Já estão chegando às concessionárias da Renault as 100 mil unidades da versão Tech Road II do Duster. Com uma produção limitada, a série dá continuidade à Tech Road I e chega às lojas ao preço de R$ 63.050,00.

Com relação ao Duster comum e ao Tech Road I, algumas diferenças estéticas são visíveis e de fácil percepção. A grade frontal é uma delas, assim como a entrada de ar do para-choque. O modelo tem ainda barras no teto e puxador de abertura do porta-malas escurecido, assim como faróis com máscara negra. Os retrovisores e as rodas chegam na cor cinza e um adesivo nas laterais identifica de maneira decisiva o nome da versão, além de garantir um charme a mais para o modelo.

Uma vantagem considerável é que o Tech Road II já sai de fábrica com algumas características que têm a preferência de atuais e futuros proprietários de veículos. São itens como direção hidráulica, ar condicionado, travas e vidros elétricos, freios ABS e airbag duplo, além de um pouco mais de tecnologia, como o sensor de estacionamento traseiro (que emite um sinal sonoro conforme acontece a aproximação com o carro que está atrás no momento de uma manobra). Não bastasse, o Tech Road II traz de série a Media Nav, ou seja, a tela sensível ao toque que incorpora em um mesmo objeto rádio, conexão Bluetooth e também o GPS.

O Duster está no mercado brasileiro desde outubro de 2011 e a Série Tech Road I desembarcou em setembro de 2012. Até agora foram cerca de 29 mil unidades comercializadas. O SUV da Renault tem boa aceitação no mercado desde a data de seu lançamento, principalmente em virtude da altura e da posição para dirigir que oferece. De acordo com representantes do mercado automobilístico, o modelo é bastante procurado pelas mulheres.

Por Chris Lino

Foto: Divulgação


A Renault divulgou os detalhes finais e também os preços do Duster, novo utilitário esportivo que chega às revendedoras da marca em todo o país, para concorrer diretamente com o Ford EcoSport, Hyundai Tucson, Mitsubishi Pajero, entre outros modelos do segmento vendidos no Brasil.

Estarão à disposição dos consumidores seis versões, sendo três delas equipadas com o motor 1.6 flex, de 16 válvulas, que entrega 115 cv de potência e 15,5 kgfm de torque, desempenho obtido quando abastecido com álcool.

O modelo de entrada, associado ao câmbio manual de 5 velocidades, tem preço sugerido a partir de R$ 50.900, e conta ainda com tração 4×2, rodas aro 16, ar condicionado, vidros e travas elétricas e direção hidráulica. A versão Expression custa R$ 53.200, acrescentada de duplo airbag, barras no teto, entre outros itens, enquanto a Dynamique 1.6, com rodas de liga leve, faróis de neblina, freios ABS e computador de bordo, sai a R$ 56.900.

Já na linha que traz sob o capô o motor Hi-Flex 2.0 16V, de 142 cv de potência (com etanol), a versão Dynamique manual (caixa de 6 marchas) e tração 4×2, custa a partir de R$ 60.600. Há ainda o Duster Dynamique 2.0 com transmissão automática de quatro velocidades e tração 4×2, vendido por R$ 64.600, mesmo valor que será praticado no Duster Dynamique 2.0, equipado com câmbio manual, tração 4×4, rodas de liga leve na cor preta, faróis de neblina com máscara negra, entre outros diferenciais.

Fonte: Renault

Por André Gonçalves





CONTINUE NAVEGANDO: