Objetivo do desconto é estimular a utilização de veículos que não causam danos ao meio ambiente.

Na última sexta-feira, 21 de agosto, o prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad, assinou um decreto de regulamento que tem por objetivo oferecer nada menos que um desconto de 50% em relação ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores para os que possuem veículos híbridos e elétricos. O grande objetivo desta medida é estimular a utilização de veículos que não causam danos ao meio ambiente.

Para aqueles que não sabem, o IPVA é um imposto estadual e de caráter obrigatório que é pago anualmente pelos contribuintes que possuem algum veículo automotor registrado em seu nome. Com isso, as prefeituras possuem direito a 50% do valor do imposto, sendo que o restante é destinado a União. Visando estimular a utilização de veículos híbridos e elétricos, a Prefeitura de São Paulo irá devolver a sua metade para os contribuintes.

É importante destacar que a devolução não será realizada de forma automática, haja vista ser necessário fazer um requerimento, por parte do contribuinte, juntamente a prefeitura. Levando em consideração as regras do IPVA 2015 em São Paulo, a atual alíquota que incide sobre carros elétricos é de 3% em relação ao valor venal.

É importante destacar que, segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico, o número de veículos elétricos rodando no país ainda é pequeno. Portanto, a frota chega a 3 mil veículos elétricos, sendo que a frota total do país (contando todas as categorias de veículos) chega a 89 milhões de veículos. Uma das principais vantagens de um carro elétrico é o fato de não emitirem gases poluentes e ainda apresentar um gasto pequeno com energia, que é o seu combustível.

O requerimento para obter o desconto no IPVA 2015 em relação a carros elétricos será feito por meio eletrônico. O mesmo deverá ser disponibilizado através da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, que é anualmente no mês de maio. Sendo assim, o sistema irá funcionar de forma semelhante ao da Nota Fiscal Paulistana. Dessa forma, o pagamento será feito através de crédito em conta corrente do titular responsável pelo automóvel.

Por Bruno Henrique

Carro elétrico

Foto: Divulgação


A Rússia, como legitima integrante do BRIC, grupo de países que possuem economia emergente com altos níveis de crescimento, parece querer investir pesado na indústria automobilística. Assim como o Brasil, a China e a Índia, os outros integrantes do BRIC, os russos vem investindo em projetos e modelos de veículos que visam aumentar a eficiência e a qualidade dos carros russos.

Dentro desta nova tendência da indústria automobilística russa, o grupo Onexim, em parceria com uma grande fabricante de caminhões do país e os investimentos do empresário mais rico da Rússia, Mikhail Prokhorov, apresentaram o protótipo daquele que eles pretendem que seja o carro hibrido mais barato do mundo.

Batizado simplesmente de “E”, o modelo é um compacto de aspecto charmoso, linhas um tanto arredondadas principalmente na frente alta e de duas portas e que de acordo com os desenvolvedores do projeto terá espaço igual ao do modelo Mini Cooper. O carro que será desenvolvido em duas versões, a Cupê e a Hatch, que irão possuir um motor elétrico em cada roda e um propulsor a gasolina.

De acordo com os envolvidos no projeto a produção em série do “E” será iniciada em 2012 e o preço estimado de cada unidade deverá ficar em torno de US$ 14 mil.

Por Mauro Câmara

Fonte: G1





CONTINUE NAVEGANDO: