Somente a versão Titanium do novo Ecosport virá sem o estepe na parte de trás do carro. As outras versões irão se manter com o conhecido estepe traseiro.

A Ford lança o novo modelo de automóvel, o Ecosport 2020, que agora, modificando o seu modelo, virá sem o estepe traseiro externo, diferenciando-se de todas as outras versões.

O novo modelo do Ford Ecosport Titanium 2020 foi anunciado em São Paulo, no último Salão do Automóvel, com essa mais nova informação de que não haveria mais o pneu estepe reserva, que fica localizado na traseira do carro.

O veículo agora também irá utilizar os pneus modelos Run Flat ou ZP (Zero Pressure), que são conhecidos por serem pneus que se diferenciam totalmente dos demais, pois possuem as paredes com mais reforços, com o objetivo de evitar acidentes.

Os pneus dos modelos Run Flat ou ZP (Zero Pressure) possuem um valor um pouco mais alto que os outros pneus, mas oferecem muito mais benefícios como, por exemplo, se por algum motivo o pneu acabar sendo furado ou for acometido por algum dano, esses pneus dão ao condutor a chance de ainda conseguir permanecer no seu caminho por mais 80 quilômetros, seguindo a uma velocidade máxima de 80 km/h e se o condutor ainda fizer o uso do kit de reparo, essa distância poderá ser aumentada para 200 quilômetros, sempre se mantendo no limite de velocidade que é de, no máximo, 80km/h. Caso haja algum furo no pneu, o condutor acaba sendo informado pelo monitor de pressão dos pneus que não é necessário parar o veículo e interromper o trajeto.
Vale informar ainda que mesmo se o pneu estiver vazio, ele tem a capacidade de sustentar o peso do veículo sem que ocorra qualquer dano, conseguindo se manter com capacidade de ir até um lugar onde exista a possibilidade de se realizar a troca do pneu.

O automóvel Ford Ecosport 2020 está vindo sem o estepe, seguindo os modelos das versões que são vendidas nos Estados Unidos e na Europa e terá a placa de licença localizada mais alta que os outros carros.

Essa versão sem o estepe na parte de trás do carro, será somente para o modelo Titanium, as outras versões da Ecosport irão se manter com o conhecido estepe traseiro.

A porta de trás do veículo segue igual, abrindo para o lado, já o motor sofreu algumas modificações. O Ford Ecosport 2020 contará com alguns itens de série, como sete airbags, bancos todos em couro, chave de presença, teto solar elétrico, monitoramento de ponto cego e de tráfego cruzado, central de áudio Sync 3, com tela de 8 polegadas, terá também, faróis de xenônio e rodas de 17 polegadas, e custará o valor de R$103.890.

Entre outros modelos da Ecosport, o modelo SE, vem com valor de R$79 mil, para a versão manual e, na versão automática, que ainda vem com controle eletrônico de estabilidade e tração, rodas de 15 polegadas e central de áudio com 7 polegadas, ele chegará ao valor de R$85 mil.

O modelo Freestyle, traz um design que se destaca e ainda oferece câmera na parte de trás do automóvel, sensor de estacionamento também na parte de trás, bancos todos de couro, rodas com 16 polegadas e ar condicionado automático. Esse modelo vem no valor de R$85.890, para o modelo manual, e R$91.890 para o modelo automático, sofreu algumas alterações em relação ao seu antecessor. Dentre outras alterações, o novo modelo não possui mais comando no volante e a tela da central de áudio diminuiu.

Já o modelo do automóvel Ecosport Storm, vai ser lançado no valor de R$108.390, trazendo um motor 2.0, tração nas 4 rodas e mais alguns equipamentos que tem no modelo Titanium.

Por Carol Wurlitzer

Ford Ecosport 2020

Ford Ecosport 2020


A nova Ford Ranger traz especificações atraentes, contando com um generoso pacote de itens de segurança.

Uma das maiores indústrias automobilísticos em todo o mundo fez estrear há um ano atrás, janeiro de 2018, um novo modelo: o Ford Ranger, vazado em novo design, inteiramente renovado para o mercado americano, além do novo Mustang Bullit.

Esta New Picape está aparelhada com motor tipo 2.3 turbo, próprio do Mustang e de câmbio em 10 marchas, ao passo que o clássico veículo esportivo recebeu um câmbio manual de seis marchas.

A companhia Ford fez estrear, em janeiro de 2018, a sua novidade no famoso Salão de Detroit, que constituiu uma grande feira de automóveis. Junto do modelo Edge, anteriormente apresentado, a empresa também fez revelar, na ocasião, o modelo Ranger 2019.

Este picape está prestes a ser comercializada novamente nos Estados Unidos, após um hiato na produção desde o ano de 2011. O veículo foi quase inteiramente atualizado, no visual, em comparação com o modelo já vendido no Brasil.

De acordo com uma nota publicada, naquela ocasião, pelo vice-presidente da Ford do Brasil, esta nova Ranger foi elaborada e produzida diretamente para o mercado norte-americano, para o mercado brasileiro e muitos outros mercados, de modo a manter o modelo estável, que é a sua última versão. Ambos os modelos são produzidos sobre as mesmas bases e configurações.

A sua produção, conforme a informação dos especialistas, iniciou no Estado de Michigan no final do ano de 2018. Assim, a Ranger americana tornou-se um veículo equipado com um motor tipo 2.3 EcoBoost e mais câmbio automático em 10 marchas, como foi citado.

Em realidade, trata-se do mesmo que equipa o clássico Mustang, o qual apresenta desempenho de 317 CV. Entretanto, a companhia Ford não havia publicado os números de escala de potência e de torque de que a Ranger está carregada.

Entre as suas especificações está a tração de 4 por 2 ou 4 por 4, e há, ainda, três versões que são: a XL; a XLT e a Lariat.

Outros atributos que preenchem este grande veículo são:

A presença de um generoso pacote contendo itens de segurança, em que está incluída a função de correção de mudança involuntária sobre faixa; a função de frenagem automática e a função de detecção de ponto cego. Observação: a função de frenagem automática está disponível em todas as versões top de linha comercializadas no Brasil.

Deste modo, o retorno da Picape Ranger ao mercado automobilístico americano consiste em um primeiro passo para uma nova tendência naquele país, ou seja, na aquisição de picapes menores, todas consideradas de médio porte, sendo que no Brasil, este mesmo modelo é considerado de grande porte, tal como a versão Honda Ridgeline e a própria Chevrolet Colorado.

Sobre o Mustang Bullit é um capítulo à parte:

Este clássico e super atraente automóvel foi atualizado pela Ford, que fez apresentar, na mesma ocasião, a reedição do modelo Mustang Bullit. Esta apresentação foi realizada pela bela Molly McQueen, a neta do famoso ator Steve McQueen.

Em um clássico do cinema, estreado no ano de 1968, ou seja, há 50 anos, o então ator e dublê guiava uma versão modificada do clássico Mustang, a qual se tornou popularmente conhecida como o Bullit.

Nesta repaginação, realizada décadas depois, o new Bullit está equipado com motor V8 5.0 e desempenho de 480 CV, além do câmbio manual em seis marchas. De acordo com os engenheiros da Ford, p novo Bullit atinge a velocidade de 262 km/h.

Portanto, há um ano, a companhia Ford fez exibir no Salão do automóvel de Detroit a unidade original, utilizada no clássico filme Bullit. Este mesmo modelo, sendo um GT, estava, até então, desaparecido.

No continente europeu, este SUV será produzido em versões como a Vignale, ST-Line; a Titanium e a Trend, já lançadas no final do ano de 2018.

Por Paulo Henrique dos Santos

Ford Ranger 2019

Ford Ranger 2019


Vários modelos de EcoSport e Ranger estão com descontos que chegam a R$ 25 mil.

A rede Caoa faz grande promoção para vários modelos de EcoSport e Ranger a diesel; as SUVs terão um desconto de R$ 15.000,00 já no caso das picapes será de R$ 25.000,00.

Para quem guardou um bom dinheiro este ano, e quer comprar um veículo novo. O grupo Caoa, distribuidor das marcas Ford, Hyundai, e Chery no Brasil está com uma promoção incrível para os veículos da marca EcoSport Titanium, e Ranger XL.

Os valores são bem atrativos, considerando o custo benefício. No caso da Ranger XL cabine dupla, com motor 2.2 a diesel, o abatimento no valor total chega a R$ 25.790,00 reais. Enquanto para o modelo Ford EcoSport Titanium o desconto é menor, R$ 15.000,00. O valor de venda da Ranger XL nas lojas da rede era de R$ 131.490,00, e agora, com o desconto, vai para R$ 105.700,00. Contudo, na EcoSport Titanium, cujo o valor era de R$ 100.500,00, com o novo valor promocional de venda, passará a valer R$ 85.500,00.

Custo Benefício

A configuração da Ranger XL é bem robusta, com controle de tração o que permite uma maior estabilidade do veículo, principalmente nas decidas, além disso, possui rádio com comando no volante e controle de velocidade de cruzeiro, sistema que controla automaticamente a velocidade do veículo, as rodas são de ferro e os para-choques pretos. O modelo 2.2 tem 160 cv e é bem potente, enquanto o câmbio é manual de 6 marchas. Certamente esse é o tipo de veículo que agradará a todos os gostos. O EcoSport Titanium é recheado de novidades, possui faróis de xenônio, que para quem viaja pelas rodovias à noite, proporciona um maior grau de segurança pela intensa luminosidade que produz nas estradas. O teto solar dá um luxo todo especial para esse modelo. Os monitores de ponto cego monitoram os pontos de visibilidade zero do veículo, utilizando sensores e câmeras para captar os movimentos de outros veículos, um requisito importante para a segurança do motorista. O motor 2.0 também é potente, com 176 cv, e para completar, conta com um câmbio automático de seis marchas, o que já é um diferencial em comparação com a Ranger XL.

Existem também outras versões específicas com preços especiais. E toda a linha desses dois modelos está com condições melhores. As outras versões podem ser compradas com entrada e saldo de até 36 parcelas com 0% de juros.

Vale lembrar que o EcoSport teve mais de 2994 unidades vendidas em novembro. Terminando em quinto lugar dentre as SUVs mais vendidas do mercado. Entretanto, não foi um resultado tão significativo se comparado a média anual, o que talvez explique o grande desconto para versões top de linha, mas que contudo tiveram uma menor demanda. Contrastando com a situação da EcoSport, a Ranger XL vendeu esse ano cerca de 1.572 unidades, o que a coloca em terceiro lugar no ranking de vendas entre as picapes médias. No topo das mais vendidas, a Toyota Hilux, terminou com 3.382 emplacamentos. A briga também foi muito acirrada com o VW Amarok que vendeu um total de 1.540 unidades. Trata-se de um segmento que teve pouca participação no mercado, cerca de 2,19% no mês de novembro e 1,18% no ano. Porém, mesmo assim esses dados representam uma fatia importante do faturamento anual. Com certeza opções de veículos de qualidade com preços atrativos não faltam no cardápio da rede Caoa. Afinal, com o preço mais baixo que agora atrai o consumidor até as redes autorizadas , é de se esperar que as vendas decolem, melhorando assim, as expectativas das revendedoras e proporcionando um produto de qualidade ao consumidor final.

Por Defilho

Ford Ecoesport


O modelo SUV conta com um alto desempenho, sendo ainda mais potente que a versão Sport da marca, fazendo uso do já conhecido propulsor de 6 cilindros em ?V?, com 2.7 cc, EcoBoost.

Não pense você que a montadora americana Ford apenas colocou aquele conhecido logo “ST” no modelo Edge e então disse que o carro estava finalizado. Para que o veículo fizesse jus à preparação da sigla ST, a companhia já iniciou uma forte campanha, que visa mostrar para os consumidores que este seu utilitário esportivo considerado de luxo poderá, de fato, ser um ótimo esportivo.

O modelo SUV conta com um alto desempenho, sendo ainda mais potente que a versão Sport da marca, fazendo uso do já conhecido propulsor de 6 cilindros em “V”, com 2.7 cc, EcoBoost, entretanto é capaz de gerar uma potência de 338 cavalos e com um torque que atinge 52,5 kgfm. E, antes mesmo que o modelo chegue às concessionárias da terra do tio Sam, a montadora do globo ovalado azul deseja provar aos consumidores que esta versão é bem mais do que apresenta, assim fazendo uma descrição de como funciona o tal modo Sport.

Assim que o condutor clica no botão "S", que se localiza bem na parte central do seletor de marchas, o novo SUV da Ford irá fazer uso de todo o potencial que possui. Seu painel de instrumento, que possui uma cor azul, transita para uma cor vermelha e então o seu conta-giros apresenta em qual marcha o motor se encontra. O escapamento do modelo fica ainda mais agressivo também, fazendo uso de um conhecido sistema de som ativo, o qual realizar o jogo do ronco do forte motor para a parte interna da cabine, fazendo com que os ocupantes sintam ainda mais a sensação do modo. Além do que, o fator mais importante, é que seu propulsor com fortes 338 cavalos e o câmbio automático dotado de 8 velocidades já se preparam para correr.

Ao ter ativado o modo Sport, o seu acelerador acaba por fazer uso de uma programação que permite entregar mais diretamente as respostas da chamada no mesmo. A sua transmissão consegue segurar, por mais tempo, as marchas, realiza troca ainda mais rápidas e utiliza rev-matching em suas reduções, fazendo com que se aumente os giros do motor antes da marcha ser alterada, realizando trocas mais velozes e suaves.

O modelo, quando possui o pacote Performance, o SUV Edge ST é equipado também com pinças de freio na cor vermelha. Seus discos das rodas dianteiras permanecem com o mesmo diâmetro, porém são novos, os quais são preparados, visando esta nova performance do carro. Também foram adicionadas pastilhas que possuem alta performance tanto na parte de trás quanto na frente, visando uma melhora na experiência do motorista ao conduzir pelas pistas, isso se ele estiver rodando dentro de um circuito.

O novo Edge ST, ao ser dotado de um sistema com tração integral, conseguirá ser ainda mais veloz ao fazer uso do modo Sport. A marca americana não divulgou ainda os dados referentes à aceleração deste modelo, entretanto acredita-se que ele tenha que superar o Ford Edge Sport, o qual sai de sua inércia de 0 quilômetros por hora e consegue atingir 96 km por hora (na medida dos estados unidos de 0 as 60 milhas), em somente 7,3 segundos. O novo Ford Edge ST tem previsão de chegar no mercado dos Estado Unidos na metade do ano, porém os preços ainda não foram informados pela marca. Já para o mercado brasileiro, a montadora está preparando o lançamento de uma versão redesenhada, que se acredita chegar no fim do ano, além de uma versão com uma pegada esportiva que se encontra em estudos, de acordo com a marca, ela já possui alguns consumidores com alto interesse.

Por Filipe Silva

Ford Edge ST 2019

Ford Edge ST 2019


O Ford Focus Sedan tem estilo esportivo tão apreciado nos dias atuais. Combinando a isso, o veículo conta com características em seu design que o deixam ainda mais sofisticado.

Os modelos da montadora Ford estão entre os preferidos dos brasileiros. A marca norte-americana está presente no país há muitas décadas e o consumidor sabe da qualidade e do bom preço dos carros fabricados pela empresa. E um dos modelos mais vendidos, o Focus Sedan, já lançou a sua versão 2018 há algum tempo. Este carro apresenta uma ficha técnica interessante para aquelas pessoas que desejam um automóvel bonito, moderno e com um bom preço. Confira agora os detalhes do Ford Focus Sedan 2018.

Todas as versões do Ford Focus Sedan 2018

A montadora norte-americana anunciou que para o Focus Sedan foram lançadas quatro versões. Todos os modelos são 2.0 cilindradas, isso quer dizer que o veículo conta com uma potência maior. Isso pode ser conferido no momento de ultrapassagem, por exemplo, este modelo consegue fazer este movimento em um menor espaço de tempo.

Veja a lista abaixo de todas as versões deste veículo

  • Ford Focus Sedan Titanium Plus 2.0 AT 2018.
  • Ford Focus Sedan Titanium 2.0 AT 2018.
  • Ford Focus Sedan SE Plus 2.0 AT 2018.
  • Ford Focus Sedan SE 2.0 AT 2018.

As versões citadas acima foram apresentadas das que possuem mais potências para as que possuem menor desempenho nas pistas.

O visual do Ford Focus 2018

A primeira grande diferença que o consumidor vai notar quando se deparar com o Focus 2018 é em relação ao seu comprimento. O veículo está um pouco menor. Entretanto, isso não atrapalha no conforto e no espaço interno do modelo.

Após esta primeira característica citada, é importante falar da parte externa do veículo. O Ford Focus Sedan também apresenta o estilo esportivo tão apreciado nos dias atuais. Combinando a isso, o veículo conta com características em seu design que o deixam sofisticado, como as linhas nas laterais, os faróis que estão maiores e com um novo formato, sobretudo, os inferiores na parte dianteira do veículo que possuem uma iluminação mais centralizada.

Ainda falando da parte da frente do modelo, o Focus 2018 ganhou uma nova apresentação da grande frontal. Pois, no novo modelo é mais retangular e nas bordas vai afunilando até formar um desenho semelhante ao símbolo matemático de “maior que” ou “menor que”.

Já na parte de trás do Focus 2018, os faróis também foram mudados e estão maiores. Prova disso, é que o objeto agora vai até o porta-malas. Por falar em porta-malas, o espaço interno do bagageiro é suficiente para guardar diferentes itens. Por fim, o para-choque traseiro também t ganhou uma nova apresentação. Ele está menor em relação à espessura e ele também parece ter um desenho cruzado.

A parte interna do Ford Focus Sedan 2018 é ainda mais bonita. O veículo é todo emborrachado por dentro. O seu painel conta com um novo desenho. Este modelo conta com um sistema de som da Sony e uma tela em LCD. Diferentes aplicativos já estão instalados no sistema do veículo, como o Waze. Além disso, o sistema operacional do veículo é o Android.

Para o motorista, o volante está mais macio e também possui um novo formato. Além de contar com novos recursos. E os dados referentes ao veículo vão ser apresentados de uma nova maneira, já que o painel do motorista sofreu algumas alterações de cor e formato. Todos os bancos ganharam um novo tipo de revestimento e novas posições para reclinação. Este sedã também oferece ao motorista, botões na porta e no volante que controlam o carro como um todo.

O Ford Focus foi fabricado em cores clássicas como preto, branco e prata.

Sobre o motor, consumo médio e o preço deste veículo

Todas as versões como são 2.0 contam com 176 cavalos e seis tipos diferentes de marchas. Este veículo pode ser abastecido com gasolina ou etanol. Em relação ao consumo médio, o Ford Focus consegue fazer 9,7 km com 1 litro de gasolina e 6,7 km com 1 litro de etanol isso dentro do perímetro urbano. Já em rodovias ou estradas, o consumo médio sofre uma variação, passando assim fazer 13 km com 1 litro de gasolina e 9,2 km com 1 litro de etanol. Sobre o preço, o veículo pode ser vendido a partir de R$ 80.000,00.

Por Isabela Castro

Ford Focus Sedan 2018


Modelo une alta tecnologia com design moderno.

Se você está procurando pelo Fiesta não vai mais encontrar. O antigo hatch de entrada da Ford foi substituído pelo Ka e agora em seu site oficial há apenas o New Fiesta.

A Ford parou de fabricar apenas o Fiesta e investiu pesado no New Fiesta que em anos anteriores era vendido paralelamente como carro distinto. Em 2018, no site da Ford está disponibilizando o New Fiesta, um carro mais esportivo e design mais inovador.

Destaque em sua categoria

O grande destaque do New Fiesta que a Ford promove é a inovação automotiva. Uma aliança define o estilo deste carro, ou seja, a união de alta tecnologia com design moderno.

O condutor deste veículo não vai precisar se preocupar com a conectividade, pois ela está garantida com o Sync 3. Além disso, é o hatch mais completo de sua categoria. Você se interessou em saber mais detalhes?

Continue lendo este texto e descubra tudo o que o New Fiesta pode lhe oferecer em conforto, performance e segurança.

Performance e Economia

Com um motor Sigma 1.6 e EcoBoost com 128cv e 125cv, respectivamente. A falta de potência não será motivo de reclamações. As duas opções de motorização aliam potência e economia, onde você acelera e o consumo continua mínimo.

A diferença entre o Sigma e o EcoBoost estão nos torques de 155Nm e 170 Nm, além do primeiro ser 16 válvulas e o segundo, 12 válvulas.

A economia que o motor EcoBoost proporciona é por conta da combinação de tecnologias de Injeção Direta de combustível, turbocompressor e um duplo comando de válvulas para melhorar a performance e eficiência do veículo nas estradas.

O consumo varia em 12,1 km por litro na cidade e 14,9 km por litro na estrada com gasolina. Outro fator que contribui para a economia do consumo é a direção elétrica que controla o mínimo esforço na hora de fazer manobras e um sistema de cancelamento das vibrações que vem dos pneus e por possíveis irregularidades nas estradas.

Tecnologia

Imagine um carro com uma tecnologia de última geração, já imaginou? Pois bem, o New Fiesta vai surpreender você com um padrão de tecnologia superior aos hatches de sua categoria.

Para começar com o Sync 3 e a tela de 6.3 polegadas sensível ao toque com controle das funções para seu entretenimento, além de uso do telefone e navegador. Além desses itens, este sistema possui Bluetooth, comandos de voz, compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay.

Quer mais? Câmera de ré e sensor de estacionamento traseiro. O AppLink permite você usar aplicativos que estão instalados no seu smartphone com comandos de voz.

Versões

A Ford disponibiliza muitas opções de escolha para seus clientes, o New Fiesta possui 8 versões diferentes para se adaptar ao seu estilo e perfil.

As versões são todos com motorização 1.6 sendo elas: SE, SE Style, SE Plus AT, SEL, SEL AT, SEL Style EcoBoost, Titanium AT, Titanium Plus AT.

Os preços variam a partir de R$ 56.690 na versão mais simples até R$ 75.190 na versão top de linha a Titanium Plus AT. As rodas de liga leve aro 16” são itens de série a partir da versão SEL Style EcoBoost.

A capacidade do porta-malas do New Fiesta é de 281 litros para suas bagagens e seu reservatório de combustível é capaz de receber até 52 litros de gasolina. A garantia da Ford é de 3 anos sem limite de quilometragem.

Se você se interessou em descobrir como este carro é por dentro e analisar mais de perto é possível acessando o site oficial da Ford em www.ford.com.br.

Por Marcio Ferraz

Ford New Fiesta 2018

Ford New Fiesta 2018


A nova Ranger estará mais atualizada, será mais veloz e mais completa do que o último lançamento realizado pela Ford.

O novo modelo da Ford, a Ranger de 2018 vem nas seguintes versões: XLS de motor 2.5 Flex MT que custará R$ 106.990; XLT de motor 2.5 Flex MT pelo valor de R$ 118.420; Limited de motor 2.5 Flex MT no valor de R$ 126.490; XLS de motor 2.2 a Diesel 4×2 MT pelo preço de R$ 139.270; XLS de motor 2.2 a Diesel 4×4 MT por R$ 151.470; XLS de motor 2.2 a Diesel 4×4 AT que custará R$ 159.460; Sportrac de motor 2.2 a Diesel 4×4 AT no valor de R$ 165.860; XLT de motor 3.2 a Diesel 4×4 AT no valor de R$ 178.100 e a versão Limited de motor 3.2 a Diesel 4×4 AT que custará R$ 190.190.

O modelo possui um visual externo robusto e a parte frontal do veículo terá um design diferenciado, composto por itens requintados, um novo estilo de para-choque, faróis de neblina na parte dianteira, faróis em LED e rodas de liga leve com aro de 17 ou 18 polegadas de diâmetro. Essa Ranger estará mais atualizada, será mais veloz e mais completa do que o último lançamento realizado pela Ford. O seu interior terá o estofado revestido com couro, uma tela touchscreen LCD de 8” localizada no centro do painel e 7 airbags frontais, no joelho e laterais para que o motorista tenha uma maior proteção.

O modelo possui também 3 opções de motores, a opção com motor flex 2.5 16V, com 173 cv de potência e torque de 245 Nm a 5.500 rpm; a opção com o motor 2.2 16V, a diesel com 160 cv de potência e torque de 385 Mn a 5.500 rpm e a opção com motor de 3.2 20V, a diesel com 200 cv de potência e torque de 470 Nm a 1.750 – 2.500 rpm.

Em relação ao consumo de combustível na cidade, o modelo com motor 2.5 4×2 MT faz 4,0 km por litro com o uso do etanol e 5,2 km por litro com o uso de gasolina. A versão com motor 2.2 4×2 MT faz 8,5 km por litro com o uso de diesel, o modelo com motor 2.2 4×4 AT faz 8,4 km por litro com diesel e a versão com motor 3.2 4×4 AT faz 8,5 km por litro usando o diesel.

Já sobre o consumo de combustível na estrada o motor de 2.5 4×2 MT faz 5,9 km por litro com o uso de etanol e 7,6 km por litro usando gasolina. Com o uso do diesel a versão com o motor2.2 4×2 MT faz 10,5 km por litro, a versão com motor 2.2 4×4 AT faz 10,4 km por litro e a versão com motor3.2 4×4 AT faz 10,1 km por litro.

Os itens de série que fazem parte do novo modelo são volante com ajuste de altura; piloto automático adaptável; direção elétrica; tem volante com controle de áudio; alerta de colisão; sistema para permanecia na faixa; banco do motorista com ajuste lombar; banco do motorista com ajuste de altura; computador touchscreen de bordo; luz do painel com controle de intensidade de luz; ajuste eletrônico nos retrovisores externos; controle eletrônico de tração; controle eletrônico de estabilidade; controle de estabilidade que é anticapotamento; câmbio manual com 5 e com 6 marchas; câmbio automático com 6 velocidades; limpador de para-brisa e aviso para a utilização dos cintos de segurança, tanto para o motorista como para o passageiro.

Veja abaixo a Ficha Técnica do modelo:

Motor

Motor: Flex 2.5 / Motor 2.2 a diesel / motor 3.2 a diesel

Combustível: Motor Flex 2.5 – Longitudinal, Dianteiro, Etanol e Gasolina/ Motor Diesel 2.2 – Longitudinal, Dianteiro, Diesel e Turbo / Motor Diesel 3.2 – Longitudinal, Dianteiro, Diesel e Turbo.

Número de Cilindros: 4 em Linha; 4 em Linha e 5 em Linha

Cilindrada: Motor: 2.5 – 2.488 cm3; motor 2.2 – 2.198 cm3 e Motor 3.2 – 3.198 cm3

Válvulas: 16 nas versões com motor 2.5 e 2.2; 20 na versão com motor 3.2

Injeção eletrônica de combustível: Multiponto na versão com motor 2.5 e direta nas demais versões.

Direção: Elétrica (nas 3 versões de motor)

Dimensões

Altura: 1.848 mm

Comprimento: 5.354 mm

Largura: 1.860 mm

Distância entre eixos: 3.220 mm

Capacidades

Tanque: 80 litros

Porta-Malas: 1.180 Litros

Rodas: Liga Leve com aro de 18” / Liga Leve com aro de 17” ou 18” / Liga Leve com aro 18”

Suspensão dianteira: Braços sobrepostos, barra estabilizadora (nas 3 versões de motor)

Suspensão traseira: Eixo rígido (nas 3 versões de Motor)

Por Lorena Ruiz

Ford Ranger 2018


O novo Ford Ka Sedan 2018 possui um ótimo design externo e características que o tornam um carro urbano de bom desempenho.

O Ford Ka Sedan 2018 vem com uma proposta de trazer detalhes que os usuários gostam muito como detalhes do design externo, itens de série e motor. Porém, esse carro vai manter novamente o câmbio manual, o que vai frustrar alguns possíveis consumidores. Para amenizar esse detalhe que é desanimador, o Ford Ka Sedan 2018 traz muitas informações bacanas, veja abaixo.

Vamos falar da parte externa do Ford Ka Sedan 2018

O design externo desse carro é lindo e de bom gosto. Possui detalhes que tornam essa parte do carro mais chamativa. O para-choque possui aspecto simples e não sofreu muitas mudanças. Já os faróis têm desenho flechado dando um toque mais moderno. Na parte da carroceria tem o bagageiro com tampa limpa sem muitos detalhes, as lanternas são compactas e as rodas são de liga leve de aço em aro 14 ou 15 e a carroceria aparenta um leve volume.

Conheça os itens de série da versão de entrada Ford Ka 1.0

Mesmo sendo a versão de entrada, ela possui muitos itens que vão agradar em cheios aos consumidores. Esses itens são fundamentais para deixar a viagem do condutor mais segura e com melhor funcionalidade. Veja abaixo os itens de série desse carro.

– Trava elétrica no porta-malas

– Banco do motorista com ajuste de altura

– Suporte para celulares

– My Ford Dock

– Isofix

– Chave canivete com controle remoto

– Freios ABS com EBD

– Faróis com máscara negra

– Limpador/ lavador e desembaçador de vidro traseiro

– Maçanetas na cor do tecido

– Airbags duplo

– Espelhos retrovisores externos na cor do carro

– Coluna de direção ajustável em altura

– Banco traseiro biopartido

– Vidros dianteiros elétricos com one touch para motorista

– Indicador de marcha

– E muito mais.

Falando sobre o motor do Ford Ka Sedan 2018

O motor desse carro é 1.0 3C Ti-VCT, esse modelo é a versão mais recente e promete uma potência maior que a versão anterior. Ele consegue fazer 85 cv com etanol e 80 cv com gasolina. E avaliando os motores dos carros dessa categoria, podemos afirmar que o motor do Ford Ka Sedan 2018 é muito forte e potente. O propulsor desse carro possui um bloco de 3 cilindros que é feito em ferro fundido. O torque máximo desse carro é de 10,7 kgfm se abastecido com gasolina, oferendo o máximo de 6.500 rpm independente do combustível.

Ford Ka Sedan 2018 é indicado para uso urbano

Um detalhe do Ford Ka Sedan 2018 e que pode não agradar a todos os usuários, é que ele não tem bom desempenho na estrada ou em locais com muitos obstáculos. Esse carro foi projetado para uso urbano, ou seja, ser pilotado na cidade. Mas se o motorista precisar dirigir na estrada esse carro pode surpreender se tiver sem nenhuma carga dentro, aí ele pode dar conta do recado, mas vale afirmar que ele não é ideal para isso. Ele entrega uma aceleração máxima de 166 km/h em 13,9 segundos.

Veja o consumo médio do Ford Ka Sedan 2018 na versão de entrada

O consumo médio desse carro é muito bom, e isso se torna sinônimo de economia para o usuário.

Na estrada

Esse carro faz 15,1 km/l com gasolina e 10,4 km/l com etanol

Na cidade

Esse carro faz 13,0 km/l com gasolina e 8,9 km/l com etanol

Valores de algumas versões do Ford Ka Sedan 2018

As versões desse carro oferecem diversas opções de valores, e isso permite que o usuário escolha a versão que cabe no seu bolso e agrade seu gosto. Veja abaixo:

– Ford Ka S 1.0 2018 com valor de R$44.030,00

– Ford Ka SE Plus 1.0 2018 com valor de R$46.590,00

– Ford Ka Tecno 1.0 2018 com valor de R$48.390,00

– Ford Ka Trail 1.5 2018 com valor de R$52.740,00

Agora é só escolher a sua versão favorita e curtir bastante!

Por Cristiane Amaral

Ford Ka Sedan 2018


Nova linha traz novidades em seu design e ótimas características.

A Ford é uma marca de carros muito querida e forte no Brasil e em todo o mundo. Afinal, todos os anos realiza lançamentos que se tornam verdadeiros sucessos. E por falar em sucesso Ford, apresentamos o Novo EcoSport 2018, mais um lançamento da marca que promete ser um grande sucesso.

Começamos pelo design deste lançamento onde de imediato percebemos um friso cromado que confere um ar mais elegante para a versão top de linha. A porta é equipada com sensor. Há uma versão que traz detalhes na cor cinza mais escuro que dá ao carro um ar muito mais interessante, sem falar das rodas de aro de 16 polegadas. Um dos destaques do carro está em seus faróis que possuem projetores do tipo canhão.

De modo geral, o acabamento passou por uma melhoria interessante como, por exemplo, a parte superior do painel que possui um material emborrachado como revestimento. Os bancos também estão novos e oferecem mais conforto aos ocupantes. Os encostos com um tamanho mais reduzido oferecem maior aproveitamento do espaço interno.

As portas também foram redesenhadas e uma prancha foi colocada no assoalho de seu porta-malas, o que o deu mais utilidade para separar os objetos.

Conheça abaixo alguns dos itens que acompanham as versões:

– Ar-condicionado automático;

– Bancos revestidos de tecido ou de couro;

– Faixas decorativas;

– Saias de rodas com proteção;

– Rack de teto;

– Rodas de liga leve;

– Interior personalizado;

– Sistema Advance Trac com RSC;

– Travas reforçadas;

– Sistema anticapotamento;

– Isolamento acústico;

– Revestimento com material isolante.

– Entre outros.

Vale lembrar que cada versão, desde a de entrada, possui seus próprios equipamentos de série, assim antes de finalizar a sua compra peça para conhecer todas as versões do EcoSport 2018 e assim escolher aquela que atenda melhor suas expectativas e necessidades.

Falando da média de consumo do Novo EcoSport 2018, temos os seguintes dados:

Na cidade, o modelo com motor 1.5 MT oferece uma média de 8,3 km por litro de etanol e 11,6 km por litro de gasolina. O modelo com motor 1.5 AT faz 7,1 km por litro de álcool e 10,4 km por litro de gasolina. Já o EcoSport 2.0 AT faz 6,1 km por litro de álcool e 8,8 km por litro de gasolina.

Por sua vez na estrada, o modelo com motor 1.5 MT faz 9,0 km por litro de álcool e 13,1 km por litro de gasolina. O modelo com motor 1.5 AT faz 8,9 km por litro de álcool e 12,8 km por litro de gasolina.

Já quem deseja saber como é o desempenho do Novo EcoSport 2018, especialistas da marca atentam que ele é muito bom. Confira abaixo os números:

O EcoSport com motor 1.5 MT faz em um período de 11,8 segundos chega a fazer 180 km por hora. De igual forma a versão com motor 1.5 AT em um período de 11,8 segundos também faz 180 km por hora. Já a versão com motor 2.0 AT faz em um período de 9,5 segundos até 180 km por hora.

Gostou das novidades do Novo EcoSport 2018? Conheça abaixo todas as versões da linha 2018 e seus respectivos valores:

– Novo EcoSport 1.5 MT 2018: Saindo por R$ 73.990;

– Novo EcoSport 1.5 AT 2018: Saindo por R$ 78.990;

– Novo EcoSport 1.5 MT 2018; Saindo por R$ 81.490;

– Novo EcoSport 1.5 AT 2018: Saindo por R$ 86.490;

– Novo EcoSport 2.0 AT 2018: Saindo por R$ 93.990;

– Novo EcoSport 2.0 AT 4×4 2018: Saindo por R$ 99.990.

Escolha logo o seu!

Por Sirlene Oliveira

Ford Ecosport 2018

Ford Ecosport 2018


Veja aqui mais detalhes sobre o novo Ford Fusion 2018.

Quer um sedã de luxo com tudo que você tem direito? Pois está chegando o novo Fusion 2018, que em breve estará no mercado brasileiro com uma forte aposta após as melhorias recebidas na parte estética e mecânica do veículo, buscando a preferência daqueles consumidores mais exigentes. Além das mudanças, o carro ainda recebeu itens novos de um automóvel autônomo, uma das grandes tendências mundiais no setor automobilístico.

Então, ficou curioso e quer saber mais sobre o novo Fusion 2018. Dá uma conferida nessa matéria especial que preparamos para você.

Mudanças no Novo Fusion 2018

Após uma década de seu lançamento no Brasil, o Fusion busca com as alterações ser a maior referência no que diz respeito à alta potência e tecnologia. Porém, em um primeiro momento é importante ressaltar que ainda não será disponibilizada por aqui a versão híbrida do veículo, lançada oficialmente no mercado norte-americano, no qual o carro teve uma reestilização completa e ganhou inclusive um novo painel com um seletor para as alterações de transmissão automática.

Essas características do modelo ainda precisam ser aguardadas por aqui, com previsão de chegada daqui a, pelo menos, 3 anos. Então, enquanto isso não acontecer no mercado nacional, há especulações de que o novo Fusion apresentará um motor Ecoboost 2.5 flex, isso na sua versão mais barata, rendendo a capacidade de até 330 cavalos de potência, com retoques na parte externa e central multimídia Sync 3. Com isso, tem-se um veículo muito mais sofisticado e moderno.

Além dessa mudança, o automóvel ainda vem com outras alterações. São elas: piloto automático com adaptação Stop & Go; Sistema Ford Power que garante a partida do veículo sem a necessidade de chave e um espaço interno muito maior, com largura total de 2,12 metros e porta malas com capacidade de até 514 litros.

Itens de série do Fusion 2018

Uma das grandes estratégias da Ford adotadas para o aumento nas vendas do Fusion 2018 foi a de apostar em acessórios que acrescentem valor ao carro. Sendo assim, entre os itens de série disponíveis para qualquer versão do modelo estão: AppLink, Conectividade Car Play e sistema Android Auto, SYNC 3 11 de alto falantes, faróis com acendimento de forma automática em LED, ar condicionado com controle digital no motorista e passageiro, retrovisores com rebatimento elétrico, retrovisores eletrocrômicos, ajuste de banco elétrico em 10 posições, controle de tração, câmbio de transmissão automática em 6 velocidades, porta com sensor e acesso inteligente, cintos infláveis, bancos e portas com revestimento em couro, sistema de controle de estabilidade, 8 airbags localizados na parte lateral, frontal, joelho e cortina e rodas de liga leve de 18 polegadas.

E nas versões de topo de linha, ainda é possível adquirir outros acessórios como: tomada de 110 v, teto solar, sensor dianteiro para estacionamento, tração inteligente nas quatro rodas, piloto automático adaptativo com sistema Stop & Go, sensor dianteiro de estacionamento, alerta de colisão e assistente autônomo para frenagem, assistente autônomo para detecção de pedestres, entre outros.

Versões e Preços do Novo Fusion 2018

São no total seis versões do Fusion 2018, cada uma com um preço diferenciado pela composição. Sendo assim, o topo de linha, o Titanium Hybrid, chega ao mercado pelo preço de R$ 163.700. Na sequência, o Titanium 2.0 EcoBoost AWD é comercializado por R$ 158.700.

As demais versões são: Titanium 2.0 EcoBoost por R$ 141.700; SEL 2.0 EcoBoost com Teto Solar por R$ 132.700; SEL 2.0 EcoBoost por R$ 128.700; e, por fim, o Fusion 2.5 Flex por R$ 124.700.

As cores disponíveis são: Azul Belize, Prata Sevilla, Vermelho Vermont, Cinza Moscou, Preto Asturias, Prata Dublin e Branco Sibéria.

Kellen Kunz


Conheça aqui mais detalhes sobre o Novo Ford Focus Hatch 2018.

Que a Ford é a fabricante de carros bonitos, eficientes e econômicos, disso todo mundo já sabe. Afinal, são anos de história desenvolvendo os melhores modelos para todo o mundo.

Agora, com muitas inovações, a Ford nos apresenta o Novo Focus Hatch 2018, que após um longo tempo sem passar por alterações, chega com mudanças bastante interessantes.

A linha 2018 também vai surpreender pela sua variada gama de itens de série, que revelam a preocupação da fabricante em oferecer tecnologia, conforto e segurança.

São detalhes que fazem do Focus 2018 um modelo altamente competitivo.

Na linha 2018 do Ford Focus Hatch teremos duas versões que oferecem dois tipos de motorização, equipados com 3 ou 4 cilindros e que oferecem bastante potência.

O esportivo da Ford vem equipado com rodas de aro de 17” de liga leve. Seu interior foi inspirado em carros de corrida, de modo que seus bancos também apresentam um estilo mias esportivo e os instrumentos podem ser facilmente acessados pelo motorista.

O volante também recebeu revestimento em couro, assim como os bancos, o que proporciona um visual muito bonito, além claro do conforto para motorista e ocupantes, que no caso podem ser até 5.

Em relação à segurança, o Focus 2018 é um Hatch que possui uma estrutura bastante forte e robusta, tanto que chegou a ser premiado no evento Latin NCAP quando foi considerado um dos veículos que oferecem mais segurança da sua categoria.

Outro destaque do modelo fica por conta de seu sistema de frenagem, que é autônomo e possibilita que os freios sejam acionados automaticamente quando há a possibilidade de uma colisão. Esse sistema funciona a partir de sensores que foram instalados no para-brisa do veículo e que captam todo o movimento do trânsito o tempo todo.

Em termos de tecnologia, o novo Focus possui entre muitas inovações um moderno sistema multimídia que possibilita uma grande interação com o carro, por meio de uma tela sensível ao toque de 8”. Confira abaixo o que o Focus 2018 conta em termos de tecnologia:

– Conectividade com Apple Carplay e Android Auto;

– AppLink que favorece o uso dos aplicativos do aparelho celular.

– Bluetooth e USB ( com 2 entradas);

– Comando de voz;

– Estacionamento automático que auxilia o motorista nas manobras realizadas na saída e entrada de vagas;

– Navegador GPS em Língua Portuguesa;

– Entre outros recursos.

O Ford Focus Hatch 2018 oferece motor em duas opções, um SIGMA FLEX 1.6, que oferece 135 cavalos de potência e que foi classificado como um carro muito econômico. O outro é o com motor Direct Flex 2.0, que oferece 178 cavalos de potência.

Ambos possuem dupla embreagem, com transmissão de 6 velocidades e mudança de marcha manual, através das borboletas que estão no volante.

Ele é um carro que oferece uma direção muito confortável, com a possibilidade de ajuste do volante de acordo com a velocidade. Outro destaque se refere à comodidade que o condutor e seus passageiros contam, uma vez que as irregularidades dos terrenos não podem ser sentidas.

Em relação ao consumo de combustível, com gasolina o Focus 2018 faz 10,8 km por litro na cidade enquanto que na estrada ou no campo sua média é de 13,6 km por litro.

Conheça agora os itens de série que acompanham as versões:

– Cargo Box;

– Dispositivo antifurto para as rodas e para o estepe;

– Cadeirinha para Pet;

– Go box: bolsa organizadora;

– Geladeira;

– Rede organizadora;

– Sensor para ponto cego;

– Suporte para celular, tablet e também para bicicleta;

– Friso lateral e calha de chuva;

– Travessa de teto;

– Antena esportiva.

– Soleira em Inox e luzes de LED;

– Alto falantes;

– “Roda 17”;

– Controle de estabilidade;

– Assistente de partida.

– LCD multifuncional;

– Air bag (Lateras, cortina e frontais);

-Sync 3.

-Carplay e Android Auto;

– Camera de ré;

– Entre outros.

Gostou das novidades do Novo Ford Focus Hatch 2018? Confira agora as versões e seus respectivos preços:

– Novo Ford Focus Hatch SE 1.6 2018: R$ 86.980;

– Novo Ford Focus Hatch SE 2.0 2018: R$ 92.190;

– Novo Focus Hatch Titanium 2.0 2018: R$103.390.

Sirlene Montes


Modelo não recebeu grandes alterações em relação ao modelo anterior, porém seus preços sofreram mudanças.

Entre as companhias automobilísticas mais famosas e bem-sucedidas no mundo está a Ford, uma das mais competitivas montadoras internacionais, a qual lança todos os anos novidades. A nova estreia da empresa é o Ford Ka 2018, que está marcando presença nas concessionárias da companhia, porém, sem portar alterações significativas em comparação à versão anterior. Houve uma mudança nos preços, os quais subiram, sendo que, neste momento, o valor inicial do Ford Ka 2018, em sua versão do tipo Hatch, chega a 44.290 mil reais, ou mesmo até a 55.390 mil reais, em sua versão de maior custo, mais incrementada.

Entretanto, este modelo já possuía o câmbio automático de alta categoria, e também o câmbio automatizado do tipo Powershift, o que constitui parte das expectativas dos consumidores desta marca de veículos há um bom tempo. Mesmo assim, o que mais tranquiliza os proprietários deste novo Ford Ka 2018 está na informação de que esta série está equipada com dois tipos de motores tecnologicamente avançados, dos quais, o primeiro é de potência de 1.0, munido de três cilindros, produzindo 85 Cavalos de potência; o segundo é de potência de 1.5, munido de 110 Cavalos. As duas versões apresentam excelente desempenho para o Ford Ka.

Entre as suas especificações estão: uma carroceria equipada de lanternas compactas, junto de uma tampa de bagageiro totalmente Clean, além de possuir um protetor traseiro. Esta mesma carroceria foi elaborada em um design suavemente avolumado, apresentando um belo desenho aerodinâmico de coeficiente angular em 0,33. Está munido de espelhos retrovisores de grande porte, os quais funcionam por meio de repetidores de direção. As suas rodas, produzidas em aço ou liga leve são do tipo aros com raios de 14 ou 15 polegadas.

Em seu interior, esta nova versão do Ford Ka 2018 está equipado com um painel muito similar ao do modelo New Fiesta, portando um quadro de instrumentos e funções bem mais compactado, que permite uma leitura mais imediata e intuitiva, constituindo um console centralizado, munido de display direcionado ao sistema de SYNC, com desenho e acabamento geral perfeitamente atualizados. Embora não muito espaçoso, o mesmo interior possui uma disposição estrutural muito mais confortável. O seu porta-malas tem capacidade para 257 litros, embora se mantenha um pouco abaixo da média, em termos de porta-malas, neste segmento. Possui um tanque com capacidade para 52 litros, no sentido de garantir maior e melhor autonomia, quando movido a etanol.

Suas dimensões físicas exteriores são as seguintes: Mede em torno de 3,88 metros de comprimento, por 1,72 metros de largura, mais 1,52 metros de altura, sendo que possui 2,49 metros em seu entre eixos.

Nesse rol de veículos produzidos na série do Ford Ka 2018, basicamente todas as suas versões sofreram positivas alterações que se refletiram no valor adicional de 500 reais, embora os dois modelos intitulados SE Plus e SEL, aparelhados com motor do tipo 1.5, tenham tido aumento em seus preços, sem nenhuma alteração significativa, no valor 700 reais.

Na relação abaixo é possível verificar todas as versões e seus respectivos valores, dentro da linha Ford Ka 2018:

O Ford Ka S 1.0 2018, pelo valor de 44.030 reais;

O Ford Ka SE 1.0 2018, pelo valor de 45.030 reais;

O Ford Ka SE Plus 1.0 2018, pelo valor de 46.590 reais;

O Ford Ka Tecno 1.0 2018, pelo valor de 48.390 reais;

O Ford Ka Trail 1.0 2018, pelo valor de 48.430 reais;

O Ford Ka SEL 1.0 2018, pelo valor de 52.290 reais;

O Ford Ka SE 1.5 2018, pelo valor 49.340 reais;

O Ford Ka SE Plus 1.5 2018, pelo valor de 50.890 reais;

O Ford Ka Trail 1.5 2018, pelo valor de 52.740 reais;

O Ford Ka SEL 1.5 2018, pelo valor de 56.590 reais.

Por Paulo Henrique dos Santos

Ford Ka 2018


O anúncio da nova geração dos veículos Ford Ka e Ford Ka Sedan do ano de 2018 veio acompanhado para os consumidores interessados de um aumento em seus valores financeiros devido às mudanças que ocorreram em sua estrutura mecânica, externa e interna.

A delimitação de uma tabela com valores para aquisição de certo modelo que é informada pode sofrer alterações em virtude de aspectos variados que geram aumento nos custos para sua fabricação os quais são repassados aos consumidores finais.

Uma situação como a apresentada anteriormente está ocorrendo já no início deste ano com a alta nos preços do Ford Ka e Ka Sedan 2018 cujos detalhes técnicos e operacionais serão apresentados em seguida neste artigo.

Entenda a alta nos preços do Ford Ka e Ka Sedan 2018

O anúncio da nova geração dos veículos Ford Ka e Ford Ka Sedan do ano de 2018 veio acompanhado para os consumidores interessados de um aumento em seus valores financeiros devido às mudanças que ocorreram em sua estrutura mecânica, externa e interna.

Estas melhorias levaram a um aumento médio de R$470,00 a R$900,00 no valor destes veículos dependendo da versão a ser escolhida com preços iniciais de R$43.760,00 para o Ford Ka SE 1.0 e de R$46.790,00 para esta mesma linha do Ford Ka Sedan.

Já em suas versões mais completas, os valores passaram a ser de R$54.690,00 para a versão hatch SEL 1.5 litros enquanto em seu modelo sedan a versão SEL Plus 1.5 litros não sai por menos de R$60.690,00 em sua configuração básica.

Características técnicas do Ford Ka e Ka Sedan 2018

A linha de veículos formada pelo Ford Ka e Ford Ka Sedan 2018 apresenta como elementos incluídos de série direção do tipo elétrica, ar-condicionado, chave com acionamento remoto além de abertura de vidros tanto traseiros quanto dianteiros com mecanismos elétricos.

Quanto ao seu funcionamento mecânico, o Ford Ka e Ford Ka Sedan 2018 apresentam versões com motores 1.0 ou 1.5 litros portadores de tecnologia flex para uso de combustível em um câmbio do tipo manual em todos os casos com 5 marchas integrantes.

O bom desempenho que estes automóveis agora apresentam são um dos fatores mais preponderantes para justificarem o seu aumento já que pode render de 85 a 110 cavalos de potência quando são utilizados.

Apresenta ainda a capacidade de alcançar uma velocidade máxima de 166 Km/h conseguindo acelerar de 0 a 100 Km/h em 13,9 segundos em um consumo que varia de 10,4 Km/litro na cidade usando etanol e de 15,1 Km/l na estrada tendo a gasolina como combustível.

Esta nova geração recebeu as versões S e Tecno com alternativas diferenciadas em sua dinâmica como rodas de liga leve de 15 polegadas, controle de estabilidade e tração e assistente para direção em rampas.

Oferecem, ainda, faróis de neblina, computador de bordo bem como bancos possuindo cores e formatos de costuras exclusivos destas duas novas configurações do Ford Ka e Ford Ka Sedan 2018.

Detalhes internos do Ford Ka e Ka Sedan 2018

Em seu interior não apresenta um espaço ampliado, mas o seu formato diferenciado acaba sendo atrativo para os consumidores com bancos de revestimento confortável e diversos porta-objetos distribuídos.

Ao considerar de maneira específica os bancos destes automóveis, eles possuem em todas as versões possibilidade de realizar seu ajuste vertical sendo que na versão SEL apresentam revestimento em couro.

Para o motorista oferece como diferencial o painel de instrumentos compacto e de fácil leitura de suas informações ofertadas além do seu porta-malas com capacidade para receber até 257 litros de itens em seu interior.

Em seu entretenimento estes veículos proporcionam um sistema multimídia com som o qual permite acionamento de atividades por meio do comando de voz emitido pelos seus ocupantes.

Conclusão

Portanto, a alta nos preços do Ford Ka e Ka Sedan 2018 foi efetuada neste início de ano pela sua concessionária em virtude de melhorias que foram efetuadas nestes modelos populares de grande saída no mercado automotivo brasileiro.

Por Ana Camila Neves Morais

Ka 2018

Ka Sedan 2018


Modelo chega às lojas custando entre R$ 99 mil e R$ 179 mil.

Recentemente a Ford divulgou os preços referentes a versão diesel da seu novíssima Ranger 2017, agora foi a vez da empresa divulgar os demais preços da versão 2017 de sua picape, com preços que podem variar em R$ 80.400.

Custando R$ 99.500 em seu lançamento está a Ranger XLS 2.5 Flex e manual 4×2 de cabine dupla. Por R$ 109.900 temos a Ranger XLT 2.5 flex manual 4×2 com cabine dupla. No meio da tabela ainda temos dois modelos com preços mais elevados, por R$ 129.900 e R$ 142.900 respectivamente, trata-se do modelo Ranger XLS 2.2 turbodiesel manual 4×4 com cabine dupla e o Ranger XLS 2.2 turbodiesel A/T 4×4 com cabine dupla.

Fechando a lista como os mais caros da linha Ranger 2017, temos o XLT 3.2 turbodiesel A/T 4×4 por R$ 166.900 e o Limited 3.2 turbodiesel A/T 4×4 com cabine dupla, saindo pelo exorbitante preço de R$ 179.900. Porém, a Ford promete compensar aqueles que comprarem a picape mesmo com o alto valor, visto que a empresa mencionou que a versão 2017 da Ranger é a melhor já feita, pelas melhorias na estrutura e na segurança do automóvel.

Todos os modelos contam com satisfatórios 5 anos de garantia, bem como sete airbags, freios com ABS, ganchos isofix, encostos de cabeça, cinto de segurança e ainda um sistema eletrônico para garantir a tração e a estabilidade da picape.

Aqueles que desejam contar com a versão mais cara e completa da picape, a Limited, contaram com funções exclusivas na série, como alerta de colisão frontal, piloto automático podendo acelerar e frear por meio da distância entre sua picape e o veículo a frente, bem como um sistema para avisar o motorista quando o carro muda de faixa de forma involuntária, vibrando o volante. A versão Limited ainda conta com monitoramento da pressão nos pneus da picape, garantindo segurança máxima para o motorista.

Na motorização da picape não tivemos mudanças, continuando com o bloco 2.5 litros flex, sendo capaz de desenvolver 168/173 cv para gasolina/etanol, o que não deve receber tanta atenção dos consumidores. Quanto aos propulsores turbodiesel, a caixa manual e automática está disponível, em seis velocidade e com a tração 4×4.

Ainda contaremos com mudanças visuais na série, principalmente na grade frontal, que agora conta com um formato de escudo, bem como os faróis, menores. Na versão mais cara, as rodas possuem um novo desenho e a Ford irá oferecer a cor metálica vermelho Toscana nas picapes.

O painel do automóvel também sofreu alterações, visto que as entradas de ar estão diferentes, bem como as 8 polegadas da central multimídia SYNC, novidades nos comandos do ar condicionado da picape e no desenho do volante, que sofreu alterações em comparação às versões anteriores.

Laisa Silva


Montadoras Ford e Honda anunciaram alta nos preços de alguns de seus modelos.

Após um grande empurrão por parte da tão famosa crise, cerca de 74% das empresas afirmam que seu impacto ainda não foi superado. Grande parte da perca se relaciona à perda de investimentos, falta de demanda e acesso ao crédito.

A população em si consegue sentir na pele tal situação, em que 90% destes são ricos, escolarizados, e moradores de grandes cidades ou metrópoles.

A percepção populacional ocorre, segundo argumentos dos mesmos, devido ao aumento de preços de produtos e serviços, ou inflação, mencionado por 56%. E os demais se dividem entre argumentos que sugerem como culpada a corrupção, elevação de juros, falta de emprego, e aumento do preço do dólar.

Supera-se com grande luta, uma barreira implícita de 2 milhões de veículos vendidos este ano, causando pânico em boa parte desta área do mercado. De janeiro a setembro, foram registrados cerca de 1,95 milhão de automóveis, tanto comerciais leves, caminhões e ônibus, o que significa um decréscimo nas vendas de 22,6% em comparação com 2,5 milhões de unidades emplacadas nos mesmos nove meses de 2014.

Novidades na crise surgem com contraste em relação a outros mercados. Como já estamos acostumados com o sistema "Eu os ajudo a sair da crise que criei" devemos nos conter na hora de escolher privilégios, luxos e, é claro, marcas.

Os sites das empresas Ford e Honda divulgam preços de novos modelos de automóveis. E com todos os comércios abaixando seus preços, disponibilizando descontos, cortando taxas, nos deparamos com um leve, mas considerável aumento.

Com o susto (ou não), é explícito que existem empresas que agem como tanques de guerra, ignorando completamente a ausência de compras deste porte, ou provocando aqueles que não hesitam em investir em algo tão útil, ou importante como o ego, ou o carro mesmo.

Veja abaixo uma lista de preços feita pelo site Exame.com:

FORD:

– Ka:

  • SE 1.0 – R$ 40.590 (antes, R$ 39.390);
  • SE Plus 1.0 – R$ 42.690 (antes, R$ 41.390);
  • SEL 1.0 – R$ 46.290 (antes, R$ 44.490);
  • SE 1.5 – R$ 44.490 (antes, R$ 43.090);
  • SE Plus 1.5 – R$ 46.590 (antes, R$ 45.190);
  • SEL 1.5 – R$ 50.190 (antes, R$ 48.190).

– Ka+:

  • SE 1.0 – R$ 43.590 (antes, R$ 42.390);
  • SE Plus 1.0 – R$ 45.690 (antes, R$ 44.490);
  • SEL 1.0 – R$ 49.290 (antes, R$ 47.490);
  • SE 1.5 – R$ 47.490 (antes, R$ 46.090);
  • SE Plus 1.5 – R$ 49.590 (antes, R$ 48.190);
  • SEL 1.5 – R$ 53.190 (antes, R$ 51.190).

– Fiesta:

  • S 1.5 – R$ 47.990 (antes, R$ 46.790);
  • SE 1.5 – R$ 52.090 (antes, R$ 50.890);
  • SE 1.6 – R$ 55.090 (antes, R$ 53.890);
  • SE 1.6 Powershift – R$ 59.590 (antes, R$ 58.390);
  • Sport 1.6 – R$ 61.390 (antes, R$ 60.190);
  • Titanium 1.6 Powershift – R$ 66.490 (antes, R$ 65.290).

– Fiesta Sedan:

  • SE 1.6 – R$ 58.790 (antes, R$ 55.790);
  • SE 1.6 Powershift – R$ 63.290 (antes, R$ 62.290);
  • SE Plus 1.6 Powershift – R$ 64.990;
  • Titanium 1.6 Powershift – R$ 70.790 (antes, R$ 69.790);
  • Titanium Plus 1.6 Powershift – R$ 73.790.

– Focus:

  • SE 1.6 – R$ 69.900;
  • SE Plus 1.6 – R$ 73.900 (antes, R$ 71.900);
  • SE Plus 2.0 Powershift – R$ 80.900 (antes, R$ 78.900);
  • Titanium 2.0 Powershift – R$ 88.900 (antes, R$ 86.900);
  • Titanium Plus 2.0 Powershift – R$ 97.900 (antes, R$ 95.900).

– Focus Fastback:

  • SE 2.0 Powershift – R$ 81.900 (antes, R$ 77.900);
  • Titanium 2.0 Powershift – R$ 89.900 (antes, R$ 87.900);
  • Titanium Plus 2.0 Powershift – R$ 98.900 (antes, R$ 98.900).

HONDA:

– Fit:

  • DX manual – R$ 52.700 (antes, R$ 51.600);
  • DX CVT – R$ 57.900 (antes, R$ 56.600);
  • LX manual – R$ 57.700 (antes, R$ 55.900);
  • LX CVT – R$ 62.900 (antes, R$ 60.800);
  • EX CVT – R$ 67.900 (antes, R$ 65.900);
  • EXL CVT – R$ 70.900 (antes, R$ 68.900).

– City:

  • DX manual – R$ 55.300 (antes, R$ 53.900);
  • LX CVT – R$ 64.900 (antes, R$ 63.400);
  • EX CVT – R$ 69.000 (antes, R$ 67.700);
  • EXL CVT – R$ 72.700 (antes, R$ 70.900).

– Civic:

  • LXS manual – R$ 73.000 (antes, R$ 71.900);
  • LXS CVT – R$ 76.000 (antes, R$ 74.900);
  • LXR – R$ 80.700 (antes, R$ 79.400);
  • EXR – R$ 90.700 (antes, R$ 89.400).

– HR-V:

  • LX manual – R$ 73.700 (antes, R$ 71.900);
  • LX CVT – R$ 79.700 (antes, R$ 77.400);
  • EX CVT – R$ 84.700 (antes, R$ 82.400);
  • EXL CVT – R$ 92.900 (antes, R$ 90.700).

– CR-V:

  • EXL 4WD – R$ 136.900 (antes, R$ 134.900).

Por Caio Nunes Estima Magalhães

Ford Ka 2015

Honda Fit 2015

Fotos: Divulgação


Novo modelo reestilizado será lançado no Salão de Buenos Aires e virá para o Brasil logo em seguida.

O Ford Focus apareceu mais caro no configurador da página da montadora Ford, esse aumento do veículo ocorreu um pouco antes da chegada o novo modelo reestilizado do veículo.

O novo Focus reestilizado tem previsão para ser lançado oficialmente somente no Salão de Buenos Aires, evento que ocorrerá no mês de junho e deverá chegar ao Brasil logo em seguida.

Contudo, enquanto isso não acontece, o Focus tem preços a partir de R$ 69,9 mil na sua versão mais básica que é a S 1.6, sendo que pode chegar a custar até R$ 98,9 mil na versão considerada topo de linha, que é Titanium Plus 2.0.

Após ter sido lançada aqui no Brasil no mês de outubro do ano de 2013, a terceira geração do Focus tinha os seus preços entre R$ 60.990 e R$ 89.990. Apesar de o segmento dos sedans médios estar sofrendo uma forte queda nas vendas, o Ford Focus ainda assim conseguiu ser o líder de vendas com apenas 1.188 unidades comercializadas no país ficando à frente dos seus principais concorrentes que são o Volkswagen Golf e o Chevrolet Cruze.

A versão de mais básica do Focus, a S 1.6, já vem de fábrica, além dos itens obrigatórios, com os seguintes incrementos: airbag duplo e freios ABS, vidros elétricos somente parte dianteira, ar condicionado analógico, banco do motorista com regulagem de altura, retrovisores elétricos, alarme, Isofix, volante com ajuste de profundidade e altura, dentre outros itens.

Conforme a versão escolhida pelo cliente no ato da compra o veículo pode sair da concessionária acrescido com os seguintes itens: seis airbags, retrovisores externos com rebatimento e aquecimento elétrico, Park Assist, controle de tração e estabilidade, faróis de Xenon, sensores de estacionamento na parte dianteira e traseira, bancos em couro, ar digital de duas zonas, sensor de chuva, câmera de ré, sistema de navegação e Sybs Media System com o sistema MyFord Touch.

Veja abaixo a tabela de preço com os preços das diversas versões do Ford Focus.

– Ford Focus S 1.6: R$ 69.900;

– Ford Focus SE 1.6: R$ 74.900;

– Ford Focus SE 1.6 Power Shift: R$ 78.900;

– Ford Focus SE 2.0 Power Shift: R$ 79.900;

– Ford Focus Titanium 2.0 Power Shift: R$ 87.900;

– Ford Focus Titanium Plus 2.0 Power Shift Plus: R$ 95.900;

– Ford Focus Sedan S: R$ 77.900;

– Ford Focus Sedan SE: R$ 82.900;

– Ford Focus Sedan Titanium: R$ 90.900;

– Ford Focus Sedan Titanium Plus: R$ 98.900.

Por Adriano Oliveira

Ford Focus reestilizado

Ford Focus reestilizado sedan

Fotos: Divulgação


Nos últimos dias houve um grande reajuste de preços em toda a linha de automóveis da Ford. Os reajustes estão acontecendo devido ao retorno do aumento do valor do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). No fim do ano passado, a redução do IPI provocou um pequeno BOOM de vendas que se manteve até o início deste mês, com o retorno desse imposto acredita-se que haverá uma nova fase ruim para o mercado automobilístico.

O novo Ford Ka chegou ao mercado custando R$ 35.390 em sua versão 1.0 SE. Com o aumento dos valores, o preço do carro saltou para R$ 37.490. O aumento de R$ 2.100 no custo do carro representa uma alta de 5,9% no valor total. Falando apenas em números reais esse não foi o maior aumento de preço na linha Ford Ka. A melhor configuração do carro, a linha SEL teve aumento de R$ 2.300 e agora custa R$ 42.290, o que representa uma alta de 5,8% do seu valor.

Na novíssima linha do sedan Ka+ houve aumentos menos significativos e os preços variaram entre R$ 800 e R$ 1.600. A versão mais básica do automóvel (a versão de entrada, com motor de 1.0 litro SE) agora sai da loja no valor de R$ 40.390. Inicialmente seu valor era de R$ 38.890. Não só houve uma alteração de preço como o Ford Ka+ também aparentemente deixou de contar com a versão 1.0 SEL, que inclusive saiu do site da Ford.

O mercado automobilístico brasileiro vinha se recuperando de um saldo ruim no ano passado. Com o retorno do IPI espera-se uma nova queda nas vendas. O ano terminou com uma redução de 6,9% aproximadamente na venda de automóveis em território nacional. As montadoras e concessionárias acreditam que esse semestre continuará com vendas em baixa devido ao retorno do imposto. O esperado é que no segundo semestre a situação melhore, porém não se acredita em um saldo positivo de vendas até o final deste ano.

Os novos valores do Ford Ka agora variam entre R$ 37.490 até R$ 45.990 e os valores do Ka+ variam de R$ 40.390 até R$ 48.890.

Por Nosf

Ford Ka

Ford Ka

Fotos: Divulgação


Se você está pensando em comprar um carro e o novo Ford Ka é uma de suas opções, saiba que o modelo passou pela sua primeira alteração de preços.

Lançado há pouco tempo no mercado brasileiro, o modelo teve uma excelente aceitação do público, tanto na configuração hatch quanto na sedan. Por isso, a Ford já promove o primeiro reajuste de preços de ambos os modelos, com aumento de até R$ 1.000, dependendo da versão escolhida.

Com grande aceitação do público nacional, o novo Ford Ka chegou com força para competir no segmento, fechando o mês de novembro/2014 com 10.748 unidades comercializadas, garantindo a quarta colocação na comparação das vendas de todos os carros do mercado brasileiro, desbancando Hyundai HB20 (5º), Fiat Uno (6º) e ficando relativamente próximo do Volkswagen Gol, 4º colocado com 12.024 veículos emplacados em novembro.

Se anteriormente o Ford Ka hatchback e o Ka+ (sedan) eram oferecidos na configuração de entrada SE 1.0 com preços a partir de R$ 35.390 e R$ 37.890, respectivamente, agora os modelos de entrada são vendidos por R$ 35.990 (aumento de R$ 600) e R$ R$ 38.890, alta de R$ 1.000, a mesma elevação de preço praticada para a versão SEL 1.0 do Ka+, que deixou de custar R$ 42.490 para ser comercializado por R$ 43.490.

Disponível nas configurações SE, SE Plus e SEL, tanto a configuração hatch como a sedan podem vir ou com o motor três cilindros 1.0 12V TiVCT que entrega até 85 cv e torque de 10,7 kgfm quando abastecido com etanol, ou com o bloco Sigma quatro cilindros 1.5 16V que gera até 110 cv e torque de 14,8 kgfm. Ambos possuem a tecnologia Easy-Start, que dispensa o uso de tanquinho para partidas a frio, além de dispor da classificação A de eficiência energética do Inmetro.

Equipado com uma boa lista de equipamentos, desde a versão de entrada o Ford Ka vem com, entre outros, freios ABS com EBD, airbag duplo, direção elétrica, volante com ajuste de altura, ar-condicionado, vidros e travas com acionamento elétrico, chave do tipo canivete e com abertura elétrica do porta-malas, My Ford Dock e sistema de som com conexão via Bluetooth e entrada USB.

Abaixo, versões, preços novos e valores antigos do Ford Ka:

  • Hatch:

– SE 1.0 – R$ 35.990 (R$ 35.390);

– SE Plus 1.0 – R$ 37.990 (R$ 37.390);

– SEL 1.0 – R$ 40.590 (R$ 39.990);

– SE 1.5 – R$ 40.390;

– SE Plus 1.5 – R$ 42.390;

– SEL 1.5 – R$ 44.990 (R$ 44.490).

  • Sedan (Ka+):

– SE 1.0 – R$ 38.890 (R$ 37.890);

– SE Plus 1.0 – R$ 40.890 (R$ 39.890);

– SEL 1.0 – R$ 43.490 (R$ 42.490);

– SE 1.5 – R$ 43.290 (R$ 42.890);

– SE Plus 1.5 – R$ 45.290 (R$ 44.890);

– SEL 1.5 – R$ 47.890 (R$ 47.490).

Por Caio Polo

Ford Ka

Ford Ka+

Fotos: Divulgação


A Ford, empresa norte-americana de automóveis, anunciou neste ano a nova versão de seu compacto Ka, conhecido por ser um carro pequeno, econômico e barato. Porém, ao contrário das renovações anteriores do modelo, o carro agora conta com uma versão sedan além da hatch, que mudou totalmente essa visão do Ka ser um carro com espaço mínimo.

Para a versão sedan, chamada de Ka+, o carro está disponível com duas opções de motores, o SE 1.0 e o SE 1.5. A versão 1.0 conta com motor flex TiCVT, com 3 cilindros, potência máxima de 80 cavalos quando abastecido 100% com gasolina e de 85 cavalos quando abastecido com etanol. O torque é de 100 Nm na gasolina e 105 Nm no etanol. Já a versão 1.5 vem com motor flex Sigma, com 4 cilindros, potência máxima de 105 cavalos na gasolina e chegando a 110 cavalos quando o tanque está apenas com etanol. O torque dessa versão é de 143 Nm quando rodando com gasolina e de 146 quando no etanol.

Ambas as versões possuem freios dianteiros a disco e traseiros a tambor, direção elétrica, vêm com pneus 175/65 R14, rodas de aço de 14 polegadas, porta-malas com 445 litros, sistema de partida a frio Ford Easy-Start, suspensão dianteira independente tipo Macpherson e traseira com eixo autoestabilizante tipo Twist Beam. O tanque de combustível do Ka+ suporta até 51 litros, possui tração traseira e o veículo possui transmissão manual de 5 velocidades. O carro vem com 2 airbags frontais e freios ABS com EBD.

Exteriormente o carro possui capas dos retrovisores, maçanetas externas, para choques traseiros e dianteiros na cor do veículo, grade dianteira com 4 barras pintada em cinza, aplique preto nas colunas das portas, faróis com acabamento cromado e chave canivete com controle remoto.

Internamente o carro vem com ar-condicionado, desembaçador de vidro traseiro, para-sóis com espelho, bolso porta-revistas atrás dos bancos dianteiros, aquecedor, ajuste de altura do volante, porta-malas com abertura elétrica, todos os modelos com pelo menos vidros elétricos dianteiros e apoios de cabeça traseiros com regulagem de altura.

O carro está disponível em sua versão mais básica, a SE 1.0, a partir de R$ 38.890, chegando até R$ 47.890 na versão mais top, a SEL 1.5.

Por Rannier

Ford Ka+

Ford Ka+

Ford Ka+

Fotos: Divulgação


Mesmo com o mercado brasileiro automotivo em baixa, a Ford começou a vender o New Fiesta com um novo reajuste de preço. Os preços do modelo sofreram um reajuste entre R$ 100 e R$ 500, com a versão de entrada S 1.5 partindo dos R$ 42.990.

A configuração S 1.5, mais básica do Ford New Fiesta, e a SE 1.5 que anteriormente eram oferecidos por R$ 42.890 e R$ 46.890, sofreram um reajuste de R$ 100 cada, passando a ser vendidos por R$ 42.990 e R$ 46.990, respectivamente.

A versão SE 1.6 encareceu R$ 500, custando R$ 49.490, enquanto que a configuração SE 1.6 com câmbio PowerShift subiu R$ 400 e sai por R$ 53.890. Por fim, a versão topo de linha Titanium agora é vendida por R$ 55.590 na configuração com câmbio manual (aumento de R$ 500) e a com transmissão PowerShift agora é tabelada em R$ 59.990 (elevação de R$ 400).

Apesar do reajuste que o modelo sofreu, o New Fiesta não teve nenhuma alteração na lista de equipamentos de série.

A versão de entrada (S 1.5) tem como destaque os freios ABS com EBD, airbag frontal, ar condicionado, direção elétrica, espelhos retrovisores externos e vidros dianteiros com acionamento elétrico, trava elétrica das portas com controle remoto, alarme volumétrico, My Connection que abrange o sistema de som com entrada USB e conexão Bluetooth, computador de bordo e rodas de 15 polegadas com calotas.

A lista da versão topo de linha (Titanium) traz de destaque sete airbags (frontais, do tipo cortina e joelho para o motorista), sensor de estacionamento traseiro, sensor de chuva, sensor crepuscular, espelho retrovisor interno eletrocrômico, volante revestido em couro, bancos revestidos parcialmente em couro e rodas de liga leve de 16 polegadas.

Mecanicamente também não há nenhuma alteração e o New Fiesta pode ser equipado com motor 1.5 Sigma Flex que rende até 111 cv e torque de 14,9 kgfm com etanol, ou com o bloco 1.6 Sigma TiVCT Flex, capaz de entregar 130 cv e torque de 16 kgfm quando abastecido com etanol. O propulsor 1.5 sempre está associado a um câmbio manual de cinco marchas, enquanto que o motor 1.6 pode trazer o câmbio manual ou a transmissão sequencial PowerShift de dupla embreagem e seis velocidades.

Por Caio Polo

Ford New Fiesta

Foto: Divulgação


O novo Ford Ka será apresentado ao mercado nacional com inovações que trouxeram maior desempenho ao funcionamento em movimento do carro e redução de gastos. Referente ao motor 1.0 três cilindros de 85 cavalos, trará aos brasileiros uma economia significativa de combustível, sendo considerado um dos carros com expressiva diminuição de gastos.

De acordo com dados especificados pelo PBE (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular), do Inmetro, o modelo proposto aos consumidores que foi denominado com distinção aos demais, ou seja, Ka 5 portas foi designado com nota A e certificado com  o selo Conpet de Eficiência Energética.                             

Os testes realizados respectivamente com etanol e gasolina, propiciaram ao modelo consumos distintos de combustível. O etanol alcançou uma média de 8,9 km/l na cidade e na estrada 10,4 km/l. Concernente a gasolina, o proveito do carro no trajeto urbano foi de 13 km/l e 15,1 km/l no rodoviário.

O motor do novo modelo de acordo com a Ford demonstra aos consumidores um ótimo desempenho enquanto estiver ativado a percorrer o fluxo em alta velocidade e em quinta marcha, não proporcionando ascensão na rotação ou desconforto em relação aos demais passageiros que estiverem no carro.

A potência do Ka se resume em 85 cavalos e 10,7kgfm de torque, o novo propulsor é considerado o 1.0 mais veloz e com maior torque em relação aos outros tipos correspondentes a mesma produção de motor, que estão propagados e são comercializados no Brasil. A produção designada especificamente ao veículo implica em um duplo comando de válvulas que altera a ativação de admissão e escapamento independente, além de abdicar o tanque de gasolina para partidas a frio.

Foi feito com alumínio o cabeçote do carro, que integra um tipo de correia feito especialmente para compor o motor do novo Ford Ka, apresentando lubrificação permanente o que fornece maior durabilidade, que as demais existentes no mercado.

O veículo por ser advindo de um processo de produção diferente aos que compõe a linha e foram produzidos anteriormente, propõe equipamentos de grande tecnologia e o que faz estar na faixa inicial de R$ 32 mil a R$ 35 mil. A divulgação está próxima, foi decido que o lançamento será após o fim da Copa do Mundo.

Por Lorena de Oliveira

Ford Ka

Foto: Divulgação


Novo Ford FocusA nova versão do Ford Focus chegou e já existem comentários de que o lançamento teve algumas desvantagens.

De acordo com o site do Jornal do Carro, o novo modelo está com um preço mais alto e teve alterações que colocaram em risco o seu desempenho. Exemplo disso é um porta-malas menor, de apenas 12 litros, 22 quilos a mais e um espaço interno menor – devido ao teto mais baixo.

Mas o assunto é o preço. O motor 1.6 Flex de 135 cv sai por R$ 8.000 de diferença em relação ao Focus atual, vendido a R$ 53 mil. Para levar nas duas versões com motor 1.6, um câmbio PowerShift – um automatizado de dupla embreagem com seis marchas, e o sistema AdvanceTrac – um controle de tração, o comprador deve pagar mais R$ 6.000, totalizando R$ 14.000 de diferença. Detalhe: as versões 2.0 só vêm equipadas com essa transmissão e trazem o AdvanceTrac de série.

E para encarecer ainda mais, a opção do pacote Plus, que traz airbags do tipo cortina, sistema sem chave de abertura e partida, retrovisores rebatíveis, ar condicionado digital e sensores de chuva e crepuscular, fazem o valor subir em torno de R$ 22.990, totalizando R$ 75.990.

Por Jaime Pargan


Na busca por uma fatia maior no mercado de caminhões extrapesados, a divisão de caminhões da Ford no Brasil anunciou o mais novo Cargo 2842.

O novo veículo entra no mundialmente segmento dos estradeiros que têm peso bruto total (PBT) de até 56 toneladas. A apresentação do Cargo 2842 aconteceu ao mesmo tempo em que a Ford Otosan (joint venture da empresa na Turquia) também exibia o novo caminhão.

Apesar de a apresentação ter acontecido em nosso mercado nacional, a Ford Caminhões ainda não tem uma data específica para o início das vendas do extrapesado. Entretanto, conforme o Diretor de Operações da divisão brasileira, Oswaldo Jardim, as vendas devem começar antes da Fenatran, que é o Salão Internacional do Transporte, que acontecerá no mês de outubro deste ano.

Nenhum detalhe técnico foi revelado ainda, mas foi informado que o Cargo 2842 foi desenhado em Camaçari (BA) e será produzido tanto em São Bernardo do Campo (SP) como em Eskisehir (na Turquia).

Até então, a Ford só competia pelo mercado dos caminhões extrapesados com o modelo Cargo 1933, que “aguenta” até 46 toneladas. A fatia de mercado da marca nesse setor é de 18,7%, conforme dados do final do ano passado.

Por Guilherme Marcon


Já começaram as vendas da Nova Ford Ranger, a primeira versão da picape com motor flex. O lançamento ocorreu em Salta (na Argentina) e agora a fabricante anunciou o início das vendas. Assim, a Ranger Flex será oferecida com cabine simples ou dupla e chegará ao mercado brasileiro custando a partir de R$ 61.900.

Além de ser Flex, a nova Ranger ainda conta com grande potência, pois é equipada com motor Duratec 2.5 16v, capaz de desenvolver até 173 cavalos de potência e 24,8 kgfm de torque. Para aqueles que gostam da tecnologia de câmbio automático, essa é a desvantagem desse carro, que só possui a opção de câmbio manual de 5 ou 6 marchas.

Entre os atrativos da nova Ranger estão: comandos de áudio e piloto automático no volante, ar condicionado, faróis de neblina, desembaçador do vidro traseiro, direção hidráulica, rodas de liga leve de 17 polegadas, chave tipo canivete, freios ABS com EBD, airbags, travas e retrovisores elétricos, computador de bordo e CD player com Bluetooth.

Para aqueles que gostam de mais detalhes, também é possível acrescentar bancos com ajuste de altura e lombar, airbags duplos, estribos laterais, itens cromados e ar condicionado digital de dupla zona.

Para obter mais informações sobre o veículo, acesse o site www.ford.com.br.

Por Camila Caetano


A montadora Ford anunciou os preços da linha Focus 2013. Quem desejar comprar algum veículo da categoria terá que desembolsar entre R$ 49.400 e R$ 68.620.

O Focus é conhecido pelo conforto que proporciona ao motorista e seus passageiros, além da segurança. Os carros saem da fábrica com controle automático dos vidros dianteiros, travas com controle remoto, air bag duplo, CD player, computador de bordo, entre outras regalias.

A linha 2013 apresenta quatro opções diferentes do automóvel: 1.6 GL, 1.6 GLX, 2.0 Flex GLX e 2.0 Titanium. Ambas as versões com motor 2.0 possuem câmbio automático, enquanto os modelos 1.6 ainda funcionam com a troca de marchas de maneira manual. Os carros 1.6 possuem a potência de 109 CV, quando com gasolina, e 115 CV, caso abastecidos com álcool. Já os 2.0 podem chegar a 143 CV com gasolina e 148 CV com álcool no tanque de combustível.

Outra vantagem para quem se dispõe a pagar mais caro e comprar as versões 2.0 são os bancos de couro, o som com Bluetooth, sensor de estacionamento, piloto automático e ajuste elétrico para o banco do condutor.

Por Mozart Artmann


A segunda geração da Ford Ranger foi apresentada neste último domingo (1º de julho) em Salta, cidade da Argentina. Com o passar dos anos, desde o lançamento do 1º modelo, a Ford vem atualizando o seu design e a sua tecnologia, resultando em um veículo cada vez mais moderno e reestilizado.

Nesta nova geração da Ranger, a montadora optou por incluir a novidade do motor flex Duratec 2.5 16V, capaz de gerar até mesmo 173 cv de potência no álcool e 168 cv na gasolina. Há também a opção com o motor a diesel Duratorq 3.2 20V, que rende até 200 cv de potência.

Em uma das versões, a XLS, a picape conta com algumas especificações técnicas de série, tais como ar condicionado, direção hidráulica, CD Player com MP3, computador de bordo e freios ABS com EBD. O veículo está disponível também nas versões XLT e Limited.

A Ford Ranger 2013 está inclusa na estratégia adotada pela empresa, a chamada One Ford, que consiste em comercializar o mesmo veículo mundialmente, sem alteração de características para determinados países.

De acordo com as informações obtidas, a picape será vendida em 180 países. No Brasil, os preços já foram divulgados, sendo de R$ 61,9 mil na versão XLS 2.5 flex CS, de R$ 106,9 mil na versão XLS 3.2 diesel CD e de R$ 87,5 mil na versão Limited 2.5 flex CD.

Por Anne A. Matioli Dias


Argentina acaba de ganhar o privilégio de ter a nova Ranger nas vitrines das concessionárias da Ford. Muito em breve a picape será distribuída pelo restante da América do Sul, mas, enquanto isso, somente os argentinos poderão admirá-la através dos vidros das lojas.

Segundo informações do site Argentina Autoblog, as quatro versões já estão sendo oferecidas em uma pré-venda.  Todos os modelos colocados à venda possuem cabine dupla e motor 3.2 TDCi, com o porte de 200 cv. Os interessados podem garantir sua picape Ranger a partir de 194.900 pesos, o que equivale a R$ 77.472, para versão XLT 3.2 TDCI 4×2. A com tração 4×4, mais pesada e própria para off-road, terá um valor de 223.700 pesos, ou seja, R$ 88.920. Outras versões como a Limited 3.2 TDCI 4×4, fica por volta de 254.400 pesos ou R$ 101.124, sendo que, com a adição da transmissão automática, o preço pode chegar a 264.700 pesos (R$ 105.218).

Ainda de acordo com as novidades do blog, as caminhonetes XLT e Limited possuem seis airbags de série, embora somente a Limited tenha equipamentos de tela sensível ao toque, com cinco polegadas e GPS incluído no console central.

A pré-venda teve início em 6 de fevereiro e as primeiras unidades adquiridas devem ser entregues no final do mês de maio.

Por Jéssica Monteiro 

Fonte: Quatro Rodas


O Ford New Fiesta Hatch, novidade da marca norte-americana para o mercado brasileiro, vai custar a partir de R$ 48.950.

O modelo, que é produzido no México, será oferecido em três versões, todas equipadas com o mesmo conjunto mecânico. O motor é o Sigma 1.6 16V, bicombustível, que entrega 110 cv quando movido a gasolina e 115 cv de potência se abastecido com álcool, e um torque máximo de 16,2 kgfm. Acoplado ao câmbio manual de 5 velocidades, o propulsor gera uma velocidade máxima de 190 km/h.

A versão de entrada do New Fiesta Hatch vai contar com rodas de liga leve de 15 polegadas; ar condicionado; computador de bordo; alarme; rádio com CD, MP3 e 6 alto-falantes; direção elétrica; e acionamento elétrico para travas, espelhos retrovisores e vidros, entre outros itens.

O modelo intermediário, cujo preço sugerido é de R$ 51.950, acrescenta ao pacote anterior itens como duplo airbag; assistente de partida em rampas (Hill Holder); controle de estabilidade; freios ABS; e o sistema multimídia Sync, em português, que entre outras funcionalidades, permite utilizar o comando de voz para fazer ligações no celular, enviar mensagens e procurar músicas.

Já a versão top de linha vem equipada com todos os acessórios citados anteriormente, além de rodas de liga leve aro 16, faróis de LED, bancos revestidos em couro, retrovisores externos com aquecimento e luzes de direção, e 7 airbags. Ela será vendida por R$ 54.950

Por André Gonçalves


Mais uma novidade aporta nas concessionárias Ford. Trata-se da linha 2012 do EcoSport que vem com novos itens de série, como airbag duplo e freios ABS, na versão FreeStyle 2.0.

O EcoSport 2012 na versão XLS vem com os seguintes itens de série: direção hidráulica; retrovisor, vidros e travas elétricos; ar-condicionado, rádio mp3, entre outros.

Para quem gosta de passear, o tanque do veículo utilitário da Ford é de 54 litros, dando mais autonomia em viagens.

O valor inicial dos modelos da linha 2012 é a partir de R$ 54.250. Agora quem quiser uma versão com itens diferenciais, vai ter que pagar um pouco mais caro. O EcoSport FreeStyle com motor Flex 1.6 está sendo vendido por R$ 60.130 e com motor 2.0 Flex sai por R$ 65.130, mesmo valor do modelo XLT de câmbio automático e motor Flex 2.0. Já o 4WD 2.0 Flex custa em torno de R$66.170.

Há a opção de bancos em couro para os modelos, ficando por R$ 68.010 o XLT Automático e por R$69.040 o modelo 4WD 2.0 Flex.

Por Andrea Gomes


Este mês já começam as vendas da Ranger Sport 2011 da Ford que conta agora com nova modelagem e confortabilidade, destacando-se como a picape mais vendida no Brasil.

Segundo site oficial da Ford, a Ranger vem com para-choque dianteiro da mesma cor do automóvel, além de uma nova grade de proteção, portas com moldura na lateral e na caçamba. O novo modelo pode ser adquirido por R$ 55.990, contendo 23 itens de série como direção hidráulica, ar-condicionado, vidros, travas e retrovisores elétricos, além de outros equipamentos.

O motor do automóvel é um Duratec 2.3 16V a gasolina, apresentando maior potência e torque equivalente a 150 Cv e 22,1 kgfm. A garantia de fábrica é de três anos.

Por Andrea Gomes


O novo Fiesta Hatch 2011 já está a venda nas concessionárias. Com inúmeras mudanças estéticas na dianteira e com um novo design, mas conservando a traseira e as laterais quase inalteradas, o novo Fiesta Hatch surpreende. Suas linhas modernas com visual inovador ainda assim não difere muito das versões anteriores, o que serve para continuar a agradar os fãs do modelo.

Disponível em duas versões, a básica, com motor 1.0, limpador e desembaçador traseiro, sistema de som, alarme, ar quente e localizador, está sendo vendida a R$ 29.000,00. A outra versão disponível tem motor 1.6, que custa R$ 34.000,00. Como opcional, a montadora oferece o pacote Ford Class, que inclui direção hidráulica, trio elétrico, freios ABS, ar condicionado e airbags frontais, por um preço total de R$ 41.250,00.

Nas revendedoras, preços e fotos de inúmeras unidades estão a disposição para satisfazer os mais diversos gostos. Confira!

Por Gerson de Morais


Para os fãs do modelo Fiesta a Ford já confirmou que o novo Ford Fiesta será posto a venda no país a partir do mês de Agosto, conforme informação do site da revista autoesporte.

O novo modelo do Fiesta, urbanamente elegante com seu design sóbrio, será colocado a venda somente na versão sedã e será batizado de “New Fiesta” e virá da fábrica mexicana de onde será importado já com ar condicionado e direção hidráulica. Terá motor 1.6, igual do Ford Focus, com potência de 110CV a gasolina e 115CV quando movido a etanol e seu preço partirá de R$ 49.900.

Chegando para brigar na faixa de preço com compactos do porte do Honda City e até de médios como o Nissan Sentra, o New Fiesta será uma opção no segmento dos sedãs compactos que aliam bom desempenho, conforto, qualidade e dirigibilidade com opcionais interessantes como freios ABS (passando para R$ 51.150), bancos de couro e sete airbags, incluindo um para proteção dos joelhos do motorista, inédito neste segmento (chegando a R$ 54.900).

Agora é só aguardar Agosto chegar para receber o “New Fiesta”.

Por Mauro Câmara


A montadora Ford anunciou nesta quarta-feira, dia 07, que irá investir cerca de US$ 250 milhões em aperfeiçoamento de suas fabricas e desenvolvimento de novos modelos na Argentina.

A previsão é para que esse valor seja investido até 2012.

O país vizinho promete, além de aperfeiçoar e manter as suas fabricas já existentes, um grande número em termo de desenvolvimento de veículos ainda não produzidos em nenhum lugar do mundo. Inovações e novos conceitos são esperados e a montadora garante que virá inovações e pretende elevar significativamente o numero de vendas e a expansão de território.

Por: José Alberi Fortes Junior.


O novo Ecosport tem previsão de chegada às concessionárias em maio deste ano. Com a mesma mecânica do modelo anterior, o esportivo da Ford apresenta pequenas modificações no seu design tais como o nome do carro estampado no capô e farol com máscara cinza.

O interior conta com computador de bordo e controle do sistema de som no volante, não presentes na versão antiga. A versão básica do carro custará em torno de R$ 49.900,00 e a XLT 1.6 sai por R$ 58.190,00.

Já antes de ser lançado, o modelo vem sofrendo duras críticas por conta da falta de modificações e pelo preço superior ao dos concorrentes com características semelhantes.

Fonte: Auto esporte

Por: Teresa Almeida


O engenheiro Donald Frey, criador do Ford Mustang, na década de 1960, e considerado uma lenda para todos os amantes de carro ao redor do mundo, morreu aos 86 anos, vítima de embolia, no dia 5 de março, com o anúncio sendo feito por seu filho Christopher, ao NY Times.

Frey nasceu em Saint Louis e fez doutorado em metalurgia na Universidade de Michigan. Enquanto funcionário da Ford, passou um bom tempo tentando convencer seus executivos aprovarem seus protótipos, fracassando na maioria das tentativas. Após o lançamento fracassado de um de seus modelos, o Edsel, a empresa de Henry Ford II ficou temerosa de lançar qualquer outro carro de Frey. Mas arriscou, e na Feira do Automóvel de Nova York em 1964, lançou o veículo, que anos mais tarde iria ser estabelecido como uma das maiores vendas da empresa.

Frey foi casado quatro vezes. Separado, deixou cinco filhos, nove netos e seis bisnetos.

Fonte: G1 Carros

Por Fabrício Fuzimoto


A Ford lança mais uma versão da Ranger, a versão Sport.

Esta versão, que foi uma das mais vendidas da versão antiga da Ford Ranger, irá trazer de série uma gama enorme de itens de conforto e de segurança.

Ar condicionado e ar quente, vidros e travas elétricas, controle remoto dos vidros e portas, direção hidráulica, alarme volante basculante são apenas alguns dos itens de serie desta versão, que promete alavancar as vendas desta caminhonete.

O motor da Nova Ford Ranger Sport 2010 é um motor 2.3 a gasolina (não é flex.) que gera 150 cavalos de potência.

Mira a S10 no mercado e tem um preço muito atraente, com valor de entrada de R$ 53.885,00.


Por José Alberi Fortes Junior





CONTINUE NAVEGANDO: