Países do Mercosul terão placas de carros unificadas



A partir de 2016, os países do bloco econômico Mercosul usarão o mesmo modelo de placas. Isso mesmo, os novos veículos que forem emplacados em Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela, daqui a 14 meses, já virão com o novo modelo de placas. A data foi marcada em 2012, mas até agora não foram divulgadas muitas informações sobre o tema.

A ideia partiu da mesma já adotada pelos países que integram a União Europeia, que já adotou a medida há alguns anos. As placas que serão usadas no Mercosul terão 7 ou 8 caracteres, com abreviação do país, cidade e números que ajudarão na identificação. Nem mesmo o design já foi definido ou se os modelos em circulação deverão receber as novas placas. Também não foi informado como será feita a abreviatura das cidades e países e se o seguro obrigatório valerá para todos os países participantes.



O Denatran – Departamento Nacional de Trânsito ainda não tem informações precisas sobre a mudança no emplacamento. Quando consultado, não soube informar se a Carta Verde será eliminada ou mesmo se a imagem de uma placa apresentada pela imprensa argentina é verdadeira. A imagem conta com uma placa com oito caracteres e foi mostrada como sendo o modelo que será usado no Mercosul. Até o momento, a informação que o Denatran tem é que o modelo contará com 7 caracteres.

O assunto foi colocado em pauta em 2010 e seu objetivo é de ajudar na identificação e circulação de veículos do bloco. Já foi até definido um Grupo de Trabalho para a Elaboração e Implementação da Patente Mercosul, que se reuniu em Buenos Aires para dar continuidade ao projeto.



Segundo fontes do Itamaraty, o modelo de emplacamento já foi decidido e já possui aspectos gráficos e os elementos que aumentarão a segurança das placas. Ainda não há nada oficial, mas haverá um referendo sem data marcada para acertar algumas questões. 

Leia também:  Citroën C4 Lounge - Novo modelo está 15 cm menor

Por Robson Quirino de Moraes

Placas de carros unificadas

Foto: Divulgação

Outros Conteúdos Interessantes

2 Comments

  1. Eita, mas um roubo de mão armada sem arma de fogo ou fria, porque nós brasileiros aceitamos tudo que os políticos fazem, com certeza teremos que pagar mas uma fortuna para o emplacamento e pela transferência do auto comprado de segunda mão, as placas luminosos e o aumento das placas das motocicletas não diminuíram os acidentes e aumentaram a grana e os pedágio no Brasil, e nossas estrada cada vez pior e pagando mais IPVA E PEDÁGIO. Vamos pagar o pedágio e parar de pagar o IPVA. Vamos acordar pessoal JURÍDICO E FÍSICO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *