adquirido por R$ 47.464, o que significa um desconto de R$ 533.

Para quem prefere o Gol G4, o Gol, o Voyage ou a Saveiro, a marca divulgou que esses modelos também serão vendidos com taxa zero.

O Festival acontecerá nos dias 25 e 26 de agosto, das 9 às 19 horas, nas 64 concessionárias da marca na Grande São Paulo e nos estacionamentos do Extra Anchieta e do Shopping Aricanduva.

O Extra Anchieta fica em São Bernardo do Campo, na Avenida Garcia Lorca, número 301, Via Anchieta – KM 15,5. Já o Shopping Aricanduva fica em São Paulo, na Avenida Aricanduva, número 5.555.

 Por Christiane Suplicy Curioni


A montadora Volkswagen lançou na noite da última terça-feira (17/07) os novos modelos dos populares Gol e Voyage. Os carros mantêm seus padrões estéticos clássicos, mas apresentam mudanças principalmente na dianteira e traseira.

Os preços seguem competitivos com o mercado. Mesmo com o acréscimo de acessórios, os preços subiram pouco, em menos de R$ 100. O novo Gol custa R$ 27.990 e o Voyage R$ 29.990.

O novo design dos veículos foi feito exclusivamente por profissionais brasileiros. As primeiras mudanças são para adequar os automóveis ao restante da linha mais moderna da Volkswagen do país. Os faróis, por exemplo, estão maiores e iguais ao Fox.

No interior dos carros a maior novidade fica por conta do sistema de som. A partir de agora, a conectividade faz parte do Gol e Voyage, pois ambos possuem entrada para USB, iPod, etc. Os dois automóveis têm vidros elétricos e destravamento automático do porta-malas.

A montadora garante, ainda, que os novos carros são cerca de 4% por mais econômicos em relação às versões anteriores, no caso dos motores 1.0. As versões 1.6 do Gol e do Voyage podem chegar a custar até R$ 43.490.

Por Mozart Artmann


Acabou de ser lançado no mercado o novo automóvel da marca Volkswagen que é a evolução do modelo Beetle. Este novo Volkswagen Beetle, não diferindo sobremaneira do anterior modelo quanto ao seu aspeto, apresenta algumas inovações para conquistar o mercado.

O novo modelo é maior, dado que o seu comprimento e largura foram aumentados em 15,2 cm e 8,4 cm, respetivamente, apesar de ter sido diminuída a sua altura (menos 1,2 cm). Assim sendo, a capacidade do porta malas atinge agora os 310 litros, não havendo alteração quanto ao número de lugares sentados, previsto para quatro pessoas.

O novo Volkswagen Beetle apresentará várias edições disponíveis, com motores a gasolina ou TDi. A potência prevista na versão base é 105 cv, mas convém notar que esta pode atingir um valor muito superior, cifrado nos 200 cv, para a edição 2.0 TSI DSG Sport. Os preços também variam bastante, de acordo com o modelo escolhido, desde os 49.805 reais até aos 83.750 reais.

Outras novidades são ainda o capô panorâmico, o sistema de navegação (pela primeira vez oferecido neste modelo) e ainda o sistema de som desenvolvido.


A Volkswagen apresentou esta semana a linha 2012 da picape Amarok, composta por quatro versões, com novos itens de série e opções diferenciadas de motores. Porém, as novidades mais esperadas, a inclusão da transmissão automática de oito marchas e a comercialização de uma versão de cabine simples, não apareceram, e devem ficar para o segundo semestre do próximo ano. Enquanto isso, o câmbio manual de 6 velocidades é o único disponível.

O modelo de entrada conta com motor turbodiesel de 122 cv de potência, tração 4×2, vidros e retrovisores elétricos, freios ABS com assistente de frenagem, controle de tração, bloqueio eletrônico do diferencial, ar condicionado climatic, direção hidráulica, rodas de aço aro 16 e rádio com CD, MP3, USB e Bluetooth. O preço sugerido é de R$ 90.890 na versão 4×2 e de R$ 94.890 na versão 4×4.

A versão Trendline, impulsionada pelo bloco biturbo de 163 cv, custa a partir de R$ 105.990 e acrescenta tração 4×4, piloto automático, faróis de neblina, rodas de liga leve de 17 polegadas, duplo airbag, entre outros itens.

Já a versão Highline, cujo preço parte de R$ 123.990, vem com a mesma motorização da versão Trendline, além de sensor de estacionamento traseiro, volante multifuncional, ar condicionado automático dual zone, rádio com tela sensível ao toque e rodas de liga leve aro 18.

Há ainda a versão SE, exclusiva para frotistas, baseada na versão de entrada, exceto pelo motor de 163 cv, rodas aro 16 de alumínio, tração 4×4 e airbags de série.

Fonte: Volkswagen

Por André Gonçalves


Uma perua de estilo moderno, design atual de linhas funcionais que garantem boa apresentação, razoável e espaço interno bem equilibrado, a Spacefox da Volkswagen atua bem em seu segmento de mercado.

No entanto hoje em dia a competição é acirrada e a concorrência é grande, além da motorização, segurança e conforto é necessário oferecer também preço acessível para cativar o consumidor. E justamente visando uma maior competitividade, a Volkswagen fez algumas mudanças e um reposicionamento das versões da linha com redução de alguns equipamentos, o que gerou novos preços para as três versões da perua.

A versão de entrada é a 1.6 l que vem com direção hidráulica e chave canivete entre outros itens de série e sai a R$ 44.290. A versão do meio é a Trend que já vem de série com ar condicionado e também direção hidráulica com preço a partir de R$ 49.390. Com mais R$ 2.700 o câmbio passa a ser o I-motion automático. E a versão top de linha, batizada de Sportline é mais completa e conta, entre outros itens de série, com freios ABS, sensores de chuva, airbag e parte de R$ 55.930 e com o câmbio automático I-motion o preço passa para R$ 58.630.

Por Mauro Câmara

Fonte: Uol


Volkswagen vai lançar no mercado brasileiro a pick-up Amarok em sua versão básica, que vai contar com cabine dupla e muitas novidades.

Agora, além das versões já existentes que são a Trendline e Highline, o consumidor poderá escolher entre as novas versões de cabine dupla que em breve chegarão às concessionárias Volkswagen de todo o Brasil.

A Amarok com cabine dupla estará disponível com tração 4×2 (traseira) e 4×4 que pode ser acionada de acordo com a necessidade do condutor. O modelo vem ainda com motor 2.0 a diesel, que conta com uma turbina e com potência de 122 cavalos.

As novas versões contam com os seguintes itens de série: ar-condicionado, direção hidráulica, rádio mp3, freio ABS, sistema de Bloqueio Eletrônico do Diferencial para proporcionar mais segurança e evitar que o veículo deslize quando a roda ficar sem tração, além de outros recursos que garantem maior segurança e conforto ao motorista e aos passageiros.

O valor da Amarok com tração 4×2 será a partir de R$ 88.990. Já a versão com tração nas quatro rodas será comercializada por R$ 92.990.  

Por Andrea Gomes


Dando continuidade em torno de informações sobre seus veículos automotores versão 2012, a Volkswagen anuncia ao público brasileiro o novo exemplar do Jetta, que passa a contar com maior conforto e esportividade por meio de uma plataforma desenvolvida estritamente ao modelo.

O sedã médio chega ao consumidor final em duas versões, a Comfortline, com motorização 2.0 Total Flex capaz de desenvolver 120 cavalos de potência, transmissão manual de cinco marchas e automática de seis marchas, e a Highline, aprovisionada com motor 2.0 TSI de 200 cavalos de potência, transmissão DSG com dupla embreagem e seis marchas.

As medidas do novo Jetta são mais amplas em relação à versão antecessora. Essa característica, aliada a novas linhas de design, tais como horizontalidade nos desenhos e aerofólio similar aos splitters utilizados em carros de competição, conferem ao carro um visual esportivo.

As principais novidades no interior do Jetta podem ser observadas no próprio equilíbrio das cores, que remetem aos automóveis europeus. A VW também ampliou o espaço para as pernas no banco traseiro.

Com lançamento previsto para abril, informações preliminares sobre preços do Jetta 2012 indicam valores de R$ 65 mil a R$ 90 mil.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: VW


A concessionária Volkswagen Zamora, localizada na avenida Waldemar Ferreira 205, está com seu feirão Pré-Carnaval de Ofertas pronto para vender muitos automóveis. Os preços e as facilidades agradam o comprador.

O novo Fox 1.0 duas portas pode ser comprado com a entrada e mais 48 vezes à taxa de 0,99% ao mês. Ele é equipado com direção hidráulica, limpador e desembaçador traseiros, além de calotas aro 15 e é vendido a partir de R$31.100,00.

Nas Ofertas do Gerente, há preços ainda mais surpreendentes: o Gol 1.0 quatro portas custa a partir de R$29.290,00 e com mais R$990,00 é possível levar a direção hidráulica e o pacote Trend.

O SpaceFox 1.6 custa a partir de R$48.790,00 com direção hidráulica, ar condicionado e conjunto elétrico. O comprador ainda ganha o IPVA.

Para ver essas e mais ofertas do Feirão, acesse: www.zamora.com.br.

Por Flávia Yoshitani


A Volkswagen está de olho no mercado de carros populares para o público jovem e já divulgou no, dia 18 de fevereiro, que vai lançar um automóvel mais barato que o seu tradicional Gol.

A montadora está focada em um projeto cujo objetivo é fabricar um veículo de baixo custo, ideal para os jovens que vão comprar o primeiro carro, afirmou o presidente da Volkswagem do Brasil, Thomas Schmall.

A fabricante vai ampliar a sua capacidade de produção para algo em torno de 5% a 6% na unidade que fica em Taubaté, em São Paulo. A data de lançamento do novo veículo ainda não foi informada pela Volkswagen.

Por Andrea Gomes


Os sites de leilões virtuais estão ficando bastante populares. Encontra-se de quase tudo, principalmente eletrônicos, a preços razoavelmente baixos. Agora, o próximo produto a fazer parte da lista será um Novo Gol 1.0 2011, zero quilômetro, de quatro portas e detalhes internos na cor Moon Silver, cujo leilão vai acontecer no dia 22 de fevereiro, através do site Olho no Click. O valor de mercado do veículo da Volkswagen está em torno de R$ 30.050. Mas o lance inicial será a partir de R$ 0,01.

Para tentar a compra do veículo, é preciso se cadastrar no site e comprar algum dos pacotes de lances oferecidos (o valor mínimo é de R$ 30). A expectativa é de que o leilão dure cinco horas, e os participantes podem fazer lances a cada 15 segundos.

Ao término do tempo estipulado, quem tiver feito a última oferta arremata o Gol.

Outras informações no site www.olhonoclick.com.br

Por André Gonçalves


O novo modelo do Passat, o CC R-Line, já está em processo de encaminhamento às concessionárias da Volkswagen no Brasil. O carro apresenta vários itens de série especiais que proporcionam ao sedã uma aparência mais esportiva, como rodas de liga leve de 18 polegadas e spoilers nas laterais e na parte frontal.

O modelo foi fabricado pela Volkswagen R Gmbh, subsidiária da Volkswagen e especializada em produzir veículos esporte e com características que os tornam únicos e particulares. Segundo o blog da montadora, o volante do novo Passat tem acabamento em couro e algumas funções podem ser acionadas a partir dele, como a mudança de marcha.

Outro atrativo são os bancos de couro que podem ser ajustados de forma elétrica e não manualmente, como na maioria dos carros. Entre outros recursos, a máquina possui visor que exibe quando o pneu do carro está precisando ser calibrado, e ainda, seis airbags, sensor de chuva, câmbio automático, entre outras mordomias. Para adquirir o Passat CC R-Line, o consumidor deverá pagar em torno de R$ 189.130,00.

Por Andrea Gomes


Estamos apenas no segundo mês do ano de 2011 e a indústria do automóvel parece estar sempre um passo a frente. Talvez por isso a onda de antecipações dos modelos 2012 esteja tão em voga.

E para não fugir da tendência a Volkswagen já antecipou a linha 2012, na Europa, do seu utilitário esportivo, o SUV Tiguan, que passou por uma reestilização e cuja nova versão tem apresentação marcada para o Salão do Automóvel de Genebra no mês que vem.

Grande sucesso na Europa, o SUV compacto Tiguan é um carro de linhas fortes, plataforma robusta, desenho moderno e dono de um visual esportivo e resistente e com boa agilidade urbana. Talvez seu grande mérito seja aliar as características de um bom utilitário com a esportividade de um modelo confortável e compacto. Reestilizado, o Tiguan ganhou aprimoramentos estéticos e funcionais que o tornam além de bonito mais confortável e refinado.

De acordo com sites especializados a montadora não divulgou nenhuma informação técnica quanto à motorização da linha 2012. Sabe-se apenas que a pré-venda já começou e que na Alemanha e seu preço parte do equivalente a R$ 54.827 sem os impostos e taxas de importação praticados no Brasil.

Por Mauro Câmara


Carros personalizados, grosso modo, parecem ser realidade para poucas pessoas mais endinheiradas ou totalmente apaixonadas por veículos. Contudo, o setor tem procurado abranger todas as possibilidades diferenciadas para seduzir os consumidores, como por exemplo, a montadora Fiat e a nova versão do Uno, que já pode sair da concessionária com visuais bastante inovadores.

Mesmo assim, existem modelos altamente equipados e de alcance restrito. Caso é o Gol Vintage, carro-conceito concebido por designers da Volkswagen do Brasil. Segundo informações da fabricante, 30 unidades serão confeccionadas, o que representa cada ano de existência do Gol.

Cada unidade trará uma numeração, com alguns itens da carroceria pintados à mão. Aliás, a pintura do carro, tais como teto e capô, seguirão a mesma ideia (pintado à mão), acompanhando equipamentos de série especiais e uma guitarra, também produzida limitadamente.

O carro virá equipado com rodas de liga leve aro 16, com pneus 205/45 e motor 1.6 total flex. O preço sugerido ao exemplar é de R$ 52.180,00.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Volkswagen


Na finalidade de atrair a atenção de potenciais consumidores, a Volkswagen do Brasil divulgou que as pessoas que adquirirem a picape Amarok receberão gratuitamente dois anos de seguro e um ano do Imposto sobre a Propriedade do Veículo Automotor (IPVA).

De acordo com o portal Quatro Rodas, os benefícios são válidos para compras realizadas do exemplar de cabine dupla Highline, entre os dias 15 e 31 deste mês. Em Tocantins, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás, locais em que o IPVA não é cobrado, a VW concede bônus no valor de R$ 3,5 mil para ser convertido em documentação, acessórios ou pagamento de mais um ano do seguro.

O preço sugerido à versão em questão é de R$ 119.490,00. O Highline é equipado com motor TDI biturbo, injeção direta de combustível, além de freios ABS para estilo off-road e controle automatizado de descidas, ou HDC.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Depois de trazer no ano de 2010 seis novos modelos, a Volkswagen apresentou o novo SpaceFox, sétimo automóvel que complementa a renovação da “família Fox”. Depois de passar pelo mercado argentino, onde é produzido, o reestilizado SpaceFox  chega às lojas no Brasil.

Os preços do novo modelo podem variar de R$48.790 até R$55.190, dependendo das especificações contidas no carro.

Uma das novidades é o câmbio automatizado I- Motion , que não apresenta os trancos tão fortes como outros automatizados, porém ainda não se encontra a suavidade que igual a um câmbio automático tradicional.

Já a versão Sportline acrescenta rodas de liga, duplo airbag, ABS, sensor de chuva e iluminação. Segundo Fabrício Biondo, gerente executivo de Planejamento de Marketing da Volkswagen do Brasil, o novo SpaceFox é ideal para o consumidor que busca design, tecnologia, status e acima de tudo a flexibilidade e o espaço interno que o SpaceFox oferece.

Por Oscar Ariel

Fonte: Tv Motocar


Buscando acirrar o mercado e disputar espaço com a Palio Weekend a Volkswagen está lançando a nova versão do Spacefox.

A principal mudança no novo carro é o seu preço. A Volkswagen baixou o preço da “perua” e agora ele parte de R$48.790,00 (Modelo com motor 1.6, direção hidráulica, travas, retrovisor e vidros elétricos e ar condicionado.

O novo Spacefox terá opção de Câmbio Automático, mais itens de série e 4 opções de acabamento.

Apesar de um pouco mais caro que seus concorrentes, o Spacefox ganha em termos de requinte e acabamento.O seu acabamento possui peças emborrachadas, forração em um tecido melhor e painéis internos com um aspecto mais sofisticado.

Entre as mudanças exteriores podemos notar que o carro agora tem linhas mais horizontais, o que deixa o novo modelo mais elegante. Na parte dianteira, podemos notar ainda novos faróis e nova grade com filetes cromados. Na parte traseira vemos novas lanternas mais quadradas e novo para-choque.

Confira algumas fotos do carro:

Fotos: Divulgação

A montadora Volkswagen fará um evento no Anhembi no dia 10, próximo sábado e apresentará o Gol Fest, isso tudo para comemorar os 30 anos do Gol.

A principal novidade do carro show Vintage é um sistema que amplifica o som de guitarra integrado.

O modelo foi desenvolvido exclusivamente para a comemoração ,mas para chegar a esse resultado inovador, a fabricante admitiu que teve ajuda, a Tagima, fabricou guitarras exclusivas e será conectada ao veiculo no dia do evento.

A comemoração será realizada em São Paulo, no Sambódromo do Anhembi , no próximo dia 10, sábado, das 09h:00 as 17h00 o acesso é para pessoas acima de 16 anos, os menores terão que estar acompanhados .

O evento ainda conta com o designer do veiculo e um guitarrista de renome.

Por José Alberi Fortes Junior.





CONTINUE NAVEGANDO: