Confira aqui todos os detalhes sobre o Novo Hyundai Santa Fe 2018.

O SUV sul-coreano chega nesta geração com mudanças significativas. Diante de todas as opções que o mercado nacional oferece, quando o assunto é utilitários, as mudanças oferecidas pela Hyundai pode realmente fazer a diferença na hora da escolha.

Com o foco em apenas uma versão, o Hyundai Santa Fé traz entre as principais novidades a sofisticação e elegância em suas linhas, aço escovado no acabamento, maior conectividade na central multimidia e melhorias nos itens de segurança, como travas nas portas traseiras impedindo de serem abertas com o veículo em movimento e sistema para evitar colisões.

O carro continua robusto, amplo, mais luxuoso e confortável. Confira os detalhes:

Design

Com estilo parecido com o Creta, o Hyundai Santa Fé 2018, vem com a dimensões de 4,69m (comprimento) e largura de 1,88 m, a altura é de 1,68m e o entre eixos possui 2,70m. A base é a mesma do Elantra, chamando atenção pela largura.

Os faróis estão com projetores e LEDs, a grade é hexagonal com frisos cromados e faróis de neblina.

O design possui elegância devido a simetria das linhas que vem da cintura para as colunas. A sofisticação também é notada nas maçanetas e frisos cromados, assim como nos retrovisores elétricos.

O vidro panorâmico é acionado de forma eletrônica, assim também como o defletor e antena.

Na parte interna, o veículo apresenta um desenho moderno em seu painel, traz também saída de ar em estilo bumerangue. A tela para o sistema multimídia possui 8 polegadas e o ar condicionado de duas zonas tem comando único.

Dirigibilidade

Dizer que o Hyundai Santa Fé 3.3 2018 tem volante em couro e é multifuncional, não adianta se o veículo não oferecer boa dirigibilidade e potência.

O motor é 3.3 V6, capaz de 270 CV e 32,4 kgfm de torque. São seis velocidades em um câmbio automático com tração permanentemente ativada. A capacidade do tanque de combustível é de 64 l.

A estabilidade na condução do veículo é garantida pela variação de torque entre rodas e eixos. Isso significa melhor aderência ao asfalto ou estrada.O modelo traz também câmera de ré e navegação por GPS.

Acabamento interno

Beleza e conforto podem andar juntos e é nisso que o Hyundai Santa Fé 2018 aposta. Os bancos são todos revestidos em couro com aquecimento. O assento traseiro tripartido vem com sistema Isofix, apoio para a cabeça e cintos com três pontos.

Na parte de trás, também há difusores e mais porta-trecos para organizar os objetos que levamos em nossa rotina.

Cortinas nas janelas da parte de trás, conferem discrição e conforto. O porta malas é bem espaçoso, porém, o acréscimo de mais 2 bancos retráteis, pode causar estranhamento e deixa a capacidade do porta malas com 178 l, ainda assim o SUV continua confortável.

Equipamentos do Hyundai Santa Fé 2018

Todos os itens que vem no veículo são de fábrica, pois não há opcionais nesse modelo. O suv apresenta:

  • Eco-normal e sport como opções de condução;

  • Controle na tração;

  • Controles na descida e frenagem

  • Isofix

  • Ar condicionado de duas zonas;

  • Seis airbags;

  • Rebatimento elétrico nos retrovisores;

  • Faróis de xenon

  • Piloto automático

  • Rodas 18” liga leve;

  • Bancos com ajuste elétrico (dianteiro);

  • Bancos com aquecimento;

  • Super vision;

  • Colunas ajustáveis de direção;

  • Para-sóis com espelhos;

  • Freio eletrônico de estacionamento

  • Câmera de ré, sensor, radares e alarmes;

  • Multimídia com bluetooth, DVD, GPS, CD, entrada USB, sensores para chuva;

Consumo e preço

Na cidade, o gasto de combustível do Hyundai Santa Fé 3.3 gasolina é 7 km/l.

Na estrada o consumo sobe para 9,2 km/l.

Hyundai Santa Fé 3.3

Preço: R$ 196.702,13 ( http://imp.sagahyundai.com.br)

FABÍOLA CUNHA S DE MORAES


Novo modelo trará novidades no visual e equipamentos internos.

As novidades do HB20 2019 da Hyundai chamam a atenção de quem pretende comprar um carro novo e chegam a assustar a concorrência, pois é uma opção que ficará entre as mais interessantes do mercado. Essa nova geração, seja na versão hatch ou sedan, traz modificações importantes, que vão de encontro ao que era esperado e isto cria um impacto muito grande nas vendas, ainda mais pelo fato de que a versão de entrada custará a partir de R$ 43.990,00. A concorrência hoje oferece modelos inferiores, por preços superiores e isto favorecerá muito a Hyundai que tem conquistado uma fatia cada vez maior no Brasil.

Mas a concorrência não está dormindo, pelo contrário, tem muitas novidades também, o que acaba forçando a Hyundai a fazer modificações que não estavam planejadas, por exemplo, no tamanho do veículo e a implantação de vários elementos sofisticados, na busca de tentar atrair a atenção do comprador, que está cada vez mais exigente na sua escolha. A Hyundai sabe que competir com o novo lançamento da Fiat, o Argo e da Volkswagen, o Polo, não é tarefa fácil.

As últimas declarações dadas por Byungkwon Rhim, vice-presidente de operações internacionais da companhia, dão conta de que não haverá problemas quanto à dupla da concorrência e que o HB20 2019 deverá manter o mesmo tamanho, indo contra os rumores de que haveria um compacto premium para ajudar na disputa com os modelos menores de outras marcas.

Uma das principais novidades do HB20 2019 está no visual, pois a marca resolveu fazer pequenas alterações no design, mas estas modificações são sentidas logo na primeira vez que se vê o carro, que agora ficou mais clean. O novo design chama a atenção em certas partes, como nos para-choques frontal e também traseiro. É nítido o interesse da empresa em querer apresentar um carro novo ao consumidor, mas sem perder muito do modelo antigo, que é um grande sucesso de vendas. Outra novidade é a grade padrão colmeia e as rodas de liga-leve que complementam o visual moderno.

No caso do HB20X, as rodas são em aro de 16 polegadas, trazendo um design bem semelhante ao da linha anterior, só que a parte interna é em preto brilhante. A versão R Spec traz rodas de 15 polegadas, com este mesmo detalhe, com a parte interna da roda em preto brilhante.

Uma das diferenças entre as versões 1.0 e 1.6, é que a primeira vem com lanternas traseiras escurecidas, enquanto a segunda traz lentes Clear Type, imitando os LEDs.

Por dentro, muitas novidades que precisam ser analisadas, porque na hora de escolher entre uma marca e outra, tudo isso contará. Em ambas as versões, a parte interna tem um cluster de instrumentos renovado, exceto para o modelo de entrada. Na tela do computador de bordo é possível conferir todas as informações em uma disposição modificada, alteração feita para facilitar o uso por parte do motorista. Um exemplo das alterações é que agora tem ponteiros indicando o combustível e a temperatura, sendo que antes estes marcadores eram digitais.

O preço é de acordo com a versão escolhida, confira:

  • Unique 1.0: R$ 43.990,00
  • Comfort Plus 1.0: R$ 47.590,00
  • Comfort Plus 1.6: R$ 54.550,00
  • R Spec 1.6: R$ 63.690,00
  • Premium 1.6: R$ 60.150,00
  • Style 16: R$ 66.090,00
  • Premium 1.6 AT6: R$ 70.690,00
  • Style 1.6 MT6: R$ 63.100,00
  • HB20X Premium 1.6 AT6: R$ 71.700,00

O HDB20 2019 não mudou apenas no visual, é preciso analisar todas as versões e ver qual melhor se adéqua às necessidades de cada um, mas sem deixar de conferir o que é oferecido de novo, pois as versões estão bem equipadas, pois mesmo as de entrada terão ar-condicionado, direção assistida, travas e vidros elétricos.

Por Russel

HB20 2019


Modelo vem em 4 versões e tem preços que partem de R$ 74.990.

O modelo Tucson da Hyundai vem nas seguintes versões: GLS 2.0 que sairá pelo valor de R$ 74.990; GL 1.6 T-GDI que sairá pelo valor de R$ 138.900; a versão GLS 1.6 T-GDI que sairá por R$ 140.970 e a versão Limited 1.6 T-GDI que sairá pelo valor de R$ 159.600.

Veja abaixo os equipamentos presentes em cada versão:

Versão GLS 2.0

Possui um motor 2.0 flex e câmbio automático de 4 marchas, direção hidráulica, airbag duplo, freios ABS c/ EDB, rodas de liga leve com aro de 16”, pneus 235/ 60 R 16, ar-cond. eletrônico que vem com visor digital, comando elétrico nos retrovisores externos, Key less que trava e destrava as portas à distância, as 4 portas possuem vidros elétricos, possui desembaçador e lavador com temporizador, no vidro traseiro basculante, câmera de ré, regulagem de altura nos cintos de segurança dianteiros de três pontos retráteis, além disso os cintos de segurança laterais da parte de trás também são de três pontos retráteis e o central é de dois pontos fixos, os retrovisores são rebatíveis eletricamente, há o farol de neblina, sensor de crepúsculo, a multimídia é composta por GPS e DVD, pelo Bluetooth e tem a entrada para iPod, USB e auxiliar, os bancos são revestidos de couro sintético, o banco traseiro é bipartido, o porta-luvas vem com chave e lâmpada e o veículo conta ainda com uma tomada 12V no porta malas,.

Versão GL 1.6 T-GDI

Motor 1.6, câmbio de dupla embreagem e 7 marchas. Essa versão vem com parte dos itens citados na versão GLS, mais as rodas de liga leve com aro de 18”, pneus 225/ 55 R 18, direção elétrica, controle de estabilidade e de tração, assist. de aclive e de declive, 6 airbags, Sit. Isofix, alarme, não há necessidade do uso da chave para acessar o veículo, vem com o ar-cond. Dual Zone, na segunda fileira de bancos tem difusores de ar, a altura e a profundidade do volante multifuncional são manuais e o acabamento dele é em couro. Tem ainda o piloto automático, sensor de crepúsculo e de chuva, o veículo possui encostos de cabeça ativos que contam com regulagem da altura, tem um pisca em LED nos retrovisores elétricos, que são rebatíveis automaticamente, além disso, os retrovisores contam ainda, com desembaçador e, o retrovisor interno é eletrocrômico.

As maçanetas do modelo vêm na cor da carroceria, os para-sóis vêm com espelho e com iluminação, a grade hexagonal é fosca, os bancos são revestidos de couro, o do condutor possui ajuste elétrico e no traseiro tem um porta-copos e apoio de braço central.

A multimídia traz o Google Android Auto e o Apple Car Play, além de entradas para iPod, USB 2.0 e auxiliar. O painel do veículo conta com display de 3,5” em TFT.

Versão GLS 1.6

Esta versão conta com os equipamentos já citados nas versões anteriores, mais um painel com display TFT de 4,2”, LEDs diurnos nos faróis e as lanternas também são em LED.

As maçanetas e a grade são cromadas. O veículo conta com um teto solar que é panorâmico, o estepe é de alumínio e vem com luzes externas, de cortesia.

Versão Limited

Conta com os itens já citados nas versões acima, mais aquecimento e resfriamento nos bancos da frente, farol em LED, detector/sensor de ponto cego, assist. de estacionamento, farol com luz direcional de curvas, além disso nesse modelo a abertura do porta-malas ocorre por aproximação.

Em relação ao consumo da versão Flex, na cidade ele faz 5,0 km por litro com o uso de etanol e 7,1 km por litro com o uso da gasolina. Já a versão Turbo faz 9,0 km por litro com o uso da gasolina.

Na estrada a versão Flex, faz 5,9 km por litro com o uso do etanol e 8,3 km por litro com o uso da gasolina. A versão Turbo faz 12 km por litro com o uso de gasolina.

Veja abaixo a Ficha Técnica do Modelo:

Motor

Motor: 2.0 Flex / 1.6 T-GDI

Tipo: Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol/ Dianteiro transversal, Turbo e Gasolina

Número de cilindros: 4 em linha

Cilindrada em cm3: 1.975 / 1.591

Válvulas: 16

Taxa de compressão: 10,3:1 / 10:1

Injeção eletrônica de combustível: Multiponto / Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484): Potência de 142 cv a 6.000 rpm com o uso de gasolina e potência de 146 cv a 6.000 rpm com o uso de etanol / Potência de 177 cv a 5.500 rpm com o uso de gasolina

Potência Máximo Líquido (ABNT NBR 5484): 10,9 kgfm a 4.500 rpm com o uso de gasolina e 19,6 kgfm a 4.500 rpm com o uso de etanol / 27 kgfm a 1.500 rpm com o uso de gasolina

Tipo de transmissão: Automática 4 marchas / Dupla embreagem 7 marchas

Tipo de freios: Disco ventilado / Disco ventilado

Tipo de Tração: Dianteira

Tipo de direção: Hidráulica / Elétrica

Suspensão dianteira: McPherson independente com barra estabilizadora

Suspensão traseira: Multilink

Rodas e Pneus

Rodas: Liga Leve com aro de 16” / Liga leve com aro de 18”

Pneus: 235 / 60 R 16 ou 225 / 55 R 18

Capacidades

Tanque: 65 Litros / 62 Litros

Porta Malas: 528 Litros / 513 Litros

Dimensões

Comprimento: 4.325 mm / 4.475 mm

Largura: 1.795 mm / 1.850 mm

Altura: 1.680 mm / 1.660 mm

Distância entre eixos: 2.630 mm / 2.670 mm

Por Lorena Ruiz

Hyundai Tucson 2018


O Hyundai ix35 2018 traz várias melhorias, principalmente, no seu exterior. Além dos itens de série, que estão bastante interessantes.

Quem conhece os carros da Hyundai sabe que eles são altamente modernos, seguros e além de tudo muito bonitos e atraentes. E a marca preparou para ser lançado o seu novo Hyundai ix35 2018.

Como a situação econômica do país não está muito boa, a marca para não encarecer o modelo, decidiu por não fazer muitas mudanças, contudo as poucas mudanças realizadas foram bem planejadas e contribuíram para deixar o modelo muito atraente.

O Hyundai ix35 do ano de 2018 chega com várias melhorias principalmente no seu exterior, sem falar dos itens de série que estão bastante interessantes.

O SUV da Hyundai já é um grande sucesso da marca e promete continuar entre os líderes de vendas da sua categoria.

O modelo chegou ao Brasil no ano de 2010, quando ainda era importado. Chamava a atenção por seu desempenho diferenciado dos outros modelos da mesma categoria.

A partir do ano de 2013 ele passou a ser produzido no município de Anápolis, estado de Goiás. No ano de 2015 foi reestilizado, tornando-se um grande sucesso de vendas.

Embora a marca não tenha realizado muitas mudanças, o modelo ainda poderá se manter como um dos preferidos de sua categoria.

No seu interior ele chega com mais espaço, o que significa mais conforto para seus 5 ocupantes, uma vez que ele está um pouco maior, o que faz muita diferença.

As outras vantagens do modelo IX35 são seus acessórios que o deixam muito mais completo.

O modelo é equipado com uma central multimídia que possui navegador GPS que possibilita a conexão de tablets e smartphones, o que gera uma maior conectividade se comparado a outros carros lançados também em 2018.

Sempre que se fala em lançamentos do ano, as pessoas logo se interessam por saber quais são os equipamentos que acompanham os modelos. Pois bem, o Novo Hyundai IX35 2018 traz itens bastante interessantes, que compõem desde a versão de entrada. Veja abaixo alguns dos itens que acompanham os modelos:

  • 2 Airbags ( para condutor e para passageiro);
  • Acendimento automático de seus faróis;
  • Ar-condicionado analógico;
  • Banco com partes do tecido de couro;
  • Conexão Bluetooth;
  • Volante com comandos;
  • Farol equipado com projetor e com Fita de LED;
  • Sistema Keyless entry (Chave canivete);
  • Nova grade com a pintura fosca;
  • Rádio CD/AUX/MP3/USB;
  • Retrovisores equipados com Repetidores em LED;
  • Rodas aro de 18″;
  • Sensor de estacionamento traseiro;
  • Isoflix ( para fixação de cadeirinhas);
  • 6 Airbags;
  • Faróis com Acendimento automático;
  • Ar condicionado digital tipo dual zone;
  • Bancos totalmente em couro;
  • Direção elétrica;
  • Ajustes elétricos de posição do motorista;
  • Botão de Partida;
  • Central multimídia equipada com navegador GPS;
  • Controle de tração e estabilidade (ESP);
  • Faróis com lâmpadas de LED;
  • Lanterna traseira com lâmpadas de LED;
  • Manopla câmbio em couro;
  • Rack de teto;
  • Piloto automático;
  • Retrovisores com Rebatimento elétrico;
  • Sensor para estacionamento;
  • Volante com revestimento de couro;
  • Teto solar panorâmico;
  • Entre outros.

É importante que os interessados no modelo saibam que os itens de série se diferem conforme a versão. Por isso, antes de comprar conheça todas as versões da linha 2018.

Outra questão muito importante para a maioria dos consumidores é em relação ao consumo que os lançamentos oferecem. Dessa forma, informações extraoficiais apontam que a versão com motor de 2.0 Flex quando abastecida com etanol na cidade faz 6,0 km por litro e 7,2 km por litro na estrada.

Com gasolina a mesma versão na cidade chega a fazer 8,7 km por litro e 10,3 km por litro na estrada.

Gostou no novo Hyundai IX35 de 2018? Veja abaixo as versões do modelo e seus respectivos preços:

– Hyundai ix35 2.0L GLS flex automático: Saindo por R$ 99.990,00;

– Hyundai ix35 2.0L GLS flex automático: Saindo por R$ 105.990,00;

– Hyundai ix35 2.0L 16v flex automático: Saindo por R$ 129.990,00.

Escolha a versão que combine mais com o seu perfil e curta o novo Hyundai ix35 2018.

Por Sirlene Montes

Hyundai ix35 2018

Hyundai ix35 2018


Conheça aqui mais detalhes sobre o Hyundai Elantra 2018.

O novo Hyundai Elantra vem em três versões: A versão com motor 2.0 é o modelo mais básico, tem ainda a versão Special Edition e a versão mais completa que é a GLS. Em relação aos valores, a versão 2.0 sairá pelo valor de R$ 84.990, a versão Special Edition, com motor 2.0, sairá pelo preço de R$ 103.990 e a versão GLS, com motor 2.0, sairá pelo valor de R$114.990.

O modelo vem com uma aparência sofisticada e moderna. Na parte da frente tem a grade hexagonal, que possui uma moldura cromada, além dos filetes da grade também cromados, possui ainda a luz diurna em LED.

Nas laterais o modelo possui linhas clean e na parte traseira as lanternas são afiladas de LED.

O interior do veículo ambiente é sóbrio e funcional. A parte interna conta com volante de 3 raios e painel de instrumentos. Seus detalhes são em alumínio e com materiais macios ao toque.

Segue abaixo as novidades e equipamentos presentes no modelo:

Modelo 2.0:

  • Possui 6 airbags
  • Possui direção elétrica
  • Vem com Ar cond.
  • Vidros elétricos
  • Travas elétricas
  • Retrovisores elétricos
  • Bancos com acabamento de tecido
  • Cont. de cruzeiro,
  • Aquecimento nos retrovisores
  • Sist. multimídia
  • Comandos de áudio no volante
  • Sist. Isofix

Versão Special Edition:

Além dos itens citados na versão 2.0 vem:

  • Farol com luz diurna em LED
  • Volante com acabamento de couro
  • Alavanca do câmbio com acabamento de couro
  • Ajuste elétrico no banco do motorista
  • Suporte lombar no banco do motorista
  • Sensor de chuva
  • Sensor dianteiro e traseiro de estacionamento
  • Câmera de ré
  • Bancos com acabamento de couro
  • Sist. multimídia
  • Destravamento das portas c/ partida do motor sem a chave.

Versão GLS:

Além dos itens já citados vem:

  • Detector do ponto cego
  • Ar cond. digital de 2 zonas,
  • Modo de Seleção para condução,
  • Farol com lâmpada de xenônio adaptativo
  • Facho automático alto
  • Rebatimento elétrico nos retrovisores externos
  • Cont. eletrônico de estabilidade,
  • Painel Supervision c/ tela de 4,2”
  • Assist. de partida na rampa
  • Cont. de tração
  • Teto (elétrico) solar
  • Airbag p/ joelho

Consumo do modelo na cidade e na estrada: Em relação ao consumo, o modelo Hyundai Elantra de 2018 com motor 2.0 faz 6,3 km por litro com o uso do etanol e 9,5 km por litro com o uso da gasolina.

Na estrada o modelo da Hyundai faz 9,1 km por litro com o uso do etanol e 13,4 km por litro com o uso da gasolina.

A revisão até 60.000 km sai pelo valor de R$ 4.706.

Veja Abaixo a Ficha Técnica do Modelo:

Motor

Motor: 2.0

Tipo: Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Número de cilindros: 4 em linha

Cilindrada em cm3: 1.999

Válvulas: 12

Taxa de compressão: 12,1: 1

Injeção eletrônica de combustível: Multiponto

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484): Potência de 157 cv a 6.200 rpm com o uso de gasolina e potência de 167 cv a 6.200 rpm com o uso de etanol.

Potência Máximo Líquido (ABNT NBR 5484):19,2 kgfm a 4.700 rpm com o uso de gasolina e 20,6 kgfm a 4.700 rpm com o uso de etanol.

Tipo de transmissão: Automática 6 marchas

Tipo de freios: Disco ventilado / Disco

Tipo de direção: Elétrica

Suspensão dianteira: McPherson independente com barra estabilizadora

Suspensão traseira: Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas: Liga Leve com aro de 16” de diâmetro

Pneus: 205/ 60 R 16

Capacidades

Tanque: 56 Litros

Porta Malas: 407 Litros

Carga útil, com cinco passageiros e com bagagem: 520 Kg

Peso em ordem de marcha: 1.260 Kg

Dimensões

Comprimento:4.570 mm

Largura:1.800 mm (sem o retrovisor)

Altura:1.465 mm

Distância entre eixos:2.700 mm

Rosângela Rodrigues


Recall se deve a problemas no freio do veículo.

De início, antes de saber o motivo do recall, devemos saber o que é isso na verdade, recall é quando veículos de alguma montadora, após estudos feitos pela mesma, apresentam alguma coisa que não está de acordo com o padrão previsto para sua circulação em vias públicas, ou seja, coisas que podem prejudicar o motorista e os passageiros que estão na condução. A não reparação desses problemas terão total retorno a empresa em qualquer acidente causado, ou seja, a responsabilidade será totalmente da montadora.

Na última quinta feira, dia 28/03/2018, os modelos HB20 e HB20S foram convocados para este recall, devido a problemas apresentados nos freios, onde é causada uma falha. Os modelos são os 1.0 Turbo com transmissão de seis marchas, que tiveram data de fabricação entre 28 de janeiro de 2016 e 5 de fevereiro de 2018, após análises entre esses dois anos foi confirmada a “anomalia”.

A informação cedida pela empresa é que o problema se encontra especificamente na válvula de controle de vácuo do servo freio. E explica que os portadores dos modelos que comparecerem terão o veículo inspecionado e pode haver ou não danos no local, porém, para as duas possibilidades a Hyundai tem uma solução, caso não houver, apenas será aplicado um isolador térmico no local da peça, caso sim, houver dano, a medida será a substituição da peça por uma nova que nela já estará contido o isolador térmico.

A justificativa da montadora para a resolução deste defeito é que esta válvula por estar localizada em um local onde se encontra perto do conversor catalítico, pode estar sujeita a algum tipo de ressecamento dela mesmo. O que isso poderá causar de problema é, o motorista com o carro já portador deste defeito ouvir alguns ruídos que se assemelham a assovios no motor, ou seja, barulhos agudos vindos de lá. Outra coisa que poderá ser notada é a oscilação da marcha lenta do veículo.

A conseqüência deste ressecamento poderá ser também, assim como informado pela empresa, um problema de redução de vácuo na frenagem, pode parecer simples, mas isso poderá afetar de maneira que com essa redução, o esforço exigido ao motorista para a frenagem do carro seja maior, esse nem é o problema maior, porque apesar da exigência de força, o veículo terá sua frenagem normal, mas a maior preocupação é que ao frear, algum acidente possa ser causado devido ao problema, coisa que afetaria tanto no dano material, quanto no dano físico, e a responsabilidade por esses dois danos como já citado será exatamente da empresa. E está ligado também ao passageiro, que por erro de fabricação poderá correr esse risco, o que resumidamente, afetará dos dois lados.

Os chassis convocados com final de 6 dígitos são: 561697 a 870541.

Qual a importância de um recall ?

O recall interessa não somente a empresa, mesmo que você não necessite de um recall, é importante que entenda por que é tão importante e tão requisitado pela montadora. Bom, os interesses de quem é portador de um veículo com necessidade de recall é justamente a procura por segurança, pois ninguém gostaria de andar com um carro que não pode ser considerado seguro nem pela própria empresa, e não quer arriscar seus bens materiais, muito menos sua vida no trânsito. Já o interesse da empresa, também preocupando-se com seus compradores, é a segurança, pois sua segurança refletirá também em mais vendas, mas ela tem um interesse diferente do comprador, como em uma investigação de acidentes, caso for constatado que foi por falha na produção do veículo, quem deverá se responsabilizar é a montadora, independente da marca, e essas ações em uma grande escala poderá afetar muito a economia empresarial, então é melhor a prevenção por parte dela.

Gustavo Martins dos Santos


O modelo é um sedan compacto que passou por uma atualização no seu design, tornando-o ainda mais atraente.

O Novo Hyundai HB20S de 2018, a versão sedan da linha, vem nas seguintes versões: HB20S Comfort Plus motor 1.0 5 MT no valor de R$ 50.715; HB20S Comfort Plus motor 1.0 5 MT c/ blueMedia® custando R$ 52.265; HB20S Comfort Plus motor 1.0 Turbo 6 MT pelo valor de R$ 54.715; HB20S Comfort Plus motor 1.0 Turbo 6 MT c/ blueMedia® custando R$ 56.265; HB20S Comfort Plus com motor 1.6 6 MT no valor de R$ 57.265; HB20S Comfort Plus motor 1.6 6 MT c/ blueMedia® pelo valor de R$ 58.865; HB20S Comfort Plus motor 1.6 6 AT pelo valor de R$ 61.765; HB20S Comfort Plus motor 1.6 6 AT c/ blueMedia® custando R$ 63.365; HB20S Premium 1.6 6 AT c/ blueMedia® de série pelo valor de R$ 69.715 e a versão premium com motor 1.6 6AT com bancos de couro c/ blueMedia® de série que sairá por R$ 71.365.

O modelo é um sedan compacto que passou por uma atualização no seu design, tornando-o ainda mais atraente. Na parte frontal, os faróis são puxados e estão localizados acima do para-lamas. Sua grade é hexagonal e o para-choque possui um design aerodinâmico. A parte traseira é alta e conta com uma porta de porta-malas bem pequena, além de lanternas bipartidas.

Já na parte interna do veículo, há uma ótima visualização das informações do quadro de instrumentos, que vem com comp. de bordo. O volante é multifuncional, revestido com couro em algumas versões e dentre suas funções estão os comandos de Bluetooth e áudio. Há também o rebatimento automático nos retrovisores.

O modelo tem ainda opções como bancos com acabamento de tecido ou couro, porta-objetos, banco do motorista com ajuste de altura, iluminação e espelho nos para-sóis, teto com alças, direção hidráulica, porta-malas ampliável, acabamento tanto em tons claros como escuro, entre outras.

Ele pode vir equipado também com rádio, câmera de ré, USB, Car Play®, Android Auto®, OnCar®, chave canivete c/ telecomandos, vidros elétricos, ajustes elétricos nos retrovisores, luzes de leitura entre outros.

Além dos itens já citados, o modelo conta ainda com proteção com airbag duplo, airbag lateral e freio ABS c/ EBD, isofix e top tether.

Dentre as novidades estão o aplicativo Waze para Android Auto e uma nova funcionalidade no Google Maps tanto para São Paulo como para o Rio de Janeiro que informa ao usuário qual a previsão de vagas no estacionamento no local de seu destino.

Veja abaixo os itens de série das versões do Hyundai HB20S:

Versão 1.0 Comfort e Comfort blueMedia®

Entre os itens de série estão o airbag duplo, freio ABS c/ EBD, direção hidráulica, rodas de aço com aro de 14” c/ calotas, pneus 175/ 70 R 14, portas e porta-malas com travas elétricas, função de one touch nos vidros elétricos dianteiro, comp. de bordo, Isofix, banco em tecido preto, farol c/ máscara negra, grade frontal com borda cromadas e hexagonal, rádio BlueAudio® ou multimídia BlueMedia®, OnCar, Apple CarPlay, Android Auto, USB e auxiliar, Bluetooth, comandos no volante entre outros.

Versão 1.0, 1.0 Turbo Comfort Plus e Comfort Plus blueMedia®

Além dos itens presentes nas versões citadas anteriormente, essas versões vêm com os retrovisores e as maçanetas externas da mesma cor que a carroceria, coluna B e moldura das portas com acabamento preto fosco, rodas de aço com aro de 15” com calotas, pneus 185 / 60 R 15, alarme perimétrico, retrovisores com indicadores de direção, a chave canivete vem com telecomando e os retrovisores possuem ajuste elétrico.

Versão 1.6, 1.6 Automático Comfort Plus e Comfort Plus blueMedia®

Vem com bancos de preto e as maçanetas internas são de cromo acetinado mais os equipamentos das versões anteriores.

Versão 1.6 Automático Premium e Premium c/ couro

Projetor e LEDs diurnos nos faróis, os faróis de neblina dianteiros tem projetor, rodas liga leve de 1”, pneus 185/ 60 R1 5, revestimento de couro no volante e na alavanca do câmbio, airbag lateral, Top Tether, chave canivete c/ telecomandos, rebatimento automático nos retrovisores, regulagem de profundidade e altura no volante, apoio de braço, porta-óculos, o banco traseiro é rebatível e bipartido, os bancos, o painel e as portas são em couro marrom e a multimídia blueMedia® conta com uma tela de 7”, OnCar®, Android Auto®, Apple CarPlay®, USB, Bluetooth e auxiliar e volante com comandos.

Com o uso de etanol o modelo HB20 de motor 1.6 AT faz 8,1 km por litro na cidade e 9,9 km por litro na estrada. A versão de motor 1.6 faz 8,1 km por litro na cidade e 9,9 km por litro na estrada. A versão de motor 1.0 Turbo faz 8,2 km por litro na cidade e 10,1 km por litro na estrada. A versão de motor 1.0 faz 8,7 km por litro na cidade e 10,3 km por litro na estrada.

Com o uso da gasolina o gasto na cidade da versão 1.6 AT é de 9,9 km por litro e 12,5 km por litro na estrada. A versão 1.6 faz 11,6 km por litro na cidade e 13,8 km por litro na estrada. A versão com motor 1.0 Turbo faz 11,6 km por litro na cidade e 14,3 km por litro na estrada. Já a versão 1.0 faz 12,5 km por litro na cidade e 14,1 km por litro na estrada.

Por Rosângela Rodrigues

Hyundai HB20S 2018

Hyundai HB20S 2018


O novo modelo Creta possui um bom espaço interno e o modelo de motor 2.0 estará disponível tanto com câmbio manual como com automático.

O modelo Creta 2018 da Hyundai vem nas seguintes versões: Hyundai Creta Attitude 1.6 MT que custará o valor de R$73.990; Hyundai Creta Attitude 1.6 AT (versão exclusiva p/ Portadores de Necessidades Especiais) que custará R$69.990; Hyundai Creta Pulse 1.6 MT que custará R$ 78.790; Hyundai Creta Pulse 1.6 AT que custará o valor de R$ 85.740; Hyundai Creta Pulse Plus 1.6 AT que custará R$ 89.990; Hyundai Creta Pulse 2.0 AT que sairá no valor de R$ 92.490 e Hyundai Creta Prestige 2.0 AT que terá o valor de R$ 99.990.

O modelo Creta possui um bom espaço interno e o modelo de motor 2.0 estará disponível tanto com câmbio manual como com automático.

Seu design é robusto, a parte frontal é elevada, o para-choque tem novos contornos e vem com faróis de neblina.

A parte traseira tem lanternas bipartidas e seu teto é reto com vigas grossas.

Na parte interna do modelo, os tons são de preto e tungstênio, cada porta tem puxador personalizado e uma base de alavanca bem trabalhada.

O painel de instrumentos é completo e sua apresentação é clara. A multimídia vem com tela de 7” que tem o Android Auto, OnCar, CarPlay e o MirrorLink foi substituído por um outro sistema de espelhamento.

Possui ainda ar-condicionado que é automático, volante com funções de ajuste de altura e ajuste de profundidade, piloto automático e é revestido com couro. Os vidros e os espelhos externos têm comandos bem posicionados.

Os bancos do modelo são bem confortáveis, além de que, o banco do motorista tem ainda ventilação. Os bancos da parte de trás são bipartidos e vem com difusores centrais de ar.

Ainda sobre a parte interna, o espaço é bem amplo na parte de trás e conta com cintos, apoio de cabeça, Top Tether e Isofix.

Em seu combo de equipamentos, vem 6 airbags, controle de estabilidade, controle de tração, rodas com aro 16 ou 17” de liga leve, entre outros.

Em relação às novidades, a versão Pulse Plus é inédita. Ela é intermediaria, ficando entre as versões pulse motor 1.6 e a prestige motor 2.0

Segue abaixo a lista de equipamentos de cada versão do Hyundai Creta de 2018.

Hyundai Creta Versão – Attitude

Duplo airbag, freio ABS, Isofix, alerta do cinto de segurança para o motorista e para o passageiro, alarme, ar-condicionado, ajuste de profundidade e de altura no volante, regulagem de altura para o banco motorista, direção elétrica, trio elétrico, telecomandos na chave canivete, computador, o sist. multimídia possui entrada USB, rádio AM/FM e conexão Bluetooth, rodas liga-leve com aro de 16”, volante multifuncional; acabamento da grade frontal em cinza; painel nas cores preto e cinza, câmbio com alavanca de couro entre outros.

Hyundai Creta Versão – Pulse

Além dos itens já citados acima, essa versão ainda possui controle eletrônico e gerenciamento de estabilidade, controle de tração, assist. de partida na rampa, sinalização para frenagem de emergência, farol neblina, sensor traseiro de estacionamento, acabamento com tecido nas portas e com couro nos apoios de braço.

Na versão Pulse 1.6 e com câmbio automático, são acrescentadas ainda, rodas diamantadas com 17”, acabamento cromado na grade e volante com comandos. O modelo pulse de motor 2.0, também tem luz diurna em LED, faróis c/ iluminação lateral e com projetor, a luz de posição é em LED, a traseira possui saída de ar, entre outras.

A nova versão, Pulse Plus, vem com GPS, câmera de ré, multimídia blueNav com uma tela 7” e com conectividade por Apple CarPlay e Android Auto.

Hyundai Creta Versão – Prestige

Além dos itens já citados, essa versão vem com airbags de cortina e laterais, alarme volumétrico, ventilação no banco do motorista, bancos com acabamento de couro na cor marrom, volante com acabamento de couro, painel nas cores preto e marrom, computador que vem com a função de ajuste do veículo, rebatimento elétrico nos retrovisores, acendimento automático nos faróis, o sist. multimídia blueNAV tem tela de 7” e é sensível ao toque, tem ainda navegador integrado, Apple CarPlay, Android Auto, entrada USB e Bluetooth, novos comando no volante, câmera de ré, entre outros.

Em relação ao consumo, a versão Creta 1.6 manual faz 7,6 km por litro com o uso do etanol e 10,4 km por litro com gasolina na cidade. Já na estrada 8,2 km por litro com o uso de etanol e 11,7 km por litro com o uso de gasolina.

O modelo Creta 1.6 automático faz 7,1 km por litro com etanol e 10,1 km por litro com o uso de gasolina na cidade. Na estrada ele faz 8,2 km por litro com uso de etanol e 11,3 km por litro com gasolina.

A versão Creta 2.0 automático faz 6,9 km por litro com o uso de etanol e 8,2 km por litro com o uso de gasolina. Na estrada ele faz 10 km por litro com etanol e 11,4 km por litro com gasolina.

Será oferecido para o Hyundai Creta 2018, uma garantia de 5 anos, sem limite de km. As revisões deverão acontecer de forma periódica até 60 mil km com preços fixos.

Por Rosângela Rodrigues

Hyundai Creta 2018


Nova geração do HB20 hatch ainda não possui data oficial de chegada ao mercado, podendo acontecer ainda este ano ou até a data limite de 2019.

Muitas são as novidades aguardadas para o lançamento do novo HB20 2018 às concessionárias. Com a chegada de uma nova geração, o carro, produzido na fábrica da montadora Hyundai na cidade de Piracicaba, em São Paulo, se mantém vivo e com cada vez mais apaixonados por todo o país.

E se você quer saber tudo que está chegando com o novo veículo, nós te damos todas as informações que você precisa. Fique ligado na matéria especial que preparamos.

O que irá mudar?

A cada nova geração, a Hyundai busca investir em tecnologia e nos detalhes de seus modelos. A segunda geração do HB20 ainda não possui data oficial de chegada ao mercado, podendo acontecer ainda este ano ou até a data limite de 2019. Isso se dá porque, conforme a própria marca, um carro consegue ficar atualizado por um período que se estende entre seis ou sete anos.

Por isso, após a última reestilização realizada em 2015, não há previsões de que o novo HB20 tenha mudanças significativas. Porém, tudo indica que o compacto irá oferecer um novo equipamento opcional nas versões mais simples. Com multimídia BlueMedia, o carro vem com CarPlay, Android Auto e OnCar, um novo nome dado ao MirrorLink. Ainda, será oferecido navegador GPS, entradas USB, Bluetooth e tela sensível ao toque com 7 polegadas de diâmetro.

Motor do HB20

O Novo HB20 virá equipado com um total de três opções de motor. São eles: 1.0 Kappa Flex com três cilindros e 12V, com potência máxima de 80 cv e torque de 10,2 kgfm; 1.0 Kappa Turbo Flex 12V, sem injeção direta de combustível e com potência de 105 cv e torque de 15 kgfm; e, por último, a mais potente, sendo essa de 1.6 Gamma Flex de 16V e com quatro cilindros, com potência de 128 cv e torque de 16,5 kfgm.

Nessa última, todos os propulsores possuem comando duplo de válvulas variável.

Já em relação às transmissões, o modelo vem na opção de câmbio automático com seis marchas, sendo essa oferecida na opção de motor 1.6. Já no 1.0, o câmbio é manual de cinco marchas e, no 1.0 Turbo e motor 1.6, de seis velocidades.

As versões e preços

Foram muitas as versões disponibilizadas no HB20 2018. Na versão topo de linha, temos o HB20 Premium 1.6 6AT que vem com bancos de couro e BlueMedia de série. O valor desse é de R$ 67.280. Na sequência, temos o HB20 Premium, com as mesmas configurações exceto banco de couro, no valor de R$ 65.680.

Outra versão valorizada é a R Spec 1.6 6AT com BlueMedia de série, no valor de R$ 62.880. Na mesma faixa de preço, temos ainda por R$ 60.680, o HB20 5 Anos 1.6 AT6, e por R$ 59.430 o Comfort Plus 1.6 6AT que vem com BlueMedia.

As demais versões com valores são: Comfort Plus 1.6 6AT, por R$ 57.830; Comfort Plus 1.6 6MT, por R$ 53.330; Comfort Plus 1.0 Turbo 6MT com blueMedia, por R$ 52.330; Comfort Plus 1.0 Turbo 6MT, por R$ 50.780; 5 Anos 1.0 MT, por R$ 49.630; Comfort Plus 1.0 5MT e blueMedia, por R$ 48.120; Comfort Plus 1.0 5MT, por R$ 46.570; Comfort 1.0 5MT e blueMedia, por R$ 44.850; e, por fim, Comfort 1.0 5MT, por R$ 43.300.

Mercado do HB20

Até o momento, o Hyundai HB20 ocupa uma posição de sucesso entre os carros mais vendidos no Brasil. O HB20 está em segundo lugar, ficando apenas atrás de um de seus principais concorrentes, o Chevrolet Onix. Atrás dele, temos outro hatch compacto muito valorizado e desejado, o Ford Ka, que vem crescendo na disputa.

Por Kellen Kunz

Hyundai HB20 2018


O novo Elantra traz novas mudanças que permitem colocar o veículo como um referencial em termos de sofisticação e conforto.

Considerado um dos carros mais luxuosos do Brasil quando o assunto é a categoria dos sedans importados, o novo Elantra da Hyundai chega à sua sexta geração com algumas novidades e com mais luxo e sofisticação.

Fabricado desde os anos 90, a nova versão para 2018∕2019, um dos modelos mais requisitados da marca quando o assunto é um carro luxuoso e que rode bem dentro dos centros urbanos, o Elantra traz novas mudanças que permitem colocar o veículo como um referencial em termos de sofisticação e conforto.

Para começar, várias são as definições que os sites especializados estão usando para classificar a nova versão.

Na avaliação dos especialistas, o carro em sua atual definição chama a atenção pelo seu excelente espaço interno, a notória estabilidade do veículo nas curvas (resultado obtido nos vários testes feitos pelas revistas especializadas) e pela ampla variedade de itens que o novo modelo oferece.

Inovação. Esta é a palavra mais adequada para definir o novo modelo. As modificações feitas pela Hyundai se concentraram tanto na parte externa quanto interna.

Os que são aficionados por mecânica já devem ficar cientes de que o Elantra 2018 já sai de fábrica com um motor do tipo 2.0 do tipo Flex em todas as suas versões.

Nos testes feitos com gasolina, o modelo possui uma potência de 157 cv e com etanol ele foi capaz de render até os 167 cv.

Com relação à transmissão, o Elantra faz jus à sua categoria de Sedan de alto luxo e todas as suas configurações saem de fábrica com câmbio automático de seis marchas.

As mudanças na parte externa começam logo com o novo desenho dos aros que deve proporcionar uma maior ventilação principalmente para as rodas dianteiras.

Ele ganhou agora uma nova grade frontal, em estilo hexagonal, o que proporciona um efeito de sofisticação e uma certa esportividade.

Além disso, os faróis de Xênon em desenho mais finos acrescenta um design mais atual e moderno ao sedan coreano, sem contar com as lanternas traseiras de LED que proporcionam uma maior economia de energia durante o seu uso.

Como um dos destaques que a nova versão traz temos o porta-malas que traz o sensor de presença embutido, a câmera de ré, os sensores de estacionamento tanto na traseira quanto na dianteira e o piloto automático que completam uma das várias opções para o carro.

Se você está pensando que a Hyundai projetou um automóvel que tenta chamar a atenção somente pelo luxo e beleza, poderá se enganar prontamente.

A montadora é uma das marcas que pensa muito na segurança dos seus consumidores e, por isso, nesta nova versão, ela decidiu trazer alguns itens como detector de ponto cego nos retrovisores externos, airbags laterais, frontais e de joelho (somente para o motorista), sistema de antitravamento para os freios, controle eletrônico de estabilidade e de tração, controle de tração, barras de proteção laterais, cintos de segurança de três pontas para todos os ocupantes, sistema do tipo ISOFIX para as cadeirinhas de bebê, travas de segurança nas portas traseiras para crianças, dentre outros itens.

Apesar de todas essas novidades, alguns experts em carros afirmam que o veículo apresenta também alguns pontos duvidosos que é bom citar aqui para uma maior informação dos leitores.

Seriam eles: a falta de um sistema de trocas de marchas no volante (parece até uma incoerência dos críticos, pois o veículo é de transmissão automática), ausência do consumo real de combustível no computador de bordo e uma desvalorização mais rápida do veículo.

Diante destes fatos, cabe somente ao consumidor decidir pelo modelo ou não na hora da compra.

Para não esquecer, quem quiser levar o novo modelo para casa terá que desembolsar entre R$ 85.000,00 e R$ 115.000,00, dependendo da versão escolhida.

Por Emmanoel Gomes

Hyundai Elantra 2018


O modelo continua com as linhas da versão comercializada nos Estados Unidos, porém com motor flex 2.0, que é utilizado no modelo atual e continuará sendo a única opção aqui no Brasil.

Eis que chegou a nova geração do Hyundai Elantra, que foi uma das atrações da montadora no Salão do Automóvel da cidade São Paulo. O veículo chegou no dia 10 de outubro às concessionárias de São Paulo, e as vendas se iniciaram no dia seguinte. Da mesma forma que sempre ocorreu, será necessário realizar o pagamento de um sinal de até por cento do valor total do modelo para que a compra possa ser garantida, sendo que o prazo para ser entregue é de até 30 dias para as unidades iniciais.

Visualmente, o modelo continua com as linhas da versão comercializada nos Estados Unidos, porém com motor flex 2.0, que é utilizado no modelo atual e continuará sendo a única opção aqui no Brasil, o propulsor do sedan possui uma potência de 178 cavalos, porém de acordo com as normas de emissões, passou a oferecer 167 cavalos no modelo ix35. A transmissão automática ainda será de seis marchas, porém não haverá opção de realizar troca manual através daquelas borboletas atrás do volante.

Será vendido em três diferentes versões. Na versão de entrada o modelo contará com retrovisores elétricos aquecidos, airbags frontais, ar-condicionado, travas e vidros elétricos, sistema de som com botões no volante e piloto automático, no valor de R$ 84.990. A opção intermediária, a Special Edition no valor de R$ 103.900, contará com seis airbags, ar-condicionado de duas zonas, sensor de estacionamento traseiro e dianteiro, rodas de liga leve de 16 polegadas, bancos de couro, lanternas traseiras e luzes diurnas de LEDs, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, alerta de ponto cego, comandos no volante e sistema multimídia com GPS.

A opção topo de linha que sai por R$ 114.990 terá em seu pacote de itens o airbag de joelho para o condutor, detector de pontos cegos, faróis de xenônio com assistente de luz alta, controle eletrônico de estabilidade, teto solar elétrico, seletor de modos de condução, espelhos rebatíveis e painel de instrumentos com tela com 4,2”. Além de Controles de estabilidade e tração também estarão no pacote. O modelo será vendido nas cores prata, preta e branca, sem contar a garantia de cinco anos.

Por Filipe Silva

Hyundai Elantra 2017

Hyundai Elantra 2017

Fotos: Divulgação


Novo modelo tem preços que partem de R$ 46.225.

Depois de algumas apresentações da série, chegou a vez do novo sedan Hyundai HB20S. Assim como os outros modelos desta série, o HB20S mostrou detalhes exclusivos cromados nos frisos dos vidros dos lados que percorrem até a coluna traseira e também uma nova grade dianteira juntamente com o conjunto ótico. O carro da marca coreana tem preço inicial de R$ 46.225, dotado de motor mil cilindradas.

O HB20S 2016 foi redesenhado com ‘Escultura Fluida 2.0’, um novo projeto da marca.

Somente as versões mais luxuosas, como Premium e Comfort Plus possuem lanternas traseiras das versões são do tipo clear Type, já os mais simples ainda possuem o mesmo conjunto antigo. Nessas versões top de linha também poderão ser vistos os novos faróis com projetores e com Light Guide em tecnologia LED. O custo de ambas as versões chegam a R$ 62.275.

O HB20S Premium será disponibilizado em dois pacotes diferentes. O primeiro, com bancos exclusivos na cor cinza Grey Leather e em couro e pode custar R$ 63.865. O segundo será comercializado com sistema blueMedia, o qual faz integração com seu aparelho celular, chegando ao preço de R$ 64.775. Somado o primeiro e o segundo pacote, a versão Premium do HB20S custará R$ 66.365.

A série 2016 do modelo terá um motor de quatro cilindros 1.6 Gamma, com um novo sistema de partida, conhecido com e-Start.

Estará disponível com transmissão automática e manual, contando com um ponto positivo, as seis marchas, pois o modelo automático anterior possuía apenas quatro marchas.

O motor 1,6 Gamma, com DOHC e 16 válvulas, CVVT pode atingir uma potência de até 128 cavalos com combustível etanol em 6.200 rotações com o torque de 16,5 kgf.m e 4.500 rpm. O modelo que conta com 3 cilindros, o Kappa 1.0 será composto de 4 válvulas por cilindro, com um capacidade de gerar até 80 cavalos de potência.

Por Filipe da Silva

Hyundai HB20S 2016

Hyundai HB20S 2016

Fotos: Divulgação


Modelo passou por sua primeira reestilização e ganhou novo design e novos itens.

Três anos após o seu lançamento, o Hyundai HB20 ganha sua primeira renovação. O hatch compacto ganhou a sua reestilização e várias outras mudanças, mas essas mudanças variam conforme e versão. Visualmente, foi reformulado baseado no conceito Escultura Fluida 2.0, adotada pela marca a nível global e que traz um maior refinamento nas formas e no acabamento.

Principal mudança: dianteira – o carro uma nova grade, em formato hexagonal e acabamento cromado. Para-choques traseiro e dianteiro também ganharam um novo desenho.

O modelo já vem com luzes diurnas de LED e as lanternas também passaram por mudanças. O seu interior ganhou bancos com novos tecidos.

O preço do compacto parte de R$ 38.995, valor que vai aumentando conforme a versão, assim como os principais itens.

Veja os valores e principais itens de cada versão:

– Comfort 1.0 – R$ 38.995:

Rodas 14 polegadas, computador de bordo, direção hidráulica, ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos, volante multifuncional, faróis de máscara negra, entre outros.

– Comfort Plus 1.0 – R$ 42.595:

Rodas 15 polegadas, alarme, alerta de afivelamento de cinto de segurança, vidros traseiros elétricos, retrovisores com comando elétrico, travamento automático das portas, luzes indicadoras de direção.

– Comfort Style 1.0 – R$ 46.345:

Rodas de liga-leve de 15 polegadas, chave canivete, faróis de neblina, volante com ajuste de altura e profundidade, iluminação no porta-malas, lanternas clear type.

– Comfort Plus 1.6 – R$ R$ 48.745:

Tem os mesmos itens do modelo 1.0, menos o câmbio automático de seis marchas:

– Comfort Plus 1.6 Automática – R$ 52.745:

Tem os mesmos itens da 1.6, menos o câmbio automático de seis marchas.

– Comfort Style 1.6 – R$ 51.845:

Tem os mesmos itens da 1.0, menos o câmbio automático de seis marchas.

– Comfort Style 1.6 Automática – R$ 55.845:

Tem os mesmos itens da 1.6, menos o câmbio automático de seis marchas.

– Premium Automática 1.6 – R$ 59.445:

Ar digital, volante e manopla do câmbio de couro, sensor de estacionamento traseiro, alarme volumétrico, maçanetas e frisos cromados,  faróis com luzes diurnas de LED, sensor crepuscular.

Por Elia Macedo

Novo Hyundai HB20

Novo Hyundai HB20

Fotos: Divulgação


Modelo traz novidades em sua nova versão, com preços que podem chegar a R$ 65 mil.

O modelo HB20 da Hyundai vai apresentar um novo visual, tanto para o estilo sedan HB20S como para o aventureiro HB20. E entre as novas adaptações, a parte interna dos carros da linha passará por uma transformação no acabamento, nos comandos e grafismos. Outro detalhe é que novas modificações também vão fazer os preços dos carros da marca subirem com valores que podem alcançar em torno de R$ 65.000,00.

Entre as mudanças, o HB20 vai ter um novo estilo esportivo nas rodas, como também algumas modificações na parte dianteira. Há rumores que os veículos 1.6 com 16v terão caixa de câmbio automático com 6 marchas

Sabendo dos novos lançamentos que a Chevrolet e outras fabricantes já estão preparando para 2016, a Hyundai também não vai ficar atrás. E por isso que o HB20 vai passar por uma nova reestruturação justamente para continuar atendendo os seus clientes com produtos de qualidade, conforto e segurança para ao dirigir.

O HB20 1.0 parece que adotará um estilo parecido com o carro Kia Cee’d, ou seja, um veículo com uma potência de 120 cv. Já o HB20 1.6 com 16v com 128 cv continua com o mesmo estilo de três cilindros. O crossover deverá manter os apliques metálicos e plásticos.

Entretanto, todos os carros da linha podem vir com GPS, não esquecendo das reformas de comando, grafismo e também acabamento.

Ainda vale ressaltar que o HB20 está sendo um carro que está liderando as vendas. O HB20 é um carro bem atraente para muitos consumidores.

Enfim, a Hyundai precisa fazer essas novas atualizações nos veículos, pois assim continuará beneficiando seus clientes e agradando mais consumidores para o novo HB20 2016. Agora é só aguardar as novidades e quem souber qualquer informação, não esqueça de deixar um post ou comentário.

Por Jaqueline Mendes

Hyundai HB20 2016

Hyundai HB20 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo na linha 2016 foi lançado no Brasil em 3 versões, que partem pelo preço de R$ 85.990.

O início de agosto foi bastante agitado para o mercado automotivo brasileiro, haja vista os lançamentos que chegaram ao mercado. Dentre os principais destaques anunciados está a chegada do Hyundai i30 reestilizado que vem bastante forte em sua linha 2016. O automóvel dispõe de mudanças em seu visual e novidades que prometem agradar a todos os gostos. O modelo chega ao mercado brasileiro em três versões diferentes. Confira mais detalhes na continuação desta matéria.

Como foi citado acima, o Hyundai i30 chega em três versões. A versão de entrada possui preço sugerido de R$ 85.990 e seus principais itens de série são: teto solar panorâmico, volante de couro, ar-condicionado, piloto automático e rodas de 17 polegadas. Vale destacar que os principais concorrentes na mesma faixa de preço citada como, por exemplo, o Ford Focus e o Volkswagen Golf também contam com controles de tração e estabilidade, mais airbags, dentre outros itens. Portanto, essa pode ser uma desvantagem para a versão de entrada.

A versão intermediária, por sua vez, possui como preço inicial sugerido R$ 98.990. Além dos itens da versão de entrada, a versão intermediária também dispõe de: ar digital de duas zonas, controles de tração e estabilidade, airbags laterais e de cortina, bancos de couro, painel configurável em TFT além do sensor de chuva.

Já a opção completa, ou seja, a versão top de linha parte de R$ 105.990. Além disso, é importante destacar que, até o momento, essa versão é limitada e conta com apenas 40 unidades para venda. Além dos itens da versão de entrada e da versão intermediárias, a opção completa ainda dispõe de: acesso e partida sem chave, airbag de joelho para o motorista, retrovisor eletrocrômico, faróis de xenônio, bancos dianteiros elétricos com aquecimento e freio de mão eletrônico.

A parte mecânica do automóvel não apresenta mudanças se considerarmos cada versão citada nesta matéria. Dessa forma, todas possuem sob o seu capô o motor 1.8 de 150 de cavalos e 18,2 kgfm de torque, sendo o câmbio automático e de 6 direções.

Por Bruno Henrique

Hyundai i30 2016

Hyundai i30 2016

Hyundai i30 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo será produzido na fábrica da Hyundai localizada na cidade de Anápolis (GO) e tem preço inicial sugerido de R$ 69.990.

A fabricante Hyundai anunciou nesta segunda-feira (6) uma nova versão do Tucson Flex, o qual é sucesso de vendas no segmento Compact SUV. O modelo será produzido na fábrica da Hyundai na cidade de Anápolis, interior de Goiás.  

O modelo crossover possui motor 2.0 flex, de 16 válvulas e quatro cilindros, que gera 142 cv de potência máxima se bastecido a gasolina e 146 cv se abastecido a etanol. A versão também conta com câmbio automático de quatro velocidades.

A versão possui direção hidráulica progressiva, que é capaz de reduzir o esforço do motorista ao realizar manobras. O modelo conta também com suspensão dianteira McPherson e traseira dual link.

O Tucson Flex vem com itens de série, como o ar condicionado digital, faróis de neblina, sistema de frenagem ABS com EBD, câmera de ré, direção hidráulica, airbag (para o motorista e passageiro), trio elétrico (travas, vidros e retrovisores com acionamento elétrico), entre outros itens.

O utilitário é capaz de trafegar em qualquer terreno, seja ele asfaltado ou não. Além disso, o modelo conta com um excelente espaço interno, ideal para quem gosta de levar bastante bagagem. O porta-malas é capaz de armazenar 644 litros, o que dele o maior do segmento.

O modelo Hyundai Tucson Flex conta com garantia de cinco anos, sem que haja limite de quilometragem. Além disso, durante o primeiro ano de uso o cliente poderá solicitar assistência 24 horas da montadora, em todo território nacional.

Os portadores de necessidades especiais que adquirirem o modelo serão isentos de pagar o IPI (Imposto sobre produtos industrializados) e ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços). Além disso, os mesmos serão isentos da taxa de IOF, em caso de financiamento e taxa do IPVA durante o emplacamento e licença do veículo.

O modelo deve chegar às concessionárias com preço sugerido de R$ 69.990, abaixo dos R$ 70.000 impostos pelo governo, já que o modelo pode ser adaptado para os portadores de necessidades especiais. Se considerarmos o preço da versão GLS – vendido a R$ 77.990 – a nova versão terá o melhor custo beneficio.

Por Wendel George Peripato

Hyundai Tucson Flex

Hyundai Tucson Flex

Fotos: Divulgação


Novo modelo será comercializado no mercado indiano e está sendo analisada a possibilidade de ser vendido também no Brasil.

Apesar de já ser conhecido na China com o nome de iX25, o veículo compacto da Hyundai agora assumiu o nome de Creta, a fim de conquistar outros mercados, sendo que ele irá começar pelo mercado indiano. Segundo as notícias de bastidores, a fabricante do veículo, a Hyundai, vem analisando com bastante carinho a possibilidade de fazer a importação deste veículo também para o mercado brasileiro.

A escolha do nome Creta não foi por acaso, uma vez que este é o nome da maior ilha da Grécia, este veículo foi projetado com uma adaptação especial para destiná-lo ao mercado indiano, por lá esta novidade da Hyundai irá concorrer com outros veículos que já são velhos conhecidos por aqui, tais como, Renault Duster, Ford Eco Sport, exceção feita ao Nissan Terrano.

Esta versão do Creta lançada na Índia em suma não difere muito do modelo Chinês. Conforme a versão do Creta escolhida pelo cliente, este carro já vem de série com rodas no tamanho 17 polegadas, luzes diurnas de LED, central de multimídia com navegador no tamanho de cinco polegadas, bancos revestidos em couro com aquecimento, bem como seis airbags. Diante dessas especificações deu para perceber que este veículo é realmente recheado de acessórios.

O lançamento oficial deste veículo está marcado para ocorrer oficialmente no dia 21 de julho do ano de 2015. O Creta poderá ter como propulsor um motor 1.6 movido a gasolina, o qual terá a capacidade de desenvolver um potência de 123 cavalos, ainda este carro terá duas versões de motores movidos à Diesel, sendo uma aspirada 1.4 e a outra turbo 1.6, as quais terão a capacidade de desenvolver uma potência máxima de 128 cavalos. Exceto a versão com motor 1.6 movido a diesel que terá o câmbio automático com a presença de seis marchas, as demais versões deste veículo serão equipadas com um câmbio manual de seis marchas.

Para fazer a importação deste veículo aqui para o Brasil a Hyundai do Brasil quer primeiro ter certeza se irá ser vantajosa a ampliação da unidade da empresa que fica na cidade de Piracicaba (SP), a qual, atualmente, dedica-se na produção exclusiva da linha do conhecido HB20.  

Por Adriano Oliveira

Hyundai Creta

Hyundai Creta

Fotos: Divulgação


Com visual muito agressivo para um simples carro de rua, o Civic Type R teve seu primeiro teaser revelado oficialmente pela Honda. A estreia do Type R ocorrerá no Salão de Genebra, em março, mas pela imagem já dá para saber que a marca japonesa não brincou em serviço e o carro deve ser bem apimentado.

Segundo a Honda, as características de estilo do conceito antecipam o design externo da versão de produção, com estreia marcada para 2015.

Hot hatch da Honda no mercado europeu, o Honda Civic Type R Concept é um “carro de corrida para as ruas”, segundo a marca nipônica. Realmente a Honda tem razão, já que com relação à versão normal do hatch, o modelo traz, com base na imagem divulgada, altura de rodagem mais baixa, amplo aerofólio traseiro integrado às lanternas, entrada de ar nas caixas de roda, difusor de ar traseiro que integra as saídas de escape, rodas esportivas exclusivas, entre outros detalhes estéticos.

A fabricante japonesa ainda não revelou detalhes mecânicos, mas a versão de produção não deve fugir muito do conceito. Portanto, o Type R deve manter o motor 2.0 Turbo de 280 cv trabalhando em conjunto com uma transmissão manual de seis marchas. De acordo com Takanobu Ito, CEO da Honda, o objetivo do modelo esportivo é superar o Renault Megane Trophy de 265 cv. As vendas do novo Honda Civic Type R devem ser iniciadas no mercado europeu no início de 2015.

Além do Civic Type R Concept, a Honda apresentará mais detalhes do motor do NSX. Esportivo lendário da montadora japonesa, o NSX terá tração traseira e deverá contar com um conjunto híbrido, composto pelo motor longitudinal V6 biturbo (Twin Turbo) com injeção direta de combustível e um propulsor elétrico. A Honda mostrará também o Fuel Cell Electric Vehicle (FCEV) Concept, bem como o Civic 2014 adaptado para competir no Wolrd Touring Car Championship.

Honda Civic Type R


Durante o Salão de Chicago, nos Estados Unidos, o novo carro da empresa sul-coreana, Hyundai, foi apresentado: o Veloster RE Flex. O carro (que é uma nova versão do Veloster) será limitado em sua produção por apenas 3 mil veículos feitos, foi criado para o público que “quer se destacar na multidão” de acordo com seus fabricantes.

O carro não possui um motor flexivel (o que se deduz com o tal nome), porém, há alterações do antigo motor para o dessa nova versão, sendo que o mesmo é 1.6 e pode chegar a 134 cavalos de potência quando movido a gasolina e tem 16,5 kgfm de torque. O carro tem câmbio automatizado com seis velocidades e dupla embreagem.

As mudanças externas são diversas, começando pela quantidade de detalhes como no capô (os faróis são formados por LED) e nas maçanetas. As rodas de liga-leve possuem 18 polegadas cromadas. A cabine agora possui soleiras nas portas com iluminação, pedaleiras em alumínio, apliques em plástico preto brilhante e um novo sistema de som. Há o opcional no banco de ser revestidos com couro em preto ou vermelho.

Apesar disso tudo, o preço do veículo ainda não foi divulgado, mas o Veloster em sua versão “original” custa R$ 75 mil. O desempenho do carro na cidade chega a ser de 11,9 litros a cada 100 quilometros e de 15,3 litros a cada 100 quilometros rodados em estradas.

Já tem algumas fotos de divulgação na internet, no qual, mostra parte do interior do carro (que está um tanto quanto bonito). Não há divulgação nos itens de série, mas ao que parece, o carro já sairá de fábrica com vidros e travas elétricas, ar condicionado dentre outras coisas, o que pode aumentar o suposto preço deduzido por algumas entidades que especulam o valor do veículo entre R$ 80 mil.

Por Mariana Caetano

Foto: divulgação


Já tem um tempo que a Hyundai está ganhando o mercado no Brasil com o HB20. Agora, com o i30, que em partes conquistou o povo brasileiro apesar de seu preço meio abusivo, carro promete melhorias começando pelo motor, que vai de 2.0 para 1.8, trazendo economia ao uso da gasolina, por exemplo.

Há inovações nos itens de série, como partida elétrica, câmbio automático e semi-automático, freios ABS, câmera com sensor de proximidade traseira e etc. E também há pequenas alterações em seu design externo. O carro, que continua com um bom espaço interno, disponibilizando conforto para o motorista e passageiros, junto com segurança, comodidade, economia e um bom desempenho já está presente nas concessionárias e possui o valor inicial de R$ 69.900 com câmbio automático de seis marchas.

O carro que está disponível nas cores branca, preto e prata, possúi o valor variado entre R$ 71.900, até o valor de R$ 92.000. Possui garantia de cinco anos, sem limite de quilometragem. O carro popular que vem pra concorrer com carros como o Golf da Volkswagem e o Focus da Ford, que ganhará uma nova versão nesse ano, também.

No mais, a Hyundai tenta conquistar cada vez mais o mercado brasileiro, trazendo cada vez mais um design inovador, novas tecnologias e disponibilizando conforto e segurança em sua gama de carros que ainda não caiu em toda a graça do povo, pelo menos, por enquanto.

Será que agora o i30 vai ganhar o povo por completo, ou que o forte da empresa Hyundai continuará sendo do, não menos merecido, HB20? É algo que teremos que esperar para ver. Até lá, o carro está disponível para test-drive nas concessionárias para mostrar todo o seu potêncial, seu espaço interno e todo o conforto oferecido, nas opções de câmbio automático e semi-automático. 

Por Mariana Caetano


Com uma certa dificuldade para penetrar no mercado dos modelos Flex, a Hyundai começou a exportar para o Brasil o modelo Elantra, com motor compatível com a nova tendência do mercado, objetivando desta forma, entrar de fato na briga dos sedans médios contra as marcas japonesas.

O propulsor 2.0 16v da família Nu passa a desenvolver 178 cv de potência e 21,5 kgfm de torque máximo com álcool e 169 cv e 19,9 kgfm com gasolina – só com o derivado do petróleo eram 160 cv.

O Elantra Flex é vendido em duas versões, sempre com câmbio automático de seis marchas.

O Elantra continua figurando entre os mais completos da montadora. Sua lista inclui central multimídia com GPS e tela de sete polegadas sensível ao toque, câmera de ré, sensores de chuva e de obstáculos dianteiros, e ar condicionado automático.

O ponto negativo é que o salgado valor de R$ 96.376 não é um atrativo, e está um pouco acima do preço encontrado no mercado, em outros modelos top das concorrentes. Assim como toda a linha da Hyundai, o modelo tem cinco anos de garantia sem limite de quilometragem.


Ele já não é mais novidade, mas ainda é um dos carros mais lembrados. Lançado pela Hyundai no ano passado, o Azera 2012, que carregou o slogan “o carro de mais de um bilhão de dólares”, custa apenas R$ 109 mil na versão completa.

O Azera foi anunciado de forma extravagante pelas mídias, mas trouxe um visual bem próximo dos demais veículos da Hyundai, apenas se destacando pelo estilo de escultura fluida como o conhecido Elantra o e ix 35. Há quem diga que o Azera é o carro com maior custo/benefício na linha de sedãs de todos os tempos.

O veículo é equipado com motores 2.4 e 3.0. Além disso, o Azera possui 4.895 mm de comprimento, 1.490 mm de altura e capacidade para 70 litros no tanque de combustível.

O Azera vem equipado com direção hidráulica, ar condicionado, airbags de cortina e de joelho para o motorista e até assistência para a hora de estacionar.

Para quem ainda está em dúvida na linha de sedãs, vale apenas dar uma olhada no modelo que já estampou as capas de revistas pelo mundo todo desde o ano passado.

Por Dayane Garcia


Pronto para ser comercializado, o Elantra Coupé teve o seu preço definido pela Hyundai. A fabricante estipulou o valor do automóvel somente para os Estados Unidos e, de acordo com a versão, o veículo custará entre US$ 18.220 e US$ 21.520, cerca de R$ 37.376,00 e R$ 44.146,00. Neste valor, o frete já está incluso.

Na imprensa internacional, foi noticiado que o Elantra Coupé está com preço mais alto do que o Honda Civic, seu concorrente. No entanto, o automóvel oferece itens diferenciados, como ar condicionado, rodas de liga leve 16 polegadas, câmbio automático de seis velocidades e freios a disco nas quatro rodas.

Além disso, o Elantra Coupé também oferece como itens de fábrica os bancos dianteiros aquecidos, piloto automático, Bluetooth, sistema de som USB/MP3/CD, chaves keyless e faróis de neblina. A versão topo de linha, a SE, ainda contém teto solar elétrico, rodas de 17 polegadas, spoiler traseiro, pedais de alumínio, bancos em couro, assim como alavanca de câmbio e volante revestidos com o mesmo tecido.

O motor utilizado no automóvel é 1.8 com 151 cavalos de potência e torque de 18,1 kgfm. O câmbio está disponível tanto no manual quanto automático e tem seis velocidades nas duas alternativas.

Por Matheus Camargo

Fonte: Hyundai


A Hyundai já havia apresentado o novo modelo do Veloster no Salão de Detroit, no mês de janeiro deste ano. De acordo com as informações divulgadas pela montadora, o veículo deve chegar ainda este mês nos Estados Unidos, mas ainda sem previsão de chegada ao Brasil.

O automóvel se diferencia do modelo tradicional por ser um pouco mais alto, possuir grade frontal simplificada e faróis redesenhados. Não bastasse isso, o veículo também possui bancos em couro com aquecimento, volante esportivo e aro de 18 polegadas nas rodas.

As especificações técnicas do veículo incluem um motor 1.6 de 4 cilindros em linha com turbocharger. No entanto, a melhor notícia é que o carro é bastante econômico, fazendo 11,05 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada, segundo a Hyundai.

Os interessados em adquirir um Veloster Turbo devem saber que o valor apresentado em dólar sai por volta de R$ 4.000,00 a mais que o modelo tradicional, portanto, totalizando hoje R$ 44.624,00. Além disso, o comprador terá que pagar o custo do frete, correspondente a R$ 1.552,00.

Por Anne A. Matioli Dias


Já chegaram no Brasil, dois lançamentos muito aguardados pelos apaixonados por carros. Trata-se do Equus e do Genesis da Hyundai. As concessionárias brasileiras já estão aceitando reservas da dupla de automóveis que promete virar sensação no país, porém, isso só é possível, mediante a um sinal  de 10% do valor do modelo escolhido.

Vale ressaltar, que os sedans de luxo não custam barato. Os preços divulgados pela marca correspondem a R$ 330.000,00 para o Equus  e  R$ 220.000,00 para o Genesis. O valor se justifica pelo design marcante e super moderno,  matéria prima de alta qualidade e a tecnologia de ponta utilizada nos dois lançamentos.

Na parte mecânica,  o Genesis contará com um motor 3.8 V6  com potência de  290 cavalos e  câmbio automático de oito marchas. Em contrapartida, o Equus será movido por um motor 4.6 V8 e atingirá a excelente marca de  371 cavalos de potência.

Ambos os automóveis serão disponibilizados nas elegantes  cores branca, prata e preta. Na parte interna, o carro será conforto puro, com  seus bancos revestidos de couro, ventilação interna, sistema multimídia completo e acabamento em madeira real e aço puro. Irresistível não?

Por Larissa Mendes de Oliveira


Ter um veículo novo, com bom desempenho e diferente da maioria é o desejo que move a maior parte dos motoristas que correm atrás das novidades automobilísticas. O problema é que várias pessoas podem ter a mesma ideia ao mesmo tempo, e aí ela já não é mais tão original quanto parecia. Quando se trata de comércio, outro empecilho surge: a lei da oferta e da procura, que inflaciona qualquer produto cujas vendas sejam bem sucedidas.

Chegou recentemente ao Brasil o mais chamativo lançamento de final de ano da Hyundai, o Veloster. O carro, que tem aparência original e moderna, impressionou ao apresentar o design inovador com três portas. A quebra brusca de padrões estéticos poderia resultar em grande rejeição por parte do público brasileiro, mas a jogada, embora arriscada, deu certo. O esportivo caiu rapidamente no gosto do consumidor, tornando-se sucesso com uma velocidade inesperada. 

Para os primeiros proprietários (que encomendaram o veículo antes que ele chegasse às concessionárias) a novidade custou cerca de R$ 63 mil, mas a procura em nível inesperado “turbinou” os preços e hoje é possível encontrar o Veloster sendo comercializado por mais de R$ 80 mil (na versão com teto solar).

Para os que estiverem dispostos a desembolsar uma quantia maior ainda tentando conseguir um exemplar mais raro, a Hyundai promete a versão branca do esportivo, por um acréscimo de R$ 5 mil.

Pois é, dirigir com estilo custa caro. Mas a julgar pela alta contínua dos preços, os consumidores continuam achando que vale a pena.

Por João Gabriel de Lima


O Hyundai Elantra tem previsão de estrear no Brasil ainda no primeiro semestre de 2011. A cada dia, surgem mais detalhes sobre o novo sedã médio, que chegará para concorrer no mercado nacional.

As últimas novidades são referentes aos preços e aos itens de série, que estão sendo divulgados em alguns sites especializados. De acordo com as informações, o modelo estará à venda em quatro opções de configuração, nas cores preto ou prata. A versão de entrada, com câmbio manual de seis marchas, terá o preço sugerido de R$ 68.700. O mesmo modelo, com transmissão automática, sairá a R$ 73.100. A versão intermediária, com bancos elétricos de couro, oito airbags e controle de estabilidade, vai custar R$ 78.600. Já para a versão top de linha, com teto solar, dentre outros adicionais, o preço é R$ 81.200.

A lista de itens de série, comum em todas as versões, tem direção hidráulica, câmera de ré, faróis com acendimento automático, rodas aro 17, trio elétrico, sensor de chuva, ar condicionado automático de duas zonas, sistema de som completo (com diversas conexões) e freios ABS, dentre outros. O motor 1.8, a gasolina, de 148 cv de potência e tração dianteira, também será compartilhado.

Por André Gonçalves


Se antes os coreanos eram conhecidos por produzir carros de baixo custo, agora a realidade é um pouco diferente. Isso se deve ao novo lançamento coreano: o Hyundai ix35 que pode custar mais de R$ 100 mil, valor que espanta quando comparada ao modelo anterior, o Tucson, que custa em torno de R$ 70 mil.

Parte do preço se deve aos acessórios presentes, dentre eles sensor de estacionamento com câmera, seis airbags e rodas com aro 18. Mesmo com todos esses opcionais será difícil concorrer contra outros modelos concorrentes, devido ao preço elevado. Cabe agora esperar se a aposta dos coreanos terá retorno ou não.

Fonte: Fast Driver.





CONTINUE NAVEGANDO: