Veja aqui mais detalhes sobre o Novo Renault Fluence 2018.

O Fluence é uma linha que conquistou centenas de usuários e a expectativa para o lançamento do Fluence 2018 são gigantescas e a marca pretende atingir ainda mais usuários com as modificações que serão realizadas no modelo.

O modelo que será lançado pela Renault do Brasil é o ideal para os brasileiros que não querem dispensar a sofisticação, beleza e o conforto de um automóvel.

O novo lançamento da marca se enquadra nos sedans de luxo que ganharam uma repaginada no modelo 2018, a expectativa da marca são as melhores já que essa linha está bem colocada na lista de vendas aqui no Brasil.

Conheça um pouco sobre o modelo Fluence

A linha Fluence, está sendo fabricada desde o ano de 2011, a Renault do Brasil lançou a linha para concorrer com os outros modelos de sedans de luxo que já estavam disponíveis no mercado e que faziam muito sucesso nas vendas.

A Renault se destacou entre as marcas com esse lançamento, ficando à frente de sua principal concorrente a Logan. O Fluence é a opção ideal para quem busca sofisticação e requinte de uma forma única e excelente, já que as mesmas características são bem inferiores nos modelos de seus concorrentes.

Veja as principais mudanças na parte interna do novo Fluence

2018

O intuito da marca continua surpreendendo os seus consumidores, por esse motivo o novo Fluence 2018 manterá a mesma linha dos modelos anteriores, porém, serão realizadas algumas modificações para que mais consumidores sejam atingidos.

Espaço interno

O espaço interno é uma das características que mais chama a atenção de seus compradores. O novo modelo permite que o motorista transporte até quatro passageiros de forma confortável.

Elegância e sofisticação

Não é apenas com a parte externa e com o desempenho do carro que a marca europeia se preocupou. Ao analisar a parte interna do veículo, podemos notar todo o cuidado e o capricho presentes no acabamento de cada detalhe.

Útil e agradável

Além de ser um carro mega elegante e luxuoso, ele também apresenta muita multifuncionalidade. O principal destaque é o volante, que possui várias funções e é revestido com um lindo acabamento de couro.

Tecnologia de última geração

Além de possuir as vantagens citadas acima, o Fluence 2018 ainda conta com tecnologia de ponta para deixa-lo ainda mais sofisticado. Um dos destaques é o painel digital exclusivo, ele possui um alto padrão de beleza, sofisticação, além de possuir uma leitura simples e uma boa iluminação.

Outra funcionalidade tecnológica presente no carro, é o computador de bordo, esse sistema permite que o motorista acesse todas as funções do veículo como a quilometragem percorrida, o nível de combustível, entre outras informações relevantes.

E não pense que acabou, na parte frontal, bem próximo ao painel do motorista, existe uma central multimídia interativa, onde o motorista pode conectar seu aparelho de celular, além de possuir a função de rádio, mp3 e interação com um sistema GPS.

Desempenho mecânico

A marca Renault decidiu manter a linha dos motores das duas versões anteriores, ou seja, os motoristas que adquirirem o novo Fluence 2018 contarão com o motor 2.0 contendo cerca de 140 cv. O combustível usado será a gasolina.

O câmbio irá contar com seis marchas em todas as versões disponíveis.

Economia

Já foram realizados diversos testes com o Fluence 2018, e foi possível constatar que será um carro bem econômico, dependendo das necessidades do motorista. Tanto o etanol quanto a gasolina são capazes de se tornar muito econômicos para o consumidor.

É necessário analisar a seguinte situação: Você irá circular com o carro na estrada ou na zona urbana?

Essa pergunta deve ser respondida pelo seguinte fato: quando o Fluence é mais utilizado na estrada a gasolina se destaca como o combustível mais econômico, fazendo em média 10.5 km por litro. Agora, quando o carro é mais utilizado no perímetro urbano tanto o etanol, quanto a gasolina são eficazes quando o objetivo é economizar.

Valor

Todos sabemos que o que realmente conta no final é o valor do carro. A estimativa para esse veículo é de R$ 99.300,00 para a versão Dynamique e em média R$ 108,000,00 para a versão Privilège.

Se você considera há cima de tudo mais importante um veículo sofisticado, belo e funcional, vale a pena desembolsar um pouquinho mais para realizar a compra.

Isabela Pierini dos Santos


O Renault Oroch 2018 é robusto e muito potente. Confira as características desse modelo.

O novo Renault Oroch 2018 é um carro muito falado ultimamente, e sua fama não é por acaso. Esse carro reúne muitas qualidades e é indicado para quem gosta de Picapes de muita qualidade e potência. A sua beleza externa deve ser destacada, pois além de um visual marcante, esse carro possui muitos detalhes que o deixam ainda mais completo. Abaixo vamos conhecer um pouco mais da motorização dessa máquina e outras qualidades.

Falando do motor e da potência do Renault Oroch 2018

O Renault Oroch 2018 tem motor potente e que agrada a seus usuários. E isso era o esperado pelos consumidores que já conhecem a marca. Esse carro traz um motor 2.0 16 V que consegue fazer o máximo de 148 cv. E seu torque máximo é de 20,9 kgfm. O desempenho com o propulsor de 1.6 é o máximo de 125cv e o torque máximo é de 15,9 kgfm, se abastecido com etanol. Esse é um ótimo desempenho e promete uma aceleração potente e segura a seu usuário.

Conheça os itens de série do novo Renault Oroch 2018

Os itens de série desse carro são modernos e agradam a maioria dos usuários, principalmente se eles forem exigentes.

Veja abaixo os principais itens dessa máquina na Renault:

– Travas elétricas

– Protetor de caçamba

– Alarme

– Ar-condicionado

– Barras no teto

– Vidros e travas elétricas

– Comandos de áudios no volante

– Direção hidráulica

– Volante e assento do motorista com regulagem de altura

– Rodas de liga leve de 16 polegadas

– CD-player com USB e Bluetooth

Carro com opção de câmbio automático ou manual a escolha do usuário

Já sabemos que gosto não se discute e, por isso, esse modelo oferece dois tipos de câmbio, o manual e o automático. A versão manual oferece 5 ou 6 marchas e seu desempenho é muito bom, já a versão de câmbio automático possui 4 marchas e seu desempenho é ótimo. Vale lembrar que o câmbio manual é na versão de entrada e o câmbio automático é na versão top de linha.

Renault Oroch tem caçamba de 683 litros

Essa picape é grande e ideal para quem precisa trabalhar com carga. Ela tem capacidade de carga útil de 650 kg e isso significa que aguenta muita coisa. Muitas pessoas que possuem pequenas empresas usam esse carro para ajudar no transporte de seus produtos. O desempenho dessa picape com peso na caçamba é muito bom. Então o usuário pode ter a certeza que vai estar comprando um carro forte, robusto e com agilidade em cima das 4 rodas.

Carro com grandes medidas

O Renault Oroch é um carro de grandes medidas e, por isso, ele causa tanto impacto visual pode onde passa. Ele tem 1.821 mm de largura, 4.693 mm de comprimento, 1.695 mm de altura, 216 mm de altura de solo, 2.829 mm de distância entre eixos e 1.346 kg. Com isso, podemos concluir que o Renault Oroch 2018 é um grande carro.

Veja o consumo médio avaliando os dois tipos de motores da nova versão Oroch 2018

Veja o consumo médio do motor 2.0

Na estrada

Esse carro faz 10,9 km/l com gasolina e 7,4 km/l com álcool

Na cidade

Esse carro faz 10,0 km/l com gasolina e 7,0 km/l com álcool

Veja o consumo médio do motor 1.6

Na estrada

Esse carro faz 11,2 km/l com gasolina e 7,7 km com álcool

Na cidade

Esse carro faz 11,1 com gasolina e 7,6 com álcool

É um ótimo desempenho independente do motor.

Valor das versões do Renault Oroch 2018

O Renault Oroch 2018 possui 4 versões, porém, vamos citar aqui a versão de entrada e a top de linha:

A versão de entrada é a Duster Oroch 1.6 16V Expression Flex no valor de R$69.900,00.

A versão top de linha é a Nova Duster Oroch 2.0 16V Dynamique automático Flex no valor de R$80.800,00.

Por Cristiane Amaral

Renault Oroch 2018


As novidades da Renault para este modelo estão nas versões com motor 1.6 SCe e com motor 2.0 Flex.

O Renault Captur 2018 é um dos lançamentos mais esperados do mercado automobilístico brasileiro, lançado na Europa. O modelo foi apresentado no Salão do Automóvel de Genebra, no ano de 2013, e, atualmente, já está sendo considerado um dos melhores do ano. Torna-se cada vez mais atrativo devido aos investimentos e às atualizações realizadas na parte estética e mecânica do automóvel. O valor inicial previsto é de, aproximadamente, R$ 79.900,00 para o Renault Captur Zen e de R$ 89.990,00 para o Renault Captur Intense. A novidade da Renault está disponível na versão com motor 1.6 SCe e na versão com motor 2.0 Flex.

Continue lendo o texto para ter acesso a mais informações sobre o lançamento da Renault de 2018.

Inovações

A intenção da Renault é tornar o automóvel cada vez mais esportivo. Dessa forma, foram redesenhados novos faróis, incorporado um motor 2.0, gerando aproximadamente 140 cavalos de potência, e desenvolvida a possibilidade de uma versão que comporte sete lugares. Em seu design, apresenta luzes LED, além de rodas diamantadas de liga leve de 17 polegadas, também 13 opções de cores e linhas que se destacam na lateral e no capô do carro.

Em relação ao seu interior, o consumidor tem a opção de até dois tons de acabamento. Agora, em relação aos itens de série, as melhores e mais famosas tecnologias de ponta estão sendo usadas para tornar este veículo cada vez mais moderno e adequado às necessidades do consumidor.

Devido a isso, o novo veículo possui faróis de LED, que apresentam sensor de luminosidade, e faróis de neblina, controle eletrônico de tração e estabilidade, hands-free, assistente de partida em rampas, sistema multimídia de touch e chave-cartão. Além de estarem inclusos quatro airbags, retrovisores eletrônicos e rodas de liga leve com 17 polegadas que podem ser diamantadas.

Ficha técnica do Renault Captur 2018

A versão brasileira se apresenta de forma diferente à versão europeia, portando um porta-malas maior. Possui também 12 porta-objetos, dispostos nos painéis das portas, além de console central, porta-luvas e painel de bordo.

Veja a seguir a ficha técnica do automóvel Renault Captur 2018:

Dimensões

· Comprimento: 4,3 metros;

· Largura: 1,8 metros;

· Altura: 1,6 metros;

· Entre-eixos: 2,7 metros;

Capacidades

· Porta malas: 437 litros;

· Tanque: 50 litros;

· Freios: disco ventilado e tambor.

Motor 1.6 SCe

· Dianteiro transversal, comportando tanto etanol quanto gasolina;

· Cilindragem: 4 cilindros em linha;

· Cilindrada: 1597;

· Válvulas: 16;

· Taxa de Compressão: 10,7:1;

· Potência máxima: com gasolina é de 118 cv a 5500 rpm e com etanol é de 120 cv a 5500 rpm;

· Torque máximo: com gasolina é de 16,2 kgfm a 4.000 rpm e com etanol é de 16,2 kgfm a 4.000 rpm.

· Transmissão: manual e com 5 marchas, CVT.

Motor 2.0 Flex

· Dianteiro transversal, comportando tanto etanol quanto gasolina;

· Cilindragem: 4 cilindros em linha;

· Cilindrada: 1998;

· Válvulas: 16;

· Taxa de Compressão: 11,2:1;

· Potência máxima: com gasolina é de 143 cv a 5750 rpm e com etanol é de 148 cv a 5750 rpm ;

· Torque máximo: com gasolina é de 20,2 kgfm a 4.000 rpm e com etanol é de 20,9 kgfm a 4.000 rpm.

· Transmissão: automática e com 4 marchas.

Suspensão, rodas e pneus

· Suspensão dianteira: McPherson e independente com barra estabilizadora;

· Suspensão traseira: Eixo de torção;

· Rodas: ligas leves de aro com 17 polegadas;

· Pneus: 215/60 R17.

Ficou interessado em saber mais sobre o Renault Captur 2018 após ler esta postagem? Não perca tempo e acesse ao site da Renault (www.renault.com.br/veiculos/conheca-nossa-gama/captur.html) para ter mais informações, para adquiri-lo o mais rápido possível.

Por Aurenivia Alves Pereira

Renault Captur 2018


Dentre as novidades do Renault Duster está o câmbio CVT, presente em duas versões: a Expression e a Dynamique.

O modelo Renault Duster 2018 vem nas seguintes versões: Duster Expression 1.6 que sairá pelo valor de R$ 69.490; Duster Expression 1.6 CVT que sairá por R$ 76.990; Duster Dynamique 1.6 pelo valor de R$ 74.990; Duster Dynamique 1.6 CVT por R$ 80.490; Duster Dynamique 2.0 pelo valor de R$ 85.790; Duster Dynamique 2.0 AT no valor de R$ 86.740; Duster Dynamique 2.0 4×4 que sairá pelo valor de R$ 88.290; Duster Dakar II 1.6 que sairá por R$ 75.590; Duster Dakar II 2.0 que custará o valor de R$ 86.390; e Duster Dakar II 2.0 4×4 pelo valor de R$ 88.890.

Dentre os detalhes do novo modelo estão suas linhas, que passam uma imagem de resistência, os faróis que são duplos e grandes, um acabamento brilhante na cor preta, das grades retangulares, para-choques com grandes barras na cor cinza e farol de neblina.

O teto possui exclusivas barras longitudinais e sua suspenção é elevada.

Na parte traseira, o carro possui lanternas estilizadas e compactas, uma tampa de porta-malas volumosa e proteção central na cor cinza.

O veículo possui rodas de liga-leve com aro de 16” de diâmetro.

Em relação à parte interna do modelo, seu visual é rústico e simples. Ele conta com um difusor de ar, cluster com computodor de bordo e indicação de marcha, porta objetos, comandos no volante, comando de telefonia e de áudio na coluna de direção, a multimídia vem com câmera de ré GPS e é MediaNav, seu console tem comando automático do piloto entre outros.

Dentre as novidades do Renault Duster está o câmbio CVT, presente em duas versões: a Expression e a Dynamique.

Segue abaixo a lista de equipamentos que estão presentes nas versões citadas acima:

Modelo completo:

Rodas de liga leve com aro de 16”

Comp. de bordo

Indicador p/ Marcha

Comandos de contr.de cruzeiro no volante

Comandos de telefonia e de áudio na coluna de direção

A multimídia é a MediaNav, que vem com GPS e com câmera de ré

Ar cond. manual,

Piloto automático

Os bancos são personalizados

Farol de neblina,

Farol duplo

Sobre o consumo de combustível:

Na cidade:

O modelo 1.6 MT faz 7,0 km por litro com o uso do etanol e 10,2 km por litro na gasolina.

O modelo 1.6 CVT faz 8,0 km por litro usando o etanol e 10,5 km por litro usando a gasolina.

O modelo 2.0 MT faz 6,4 km por litro usando o etanol e 9,0 km por litro com a gasolina.

O modelo 2.0 MT 4×4 faz 6,7 km por litro com o uso do etanol e 9,8 km por litro usando gasolina.

O modelo 2.0 AT faz 6,0 km por litro usando o etanol e 9,0 km por litro com o uso da gasolina.

Na estrada:

O Modelo 1.6 MT faz 7,4 km por litro usando etanol e 10,8 km por litro usando gasolina.

O Modelo 1.6 CVT faz 10,0 km por litro com o uso do etanol e 12,2 km por litro usando a gasolina.

O Modelo 2.0 MT 2018 – 7,4 km por litro com o uso do etanol e 10,8 km por litro usando a gasolina.

O Modelo 2.0 MT 4×4 faz 7,5 km por litro com o uso do etanol e 10,8 km por litro com o uso de gasolina.

O Modelo 2.0 AT faz 7,1 km por litro usando o etanol e 10,4 km por litro usando a gasolina

Ficha Técnica:

Motor

Motor: 1.6 Sce ou 2.0

Tipo: Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Número de cilindros: 4 em linha

Cilindrada em cm3: Motor 1.6 Sce -1.597 ou Motor 2.0 – 1.998

Válvulas: 16

Taxa de compressão: Motor 1.6 Sce – 10,7: 1 ou Motor 2.0 – 11,2: 1

Injeção eletrônica de combustível: Multiponto

Tipo de transmissão: Motor 1.6 Sce – Manual de 5 marchas ou CVT 6 marchas/ Motor 2.0 – Manual de 6 marchas ou Automático de 4 marchas

Tração: Motor 1.6 Sce – 4×2 ou Motor 2.0 – 4×2/ 4×4

Tipo de freios: Disco ventilado / Tambor

Tipo de direção: Eletro-hidráulica

Suspensão dianteira: McPherson independente com barra estabilizadora

Suspensão traseira: Motor 1.6 Sce – Eixo de torção ou Motor 2.02 – Eixo de torção / Multilink

Rodas e Pneus

Rodas: Motor 1.6 Sce – Aço ou Liga Leve com aro de 16” de diâmetro / Motor 2.0 – Liga Leve com aro de 16” de diâmetro

Capacidades

Tanque: 50 Litros

Porta-malas: 475 Litros. A versão 4×4 possui 400 Litros

Dimensões

Comprimento: 4.329 mm

Largura: 1.822 mm

Altura: 1.683 mm

Distância entre-eixos: 2.674 mm

Por Rosângela Rodrigues

Renault Duster 2018


O Renault Kwid exibe ótimas qualidades externas e internas para o concorrido nicho no mercado em que se situa

O Kwid foi lançado pela Renault com a responsabilidade de substituir o compacto e veterano Renault Clio, com uma proposta agressiva de preços, agregando um ótimo custo-benefício. O Renault Kwid exibe ótimas qualidades externas e internas para o concorrido nicho no mercado em que se situa.

Destaques do Kwid

Intitulado como o SUV dos Compactos pela própria Renault, em parte por conta de sua altura e ângulos de saída e entrada, incomuns e chamativos em sua categoria, o Renault Kwid consegue agregar beleza com suas linhas marcantes e porte de um SUV em menor escala.

Fora isto, o Renault Kwid oferece um porta-malas de 290 litros, justo para a sua proposta, com uma postura alta do condutor ao volante, garantindo segurança, completadas pelos bancos traseiros também rebatíveis ampliando a utilidade do seu espaço.

O interior pode ser enriquecido com um sistema multimídia sensível ao toque e acessórios como sensor de estacionamento e porta-malas com abertura através de comando, o Kwid também oferece quatro air-bags de série, um diferencial importantíssimo em seu segmento.

A Renault oferece a motorização 1.0 de até 70 cavalos com câmbio de 5 marchas manuais para todas as versões e direção elétrica com item opcional nas versões mais caras.

Versões e suas Características

Renault Kwid – modelo Life

Preço a partir de R$ 30.990,00

Mecânica:

Motor de 1 litro com 3 cilindros, flex (aceita tanto etanol como gasolina), torque de 9,4 kgfm e 9,8 kgfm respectivamente, potência de até 70 cavalos e Câmbio Manual de cinco velocidades.

Detalhes externos:

– Tanto maçanetas como retrovisores com acabamento em preto

– Rodas de 14 polegadas

Detalhes internos e equipamentos:

– Tomada auxiliar de 12 volts

– Bancos rebatíveis

– Ventilação com Ar Quente

– Porta malas com comando de abertura interna

– Console com pré-disposição para instalação de rádio

– Bancos do veículo em tecido com padrão Life

– Trocas de Marchas com indicadores no painel

– Vidro traseiro com desembaçador

Principais Itens de Segurança:

– Sistema antitravamento (ABS)

– Veículo com airbags laterais e airbags frontais

– Motor com sistema de imobilização

– Sistema Isofix

Renault Kwid – modelo Zen com Rádio

Preço a partir de R$ 36.740,00

Mecânica:

Motor de 1 litro com 3 cilindros, flex (aceita tanto etanol como gasolina), torque de 9,4 kgfm e 9,8 kgfm respectivamente, potência de até 70 cavalos e Câmbio Manual de cinco velocidades.

Detalhes externos:

– Tanto maçanetas como retrovisores com acabamento em preto

– Rodas de 14 polegadas

Detalhes internos e equipamentos:

– Tomada auxiliar de 12 volts

– Bancos rebatíveis

– Sistema de Ar Condicionado

– Porta malas com comando de abertura interna

– Rádio no painel com saídas para Bluetooth e USB.

– Bancos do veículo em tecido com padrão Zen

– Trocas de Marchas com indicadores no painel

– Vidro traseiro com desembaçador e limpador

– Vidros dianteiros do veículo com acionamento elétrico

– Direção com sistema elétrico

Principais Itens de Segurança

– Sistema anti-travamento (ABS)

– Veículo com air-bags laterais e air-bags frontais

– Motor com sistema de imobilização

– Sistema Isofix

– Portas com travamento central

– Aviso tanto sonoro como virtual sobre do uso do cinto de segurança

– Travamento automático do veículo a partir dos 6 km/h

Renault Kwid – modelo Intense com Pack Connect agregado

Preço a partir de R$ 40.740,00

Mecânica:

Motor de 1 litro com 3 cilindros, flex (aceita tanto etanol como gasolina), torque de 9,4 kgfm e 9,8 kgfm respectivamente, potência de até 70 cavalos e Câmbio Manual de cinco velocidades.

Detalhes externos:

– retrovisores na cor da carroceria

– Rodas de 14 polegadas

Detalhes internos e equipamentos:

– Tomada auxiliar de 12 volts

– Bancos rebatíveis

– Sistema de Ar Condicionado

– Porta malas com comando de abertura interna

– Computador no veículo com múltiplas funções

– Rádio no painel com saídas para Bluetooth e USB.

– Bancos do veículo em tecido com padrão Connect

– Trocas de Marchas com indicadores no painel

– Vidro traseiro com desembaçador e limpador

– Vidros dianteiros do veículo com acionamento elétrico

– Direção com sistema elétrico

Principais Itens de Segurança

– Sistema antitravamento (ABS)

– Veículo com airbags laterais e airbags frontais

– Motor com sistema de imobilização

– Sistema Isofix

– Portas com travamento central

– Aviso tanto sonoro como virtual sobre do uso do cinto de segurança

– Travamento automático do veículo a partir dos 6 km/h

– Veículos com Faróis de Neblina

Medidas principais

Comprimento de 3680 milímetros

Ângulo de entrada de 24º

Ângulo de saída de 40º

Altura de 1474 milímetros

Largura de 1579 milímetros

Acessórios

A Renault disponibiliza uma série de acessórios ao gosto do comprador, alguns agregados em kits:

– Kit Fun, voltado para o uso de celulares com acessórios.

– Kit Conforto, voltado a itens externos e internos, como farol de neblina.

– Kit Aventura, voltado ao interior do veículo, como um prático cooler.

– Kit Segurança, voltando à segurança externa, com a instalação de sensores de estacionamento.

Além dos kits, existem diversos outros tipos de acessórios, a lista completa, assim como a descrição de todos, esta disponível no link: https://www.renault.com.br/veiculos/conheca-nossa-gama/kwid/acessorios.html.

Configurador no Site da Renault

Todas as informações do Renault Kwid, assim como a localização de uma concessionária próxima a você podem ser obtidas através do site oficial da Renault: https://www.renault.com.br/veiculos/conheca-nossa-gama/kwid.html

Vale a pena conferir as qualidades deste novo compacto da Renault.

Por C.B

Renault Kwid 2018


Nova linha conta com diversas versões, com a novidade da Expression Advantage que vem com rodas de liga leve, câmera de ré, multimídia, trio elétrico e sensor de estacionamento.

O Renault Logan 2018 vem nas seguintes versões: Authentique com motor 1.0 MT no valor de R$ 44.700; Expression com motor 1.0 MT por R$ 48.050; Expression Advantage com motor 1.0 MT no valor de R$ 50.900; Expression com motor 1.6 MT no valor de R$ 54.300; Expression Advantage com motor 1.0 MT pelo valor de R$ 57.150; Expression Easy´R motor 1.6 AMT por R$ 58.250; Dynamique com motor 1.6 MT no valor de R$ 58.200 e a versão Dynamique Easy´R com motor 1.6 AMT que sairá por R$ 63.400.

Em relação às novidades, a marca traz a nova versão Expression Advantage que vem com rodas de liga leve, câmera de ré, multimídia, trio elétrico e sensor de estacionamento.

Veja abaixo os itens de série que acompanham o veículo:

Versão Authentique motor 1.0 MT: airbag duplo; freio c/ ABS e EDB; rodas de aço com aro de 15” c/ calotas; pneus 185/ 65 R1 5; maçanetas da parte interna na cor preta; alerta de cinto de segurança; tecnologia ESM responsável pela recuperação de energia; vidros dianteiros elétricos; travas elétricas; sistema CAR que é responsável pelo travamento das portas à 20 km por hora; direção eletro-hidráulica; vidro traseiro com desembaçador entre outros.

Versão Expression motor 1.0 MT – Além dos itens que estão presentes na versão Authentique, vem ainda com alarme perimétrico; regulagem de altura no volante; áudio e telefonia com comando de satélite; sist. antiesmagamento e função de one touch nos vidros dianteiros, comp. de bordo, rádio c/ Bluetooth, USB e auxiliar, ajuste de altura no banco do motorista, porta-malas com iluminação, coluna B com adesivo preto, maçanetas e retrovisor na mesma cor que a carroceria, as maçanetas internas são cromadas entre outras.

Versão Expression Advantage motor 1.0 MT – Itens da versão Expression, mais rodas de liga leve com aro de 15”, repetidores de direção nos retrovisores elétricos, chave com capacidade de fechamento global, vidros traseiros com função one touch e sistema antiesmagamento, câmera de ré, sensor traseiro de estacionamento e multimídia com tela de 7’’, navegação GPS, entre outros.

Versão Expression motor 1.6 MT – Itens do modelo Expression 1.0, porém com motor 1.6 SC, a transmissão é manual de 5 marchas e possui sist. Stop & Start.

Versão Expression Advantage motor 1.6 MT – Vem com os equipamentos da versão Expression Advantage 1.0, mais motor 1.6 SCe.

Versão Expression Easy´R motor 1.6 AMT – Essa versão vem com os itens do Expression com motor 1.6 MT, transmissão automatizada Easy ´R c/ modo Sport e alavanca com mudanças manuais.

Versão Dynamique motor 1.6 MT – Vem com os equipamentos do Expression Advantage com motor 1.6 MT, controle de estabilidade eletrônico, assist. de partida (rampa), farol de neblina, piloto automático, tem também o opcional que é o revestimento dos bancos parcialmente de couro, entre outros.

Versão Dynamique Easy´R motor 1.6 AMT – Composto pelo itens presente na versão Dynamique motor 1.6 MT, transmissão automática Easy ´R c/ modo Sport e alavanca com mudanças manuais.

Em relação ao consumo, na cidade o Logan com motor 1.0 MT faz 9,3 km por litro usando etanol e 13,8 km por litro usando gasolina. Já o modelo com motor 1.6 MT faz 8,8 km por litro com o uso de etanol e 13,0 km por litro com o uso de gasolina. O Logan com motor 1.6 Easy´R AMT faz 7,9 km por litro usando etanol e 11,7 km por litro com o uso da gasolina.

Na estrada o Logan com motor 1.0 MT faz 10,0 km por litro usando etanol e 14,5 km por litro com o uso da gasolina. O Logan com motor 1.6 MT faz 9,5 km por litro com o uso de etanol e 13,8 km por litro usando gasolina. A versão com motor 1.6 Easy´R AMT faz 9,1 km por litro usando etanol e 13,4 km por litro usando gasolina.

Veja abaixo a Ficha Técnica do Veículo:

Motor

Motor: 1.0 Sce/ 1.6 Sce

Tipo: Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol.

Número de cilindros: 3 em Linha/ 4 em linha

Cilindrada em cm3: 999/ 1597

Válvulas: 12/16

Taxa de compressão: 12:1/ 10,7:1

Injeção eletrônica de combustível: Multiponto

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484): Potência de79 cv a 6.300 rpm com o uso de gasolina e potência de 82 cv a 6.300 rpm com o uso de etanol / Potência de 115 cv a 5.500 rpm com o uso de gasolina e potência de 118 cv a 5.500 rpm com o uso de etanol.

Potência Máximo Líquido (ABNT NBR 5484): 10,2 kgfm a 3.500 rpm com o uso de gasolina e 10,5 kgfm a 3.500 rpm com o uso de etanol

Tipo de transmissão: Manual 5 marchas/ Manual 5 marchas ou automatizado 5 marchas

Tipo de freios: Disco ventilado / Disco nas 2 versões

Tipo de direção: Eletro-hidráulica

Suspensão dianteira: McPherson (independente com barra estabilizadora)

Suspensão traseira: Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas: Aço com aro 15”/ Aço ou Roda de liga leve com aro 15”

Pneus: 185/ 65 R 15

Capacidades

Tanque: 50 Litros

Porta Malas: 510 Litros

Dimensões

Comprimento: 4.349 mm

Largura: 1.733 mm

Altura: 1.529 mm

Distância entre eixos: 2.635 mm

Por Lorena Ruiz

Renault Logan 2018

Renault Logan 2018


A nova versão do Sandero está surpreendentemente atualizada com os mais potentes motores do tipo SCe, de 1.0 e 1.6 por litro. Outro excelente atributo inédito está no design esportivo RS.

Desde a Europa, no seio da França, surge uma das mais competitivas montadoras de automotores, que conquistou imenso espaço no mercado mundial. A Renault está iniciando o ano com mais um grande lançamento popular, o novo Sandero 2018 que estreia causando intensa impressão devido à sua volumosa estrutura. Os modelos anteriormente fabricados desse mesmo tipo de Hatch, estilo compacto, estavam super equipados com os motores de tipo longevos com 1.0 16V Hi-Torque de potência e com 1.6 16V Hi-Torque.

Entretanto, a nova versão está surpreendentemente atualizada com os mais potentes motores do tipo SCe, de 1.0 e 1.6 por litro, ou seja, com os seus três e quatro cilindros ele vai longe. Outro excelente atributo inédito está no design esportivo RS, que ainda porta em si o clássico motor de tipo F4R 2.0 16V, atualmente Flex, suplementado com a programação esportiva munida de duas maneiras de funcionamento, cujo desempenho nas ruas e estradas chega a no máximo 150 CV. Está aparelhado com um câmbio de menor proporção, de seis marchas, além dos devidos ajustes na divisão Renaultsport, que garantem a este novo compacto, de preço acessível, excelente desempenho esportivo.

No que tange às suas dimensões físicas mais exteriores este veículo possui um volumoso porte com as seguintes medidas: 4,06 metros em seu comprimento; 1,73 metros em sua largura; 1,53 metros em sua altura e mais 2,59 metros em seu entre-eixos; o porta-malas possui capacidade para até 320 litros; exteriormente os faróis duplos fazem seu papel perfeitamente; está adornado de uma grade que forma o design de U; possui frisos cromados; no caso dos para-choques, estes estão emoldurados de forma mais atraente; aparelhado com um tipo de suspensão mais elevada; possui espelhos retrovisores bem redesenhados (tamanho ideal); as lanternas da parte traseira estão mais compactas; a porta de seu bagageiro possui uma superfície mais suave, além do protetor traseiro melhor adaptado.

Em relação ao interior, o novo Renault Sandero 2018 está moderadamente estruturado, contendo os clássicos e úteis difusores de ar laterais, no estilo circular; possui as centrais quadradas produzidas com abundância de materiais plásticos; a direção (volante) chega ao mercado inteiramente adaptada com mídia instalada em sua coluna; equipado com potente ar-condicionado que pode ser simples ou automático, conforme a versão; munido de rádio 2DIN e de multimídia MediaNav, potencializada com uma tela de 7 polegadas; além de estar equipado com dispositivo de navegador em GPS que dispõe de dados de tráfego no Tom-Tom, orientando o motorista por meio de score de eficiência na condução das informações, durante a viagem.

Em termos de especificações de aparelhagem ele dispõe de: Spoilers; das saias laterais; do difusor traseiro; do defletor de ar instalado sob o teto; volante totalmente adornado em couro legítimo, assim como todos os bancos; munido de programação eletrônica interna, de desempenho; possui o sistema Start & Stop que atua no desligamento automático do motor (sistema de segurança); o sistema de câmbio é automatizado no estilo Easy´R; as suas rodas são de liga leve com aros de raio: 15-16-17, estilizados em variados detalhes; munido de indicador de marchas e mais o sistema de gerenciamento energético instalado na bateria, que permite a recuperação da carga.

Assim, sumarizando, sobretudo, a sua potência, que é o ponto fundamental, temos um veículo aparelhado de motores 1.0 e 1.6 SCe. Portanto, o motor de 1.0 está equipado com três cilindros e chega a 82 CV; enquanto que o motor de 1.6 atinge a marca surpreendente de 118 CV.

A lista de versões e valores segue abaixo:

O Renault Sandero Authentique 2018, pelo valor de R$ 42.900;

O Renault Sandero Expression 2018, pelo valor de R$ 46.450;

O Renault Sandero Stepway 2018, pelo valor de R$ 60.700;

O Renault Sandero RS 2.0 2018, pelo valor de R$ 63.400;

O Renault Sandero Stepway Easy-R 2018, pelo valor de R$ 64.150;

O Renault Sandero Vibe 2018, pelo valor de R$ 49.000;

O Renault Sandero GT Line 2018; pelo valor de R$ 56.600;

O Renault Sandero RS 2.0 Racing Spirit 2018; pelo valor de R$ 66.800.

Por Paulo Henrique dos Santos

Renault Sandero 2018


Modelo será produzido em São José dos Pinhais (PR) e deverá custar cerca de R$ 150 mil.

A montadora Renault, confirmou na última terça-feira, dia 2 de agosto, os veículos que irão complementar a linha da marca no Brasil, que serão o Captur e o Kwid, ambos produzidos no Paraná, na fábrica de São José dos Pinhais.

Além destes dois veículos, o Koleos vai ser importado e entrará no segmento das grandes SUV’s. Todos esses veículos terão suas vendas iniciadas no Brasil em 2017.

Com o investimento nesses lançamentos, a marca francesa acredita angariar 10% do mercado. Hoje, a Renault tem uma participação de 7,39%. Logo atrás vem a Hyundai, com 10%.

O Renault Kwid (que já está sendo comercializado na Índia) e o Captur, tiveram participação das áreas de design e tecnologia da América Latina e que mesmo com a queda do mercado brasileiro, o Brasil contribuiu muito para o desenvolvimento destes veículos.

O Renault Captur foi apresentado na Europa no ano de 2013, mas desembarcará no Brasil em uma versão diferenciada, produzida em cima da plataforma do Duster, que é a mesma utilizada na Oroch, assim ficará mais alongada e foi apresentada na Rússia recentemente.

No mercado russo, o Captur poderá contar com tração nas quatro rodas e ter 4,33 metros de comprimento, 1,61 metros de altura, 1,81 metros de largura e 2,67 metros de distância entre-eixos. Além de um porta-malas 387 litros de capacidade. Entretanto, a marca não divulgou detalhes sobre o Captur nacional.

Já o Renault Kwid não deixa de ser o substituto do Renault Clio, porém, a montadora quer comercializá-lo como um pequeno utilitário esportivo. Foi confirmada a produção do veículo no Brasil no mês de maio deste ano.

O carro será equipado com um motor 1.0 de triplo cilindro, com uma potência de 75 cv, porém, a aposta será em um peso menor para concorrer com o desempenho do Fiat Mobi e Volkswagen Up.

O SUV topo de linha da marca francesa chegará da Coreia do Sul para ser posicionado logo acima do Renault Duster, isto que dizer que entrará em um novo segmento de utilitários para a companhia. O valor deverá ultrapassar a faixa dos R$ 150 mil, porém, os preços não foram anunciados até o momento.

FILIPE R SILVA


Novo modelo conta com apenas 50 unidades disponíveis e traz novidades que conquistam os admiradores da marca.

Após o lançamento da versão holandesa, a Renault resolveu expandir a van Trafic esportiva, utilitário de grande porte, para outros países. A Formula Edition, como é chamada, foi inspirada na Competição Renault, criada pela filial holandesa. O acabamento impecável, bancos bordados e personalizados e os detalhes em azul e vermelho no exterior do furgão, remontam o modelo de competição. No Brasil, também haverá distribuição, porém, limitada, por se tratar de uma versão especial. Apenas 50 exemplares estarão disponíveis e já devem ser arrematados.

A combinação da pintura preta fosca com faróis coloridos agradou o público jovem e aventureiro.  O para-choque com splitter dá uma encorpada na dianteira do veículo, aliado aos bancos de couro, que levam o detalhe vermelho e azul na costura, combinando com o acabamento externo. Ideal para viagens e prática de esportes.

Em comparação com outros modelos do mercado, a Trafic Esportiva da Renault não ganha só no acabamento. Com direção hidráulica e tração dianteira eficiente, a van ainda possui mais espaço interno e câmbio manual de cinco marchas. A velocidade máxima de 130 km/h é outro ponto forte. Os bancos podem vir na cor grafite ou marfim. Em ambas as apresentações, os detalhes azuis e vermelhos são mantidos, como símbolo da competição.

Os utilitários de grande porte da Renault também possuem a vantagem de serem leves sem perder qualidade. Não é à toa, que assim como o Kangoo, o Trafic já seja líder de vendas na França e em outros países da Europa.

Como itens de série, o modelo conta com painel digital, controle automático de temperatura e controle de velocidade. Motor 1.6 a diesel, aliado a dois turbo-compressores, dá ao veículo uma potência de 140 CV. O design interno aliado a um painel de câmbio intuitivo, dão um charme a mais para a versão. Sua estabilidade também é garantida. Mesmo em terrenos rochosos, a van amortece e absorve o impacto com eficiência.

Por Bruna Fernandes

Renault Trafic esportiva

Foto: Divulgação


Novo modelo será fabricado na unidade de São José dos Pinhais, no Paraná, e será o primeiro esportivo da montadora a ser fabricado fora da Europa.

Visando ainda mais sucesso no mercado brasileiro, a Renault traz um lançamento bastante aguardado para 2015: trata-se do Renault Sandero RS que deve começar a ser vendido no mercado brasileiro a partir de setembro. O mesmo parte de R$ 58.880 e vem fortemente equipado com motor 2.0 de 150 cv além de câmbio manual de seis marchas. Portanto, com essa motorização é possível acelerar de 0 a 100 km/h em 8 segundos, de acordo com a montadora francesa.

Além disso, saiba que o modelo será fabricado em São José dos Pinhais, Estado do Paraná. Sendo assim, esse é o primeiro esportivo da montadora francesa que não é fabricado diretamente na Europa.

As novidades no Renault Sandero RS não se resumem à parte mecânica, haja vista as mudanças no design que acabaram reforçando o aspecto esportivo do automóvel. Um dos destaques na parte externa é o para-choque acompanhado de luzes diurnas de LED. Um detalhe bem interessante é quanto à saída de escapamento dupla acompanhada de detalhes cromados. A parte interior do automóvel também conta com novidades. Dentre elas, podemos destacar: pedaleiras cromadas, os bancos possuem desenho exclusivo, volante com base achatada e nova central multimídia.

Uma das principais novidades deste modelo será justamente o seletor de modo de condução. Esse sistema permite com que o motorista possa alternar entre os seguintes comandos: Normal, Sport e Race. De acordo com cada opção serão feitas mudanças no modo de direção, acelerador, bem como salvaguardas eletrônicas.

Outro grande destaque desse automóvel é a segurança que o mesmo proporciona. O Sandero RS dispõe de freios a disco nas quatro rodas, o escapamento é tipo duplo e ainda há um novo ajuste de suspensão. A barra é estabilizadora e o eixo traseiro é mais rígido que a versão tradicional desta linha.

O automóvel já dispõe de um grande número de itens de série. Dessa forma, a lista de opcionais se resume a rodas de 17 polegadas que acrescentam R$ 1.000 a mais.

Por Bruno Henrique

Renault Sandero RS

Renault Sandero RS

Fotos: Divulgação


Novos modelos contam com o sistema Media NAV Evolution.

A fabricante de veículos Renault fez o lançamento da linha 2016 de seus principais veículos que são o Logan, o Stepway e o Sandero. A única novidade que estes veículos trouxeram foi a presença do sistema Media NAV Evolution, que já era utilizado no Duster versão 2016. O lançamento oficial dessa nova linha ocorreu na última quinta-feira, dia 11 de junho.

As principais novidades que foram inseridas neste sistema Media NAV foi o aplicativo Aha e um sistema de informação que permite aos condutores destes veículos saber informações relativas ao trânsito em tempo real. Este sistema só será disponibilizado na tela de 7 polegadas da central de multimídia deste carro que é totalmente sensível ao toque, além disso, essa central ainda oferece Bluetooth, rádio, GPS e para os fanáticos e adeptos acesso a redes sociais tais como, Facebook e Twitter.

Os proprietários destes veículos que tiverem o iPhone poderão utilizar as facilidades oferecidas pelo aplicativo SIRI, o qual funciona por meio da captação dos comandos de voz do condutores e permite até mesmo que sejam realizadas buscas de músicas ou de pessoas inseridas na lista de contatos do aparelho celular o que facilita sobremaneira na hora de fazer aquela ligação ou ouvir aquela música predileta.

O sistema Media NAV irá sair como item de série no Sandero Stepway e será um opcional nas versões Dynamique e Expression dos veículos Sandero e Logan, atualmente, este sistema tem uma aceitabilidade em torno de 80% dos veículos Sandero e Logan que são comercializados.

Veja a seguir a tabela contendo todos os modelos dessa nova linha 2016 da Renault:

– Sandero Authentique: R$ 37.770;

– Sandero Expression 1.0: R$ 40.060;

– Sandero Expression 1.6: R$ 43.310;

– Sandero Expression 1.6 Easy’ R: R$ 47.060;

– Sandero Dynamique 1.6: R$ 46.440;

– Sandero Dynamique 1.6 Easy’ R: R$ 50.590;

– Sandero Stepway 1.6: R$ 52.300;

– Sandero Stepway 1.6 Easy’ R: R$ 55.050;

– Logan Authentique 1.0: R$ 41.050;

– Logan Expression 1.0: R$ 43.390;

– Logan Expression 1.6: R$ 46.540;

– Logan Expression 1.6 Easy’R: R$ 59.290;

– Logan Dynamique 1.6: R$ 49.880;

– Logan Dynamique 1.6 Easy’ R: R$ 54.030.

Por Adriano Oliveira

Renault Logan 2016

Renault Stepway 2016

Renault Sandero 2016

Fotos: Divulgação


A Renault lançou a nova geração do Sandero no mês de julho e, agora no mês de setembro, a marca francesa já promove o primeiro reajuste de preço para seu hatchback. Com bons índices de vendas, tendo em vista que em agosto o modelo emplacou 7.278 unidades e terminou o mês na décima colocação do ranking da Fenabrave, o Renault Sandero agora é vendido com preços a partir de R$ 31.280, R$ 1.390 mais caro que o valor cobrado anteriormente (R$ 29.890).

A versão de entrada (Authentique 1.0) foi a que teve o maior reajuste de preço. As versões intermediárias Expression 1.0 e Expression 1.6, sofreram uma elevação de R$ 400 e R$ 440, deixando de custar R$ 34.990 e R$ 38.590, para serem oferecidos por R$ 35.390 e R$ 39.030, respectivamente. Por fim, a versão topo de linha Dynamique 1.6, que antes era comercializada por R$ 42.390, agora será vendida por R$ 43.180, aumento de R$ 790.

Entre os itens de série, o Sandero Authentique 1.0 vem equipado com airbag duplo, freios ABS, direção hidráulica, desembaçador traseiro, ar-quente, abertura interna do porta-malas e do tanque, bem como rodas de aço de 15 polegadas com calotas calçadas com pneus 185/65. As versões intermediárias Expression 1.0 e 1.6, por sua vez, contam com o pacote anterior somado aos vidros dianteiros e travas com acionamento elétrico, alarme, sistema de som com leitor de CD/MP3 Player, entrada USB e conexão Bluetooth, retrovisores e maçanetas pintadas na cor da carroceria e coluna B com acabamento em preto. A configuração topo de linha do hatch (Dynamique 1.6) dispõe de todos os itens anteriores, acrescidos de sistema de ar-condicionado digital, retrovisores com repetidor de setas embutido, piloto automático, volante e manopla do câmbio com revestimento em couro, faróis de neblina e rodas de liga leve de 15 polegadas.

Além dos aumentos de preço, a Renault aproveitou para lançar a nova transmissão automatizada Easy’R para o Logan e o Sandero, equipando apenas os modelos com motores 1.6 8V.

Segundo a Renault, a transmissão traz um novo sistema que se adapta ao modo de condução do motorista, garantindo um desempenho mais esportivo ou mais econômico. Somado a isso, o câmbio automatizado ainda conta com função Creeping, que auxilia as manobras de estacionamento movimentando o carro engatado vagarosamente quando o condutor deixa de pressionar o freio.

Abaixo, versões e preços do Renault Logan:

– Authentique 1.0 – R$ 31.280;

– Expression 1.0 – R$ 35.390;

– Expression 1.6 – R$ 39.030;

– Expression 1.6 Easy’R – R$ 43.000;

– Dynamique 1.6 – R$ 43.180;

– Dynamique 1.6 Easy’R – R$ 47.180.

Por Caio Polo

Renault Sandero

Renault Sandero

Fotos: Divulgação


20 anos depois, a Renault reinventa o Twingo! Os designers e engenheiros da marca buscaram inspiração no Twingo original e R5 e criaram um veículo totalmente novo e com uma pegada muito urbana. Seu tamanho compacto esconde uma personalidade forte.

Para chegar a essa versão do Twingo, foram seis anos. Desde 2008, os engenheiros da Renault trabalham neste carro. O objetivo era a criação de um veículo confortável, ágil e pequeno. Por isso, a ideia de colocar o motor na parte de trás. Mas, isso acarretaria em muitos custos. Aí entrou a Daimler, empresa automobilística alemã. A Daimler estava desenvolvendo os Smarts de dois e quatro lugares e, após várias conversas, as duas empresas decidiram que trabalhariam em cooperação.

A mudança do motor da parte dianteira para a traseira foi determinante para garantir a agilidade do Twingo, que pode ser manobrado de forma muito mais fácil, já que há mais espaço para o eixo dianteiro e isso melhorou muito o raio de giro. Claro que isso impactou também no espaço interno, proporcionando mais conforto. Tudo isso torna o Novo Twingo muito parecido com o modelo anterior, revelado em 1992 no Salão de Paris.

Outro destaque deste carro é a cartela de cores, que são quatro, e todas vibrantes: azul claro, amarelo, vermelho e branco (a cor queridinha do momento).

Quanto ao design, alguns elementos têm inspiração no R5, como as saliências laterais e a inclinação do vidro traseiro.  Na parte da frente, a logo ganha destaque ao ser colocada em um fundo preto e os faróis de LED são rodeados por pisca-piscas. Os faróis traseiros dão um ar mais moderninho ao carro, ao acompanharem o prolongamento da traseira envidraçada.  

Não podemos esquecer da carroceria com cinco portas, algo inédito até então. Para garantir que o Novo Twingo consiga ser masculino, feminino, urbano ou esportivo, é possível personalizar uma série de itens: retrovisores, proteções laterais ou faixas laterais.

O coração deste modelo será apresentado no dia 4 de março no Salão de Genebra.

Renault Twingo


A empresa Renault estuda o lançamento de uma versão com maior potência para o Clio. Isso ocorre devido a uma insatisfação da montadora em relação à versão RS do modelo.

Philippe Klein, vice-presidente de planejamento de produto da companhia, afirmou à publicação Auto Express que o braço esportivo chamado Renault Sport tem escutado muitas reclamações de clientes a respeito do desempenho do hatch. Os consumidores insatisfeitos dizem que o veículo não é tão divertido para dirigir em relação ao Ford Fiesta ST.

Outra reivindicação refere-se à falta de transmissão do tipo manual, ausência que irá ser ajustada com a introdução da variante "apimentada". Características a respeito desta novidade são desconhecidas ainda, mas boatos demonstram que o carro pode ser chamado de RS Gordini e ele deve apresentar algo na faixa de 230 cv de potência (30 cavalos a mais do que no RS atual).

De acordo com Klein, o objetivo da empresa é atender cada vez melhor aos desejos de todos os clientes, afirmação que endossa as previsões.

A marca informa que até o final do ano trará diversas novidades para o mercado automotor do Brasil.

Por Marcelo Araújo


O Clio 2014, segundo carro da Renault mais vendido em todo o Brasil, chegou para aumentar ainda mais suas vendas. Seja como for, para o leitor ficar por dentro desse novo automóvel, devemos analisar um pouco seus equipamentos e sua ficha técnica.

Sua motorização é 1.0, o combustível pode ser álcool ou gasolina, seu peso é de 912 kg, a tração é dianteira e seu câmbio é manual de cinco marchas. Fora isso, o Renault Clio 2014 também vem com freios a disco, com discos do tipo ventilado.

No mais, quando analisamos suas qualidades, conseguimos notar que trata-se de um excelente carro para dirigir e que, sem dúvida, seu motor é extremamente potente. Porém, no que concerne aos pontos negativos, o fato é que parece faltar alguns acessórios básicos dentro do carro, como por exemplo, um porta-acessórios ou coisa que o valha.

Em geral, portanto, este automóvel vem recebendo grandes elogios por parte de especialistas do assunto.

Os preços para adquirir o ''possante'' custam de R$ 24.290,00 a R$ 26.270,00.

Por Madson Lima de Oliveira


Mais moderno do que nunca, o Renault Fluence 2012 já chegou surpreendendo. Com acessórios funcionais e um arrojo singular, os especialistas afirmam que ele é um forte candidato a sucessor do incrível Mégane.

Muito bonito e versátil, o carro pode ser encontrado em duas versões: o Fluence Dynamique e o Fluence Privilége.  As versões compartilham dos mesmos atributos técnicos, porém se diferenciam no visual e em alguns opcionais que tornam o Privilége um pouco mais luxuoso, pois acrescenta GPS com controle remoto, bancos de couro legítimo, rodas aro 17, retrovisores rebatíveis e sensor traseiro para estacionamento.

Em comum, as duas versões contam com motor 2.0 Hi-Flex, a potência  atinge até 143 cavalos e sua constituição contém alumínio, o que torna o modelo 40 kg mais leve. O carro é altamente seguro, pois possui 6 airbags, controlador de velocidade e  os freios são ABS . Além da super novidade: a chave-cartão hands free (travamento e destravamento através de sensores de presença). Como se não bastasse, o modelo tem kit multimídia completo e de alto padrão tecnológico, com sistema de Bluetooth, rádio com CD e MP3, além de entrada USB.

Esses e outros itens fazem do Fluence um carro bastante completo, com desempenho satisfatório e design impecável. Isso tem feito do automóvel um verdadeiro clássico da Renault.

Toda a elegância do  Fluence já está disponível nas concessionárias por R$ 59.990,00 ou  R$ 75.990,00, a depender da versão.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Renault divulgou os detalhes finais e também os preços do Duster, novo utilitário esportivo que chega às revendedoras da marca em todo o país, para concorrer diretamente com o Ford EcoSport, Hyundai Tucson, Mitsubishi Pajero, entre outros modelos do segmento vendidos no Brasil.

Estarão à disposição dos consumidores seis versões, sendo três delas equipadas com o motor 1.6 flex, de 16 válvulas, que entrega 115 cv de potência e 15,5 kgfm de torque, desempenho obtido quando abastecido com álcool.

O modelo de entrada, associado ao câmbio manual de 5 velocidades, tem preço sugerido a partir de R$ 50.900, e conta ainda com tração 4×2, rodas aro 16, ar condicionado, vidros e travas elétricas e direção hidráulica. A versão Expression custa R$ 53.200, acrescentada de duplo airbag, barras no teto, entre outros itens, enquanto a Dynamique 1.6, com rodas de liga leve, faróis de neblina, freios ABS e computador de bordo, sai a R$ 56.900.

Já na linha que traz sob o capô o motor Hi-Flex 2.0 16V, de 142 cv de potência (com etanol), a versão Dynamique manual (caixa de 6 marchas) e tração 4×2, custa a partir de R$ 60.600. Há ainda o Duster Dynamique 2.0 com transmissão automática de quatro velocidades e tração 4×2, vendido por R$ 64.600, mesmo valor que será praticado no Duster Dynamique 2.0, equipado com câmbio manual, tração 4×4, rodas de liga leve na cor preta, faróis de neblina com máscara negra, entre outros diferenciais.

Fonte: Renault

Por André Gonçalves


Já apresentado e comentado como o substituto do Mégane, o Renault Fluence agora tem seus preços revelados pela montadora, de acordo com matéria do site Carros IG.

Ele estará a venda a partir de Fevereiro no Brasil mas os interessados em um sedã médio de estilo moderno, linhas levemente arredondadas que lhe conferem um desenho moderno e aerodinâmico, sem deixar de lado a elegância, já podem ir avaliando os equipamentos e os preços de suas duas versões.

O Fluence Dynamique que vem de série com seis airbags, sistema de freios ABS, sensor de chuva, farol de neblina e ar condicionado dual zone entre outros itens tem seu preço em R$ 59.990. Adquirindo o modelo com câmbio CVT, o preço passa a ser de R$ 64.990. E esta versão conta ainda com opcionais como teto solar e bancos de couro.

A segunda verão do modelo, a top de linha Privilége conta com mais itens de série como controle de estabilidade (ESP), controle de tração (ASR), GPS integrado, sensor de estacionamento e som Premium. Assim como o Mégane, estas duas versões do Fluence possuem cartão para acionamento do motor. E isto pode ser feito agora até mesmo do bolso do condutor, pois funciona remotamente.

O propulsor é um 2.0 Flex de 140/142 CV que garante boa potência ao modelo. Segundo a matéria citada este lançamento é uma das grandes expectativas da marca francesa, que espera conseguir uma fatia de 12% do mercado nacional com este belo sedã.

Por Mauro Câmara


As montadoras Renault, Nissan e Daimler anunciaram nesse ultimo dia 07, quarta-feira que firmaram uma aliança para a criação de veículos pequenos.

A parceria promete uma miscigenação de tecnologia, conhecimento e inovação para veículos menores.

As empresas, com a junção de motores e tecnologia, prometem ainda versões elétricas e pretendem obter um lucro inicial de aproximadamente 5,3 bilhões de dólares.

Para mostrar que estão empenhadas nessa inovação automotiva os modelos Smart Fortwo da Daimler e do Twingo da Renault já virão com modificações fruto dessa junção das empresas, previsto para 2013.

Essa aliança tem como objetivo economizar e mesclar os conhecimentos e as tecnologias das marcas para surpreender e conquistar o consumidor.

Por José Alberi Fortes Junior





CONTINUE NAVEGANDO: