A nova geração do Fiat Siena deve ganhar as ruas brasileiras no mês de março. Enquanto ela não chega, as concessionárias da montadora italiana estão aproveitando para acabar com o estoque da linha anterior do sedã, comercializando-a com bons descontos.

O Siena Fire Flex 2012, versão básica do sedã, está sendo encontrado por R$ 25.990 em algumas revendedoras de São Paulo, quando o seu preço normal, sugerido pela Fiat, é de R$ 30.680. O modelo traz o motor 1.0, que entrega 75 cv de potência, se abastecido com etanol, além de itens como brake light, hodômetro digital (parcial e total), minissaias laterais na cor preta e rodas de aço aro 13.

Os descontos atingiram também a versão EL do sedã. O modelo equipado com o motor 1.0, câmbio manual de 5 velocidades, direção hidráulica, grade frontal com detalhe cromado, rodas aro 14 e computador de bordo, entre outros itens, que normalmente é comercializado por R$ 34.030, está saindo, em média, a R$ 29.990.

Já o Siena EL 2012 movido pelo motor 1.4 Flex, que desenvolve 86 cv de potência (quando usado o álcool), pode ser encontrado por R$ 37.500 na versão completa, incluindo itens como ar condicionado, trio elétrico, rádio com CD e MP3 e rodas de liga leve aro 14, ao contrário do valor normal, que seria superior a R$ 40.000.

Fica a dica de pesquisar bastante na hora de comprar, pois é possível encontrar preços bem variados na mesma cidade.

Por André Gonçalves


A versão 2012 é a última atualização da Hilux que a Toyota preparou antes da sua nova geração que será em 2014. A empresa introduz um novo design e conseguiu melhorar ainda mais em qualidade, durabilidade e confiabilidade.

Confira os novos detalhes:

– Versão 2012: SRV TOP automática, que passa a ser topo de linha;

– Rodas: Aro 17;

– Câmbio e direção: Automático, tecnologia de ponta com controle de tração e estabilidade e freios ABS com EBD e BAS;

– Linhas mais quadradas em relação ao visual anterior;

– Exclusividade para o Brasil: 163 cavalos a 5.000 RPM, abastecido com álcool, e 158 cv a 5.000 RPM, com gasolina;

– Parte traseira: As lanternas foram erguidas;

– Volante multifuncional, Bluetooth e uma câmera no painel que auxilia na hora de estacionar;

– Preços:

  • Hilux 4×4 C/D SRV A/T TOP: R$ 141.920,00;
  • Hilux 4×4 C/D SRV A/T: R$ 134.410,00;
  • Hilux 4×4 C/D SRV M/T: R$ 127.260,00;
  • Hilux 4×4 C/D SR M/T: R$ 111.800,00;
  • Hilux 4×4 C/D Standard Power Pack: R$ 100.720,00;
  • Hilux 4×4 C/D Standard: R$ 93.260,00;
  • Hilux 4×4 C/S Standard: R$ 85.690,00;
  • Hilux 4×4 Chassi/Cabine: R$ 80.160,00.

A Hilux com tração dianteira retorna até março, e o motor V6 2.7, antes só movido a gasolina, passará a ser flex.

Outro grande diferencial de conforto da Hilux é que o nível de ruído do motor é baixo, o que traz comodidade ao motorista e aos passageiros. A suspensão também é outro diferencial, pois absorve eficazmente os solavancos vindos das imperfeições das ruas e estradas esburacadas de nosso país.

Enfim, a Hilux 2012 da Toyota é robusta e demonstrou que está apta tanto para o campo, como para os centros urbanos.

Por Dorcas Rosicler

Fonte: TopCar


A Volkswagen apresentou esta semana a linha 2012 da picape Amarok, composta por quatro versões, com novos itens de série e opções diferenciadas de motores. Porém, as novidades mais esperadas, a inclusão da transmissão automática de oito marchas e a comercialização de uma versão de cabine simples, não apareceram, e devem ficar para o segundo semestre do próximo ano. Enquanto isso, o câmbio manual de 6 velocidades é o único disponível.

O modelo de entrada conta com motor turbodiesel de 122 cv de potência, tração 4×2, vidros e retrovisores elétricos, freios ABS com assistente de frenagem, controle de tração, bloqueio eletrônico do diferencial, ar condicionado climatic, direção hidráulica, rodas de aço aro 16 e rádio com CD, MP3, USB e Bluetooth. O preço sugerido é de R$ 90.890 na versão 4×2 e de R$ 94.890 na versão 4×4.

A versão Trendline, impulsionada pelo bloco biturbo de 163 cv, custa a partir de R$ 105.990 e acrescenta tração 4×4, piloto automático, faróis de neblina, rodas de liga leve de 17 polegadas, duplo airbag, entre outros itens.

Já a versão Highline, cujo preço parte de R$ 123.990, vem com a mesma motorização da versão Trendline, além de sensor de estacionamento traseiro, volante multifuncional, ar condicionado automático dual zone, rádio com tela sensível ao toque e rodas de liga leve aro 18.

Há ainda a versão SE, exclusiva para frotistas, baseada na versão de entrada, exceto pelo motor de 163 cv, rodas aro 16 de alumínio, tração 4×4 e airbags de série.

Fonte: Volkswagen

Por André Gonçalves


O Ford New Fiesta Hatch, novidade da marca norte-americana para o mercado brasileiro, vai custar a partir de R$ 48.950.

O modelo, que é produzido no México, será oferecido em três versões, todas equipadas com o mesmo conjunto mecânico. O motor é o Sigma 1.6 16V, bicombustível, que entrega 110 cv quando movido a gasolina e 115 cv de potência se abastecido com álcool, e um torque máximo de 16,2 kgfm. Acoplado ao câmbio manual de 5 velocidades, o propulsor gera uma velocidade máxima de 190 km/h.

A versão de entrada do New Fiesta Hatch vai contar com rodas de liga leve de 15 polegadas; ar condicionado; computador de bordo; alarme; rádio com CD, MP3 e 6 alto-falantes; direção elétrica; e acionamento elétrico para travas, espelhos retrovisores e vidros, entre outros itens.

O modelo intermediário, cujo preço sugerido é de R$ 51.950, acrescenta ao pacote anterior itens como duplo airbag; assistente de partida em rampas (Hill Holder); controle de estabilidade; freios ABS; e o sistema multimídia Sync, em português, que entre outras funcionalidades, permite utilizar o comando de voz para fazer ligações no celular, enviar mensagens e procurar músicas.

Já a versão top de linha vem equipada com todos os acessórios citados anteriormente, além de rodas de liga leve aro 16, faróis de LED, bancos revestidos em couro, retrovisores externos com aquecimento e luzes de direção, e 7 airbags. Ela será vendida por R$ 54.950

Por André Gonçalves


A linha 2012 dos utilitários esportivos Range Rover Sport e Discovery 4, ambos fabricados pela Land Rover, estão com algumas novidades, principalmente na parte mecânica, com os motores apresentando redução na emissão de poluentes e aumento de potência (em uma das versões).

As mudanças mais significativas aparecem nos blocos 3.0 V6, que ganharam a transmissão automática ZF, de oito marchas, e que passam a consumir menos combustível. A opção 3.0 LR-SDV6 saltou de 245 cv para 256 cv de potência, enquanto que a emissão de CO2 diminuiu de 243 g/km para 230 g/km. Na configuração 3.0 LR-TDV6, a potência de 211 cv foi mantida, porém a emissão de CO2 foi reduzida para 224 g/km (anteriormente era de 243 g/km). Já o motor V8 5.0 não sofreu alterações e continua mantendo o desempenho de 375 cv de potência, acoplado ao câmbio de seis velocidades.

Na cabine, as versões 2012, que devem chegar ao Brasil até o final de 2011, ganham pequenas alterações de acabamento e novos itens, como o som Harmon Kardon, de 17 alto-falantes; tela touchscreen, de 7 polegadas, com o sistema Dual View; Bluetooth para o equipamento de áudio básico, entre outros itens.

Por André Gonçalves


As versões 2012 da família 207, da Peugeot, já estão disponíveis nas concessionárias da marca no país. Os novos modelos, nas carrocerias hatch, sedã e perua, ganharam alterações estéticas e itens de série diferenciados.

No visual, as novidades são as barras de proteção na cor da carroceria (exceto na versão Escapade) e os frisos laterais com detalhes cromados, a partir da versão XRS, que também ganhou lanternas traseiras com fundo de alumínio. Internamente, todos os modelos têm novos revestimentos para os bancos e painel de instrumentos com fundo branco.

Algumas das novidades presentes nas versões XRS são: sensor de chuva e crepuscular, computador de bordo e novos comandos para os vidros elétricos. Na linha XR, novos acessórios também se fazem presentes. Ambas as versões são equipadas com o motor Flex 8V 1.4, que gera 82 cv de potência (com etanol).

O 207 HB 2P XR, com preço sugerido de R$ 35.790, é o novo modelo de entrada da família. Já o 207 HB 4P XR sai por R$ 37.790. Os outros preços ficaram assim: 207 HB XRS 4 portas: R$ 40.490;  207 SW XR: R$ 41.490; 207 Passion XR: R$ 40.790; e 207 Passion XRS: R$ 43.790.

Por André Gonçalves


A montadora alemã Audi normalmente prima por fabricar modelos luxuosos nos quais a elegância talvez seja seu maior diferencial. Com seu DNA consegue levar até para os modelos essencialmente esportivos essa mistura fascinante de elegância, luxo e esportividade.

E o novo exemplo disso é o superesportivo R8 GT 2012 que mantém em seu design o equilíbrio entre a esportividade extrema e a elegância do visual constituído de linhas fortes, robustas e aerodinâmicas de carro de corrida, não fosse ele inspirado em um modelo da Audi fabricado especialmente para competições.

A tradição da mecânica privilegiada também está presente no propulsor 5.2 L V10 que foi adaptado para produzir 560 Cv de potência (mais potente do que os propulsores de seu parente próximo o Coupê R8). Aliado a esse conjunto mecânico vem o câmbio sequencial R Tronic manual e todo o conjunto pode levar o modelo a um arranque de 0 a 100 Km/h em somente 3,6 segundos, e atingindo a velocidade máxima de 320 Km/h.

Nos Estados Unidos, onde a comercialização do modelo será limitada a 99 exemplares dessa máquina, de um total de apenas 333 unidades a serem fabricadas para comercialização mundial, esse esportivo teve seu preço fixado em US$ 196.800, equivalente a cerca de R$ 325 mil.

De acordo com sites especializados, para o mercado brasileiro poderá ser destinado um número bem menor de exemplares do R8 GT, cujo valor também deverá ficar bem alto. Talvez o dobro do preço praticado nos Estados Unidos em função das taxas e impostos brasileiros.

Por Mauro Câmara

Fonte: Auto Estrada


A família Livina apresenta modelos com espaço interno grande, potência e desempenho com consumo reduzido e ampla visibilidade, também possui portas maiores que facilitam a entrada das cadeirinhas de bebês e crianças menores de dez anos no banco traseiro.

Os modelos chegam com acabamentos cheios de detalhes, como porta-luvas grande e 19 porta-objetos no Grand Livina, 11 no Livina e também no X-Gear.

Estão disponíveis cinco versões do Nissan Livina, todas com combustível flex. O modelo mais acessível sai por R$ 43.990. O X-Gear chega em duas versões com molduras pretas nas caixas de rodas e laterais inferiores que formam uma peça única ao chegar nos para-choques e tem preços a partir de R$ 53.290. O Gran Livina também chega em duas versões e possui flex fuel; além de apresentar o para-choque na cor do veículo. Seu preço inicial é de R$ 62.290.

A Nissan está no Brasil há 10 anos e possui fábrica em São José dos Pinhais, no Paraná, onde tem produção da picape Frontier, Livina, Grand Livina e X-Gear. A montadora tem 95 concessionárias por todo o país e ainda importa os modelos Tiida Hatch, Tiida Sedan e o Sentra.

Por Danielle Vieira


Os revendedores autorizados de todo o país já estão com o novo modelo do sedan Corolla, da Toyota, em suas dependências, porém aguardam autorização da montadora para exibi-lo e comercializá-lo, algo que só deverá acontecer ainda após o dia 28 de março.

O preço cogitado para o modelo XEi (que é o que por enquanto tem sido alocado para as concessionárias, aguardando a hora de ser exposto e vendido) chega aos 77 mil reais.

Quem conhece a franquia desse carro garante que vale a pena adquirir o novo modelo.  Trata-se de um veículo que possui alto índice de satisfação do cliente. Além disso, ele virá com câmbio automático e motor 2.0. Outros modelos chegarão às lojas até o desenrolar do seu lançamento oficial.

Segundo informações da imprensa automotiva, os modelos que estão para chegar às lojas serão o Xli (a um preço médio de R$ 66.800 a R$ 70.960, dependendo do tipo de câmbio), o Gli e o Altis, que promete ser uma espécie de top de linha dos modelos Corolla (custará cerca de R$ 89.300).

Por Alberto Vicente


Estamos apenas no segundo mês do ano de 2011 e a indústria do automóvel parece estar sempre um passo a frente. Talvez por isso a onda de antecipações dos modelos 2012 esteja tão em voga.

E para não fugir da tendência a Volkswagen já antecipou a linha 2012, na Europa, do seu utilitário esportivo, o SUV Tiguan, que passou por uma reestilização e cuja nova versão tem apresentação marcada para o Salão do Automóvel de Genebra no mês que vem.

Grande sucesso na Europa, o SUV compacto Tiguan é um carro de linhas fortes, plataforma robusta, desenho moderno e dono de um visual esportivo e resistente e com boa agilidade urbana. Talvez seu grande mérito seja aliar as características de um bom utilitário com a esportividade de um modelo confortável e compacto. Reestilizado, o Tiguan ganhou aprimoramentos estéticos e funcionais que o tornam além de bonito mais confortável e refinado.

De acordo com sites especializados a montadora não divulgou nenhuma informação técnica quanto à motorização da linha 2012. Sabe-se apenas que a pré-venda já começou e que na Alemanha e seu preço parte do equivalente a R$ 54.827 sem os impostos e taxas de importação praticados no Brasil.

Por Mauro Câmara


Foi exibido no dia 31 de janeiro, na cidade de Porto Alegre, os modelos 2012 dos veículos Celta e Prisma da General Motors. Segundo a revista eletrônica Auto Esporte, foram feitas poucas mudanças se comparado à linha 2011 e o maior destaque fica por conta do espaço interno.

Os valores do Celta 2012 giram em torno de R$ 26.115 (básico de 2 portas) a R$ 29.364 (completo e com 4 portas); já os valores do Prisma 2012 são: R$ 31.344 para o modelo 1.0 e a versão 1.4 sai por R$ 32.150.

Os modelos 2012 já vêm com o novo símbolo da GM que atualmente pode ser conferido no Vectra e Agile. Confira as fotos no twitter da Chevrolet Brasil.

Por Andrea Gomes





CONTINUE NAVEGANDO: