Somente a versão Titanium do novo Ecosport virá sem o estepe na parte de trás do carro. As outras versões irão se manter com o conhecido estepe traseiro.

A Ford lança o novo modelo de automóvel, o Ecosport 2020, que agora, modificando o seu modelo, virá sem o estepe traseiro externo, diferenciando-se de todas as outras versões.

O novo modelo do Ford Ecosport Titanium 2020 foi anunciado em São Paulo, no último Salão do Automóvel, com essa mais nova informação de que não haveria mais o pneu estepe reserva, que fica localizado na traseira do carro.

O veículo agora também irá utilizar os pneus modelos Run Flat ou ZP (Zero Pressure), que são conhecidos por serem pneus que se diferenciam totalmente dos demais, pois possuem as paredes com mais reforços, com o objetivo de evitar acidentes.

Os pneus dos modelos Run Flat ou ZP (Zero Pressure) possuem um valor um pouco mais alto que os outros pneus, mas oferecem muito mais benefícios como, por exemplo, se por algum motivo o pneu acabar sendo furado ou for acometido por algum dano, esses pneus dão ao condutor a chance de ainda conseguir permanecer no seu caminho por mais 80 quilômetros, seguindo a uma velocidade máxima de 80 km/h e se o condutor ainda fizer o uso do kit de reparo, essa distância poderá ser aumentada para 200 quilômetros, sempre se mantendo no limite de velocidade que é de, no máximo, 80km/h. Caso haja algum furo no pneu, o condutor acaba sendo informado pelo monitor de pressão dos pneus que não é necessário parar o veículo e interromper o trajeto.
Vale informar ainda que mesmo se o pneu estiver vazio, ele tem a capacidade de sustentar o peso do veículo sem que ocorra qualquer dano, conseguindo se manter com capacidade de ir até um lugar onde exista a possibilidade de se realizar a troca do pneu.

O automóvel Ford Ecosport 2020 está vindo sem o estepe, seguindo os modelos das versões que são vendidas nos Estados Unidos e na Europa e terá a placa de licença localizada mais alta que os outros carros.

Essa versão sem o estepe na parte de trás do carro, será somente para o modelo Titanium, as outras versões da Ecosport irão se manter com o conhecido estepe traseiro.

A porta de trás do veículo segue igual, abrindo para o lado, já o motor sofreu algumas modificações. O Ford Ecosport 2020 contará com alguns itens de série, como sete airbags, bancos todos em couro, chave de presença, teto solar elétrico, monitoramento de ponto cego e de tráfego cruzado, central de áudio Sync 3, com tela de 8 polegadas, terá também, faróis de xenônio e rodas de 17 polegadas, e custará o valor de R$103.890.

Entre outros modelos da Ecosport, o modelo SE, vem com valor de R$79 mil, para a versão manual e, na versão automática, que ainda vem com controle eletrônico de estabilidade e tração, rodas de 15 polegadas e central de áudio com 7 polegadas, ele chegará ao valor de R$85 mil.

O modelo Freestyle, traz um design que se destaca e ainda oferece câmera na parte de trás do automóvel, sensor de estacionamento também na parte de trás, bancos todos de couro, rodas com 16 polegadas e ar condicionado automático. Esse modelo vem no valor de R$85.890, para o modelo manual, e R$91.890 para o modelo automático, sofreu algumas alterações em relação ao seu antecessor. Dentre outras alterações, o novo modelo não possui mais comando no volante e a tela da central de áudio diminuiu.

Já o modelo do automóvel Ecosport Storm, vai ser lançado no valor de R$108.390, trazendo um motor 2.0, tração nas 4 rodas e mais alguns equipamentos que tem no modelo Titanium.

Por Carol Wurlitzer

Ford Ecosport 2020

Ford Ecosport 2020


O Range Rover Evoque 2020 apresenta design totalmente novo e presença de tecnologia híbrida.

Depois de quase dois anos das primeiras fotos da próxima geração do Range Rover Evoque, o SUV Premium da Grã-Bretanha finalmente estreou. E sim, ele parece um irmãozinho do Land Rover Velar, mas o carro é muito mais do que isso.

Maior Diferença? Espaço!

Não deixe que a aparência agressiva engane você – o novo Evoque não é maior do que o modelo que está substituindo. Na verdade, ele apresenta uma pegada quase idêntica ao seu antecessor. No entanto, graças à nova Arquitetura Premium Transversa de metal misto da Land Rover, ele oferece mais espaço para os passageiros, especialmente nos bancos de trás. O espaço de carga é cerca de 6% maior, com 610 litros, podendo alcançar os 1.430 litros com os bancos traseiros rebatidos.

Interior

O interior também nos lembra muito o Land Rover Velar, com o layout de tela dupla do console central, que é opcional. Existe agora também um painel de instrumentos totalmente digital, bem como controles de assento de 16 vias e ionização do ar da cabine. A Land Rover oferecerá aos clientes uma série de combinações de materiais que criarão "um espaço calmo e sereno, garantindo o conforto de seus ocupantes", segundo a marca inglesa.

Preocupação com o Meio ambiente

O corpo do SUV britânico é 13% mais rígido do que seu antecessor, e os níveis de ruído e vibração foram significativamente reduzidos. Até 33 kg de materiais naturais e reciclados têm sido usados ​​na construção de cada novo Evoque para reduzir seu impacto ambiental.

Híbrido Suave?

Híbridos leves ou “suaves” (também conhecidos como veículos híbridos assistidos por bateria) são geralmente motores de combustão interna equipados com uma máquina elétrica (um motor / gerador em uma configuração híbrida paralela) permitindo que o motor seja desligado sempre que o carro estiver parando ou freando. O veículo reinicia rapidamente quando o motorista acelera. Híbridos “suaves” podem empregar freio regenerativo e algum nível de potência auxiliar no motor de combustão interna (ICE, na sigla em inglês), mas híbridos “suaves” não têm um modo exclusivo de propulsão somente elétrico.

A nova plataforma da Land Rover oferece essa eletrificação e a Land Rover orgulha-se de apresentar o seu primeiro “híbrido suave” e o primeiro Evoque eletrificado da história. Possui um sistema híbrido “suave” de 4 cilindros, 48 ​​volts e 296 cavalos de potência (221 quilowatts) que captura a energia normalmente perdida durante a desaceleração e a armazena em uma bateria que fica embaixo do carro.

Como funciona?

O motor de combustão interna é desligado a velocidades abaixo de 17 km/h quando o motorista aplica os freios. Quando é hora de acelerar novamente, a energia armazenada é reimplantada para ajudar o motor. A Land Rover explica que este trem de força, que funciona com um ZF automático de nove marchas, é mais silencioso e mais refinado do que um motor a combustão interna padrão. Nem será necessário dizer que também é mais eficiente, mas não temos os números no momento.

Motor

No lançamento, a Land Rover também oferecerá um tradicional motor turbo a gasolina de 246 cavalos (183 quilowatts) com mais unidades a serem introduzidas posteriormente. Até o momento, não houve menção ao câmbio manual.

Modos de Direção

Todos os novos Evoques serão fornecidos de série com tração nas quatro rodas e o sistema “Terrain Response” da empresa. Ele oferece seis modos de direção: “Geral”, “Eco”, “Areia”, “Grama-cascalho-neve”, “Lama-sulcos” e “Auto”, com esse último permitindo que o veículo selecione automaticamente o modo mais apropriado para as condições da via e ajuste a suspensão e os sistemas eletrônicos. A distância ao solo do SUV Premium compacto é de 21,2 centímetros com ângulos de aproximação e de saída de até 25 e 30,6 graus, respectivamente.

Lançamento no Brasil

Teremos a estreia no Brasil apenas no segundo semestre de 2019.

Por Bruno Rafael da Silva

Range Rover Evoque 2020

Range Rover Evoque 2020





CONTINUE NAVEGANDO: