BMW X4 2019 – Características, Novidades




A promessa para o momento é de que o SUV seja vendido no Brasil em suas duas versões, ambas com o motor a gasolina e um câmbio automático com oito marchas.

Já em sua segunda geração, o X4 é hoje considerado um dos grandes destaques da montadora BMW, com a apresentação oficial no Salão do Automóvel. A promessa para o momento é de que o SUV seja vendido no Brasil em suas duas versões, ambas com o motor a gasolina e um câmbio automático com oito marchas. Assim, na versão mais de topo, chamada de M40i, que já está sendo pré-vendida pelo preço de R$ 421.950, o modelo vem com motor 3.0 turbo com seis cilindros e 360 cavalos de potência. Ainda, a versão 30i traz o motor 2.0 de quatro cilindros e 252 cavalos de potência. A tabela de preço é de R$ 334.950.

Com seu lançamento oficial em março, no Salão de Genebra, na Suíça, o novo X4 não possui nenhuma alteração grande e profunda quando relacionada com a versão anterior. Porém, é nítido que as suas linhas possuem maior harmonia. Na parte dianteira, o grande destaque é para a atualização feita nos faróis e na sua grade. E atrás, as saídas para os escapamentos e as lanternas de LED foram totalmente redesenhadas, dando um visual muito mais esportivo ao SUV.


Muitas surpresas nos detalhes

Por meio de uma avaliação profunda do modelo de entrada, constatou-se que o carro traz o pacote M Sport, com um kit muito promissor de itens que atribuem aparência melhor ao veículo. Assim, a grelha dianteira é cromada e com detalhes em preto e com brilho. Ainda, os para-choques ficam mais acentuados.

As rodas trazem duas opções, uma em 21 polegadas e outra com 19 polegadas. Na versão 30i, todavia, será ofertada somente a opção com 20 polegadas. Produzido na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, o modelo cresceu. Assim, foi para os 4,75 metros (contabilizando aumento de 8,1 cm no comprimento), 2,86 m em sua distância entre eixos (5,4 cm a mais) e, também, para 1,92 m em largura (3,7 cm a mais). Além disso, o carro ficou mais alto, crescendo 0,25 cm e chegando a 1,62 m. O resultado disso é muito simples: mais conforto para quem está ocupando o SUV e um espaço extra no bagageiro de 525 litros.

Vale lembrar que é possível realizar o rebatimento dos bancos traseiros, chegando a capacidade em até 1.430 litros. E mesmo com todas essas novas medidas, o novo BMW ainda conseguiu ficar 50 quilos mais leve em relação à geração anterior. Isso somente foi possível com a utilização de materiais como o alumínio em sua construção.


E uma das grandes surpresas de estreia no X4 é a utilização do BMW Display Key, que teve a sua estreia em um sedan da marca, o Série 7. Assim, por meio de uma chave digital, atualmente é possível ajustar alguns comandos do carro, como o próprio ar condicionado. Ainda, há a possibilidade de checar qual o nível de gasolina do veículo. Porém, esse item não será oferecido em terras brasileiras, sendo exclusividade como opcional na Alemanha.

Interior mais moderno

A evolução interna do X4 é evidente. Com a posição do motorista mais elevada, o painel de instrumentos está agora localizado mais abaixo. Com isso, a garantia é de maior visibilidade para quem está no volante. Além disso, o acabamento está mais caprichado do que nunca. No interior, há revestimentos na cor preta, principalmente nas laterais das portas e também no painel, bem como detalhes em couro vermelho em todos os bancos. Na dianteira, há o ajuste elétrico, a refrigeração e o aquecimento dos assentos. Ainda, os novos nichos garantem uma acomodação mais equilibrada dos objetos, tornando o interior ainda mais funcional.

Desempenho do X4

Em termos de avaliação desempenho, o modelo de entrada do X4 mostrou um bom torque e boa potência, garantindo a segurança também em caso de ultrapassagens. Em desempenho nos trechos que não possuem limite de velocidade, o carro chegou a marcar no velocímetro 245 km/h, sendo superior à velocidade declarada pela BMW, que era de 240 km/h. Nas curvas, o SUV se manteve firme, sem muitas oscilações bruscas na carroceria. Além disso, os freios também atuaram de forma progressiva e muito eficiente.

Em estradas com trechos mais sinuosos, os assentos em desenho anatômico e opções de ajuste mantêm a melhor postura do corpo do motorista, mesmo em exageradas doses de pressão, como em horas de aceleração e de freadas.

Então, ficou curioso e quer saber mais? Não perca nenhum detalhe. Muito em breve você verá o veículo rodando todas as estradas brasileiras e também nas concessionárias.

Por Kellen Kunz

BMW X4 2019

BMW X4 2019

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *