A SW4 assume sua identidade própria, ela tem disponibilidade nas versões SR, SRV e SRX.

Tendo uma presença no mercado brasileiro, a Hilux SW4 pertencente à Toyota tem preços que variam de R$ 152.090 a R$ 252.790.

Diferente da Hilux, a SW4 assume sua identidade própria, ela tem disponibilidade nas versões SR, SRV e SRX. Sendo a versão SR com motor Flex, já as outras duas citadas V6 4.0 possuindo 238cv de potência, isso com gasolina, já com diesel é 2.8 1GD que tem 177 cv de potência.

Os modelos possuem a diferença no motor, porém na sua transmissão de marchas é igual, sendo transmissão automática de 6 marchas, e ambas são 4×4. A sua média de consumo por ser um carro que já gasta muito pode não alegrar a todos, porém a Toyota faz de tudo para que tenham carros com maiores potências e menor número de uso de combustível.

Detalhes e características Hilux SW4

As medidas do veículo são de 4,79 metros de comprimento, já a largura é de 1,85, e conta também com 1,83 de altura e 2,74 de entre-eixos, o que chama atenção também além do tamanho são as partes cromadas que sempre dão o ar de ostentação, assim como os LED’s do carro. Os faróis têm desenho que dão a ideia de agressividade, agregando projetor de LED para facho alto e baixo, também contando com luzes diurnas em LED e ainda mais repetidores de direção.

Os faróis de neblina têm um molde cromado já o para-choque ficou mais saliente, dando exclusividade ao modelo. Como várias partes do carro, a grade é cromada e tem como destaque o símbolo da Toyota que é totalmente destacado. As rodas são de liga leve aro 18, elas vêm com pneus 265/60 R18. Os retrovisores podem ser ajustados eletricamente e detalhes cromados estão nas maçanetas.

Como é um carro alto, ele possui estribos, isso facilitará a entrada de seus passageiros. Sua traseira composta pelas partes mais chamativas como o LED e as partes cromadas chamam total atenção onde passam.

Agora na parte voltada ao interior do carro, pode-se perceber o contraste entre cores e materiais de composição, por exemplo, o couro que mistura tonalidades de preto e marrom. Além disso, também são usados alguns detalhes preto brilhante que imitam a textura da madeira.

Novidades do veículo

Se for comparar com as linhas anteriores, o SUV não traz tantas novidades, a maioria das coisas foi mantida e seu design é um pouco mais moderno e estruturado agressivamente. O carro na versão SRX vem com algumas diferenças, como o ajuste elétrico dos bancos do motorista, como já citado nos detalhes alguns detalhes de couro, sendo um deles o próprio banco, mas não só o do motorista e sim do carro todo.

Versões e seus respectivos preços

SR 4×2 Transmissão Manual sendo / flex com capacidade 5 lugares: R$ 152.090

SR 4×2 Transmissão automática / flex também de 5 lugares: R$ 165.640

SR 4×2 Transmissão automática / flex com capacidade de 7 lugares: R$ 171.140

SRV 4×2 Transmissão automática / flex também de 7 lugares: R$ 178.990

SR 4×4 Transmissão automática / diesel igualmente ao de Transmissão manual conta com 5 lugares: R$ 228.320

SRX 4×4 Transmissão automática / diesel de 5 lugares: R$ 247.160

SRX 4×4 Transmissão automática / diesel de 7 lugares: R$ 252.790

Agora levando em consideração o mais simples da categoria algumas informações técnicas

O motor do carro é 2.7 Dual VVT-Ti, os cilindros são 4 em linha, 16 válvulas, a sua taxa de compressão é 12:1. A injeção de combustível é eletrônica multiponto. Como já citado, a transmissão deste modelo é manual, sendo 5 marchas, mas também está disponível na versão automática que diferentemente da anterior possui 6 marchas. Ambas as versões são de direção hidráulica e tração 4×2.

Por Gustavo Martins dos Santos

Toyota Hilux SW4 2018


Veja aqui mais informações sobre o Toyota Prius 2018.

Toyota Prius 2018 tem beleza externa, conforto e modernidade

Toyota Prius 2018 é um carro completo e que pode ganhar facilmente de seus concorrentes, pois além de beleza, ele possui muitas outras qualidades fundamentais em um carro. Além disso, ele também é um carro potente e essa junção torna esse carro muito completo e capaz de conquistar qualquer usuário. O Novo Toyota Prius 2018 possui uma beleza externa bem chamativa, que não passa despercebido nem nos locais que possuem outros carros com belezas concorrentes. Então vamos falar um pouco sobre os detalhes dessa máquina logo abaixo:

Carro com muito espaço na área externa

O Toyota Prius é um carro muito espaçoso e por isso possibilita a todos os ocupantes do carro o máximo de conforto. Os bancos são bem confortáveis e possuem espaços para que os ocupantes estiquem as pernas quando estão sentados. Além dessa comodidade, o motorista tem acesso a alguns detalhes como: Registros pessoais de desempenho, gráficos de consumo, cálculo do custo do combustível, histórico de eficiência e muito mais. Isso torna a viagem muito mais confortável.

Itens de série do Toyota Prius 2018

Os itens de série do Toyota Prius 2018 são bem completos e conseguem deixar esse carro ainda mais perfeito. E é claro que os consumidores de modo geral vão se agradar com a maioria dos itens desse modelo. Veja abaixo os principais de série do Toyota Prius 2018:

– Retrovisores elétricos com rebatimento automático

– Luz de ambiente com sensor de presença

– Cluster digital

– Faróis de LED

– Coluna de direção ajustável em profundidade e altura

– Freios a disco nas 4 rodas

– Ar-condicionado

– Controle de tração e estabilidade

– Rodas de liga leve aro 15 com calotas metálicas

– Vidros dianteiros e traseiros elétricos

– Luzes diurnas em LED

– Banco traseiro biopartido

– Sistema de som JBL

– Direção elétrica

– ABS com EBD

– Volante multifuncional

– Retrovisor eletrocrômico

– Abertura e fechadura de portas sem uso da chave

– Lanternas em LED

– Lavador e limpador de vidro traseiro

– Difusores automáticos para o motorista e os outros ocupantes do carro

– Sensores de estacionamento

– Cintos e apoios de cabeças completos

– Alarme

– Isofix

– Pneus de baixa resistência a rolagem 195/65 R15

Entre outros.

Informações sobre motor e potência do Toyota Prius 2018

O Toyota Prius 2018 é um carro que possui motor potente e com isso tem sua potência elevada. Seu motor é 1.8 Dual WT-i de ciclo Atkison. Ele faz 98 cv de potência máxima, seu torque é de 14,2 kgfm e 3.600 a 5.200 rpm. O motor também tem a opção de trabalhar com caixa de transmissão CVT que funciona com gerenciamento eletrônico. O motor elétrico faz 72 cv de potência máxima e seu torque é de 16.6 kgfm. Podemos concluir que com um motor desse, o usuário não terá motivos para reclamar.

Valor do Toyota Prius 2018

O preço médio de mercado desse carro é de R$126.600,00. Esse valor está dentro da média esperada para quem já conhece a marca, já que normalmente os carros lançados são sempre com novos itens, motor, desempenho e detalhes externos.

Informações sobre a parte externa do Toyota Prius 2018

A parte externa desse carro é extremamente luxuosa e chamativa. Ela possui alguns detalhes bem interessantes como: A marca da empresa no capô, lanternas traseiras com estilo Bumerangue, defletor integrado a tampa, faróis de neblina e outros detalhes.

Consumo médio

Já o consumo médio desse carro é considerado bom pela avaliação abaixo:

Na estrada

Esse carro faz 17,0 km/l rodando com gasolina

Na cidade

Esse carro faz 18,9 rodando com gasolina

Carro com tecnologia e modernidade

Não posso deixar de falar que o Toyota Prius 2018 é um carro muito moderno e possui diversas funções como: TV Digital, GPS, DVD, Bluetooth e multimídia com tela de 7 polegadas.

Essas são as informações mais interessantes desse carro incrível!

Escrito por Cristiane Amaral


Veja aqui todos os detalhes sobre o Recall do Toyota Corolla.

Quem é proprietário de um veículo do modelo Corolla deve estar atento, pois a Toyota acaba de anunciar um recall duplo no modelo. Segundo a marca, o modelo Corolla terá que passar por dois reparos. Os proprietários de veículos envolvidos devem fazer o agendamento por meio de um telefone e os reparos terão início no dia 16 do mês de abril.

Infelizmente essa não é a primeira vez que a Toyota anuncia um recall para o modelo Corolla. Aliás, desde o ano de 2013 mais de seis convocações foram realizadas para o modelo. Esse ano é a primeira vez que acontece.

O primeiro recall do Corolla está associado a um problema no airbag do passageiro, sendo que este problema já se repetiu em outros recalls do modelo.

O recall foi anunciado nesta terça-feira, dia 03 do mês de abril, e o defeito mais grave, de acordo com a fabricante, está nos denominados “airbags mortais”. O outro defeito está localizado no câmbio CVT.

Quem possui carros com os chassis descritos abaixo deve fazer o agendamento do reparo por meio de um telefone disponibilizado pela fabricante. São quase 120 mil unidades a serem vistoriadas, um número considerável alto.

“Em relação ao problema dos airbags mortais”. O defeito na realidade está no acessório do passageiro do veículo. Assim, em caso de algum acidente ou colisão em que o acessório precisar ser acionado, este, por apresentar um defeito na carcaça de seu insuflador, pode chegar a romper e assim projetar objetos cortantes e metálicos nos ocupantes do veículo, levando a danos graves físicos e até mesmo fatais.

No Brasil não foi registrado nenhum acidente em decorrência deste problema. Porém, no exterior a situação é outra, pois já foram registradas 22 mortes relacionadas a esse problema no airbag.

Dessa forma, aos proprietários de veículos envolvidos no recall, é indispensável a apresentação do veículo a uma concessionária autorizada da marca Toyota. Serão 53.635 veículos a terem o airbag do passageiro substituído. Todos os veículos são do modelo Corolla fabricados no ano de 2013.

Já o segundo recall do Corolla está relacionado ao câmbio CVT. Trata-se na realidade de um defeito presente no controle eletrônico do câmbio CVT, que está na Unidade de Controle Eletrônico que tem a finalidade de controlar a transmissão. Desse modo, o defeito leva ao aparecimento no painel de instrumentos de uma luz de advertência, que ao ser acesa pelo sistema leva imediatamente a limitação da velocidade do veículo em até 60 km por hora. Embora esse problema não seja tão grave ele também pode colocar em risco a integridade física e avida de seus ocupantes, como por exemplo em uma rodovia com um elevado tráfego de veículos a uma velocidade superior a 60 km por hora, ao ter a sua velocidade diminuída, p veículo pode ocasionar colisões. De acordo com a fabricante, serão 65.963 unidades do Corolla modelo GLi 1.8 a passar pelo reparo.

No total, serão 119.598 unidades do Corolla a serem reparadas. Para isso, basta telefonar para o número 0800-7030206 e fazer o agendamento. A marca não informou quanto tempo irá durar cada reparo, mas quando o proprietário ligar para agendar ele receberá todas as informações necessárias sobre o recall.

Não existe tempo determinado para a realização dos reparos. Ou seja, enquanto as 119.598 unidades não forem reparadas o recall será mantido. Porém, a recomendação principal é de que os proprietários de veículos Corolla cuja fabricação se deu entre os anos de 2013 e 2017 procurem apresentar seus veículos o mais rápido possível, uma vez que um dos defeitos que o carro pode conter é bem sério, podendo colocar em risco a vida de seus ocupantes.

Ligue para o SAC informado acima e saiba de todas as informações sobre o Recall Toyota Corolla 2018.

Sirlene Montes


O modelo possui uma dianteira nova, com uma grade atualizada e um formato mais fino. Tanto o para-choque dianteiro como o traseiro são novos, são aerodinâmicos e esportivos.

O Toyota Etios Sedan 2018 vem nas versões X 1.5 L 16V manual no valor de R$ 50.690; X 1.5 L 16V automático no valor de R$ 55.590; XS 1.5 L 16V manual, no valor de R$ 53.990; XS 1.5 L 16 V automático, no valor de R$ 58.890; Sedan XLS 1.5 L 16V automático, no valor de R$ 64.190 e Platinum 1.5 L 16V automático, no valor de R$ 68.390.

O modelo possui uma dianteira nova, com uma grade atualizada e um formato mais fino. Tanto o para-choque dianteiro como o traseiro são novos, são aerodinâmicos e esportivos. As saias laterais antes disponíveis apenas no modelo Platinum, agora também estão disponíveis no modelo XLS. A versão Platinum conta ainda com detalhes cromados na grade frontal e seu interior vem com tapetes feitos de carpetes.

As lanternas continuam com o mesmo design vertical e triangular.

A parte interna conta com um bom quadro de instrumentos, o volante mais simples da versão anterior teve alterações resultando em melhor qualidade nessa nova versão e o porta-malas possui abertura invertida.

Os bancos são confortáveis e com ótimo espaço traseiro, além de um amplo bagageiro.

A versão X conta com um quadro digital de instrumentos; comp. de bordo; assist. elétrica na direção; porta copos; um para sol que vem com espelho para o motorista e para o passageiro; o tanque e o porta-malas possuem abertura interna; trava elétrica; vidro elétrico; airbag duplo; encosto rebatível no banco traseiro; freio c/ ABS e com EBD e alarme advertência para porta aberta, cinto de segurança, chave na ignição, entre outros.

Na versão XS além dos itens presentes na versão X, vem ainda com sist. de som c/ Bluetooth; o volante com controle de telefonia e de som, além do controle de cruzeiro presente na versão automática; detalhes em tons cromados; tecido de duas cores nos bancos; banco do motorista com descansa-braço (na versão automática), entre outros.

Na versão XLS, além dos itens já citados acima, o modelo possui roda de liga leve com aro de 15”; pneus 185 / 60 R 15; farol de neblina; o sist. de áudio possui espelhamento do smartphone e a tela é touchscreen; conta com indicadores de seta nos retrovisores externos e o acabamento dos bancos é Comfort Drive e do volante é de couro.

Já a versão Platinum vem com os itens já citados nas versões anteriores e com um design exclusivo nas rodas; grade c/ detalhe cromado; tapete feito de carpete; manopla do câmbio é em couro; aerofólio; além do sist. multimídia Toyota Play que conta com rádio, USB, MP3, Bluetooth, DVD player, TV digital e GPS.

Em relação ao consumo, na cidade o Etios Sedan com motor 1.5 MT faz 8,5 km por litro usando etanol e 12,5 km por litro usando gasolina. O modelo com motor 1.5 AT faz 8,4 km por litro usando etanol e 12,2 km por litro usando gasolina. Já na estrada o Etios Sedan com motor 1.5 MT faz 10,3 km por litro usando etanol e 15,0 km por litro usando gasolina. O modelo com motor 1.5 AT faz 10,4 km por litro usando etanol e 14,9 km por litro usando gasolina.

Veja abaixo a Ficha Técnica do veículo:

Motor

Motor: 1.5 Dual VVT-i

Tipo: Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Número de cilindros: 4 em linha

Cilindrada em cm3: 1.476

Válvulas: 16

Taxa de compressão: 13:1

Injeção eletrônica de combustível: Multiponto

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484): Potência de 102 cv a 5600 rpm usando gasolina e 107 cv a 5600 rpm usando etanol.

Potência Máximo Líquido (ABNT NBR 5484): 14,3 kgfm a 4000 rpm usando gasolina e 14,7 kgfm a 4000 rpm usando etanol.

Tipo de transmissão: Manual 6 marchas – Automático 4 marchas

Tipo de freios: Disco ventilado / Tambor

Tipo de direção: Elétrica

Suspensão dianteira: McPherson (independente com barra estabilizadora)

Suspensão traseira: Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas: Aço com aro de 14 polegadas de diâmetro – Liga Leve com aro de 14/15”

Pneus: 175/ 65 R 14 – 185/ 60 R 15

Capacidades

Tanque: 45 Litros

Porta Malas: 562 Litros

Dimensões

Comprimento: 4.369 mm

Largura: 1.695 mm

Altura: 1.510 mm

Distância entre eixos: 2.550 mm

Por Rosângela Rodrigues

Toyota Etios Sedan 2018

Toyota Etios Sedan 2018


A Hilux, da Toyota, na sua linha 2018, vem mais moderna, bonita e potente. Confira suas especificações.

Imagina uma linha de carro que se garante e não se sente ameaçada pela concorrência, mesmo sendo lançados muitos carros em versão top de linha. Parece até mentira, não é mesmo? Porém, a linha de carro em questão é a Toyota Hilux, que traz mais um lançamento em 2018, que vai abalar as estruturas das marcas mais conceituadas de carro. A Toyota Hilux 2018 é um carro cheio de detalhes que vão convencer facilmente os seus possíveis consumidores.

Carro conhecido em diversos países

Essa picape tem um grande diferencial. Além de ser moderna, bonita e potente, ela tem uma fama que alcançou muito países, e dessa forma se tornou popular. Aqui no Brasil ela é a picape mais vendida, e com ótima reputação pela avaliação dos seus usuários. Não será diferente com a nova versão Toyota Hilux 2018.

Toyota Hilux 2018 tem ótimos itens de série

Os itens de série dessa picape fazem parte do conjunto de qualidade da marca, e assim ajudar a tornar a Toyota Hilux 2018 umas das picapes mais incríveis já conhecidas. Veja abaixo os itens de série.

– Rodas de liga leve aro 17”

– Freios ABS

– Ar-condicionado manual

– Airbags

– Câmbio de 6 marchas automático do tipo sequencial

– Computador de bordo

– Direção hidráulica

– Central multimídia Toyota Play sincronizado

– Navegador GPS

– Retrovisor externo elétrico

– TV digital

– Acionamento automático dos faróis

– E muitos outros.

Informações sobre o motor e sua potência

O motor dessa Picape não é de fato ruim, porém, alguns usuários acreditam que pela capacidade da marca em lançar carros maravilhosos eles poderiam investir em um motor mais potente. Isso não quer dizer que a potência dele será um problema, apenas pode acontecer aquela sensação de “Poderia ser melhor”. Toyota Hilux 2018 tem motor Flex de 2.7 litros e faz até 163 cv. De modo geral, ele mostra uma potência bem dinâmica, nada exagerado. Até porque essa picape não é nenhum carro de corrida. Seu torque máximo é de 25 kgfm independentemente do tipo de combustível usado, ele faz o máximo de 4.000 rpm.

Detalhes externos encantadores

O primeiro detalhe externo da picape Toyota Hilux 2018 é que a impressão que temos ao olhar para ela é que seu formato está maior que a versão anterior. Isso é apenas uma impressão, e a responsável por isso é a sua grade cromada que fica bem evidente na parte externa. A Toyota Hilux 2018 cresceu um pouco, apenas 7 centímetros. Além da grade ela possui outros detalhes como:

– Lanternas horizontais na parte traseira

– Caçamba de carga que inclui câmera de ré

– Maçaneta no corpo central cromado

– Projetores de LED

– LEDs diurnos

– Faróis de neblina

A imagem que a nova Toyota Hilux 2018 passa é que é um carro luxuoso e robusto ao mesmo tempo. Então o usuário percebe que vai ter um carro com detalhes externos e que vai servir para trabalhar, passear e o que ele desejar.

Vamos os valores de algumas versões da Toyota Hilux 2018

Existe uma grande divergência de opiniões quando o assunto é o preço da Toyota Hilux 2018. Á quem diga que os valores das versões dessa picape são fora da realidade. Já outro grupo de pessoas acha que, pelo valor comprado, esse carro deveria ter mais acessórios e potência. Porém, a conclusão final é que os usuários que querem comprar essa picape precisam entender que ela vale isso tudo sim, mesmo sendo a versão mais cara de quase R$200 mil.

Veja os valores de algumas versões:

– SR 4X2 M/T Flex cabine dupla versão de entrada por R$108.990,00

– SRV 4X2 A/T Flex cabine dupla por R$124.380

– SRX 4X4 A/T Flex cabine dupla por R$193.270,00

Consumo médio da versão de entrada da linha Toyota Hilux 2018

Para a alegria dos usuários desse carro, ele tem o consumo médio adequado o que não será uma preocupação para seu bolso.

Na estrada

Esse carro faz 8,1 km/l com gasolina e 5,6 km/l com etanol.

Na cidade

Esse carro faz 6,9 km/l com gasolina e 4,8 km/l com etanol.

Por Cristiane Amaral

Toyota Hilux 2018


Este novo veículo apresenta uma inédita e imponente dianteira, inteiramente atualizada, fazendo parte da configuração de todas as versões desta série.

A famosa Toyota Motor Corporation, fabricante automotiva japonesa, está com novo lançamento no mercado interno brasileiro de veículos. Trata-se do Toyota Etios 2018, que consiste em um dos automotores que mais passou por significativas alterações ao longo de sua existência e comercialização no mercado nacional.

Estreado há quatro anos, o modelo Etios teve suas rodas modificadas, assim como a profundidade de seu painel, modificações no volante, modificações no painel de instrumentos, em diversas partes do acabamento em seu interior, nos motores, em seu câmbio, entre outros. Este novo veículo apresenta uma inédita e imponente dianteira, inteiramente atualizada, fazendo parte da configuração de todas as versões desta série.

Em termos de dimensões exteriores o Etios possui as seguintes medidas: são 3,77 metros em seu comprimento; 1,69 metros em sua largura; 1,51 metros em sua altura e 2,46 metros em seu entre eixos. Esta série estreia com design redesenhado e renovado, proporcionando ao compacto um visual muito mais atraente e moderno, sem, contudo, apagar a simplicidade mais ou menos minimalista das versões anteriores. Possui uma grade em forma de V; equipado com para-choque em design aerodinâmico, estilo esporte; as lanternas foram reelaboradas de modo a tornar tudo mais belo nesse hatch.

Em termos de potência e desempenho, a companhia, por meio de seus engenheiros, optou por sublimar potência motorizada do Etios, de modo que o mesmo se tornasse muito mais econômico, dando um salto de qualidade no aperfeiçoamento dos motores de 1.3 e 1.5, os quais atualmente contam com uma tecnologia de tipo Dual VVT-i aparelhada de duplo comando nas válvulas variáveis, apresentando melhor desempenho, sendo que o motor 1.3 Dual VVT-i faz 88 CV em gasolina e 98 CV em etanol. Com relação ao motor 1.5, o mesmo realiza 102 CV em gasolina e 107 CV nem etanol. Em termos de torque, no geral, houve um aperfeiçoamento de 12,5 de KGFM, para combustível originado do petróleo e 13,1 de KGFM para combustível originado da cana. No final, o resultado de desempenho registrado foi o seguinte: 1.3. (14,6) e 1.5 (14,9), em kgfm.

Com relação ao desempenho de motores segue a seguinte relação:

Na cidade foram registrados os seguintes resultados:

– O Etios 2018 de potência 1.3 MT fez 8,6 km por litro em álcool e 12,6 km por litro em gasolina;

– O Etios 2018 de potência 1.3 AT fez 8,2 km por litro em álcool e 11,8 km por litro com gasolina;

– O Etios 2018 de potência 1.5 MT fez 8,3 km por litro em álcool e 12,4 km por litro em gasolina;

– O Etios 2018 de potência 1.5 AT fez 8,1 km por litro em álcool e 11,9 km por litro em gasolina.

Na estrada o desempenho foi o seguinte:

– O Etios 2018 de potência 1.3 MT fez 9,8 km por litro em álcool e 14,2 km por litro em gasolina;

– O Etios 2018 de potência 1.3 AT fez 9,2 km por litro em álcool e 13,3 km por litro em gasolina;

– O Etios 2018 de potência 1.5 MT fez 9,8 km por litro em álcool e 14,1 km por litro em gasolina;

– O Etios 2018 de potência 1.5 AT fez 9,2 km por litro em álcool e 13,2 km por litro em gasolina.

As versões do novo modelo são: o Etios X 1.3L 16V de câmbio manual; o Etios X 1.3L 16V de câmbio automático; o Etios XS 1.5L 16V de câmbio manual; o Etios XS 1.5L 16V de câmbio automático; o Etios Ready 1.5L 16V de câmbio automático; o Etios XLS 1.5L 16V de câmbio automático; o Etios Cross 1.5L 16V de câmbio automático; o Etios Platinum 1.5L 16V de câmbio automático.

Por Paulo Henrique dos Santos

Toyota Etios Hatch 2018


O novo Corolla 2018 contém uma série de retoques sobre seu visual e em seu acabamento interno; suplementado de diversos equipamentos que compõem esta linha, que abrangem todas as versões.

Desde a sua origem, nos confins do oriente, a Toyota Motor Corporation – fabricante automotiva japonesa – tem produzido veículos que estão entre os melhores do mundo. Na atualidade, a companhia está com um novo lançamento no mercado, o intitulado Corolla 2018, cuja estreia se deu de modo privilegiado, na Argentina. Após esse lançamento foi iniciada sua comercialização em território brasileiro. Trata-se, em realidade, de um dos veículos mais vendidos em escala nacional, consistindo em um tipo sedan que apresenta uma série de novos atributos, no sentido de manter-se liderando dentro dessa mesma seção. É um dos melhores da categoria de automotores.

O inédito Corolla 2018, essencialmente, pode ser tipificado por meio dos seguintes atributos: chegou ao mercado apresentando um design sublimado, embora muito mais agressivo e equipado com faróis do tipo LED, que abrangem as luzes de LEDs diurnas, suplementadas por mais outras lanternas do mesmo modelo e tipo; por ser um sedan de porte médio, produzido nas unidades da companhia japonesa, ele integra um pacote completo que inclui versões mais amplas, ou versões destinadas aos profissionais que trabalham como Frotistas ou Taxistas, e, também, versões voltadas aos consumidores que são pessoas com deficiência física ou mesmo pessoas com necessidades especiais, constituindo essa ala de consumidores os privilegiados com o beneficio dos descontos estabelecidos por meio de lei federal, abarcando isenção de até 70.000 mil reais em concessionárias.

Todas essas versões que compõem esse modelo estão com novo design esportivo, munidas dos chamados Spoilers embutidos a ambos os para-choques; está aparelhado de um tipo de difusor de ar instalado na parte traseira; munido de um defletor de ar instalado na parte de cima do porta-malas; com relação aos acabamentos exteriores ele apresenta as saias laterais; munido de rodas do tipo liga leve com aro de raio em 17 polegadas; em termos de suspensão, esse veículo possui um dispositivo que opera ajustes bem mais firmes; possui um design interno inteiramente fabricado em couro e estilizado em tonalidades nas mais diversas cores discretas.

Entre outras especificações que podem ser observadas, este novo Corolla 2018 contém uma série de retoques sobre seu visual e em seu acabamento interno; suplementado de diversos equipamentos que compõem esta linha, que abrangem todas as versões. Sua estreia no mercado de veículos brasileiro iniciou com valores entre R$ 69.690 e R$ 114.990.

Com relação ao motor, são dois tipos de propulsores. Um deles é o chamado 1.8 VVT-i Flex, aparelhado de comando duplo que funciona de modo variável em termos de válvulas; contém quatro cilindros; suplementado de injeção eletrônica de tipo indireta para combustível, possui bloco e o cabeçote produzidos em alumínio. O segundo é o 2.0 VVT-i Flex, também equipado de comando duplo, que funciona de modo variável por meio de válvulas; munido de quatro cilindros; possui a injeção eletrônica de tipo indireta para combustível, além do bloco, mais o cárter e cabeçote produzido em alumínio.

Outros detalhes abrangem o novo painel que sofreu positivas alterações em seus difusores de ar; aparelhado com ar-condicionado inteiramente revisado; possui o multimídia da Toyota Play, além de uma tela de 7 polegadas, suplementada pelo cluster de repaginado grafismo.

Todas as versões que formam a linha deste Toyota Corolla 2018 estão equipadas com sete airbags e mais o ESP. Em termos de dimensões externas ele possui: 4,62 metros em seu comprimento; 1,77 metros em sua largura; 1,47 metros em sua altura e mais 2,70 metros em seu entre eixos; o seu porta-malas tem capacidade para 470 litros; o tanque tem capacidade para até 60 litros de combustível. Este veículo é fabricado por meio de uma plataforma que opera com aços de alta resistência e de estrutura muito mais leve, por conseguinte, o mesmo pesa entre 1.285 kg e 1.315 kg, conforme a natureza dos motores de cada versão.

A lista de versões e valores segue abaixo:

O Corolla 1.8 GLi manual, valor R$69.690;

O Corolla 1.8 GLi CVT, valor R$69.990;

O Corolla 1.8 GLi CVT Upper, valor R$90.990;

O Corolla 2.0 XEi CVT, valor R$99.990;

O Corolla 2.0 XRS CVT, valor R$108.990;

O Corolla 2.0 Altis CVT, valor R$114.990.

Por Paulo Henrique dos Santos

Toyota Corolla 2018

Toyota Corolla 2018


Nova geração do carro chega ao país com novo motor e custando cerca de R$ 119 mil.

A montadora japonesa lançou na terça-feira, dia 7 de junho, a nova geração do Toyota Prius no Brasil. O híbrido é o mais vendido do mundo e sua quarta geração chega no mercado brasileiro custando R$ 119.950, pouco a mais que a geração anterior, que era comercializada por R$ 117.610. Na quarta-feira, dia 8, serão iniciadas as vendas do modelo.

O Prius é dos maiores representantes dos “ecologicamente corretos” fabricados pela companhia japonesa. A terceira geração teve apenas 800 unidades vendidas e agora a Toyota vai trabalhar para aumentar mais o mercado.

Dependendo do interesse dos brasileiros será possível uma produção nacional, pois segundo o vice-presidente da Toyota Brasil, Miguel Fonseca, não há uma escala para produzi-lo aqui. O esperado é que este ano sejam vendidas 600 unidades e no próximo ano, 1.100.

Conforme a montadora, o motor 1.8 foi desenhado novamente e gera 98 cv de potência a 5.200 giros e um torque de 14,2 kgfm. Este trabalha em conjunto com um motor elétrico de 72 cv e torque de 16,6 kgfm, que combinados atingem uma potência de 123 cavalos, o câmbio é o CVT.

Com relação ao consumo, houve uma melhora em 10%, sendo de 18,9 km/l em perímetro urbano e na estrada de 17 km/l, fazendo dele o veículo mais econômico do país.

A fabricante informou que a autonomia do veículo pode chegar a 812,7 km dentro da cidade. Utilizando os dois motores, o carro faz de 0 a 100 km/h em 11 segundos.

O automóvel também conta com uma nova plataforma e agora possui a arquitetura global TNGA, que será origem de praticamente metade dos carros da Toyota até o ano de 2020. Suas medidas também sofreram alterações, ficando com 60 mm mais comprido, 20 mm mais baixo e 15 mm mais largo, ficando respectivamente com 1.490 mm, 4.540 mm e 1.760 mm.

Internamente, o espaço também aumentou, sendo 20 mm a mais na largura e 15 mm no comprimento, atingindo 1.490mm e 2.210 mm, respectivamente. O porta-malas agora possui 412 litros e sua abertura teve um aumento de 84 mm na largura. O carro tem suspensão MC na dianteira e na traseira é independente multilink.

FILIPE R SILVA


Pacote TRD não está disponível no Brasil.

A novidade automobilística apresentada pela Toyota recentemente é a nova versão do Toyota SW4 2016, que vem repaginada com novidade no Exterior. A novidade é o pacote TRD Esportivo e foi apresentada na Tailândia. Essa é a terceira geração do SUV que deixa a hereditariedade da pick-up e passa a ter visual próprio bem diferente da versão anterior comercializada 11 anos atrás.

A nova versão do SW4 foi desenvolvida nas fábricas da Argentina e chega ao Brasil com itens de série como: abertura elétrica dos porta-malas, regulagem elétrica no banco do motorista, ar condicionado digital, câmera de ré, central multimídia com tela de 7 polegadas para o GPS e TV Digital, banco de couro, vidros e trava elétrica, airbags laterais e frontais, além de controle de estabilidade e tração.

A mecânica do carro tem mudança no motor, que antes era 2.7 flex e passa a ter o novo v6 de quatro litros à gasolina, com potência de 238 cv e 38,3 kgfm. A versão a diesel conta com motor 2.8 com quatro cilindros, o mesmo utilizado no lançamento da Hilux em 2015, capaz de atingir potência de até 117 cv e 45,9 kgfm.

O carro será vendido nas versões de 5 e 7 lugares.

De acordo com as estimativas da montadora, o número de venda deve chegar a variar entre 8 mil e 9 mil unidades no primeiro ano, sendo 75% das vendas referente à versão com 7 lugares a diesel.

O novo design também é uma forte característica do novo modelo, a começar pelos faróis mais estreitos acompanhados de luzes de LED. As lanternas traseiras do carro ficaram mais finas e possuem barra cromada, que liga as duas lanternas. No interior é possível notar algumas características do modelo Corola (da mesma marca) no relógio digital, na alavanca do câmbio e nos comandos do ar condicionado. Já o painel de instrumentos do SW4 mantém a iluminação azul clara, também marca do Corolla. O SW4 ganhou 9 cm na lateral e mais 2 cm de largura. O chassi do carro também passou por renovação que agora ganham aços de maior resistência e a carroceria passa a ser 20% mais rígida.

Por Jaime Pargan


Toyota inova e incorpora acessórios dos carros de passeio em sua picape.

A nova Toyota Hilux veio para mostrar que cada vez mais a sua tendência é se equiparar aos carros de passeio. Se incorporando de vários itens comuns a essa linha de veículos, a Toyota vem investido em uma expansão e maior popularização de um de seus modelos mais aclamados.

Na parte de dentro do carro, poucos detalhes das versões mais antigas foram mantidos, valendo citar como um dos mais marcantes o pequeno relógio Casio no painel. De resto a maioria é novidade. Com destaque para um grande investimento em deixar o interior mais parecido com um carro de passeio de luxo. O acabamento ficou realmente muito bonito com detalhes de cromado e alguns outros com material similar ao couro (material esse também utilizado no Corolla).

A ergonomia do carro também foi melhorada, deixando o carro mais acessível e confortável. Pequenos detalhes como a mudança de local do comando de retrovisores, saindo do painel para as portas e a facilidade de acesso aos comandos do carro, grande parte encontrados no volante na versão SRX (versão mais completa), fazem grande diferença.

Para alguns a baixa potência de apenas 177 cv pode ser surpreendente tendo em vista que este carro tem como principal característica a força. Porém, o truque está no torque do carro, este sim digno de um veículo do tamanho da Hilux. Ostentando 45,9 kgfm (câmbio automático) de torque, pode ter certeza que a nova Hilux ainda tem a antiga força para escalar e passar por cima de qualquer obstáculo.

Em se tratando de conforto, alguns aspectos foram claramente melhorados, enquanto outros ainda pecam pela falta de espaço. Por exemplo, uma pessoa com mais de 1,80m pode se sentir um pouco apertada em relação à altura do carro, mas pode se sentir um pouco melhor se perceber o aumento do espaço para as pernas.

Resumidamente, a nova Hilux exibe novos detalhes que irão agradar a novos compradores e ainda mantém a mesma força de sempre para manter seus fiéis admiradores.

Por Pedro Bartras


Novo modelo foi apresentado na Europa com duas opções de motores, um de 2.4 litros e outro de 2.8 litros D-4D. O destaque fica por conta do interior mais espaçoso e confortável.

A nova geração da Toyota Hilux foi apresentada na Europa. O modelo europeu não traz grandes mudanças em relação à versão apresenta ao mercado tailandês e outros mercados da Ásia – Pacífico. A nova picape foi melhorada em diferentes aspectos, seis para ser mais preciso: visual, conforto, segurança, durabilidade, capacidade e custo de propriedade.

O destaque fica por conta do interior mais espaçoso e confortável, em relação ao modelo anterior. Trata-se de uma picape que alia a praticidade e funcionalidade de um Crossover com vibração de um carro de passeio. A nova Hilux é uma picape que apresenta uma estrutura de alta resistência, bonita e que oferece uma linha de itens de série de impressionar. Entre eles estão os freios ABS e EBD, o controle de oscilação de trailer, central multimídia e outros.

A Toyota apostou em reforços na estrutura, no aumento das dimensões e também na capacidade de carga que passou a 1.240 kg na caçamba e 3.200 kg rebocados. A picape se comporta bem em diferentes terrenos, principalmente os acidentados, por conta do controle ativo de tração, que ajuda em decidas e subidas. O assistente de partida é ideal para superfícies inclinadas.

O modelo se assemelha às capacidades 4×4 do Land Cruiser, sobretudo por conta do novo chassi. Já o interior é mais amplo, sofisticado e apresenta mais recursos. O destaque fica por conta da tela central sensível ao toque, que apresenta diferentes recursos multimídia e a segunda tela de LCD, disposta no painel de instrumentos, tem a unção de computador de bordo.

Entre as opções de motores para o mercado europeu estão um de 2.4 litros e outro de 2.8 litros D-4D. Os dois são turbodiesel e considerados os mais econômicos do segmento categoria, de acordo com a marca. O de 2.4 rende até 150 cavalos e 40,8 kgfm e o segundo 177 cavalos e 45,9 kgfm. O lançamento deve chegar ao Brasil em 2016, mas importado. 

Por Ana Rosa Martins Rocha

Nova Hilux

Nova Hilux

Nova Hilux

Fotos: Divulgação


Sem fazer muito barulho na mídia, a Toyota começou a vender a versão 2015 de seu sedan de luxo Camry. O carro teve algumas mudanças em relação ao modelo anterior, mas continua muito confortável e potente. Para esta edição, a Toyota disponibiliza apenas uma opção, que está disponibilizada nas concessionárias por R$ 158.600.

O carro conta com motor de 3,5 litros com 6 válvulas, capaz de imprimir potência de 277 cavalos. O torque máximo é de 35,3 kgfm a 4.700 rpm. O câmbio do veículo é automático e com seis marchas.

Em relação ao modelo anterior, o Camry teve um ligeiro aumento em seu comprimento (apenas 4cm), teve sua grade dianteira, os faróis, as lanternas e os para-choques modificados, com um visual que lembra um pouco a nova versão do Toyota Corolla. O sedan ainda conta com um porta-malas de 504 litros.

O modelo é importado do Japão e trata-se da mesma versão disponibilizada na Europa (nos EUA, o modelo 2015 é um pouco diferente).

Por se tratar de uma versão luxuosa de carros da marca, a Toyota não economizou com itens de série. Quem adquirir essa versão do Camry terá ar-condicionado digital que inclui saída de ar no banco traseiro, lâmpadas LED que funcionam durante o dia, direção elétrica, rodas aro 17, retrovisor antiofuscamento, sensores de estacionamento frontais e traseiros, airbags, câmera no para-choque traseiro, partida sem chave, bancos com aquecimento, volante multifuncional, cortinas acionadas eletricamente para janelas traseiras e central de multimídia com tela touchscreen, Bluetooth e GPS.

A Toyota é conhecida no Brasil por distribuir mais recentemente seu modelo popular Etios, mas até então seu grande mercado era do sedã Corolla e da picape Hilux. Ainda fortes no mercado, a Toyota agora tem um leque de opções para todos os tipos de consumidor, indo do hatch básico, passando pelos luxuosos Corolla e Hilux e ainda disponibilizando modelos topos de linha, como o Camry e o Rav4.

Por Rannier Ferreira Mendes

Toyota Camry

Toyota Camry

Fotos: Divulgação


O mercado brasileiro de automóveis é bastante concorrido e o número de vendas só aumenta a cada ano. Tudo isso é devido a grande concorrência das marcas que atuam em território nacional, dessa forma, sempre estão atualizando suas linhas e modelos clássicos bem como lançando novos automóveis para suprir a necessidade dos brasileiros.

Uma das montadoras mais conhecidas entre os brasileiros é a Toyota, que atua no país há bastante tempo e não deixa a desejar em seus modelos e linhas de automóveis. Um dos modelos de maior sucesso da Toyota no Brasil é o Corolla, que para quem ainda não sabe tem lançamento chegando, isso mesmo, trata-se do novo Corolla 2015 que será lançado no próprio mês de março de 2014. Mais informações a respeito do lançamento você encontra na continuação desta matéria.

Em relação a preços saibam que o Corolla 2015 dispõe de valores iniciais a partir de R$ 70.000 podendo chegar a R$ 95.000 levando em consideração as versões e seus respectivos itens de série. As versões do lançamento serão as mesmas da atual geração, ou seja: GLi, XEi e Altis.

Uma das grandes novidades do Corolla 2015 é a nova transmissão automática CTV com sete marchas artificiais, assim substituindo o câmbio automático convencional de quatro marchas. Além disso, podemos ressaltar a tecnologia e sofisticação que acompanha esse modelo.

Abaixo você confere as versões e seus itens:

– GLi 1.8 R$ 70.000 ou R$ 75.000 com CVT:

Essa versão dispõe dos seguintes itens: quatro airbags (frontais, laterais), ar condicionado com comando digital, rodas de liga de 16 polegadas, sistema de som acompanhado de conectividade Bluetooth, volante multifuncional, direção com assistência elétrica, freios a disco com ABS e EBD nas 4 rodas, bancos com revestimento em tecido, retrovisores com indicadores de direção integrados e chave do tipo canivete com controle remoto do travamento central;

– XEi 2.0 R$ 85.000:

Nessa versão você encontra: direção com assistência elétrica, seletores de trocas de marchas manuais no volante, cinco airbags (frontais, de cortina e joelho para o motorista), freios a disco com ABS e EBD nas 4 rodas, volante multifuncional, sistema de som com conectividade Bluetooth ao celular e leitor de MP3 com sistema multimídia de tela de 6,1 polegadas integrado com GPS e sintonizador de TV Digital, leitor de DVD, câmera de ré, sensores de estacionamento traseiros, revestimento interno em couro cinza, piloto automático, faróis de neblina, lanternas com elementos em LED e retrovisor interno eletrocrômico;

– Altis 2.0 R$ 95.000:

Itens disponíveis: sete airbags (frontais, laterais de cortina e joelho para o motorista). Esta versão dispõe de todos os itens da XEi com o acréscimo de bancos em couro bege, banco do motorista com ajustes elétricos, faróis e lanternas com LED, sistema de iluminação diurna em LED, recolhimento elétrico dos retrovisores, faróis com acendimento automático, sensores de estacionamento traseiros e dianteiros.

Por Bruno Henrique

Toyota Corolla 2015

Foto: Divulgação


Toyota Hilux 2013Uma das caminhonetes mais famosas do mundo lançou seu modelo 2013 e promete ser mais uma campeã de vendas. 

A Toyota Hilux 2013 é um carro para quem gosta de aventuras fortes, e para ela não tem terreno ruim. Ela vem toda redesenhada e muito mais moderna. 

Na parte externa ganhou novos faróis, grade e para-choque dianteiro, novas lanternas traseiras e rodas de liga leve com aro de 17 polegadas. 

A grande novidade da nova Hilux é a sua transmissão automática com inteligência artificial que garante troca de marchas macias e mais precisas. 

Ela vem com motor bicombustível de 2,7 litros também disponível na versão SW4, com 163 cavalos de potência. Foram mantidos os mesmos motores nas versões 3.0 turbo diesel e 2.5 turbo. Todas as versões (exceto a top de linha) vêm com câmbio manual e automático. 

A caminhonete traz de série freio ABS e EDB, ar condicionado, uma tela touchscreen (sensível ao toque) que comanda o Bluetooth e o rádio, além de exibir as imagens da câmera de estacionamento. E como toda Hilux muito conforto. 

A seguir veja as versões e os preços: 

– Picape Cabine Dupla 4X2 Hilux 2.7 Flex 4×2 CD SR Auto 2013: R$ 87.030;

– Picape Cabine Dupla 4X4 Hilux 3.0 TDI 4×4 CD STD 2013: R$ 100.820;

– Hilux 2.7 Flex 4×4 CD SRV Auto 2013: R$ 102.560;

– Hilux 3.0 TDI 4×4 CD SR 2013: R$ 113.950;

– Hilux 3.0 TDI 4×4 CD SR Auto 2013: R$ 119.550;

– Hilux 3.0 TDI 4×4 CD SRV 2013: R$ 130.560;

– Hilux 3.0 TDI 4×4 CD SRV Auto 2013: R$ 138.050;

– Hilux 3.0 TDI 4×4 CD SRV Top Auto 2013: R$ 145.580.

Por Mariana Rodrigues


A versão 2012 é a última atualização da Hilux que a Toyota preparou antes da sua nova geração que será em 2014. A empresa introduz um novo design e conseguiu melhorar ainda mais em qualidade, durabilidade e confiabilidade.

Confira os novos detalhes:

– Versão 2012: SRV TOP automática, que passa a ser topo de linha;

– Rodas: Aro 17;

– Câmbio e direção: Automático, tecnologia de ponta com controle de tração e estabilidade e freios ABS com EBD e BAS;

– Linhas mais quadradas em relação ao visual anterior;

– Exclusividade para o Brasil: 163 cavalos a 5.000 RPM, abastecido com álcool, e 158 cv a 5.000 RPM, com gasolina;

– Parte traseira: As lanternas foram erguidas;

– Volante multifuncional, Bluetooth e uma câmera no painel que auxilia na hora de estacionar;

– Preços:

  • Hilux 4×4 C/D SRV A/T TOP: R$ 141.920,00;
  • Hilux 4×4 C/D SRV A/T: R$ 134.410,00;
  • Hilux 4×4 C/D SRV M/T: R$ 127.260,00;
  • Hilux 4×4 C/D SR M/T: R$ 111.800,00;
  • Hilux 4×4 C/D Standard Power Pack: R$ 100.720,00;
  • Hilux 4×4 C/D Standard: R$ 93.260,00;
  • Hilux 4×4 C/S Standard: R$ 85.690,00;
  • Hilux 4×4 Chassi/Cabine: R$ 80.160,00.

A Hilux com tração dianteira retorna até março, e o motor V6 2.7, antes só movido a gasolina, passará a ser flex.

Outro grande diferencial de conforto da Hilux é que o nível de ruído do motor é baixo, o que traz comodidade ao motorista e aos passageiros. A suspensão também é outro diferencial, pois absorve eficazmente os solavancos vindos das imperfeições das ruas e estradas esburacadas de nosso país.

Enfim, a Hilux 2012 da Toyota é robusta e demonstrou que está apta tanto para o campo, como para os centros urbanos.

Por Dorcas Rosicler

Fonte: TopCar


Os revendedores autorizados de todo o país já estão com o novo modelo do sedan Corolla, da Toyota, em suas dependências, porém aguardam autorização da montadora para exibi-lo e comercializá-lo, algo que só deverá acontecer ainda após o dia 28 de março.

O preço cogitado para o modelo XEi (que é o que por enquanto tem sido alocado para as concessionárias, aguardando a hora de ser exposto e vendido) chega aos 77 mil reais.

Quem conhece a franquia desse carro garante que vale a pena adquirir o novo modelo.  Trata-se de um veículo que possui alto índice de satisfação do cliente. Além disso, ele virá com câmbio automático e motor 2.0. Outros modelos chegarão às lojas até o desenrolar do seu lançamento oficial.

Segundo informações da imprensa automotiva, os modelos que estão para chegar às lojas serão o Xli (a um preço médio de R$ 66.800 a R$ 70.960, dependendo do tipo de câmbio), o Gli e o Altis, que promete ser uma espécie de top de linha dos modelos Corolla (custará cerca de R$ 89.300).

Por Alberto Vicente


A Toyota grande montadora japonesa de veículos acaba de anunciar que irá realizar um recall em mais de 1,53 milhão de automóveis, sendo de quase 600 mil somente no Japão. Tudo isso devido a um defeito que foi descoberto no depósito de combustível e nos freios de alguns veículos.

Um funcionário da empresa que tornou público e anunciou o recall disse que nenhum acidente decorrente dos problemas anunciados foram detectados pela montadora, mas antes que algum possa vir a acontecer os donos dos automóveis Toyota dos modelos Crown Majesta, Toyota Mark X (Reiz na China), Higlander, Alphard, Lexus RX (Harrier), Avalon, Lexus GS350, Lexus IS250 e Lexus IS350 estão sendo esperados em uma das lojas da marca para realização do recall.

Por Ana Carolina


46.208 veículos. Essa é a nova marca alcançada pela Toyota no primeiro semestre de 2010. Crescimento de 11% em relação ao mesmo período de 2009.

Com isso fica evidente a posição de liderança que o Toyota Corolla detém hoje entre os sedãs médios, número que alavanca as vendas da montadora no país. Claro que não podemos deixar de comentar sobre a Hilux, uma das picapes médias diesel mais vendidas da categoria, que com sua robustez e beleza ajudam a puxar esses números cada vez mais morro acima. E não é pra menos, a previsão é que sejam vendidas mais de 30 mil unidades do modelo até o final desse ano.

Por Eloir Junior


O Ministério Público de Minas Gerais decidiu na última quarta-feira, 21 de abril, suspender as vendas do veículo Corolla, produzido pela montadora Toyota, em todo o território mineiro. Justificativas da companhia dão conta de que o problema ocasionado aos clientes se deve a uma falta de fixação do tapete no assoalho do carro.

A empresa, em nota, diz respeitar a decisão adotada, porém, não vê isso como um fator para gerar a represália – esse embate aconteceu em nove veículos da Toyota. O Procon Estadual, intermediário decisivo, relata que é o suficiente para colocar em risco a vida das pessoas que adquiriram o Corolla.

Além disso – relatado indiretamente –, a montadora avalia, conforme mencionado pela agência de notícias Reuters, que a decisão é fundamentada em alguns episódios de aceleração involuntária citadas por clientes. Entretanto, o MP poderá liberar as vendas quando a Toyota  adotar medidas cabíveis envoltas do problema.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Reuters





CONTINUE NAVEGANDO: