Montadora deve investir 1,3 bilhão de euros na produção de novos modelos. Veículos serão lançados nos próximos anos e devem aumentar o volume de vendas da marca.

Uma das maiores fabricantes de carros esportivos do mundo, a McLaren, tem planos ambiciosos para os próximos anos. A empresa pretende investir cerca de 1,3 bilhão de euros em pesquisa e desenvolvimento ao longo dos próximos seis anos, com o objetivo de lançar 15 novo produtos. Com isso, a McLaren deverá alcançar a marca de 4.500 a 5.000 unidades vendidas em 2022, um número bem superior ao vendido nos dias atuais. No ano passado, a empresa conseguiu vender 1.654 veículos.

Para este ano, o foco é aumentar as vendas consideravelmente para cerca de 3 mil unidades. Para conseguir estes números, a montadora inglesa, que atua na Fórmula 1 há anos, pretende investir em algumas mudanças em sua plataforma, com o objetivo de melhorar a engenharia de seus automóveis. Uma das grandes mudanças que deverá acontecer é na arquitetura do motor. A empresa poderá seguir a tendência de motores híbridos para seus novos modelos. Ainda não há qualquer informação concreta sobre a mudança do motor V8 atual para um motor V6. De qualquer forma, a McLaren deverá seguir seus traços de design arrojados e bastante esportivos, características marcantes da empresa durante toda sua trajetória no mercado.

A McLaren Automotive, como é conhecido o setor de carros de rua da empresa, dobrou seu valor desde 2013 e espera conseguir o mesmo feito por volta de 2022. A montadora tem como um dos seus objetivos ampliar consideravelmente sua rede de concessionárias em todo mundo, o que deverá aumentar o suporte aos clientes e, consequentemente, as vendas de novas unidades em locais onde a empresa não tinha grande atuação.

Atualmente a empresa conta com 82 pontos de venda em todo mundo. Até o ano de 2022, a fabricante deverá contar com mais de 100 concessionárias. Seja quais forem as metas adotadas para seus novos carros, a empresa visa conseguir um aumento substancial em suas vendas para não ficar estagnada no mercado de carros esportivos de luxo. Montadoras concorrentes, como a BMW, estão investindo cada vez mais em tecnologia em seus automóveis, uma vez que os motores híbridos ganharam força e o conceito de carros semi-autônomos já estão em patamares avançados.

Por William Nascimento


O novo McLaren P1 foi foi filmado enquanto andava nas ruas européias durante a realização de testes. De acordo com o vídeo que circula no site Youtube este veículo que promete ser o melhor tanto nas ruas quanto nas pistas de automobilismo possui um motor V8 biturbo 3.8 litros.

Além disso, tudo indica que o McLaren P1 terá o sistema KERS, utilizado no Mundial de Fórmula 1, que permite um aumento na potência do veículo que pode chegar a incríveis 963 cavalos de potência.

Fonte: Autoblog.com

 

Agora é preciso aguardar o anúncio oficial da montadora sobre o lançamento do veículo bem como os seus preços que, com certeza, serão bem salgados para o consumidor.

Por Ana Camila Neves Morais


O Smart Car, que foi trazido ao Brasil pela Mercedes Benz com o intuito de ser um popular de luxo, no entanto não conseguiu emplacar em nosso país.

Embora o Smart fortwo seja considerado como uma expressão em economia de combustível e design moderno mesmo para mercados automobilísticos de primeiro mundo, no entanto, no Brasil não consegue emplacar, em virtude principalmente de seu alto custo para os padrões brasileiros.

No entanto, a diferença de tal veiculo no mercado internacional para o Brasil é assustador e incompreensível, pois enquanto o Smart Car Purê Coupe, no Estados Unidos tem um custo aproximado de $ 11 mil dólares, em nosso país tal veículo sai por cerca de R$ 57 mil.

Nos Estados Unidos o nível salarial é muito maior do que no Brasil, no entanto, este veículo (e praticamente todos) é vendido por um preço muito superior em nosso país.

É disponível em três motorizações a gasolina e a novidade maior é que já está disponível nos Estados Unidos ainda um modelo elétrico.

Possui itens de segurança normalmente reservados para carros de luxo, como por exemplo, é equipado com oito air bags e uma célula de segurança trídion especialmente projetado para o Smart Car que oferece uma segurança maior aos passageiros em caso de acidentes.

Por Denilson G Santos





CONTINUE NAVEGANDO: