Citroën Ami Elétrico é solução de mobilidade em cidades turísticas


O Citroën Ami é um modelo lançado pela Citroën na Europa e surge no Brasil.

O Citroën Ami Elétrico foi pensado pela empresa para percorrer distâncias mais curtas e é um carro elétrico. Pouco depois do lançamento europeu, a empresa decidiu que era chegada a hora de anunciar a entrada do Ami no Brasil.


De acordo com as informações que se tem até o presente momento, o Citroën Ami Elétrico em questão está no estado de Pernambuco. Ele foi visto através de um flagra de José Dutra e atualmente tem-se mais detalhes sobre a versão que entrará no mercado brasileiro.


Nesse sentido, é interessante destacar que o Citroën Ami Elétrico possui uma abordagem completamente diferente de tudo o que a empresa fez até este ponto. Diante disso, é válido mencionar que ele não está tentando competir com outros carros já consolidados no mercado ou mesmo com lançamentos recentes. Na verdade, a competição do Citroën Ami Elétrico é com outros tipos de transporte motorizado.


Isso se torna claro quando se pensa a velocidade máxima atingida pelo carro, que é de 45km/h. Além disso, essa visão se torna ainda mais nítida quando se pensa que o Citroën Ami Elétrico somente tem espaço para dois passageiros e um bagageiro muito pequeno, capaz de acomodar somente 260L.


Segundo o divulgado, é possível comprar o Citroën Ami Elétrico na Europa por, em média, 7 mil euros. Entretanto, ele também pode ser alugado, o que se mostra uma vantagem em alguns casos. O aluguel pode ser tanto por um período mais prolongado, como alguns meses, quanto por algumas horas. Tudo depende da necessidade do usuário.

Quando se fala sobre a locação mensal, algo que tem chamado bastante a atenção, é preciso pagar 1700 euros de entrada para tal. Este valor é acrescido de 20 euros para cada mês de uso do veículo. No que se refere ao aluguel por horas, voltado para deslocamentos mais rápidos, é válido mencionar que o veículo passa a valer ainda mais a pena, visto que o seu preço é de 26 centavos por minuto, algo que está muito próximo das bicicletas que são alugadas através de aplicativos na Europa.

Vale ressaltar que este modelo de aluguel é algo cada vez mais presente na indústria automotiva e pode ser caracterizado como uma tendência. Ele é fruto da preocupação com a fabricação de veículos de uso compartilhado para a execução de atividades do dia a dia, como ir até o supermercado.

Portanto, como os carros estão se tornando cada vez maiores e mais caros, o Citroën Ami Elétrico acaba ganhando destaque para este nicho, que ainda está começando, mas já se mostra bastante atrativo e cômodo para os usuários. Diante disso, algumas pessoas chegaram a pontuar que devido às questões de conforto, o Ami pode acabar se tornando uma espécie de substituto para as motos.

De acordo com dados divulgados pela montadora, é possível acreditar que os usos mais recorrentes do Citroën Ami Elétrico futuramente acontecerão em locais voltados para o turismo. Inclusive, existem algumas especulações em sites de veículos automotivos que destacam que a decisão da Citroen de trazer este modelo para o Brasil tão rapidamente está justamente ligada a este fator. Afinal, o país recebe muitos turistas anualmente e o modelo poderá ser testado em cidades e praias que estão acostumadas a receber muitos visitantes anualmente.

Entretanto, é interessante destacar que o Citroën Ami Elétrico não deve ser vendido nas concessionárias brasileiras, visto que a homologação é bastante complexa. Isso acontece na Europa com mais facilidade porque o carro pode ser enquadrado como um quadriciclo, algo que não acontece no Brasil. Porém, a empresa ainda pensa em formas de trazer o veículo para o território nacional e, de acordo com Vanessa Castanho, a presidente, esse desejo é bastante forte.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.