O modelo SUV conta com um alto desempenho, sendo ainda mais potente que a versão Sport da marca, fazendo uso do já conhecido propulsor de 6 cilindros em ?V?, com 2.7 cc, EcoBoost.

Não pense você que a montadora americana Ford apenas colocou aquele conhecido logo “ST” no modelo Edge e então disse que o carro estava finalizado. Para que o veículo fizesse jus à preparação da sigla ST, a companhia já iniciou uma forte campanha, que visa mostrar para os consumidores que este seu utilitário esportivo considerado de luxo poderá, de fato, ser um ótimo esportivo.

O modelo SUV conta com um alto desempenho, sendo ainda mais potente que a versão Sport da marca, fazendo uso do já conhecido propulsor de 6 cilindros em “V”, com 2.7 cc, EcoBoost, entretanto é capaz de gerar uma potência de 338 cavalos e com um torque que atinge 52,5 kgfm. E, antes mesmo que o modelo chegue às concessionárias da terra do tio Sam, a montadora do globo ovalado azul deseja provar aos consumidores que esta versão é bem mais do que apresenta, assim fazendo uma descrição de como funciona o tal modo Sport.

Assim que o condutor clica no botão "S", que se localiza bem na parte central do seletor de marchas, o novo SUV da Ford irá fazer uso de todo o potencial que possui. Seu painel de instrumento, que possui uma cor azul, transita para uma cor vermelha e então o seu conta-giros apresenta em qual marcha o motor se encontra. O escapamento do modelo fica ainda mais agressivo também, fazendo uso de um conhecido sistema de som ativo, o qual realizar o jogo do ronco do forte motor para a parte interna da cabine, fazendo com que os ocupantes sintam ainda mais a sensação do modo. Além do que, o fator mais importante, é que seu propulsor com fortes 338 cavalos e o câmbio automático dotado de 8 velocidades já se preparam para correr.

Ao ter ativado o modo Sport, o seu acelerador acaba por fazer uso de uma programação que permite entregar mais diretamente as respostas da chamada no mesmo. A sua transmissão consegue segurar, por mais tempo, as marchas, realiza troca ainda mais rápidas e utiliza rev-matching em suas reduções, fazendo com que se aumente os giros do motor antes da marcha ser alterada, realizando trocas mais velozes e suaves.

O modelo, quando possui o pacote Performance, o SUV Edge ST é equipado também com pinças de freio na cor vermelha. Seus discos das rodas dianteiras permanecem com o mesmo diâmetro, porém são novos, os quais são preparados, visando esta nova performance do carro. Também foram adicionadas pastilhas que possuem alta performance tanto na parte de trás quanto na frente, visando uma melhora na experiência do motorista ao conduzir pelas pistas, isso se ele estiver rodando dentro de um circuito.

O novo Edge ST, ao ser dotado de um sistema com tração integral, conseguirá ser ainda mais veloz ao fazer uso do modo Sport. A marca americana não divulgou ainda os dados referentes à aceleração deste modelo, entretanto acredita-se que ele tenha que superar o Ford Edge Sport, o qual sai de sua inércia de 0 quilômetros por hora e consegue atingir 96 km por hora (na medida dos estados unidos de 0 as 60 milhas), em somente 7,3 segundos. O novo Ford Edge ST tem previsão de chegar no mercado dos Estado Unidos na metade do ano, porém os preços ainda não foram informados pela marca. Já para o mercado brasileiro, a montadora está preparando o lançamento de uma versão redesenhada, que se acredita chegar no fim do ano, além de uma versão com uma pegada esportiva que se encontra em estudos, de acordo com a marca, ela já possui alguns consumidores com alto interesse.

Por Filipe Silva

Ford Edge ST 2019

Ford Edge ST 2019


A promessa para o momento é de que o SUV seja vendido no Brasil em suas duas versões, ambas com o motor a gasolina e um câmbio automático com oito marchas.

Já em sua segunda geração, o X4 é hoje considerado um dos grandes destaques da montadora BMW, com a apresentação oficial no Salão do Automóvel. A promessa para o momento é de que o SUV seja vendido no Brasil em suas duas versões, ambas com o motor a gasolina e um câmbio automático com oito marchas. Assim, na versão mais de topo, chamada de M40i, que já está sendo pré-vendida pelo preço de R$ 421.950, o modelo vem com motor 3.0 turbo com seis cilindros e 360 cavalos de potência. Ainda, a versão 30i traz o motor 2.0 de quatro cilindros e 252 cavalos de potência. A tabela de preço é de R$ 334.950.

Com seu lançamento oficial em março, no Salão de Genebra, na Suíça, o novo X4 não possui nenhuma alteração grande e profunda quando relacionada com a versão anterior. Porém, é nítido que as suas linhas possuem maior harmonia. Na parte dianteira, o grande destaque é para a atualização feita nos faróis e na sua grade. E atrás, as saídas para os escapamentos e as lanternas de LED foram totalmente redesenhadas, dando um visual muito mais esportivo ao SUV.

Muitas surpresas nos detalhes

Por meio de uma avaliação profunda do modelo de entrada, constatou-se que o carro traz o pacote M Sport, com um kit muito promissor de itens que atribuem aparência melhor ao veículo. Assim, a grelha dianteira é cromada e com detalhes em preto e com brilho. Ainda, os para-choques ficam mais acentuados.

As rodas trazem duas opções, uma em 21 polegadas e outra com 19 polegadas. Na versão 30i, todavia, será ofertada somente a opção com 20 polegadas. Produzido na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, o modelo cresceu. Assim, foi para os 4,75 metros (contabilizando aumento de 8,1 cm no comprimento), 2,86 m em sua distância entre eixos (5,4 cm a mais) e, também, para 1,92 m em largura (3,7 cm a mais). Além disso, o carro ficou mais alto, crescendo 0,25 cm e chegando a 1,62 m. O resultado disso é muito simples: mais conforto para quem está ocupando o SUV e um espaço extra no bagageiro de 525 litros.

Vale lembrar que é possível realizar o rebatimento dos bancos traseiros, chegando a capacidade em até 1.430 litros. E mesmo com todas essas novas medidas, o novo BMW ainda conseguiu ficar 50 quilos mais leve em relação à geração anterior. Isso somente foi possível com a utilização de materiais como o alumínio em sua construção.

E uma das grandes surpresas de estreia no X4 é a utilização do BMW Display Key, que teve a sua estreia em um sedan da marca, o Série 7. Assim, por meio de uma chave digital, atualmente é possível ajustar alguns comandos do carro, como o próprio ar condicionado. Ainda, há a possibilidade de checar qual o nível de gasolina do veículo. Porém, esse item não será oferecido em terras brasileiras, sendo exclusividade como opcional na Alemanha.

Interior mais moderno

A evolução interna do X4 é evidente. Com a posição do motorista mais elevada, o painel de instrumentos está agora localizado mais abaixo. Com isso, a garantia é de maior visibilidade para quem está no volante. Além disso, o acabamento está mais caprichado do que nunca. No interior, há revestimentos na cor preta, principalmente nas laterais das portas e também no painel, bem como detalhes em couro vermelho em todos os bancos. Na dianteira, há o ajuste elétrico, a refrigeração e o aquecimento dos assentos. Ainda, os novos nichos garantem uma acomodação mais equilibrada dos objetos, tornando o interior ainda mais funcional.

Desempenho do X4

Em termos de avaliação desempenho, o modelo de entrada do X4 mostrou um bom torque e boa potência, garantindo a segurança também em caso de ultrapassagens. Em desempenho nos trechos que não possuem limite de velocidade, o carro chegou a marcar no velocímetro 245 km/h, sendo superior à velocidade declarada pela BMW, que era de 240 km/h. Nas curvas, o SUV se manteve firme, sem muitas oscilações bruscas na carroceria. Além disso, os freios também atuaram de forma progressiva e muito eficiente.

Em estradas com trechos mais sinuosos, os assentos em desenho anatômico e opções de ajuste mantêm a melhor postura do corpo do motorista, mesmo em exageradas doses de pressão, como em horas de aceleração e de freadas.

Então, ficou curioso e quer saber mais? Não perca nenhum detalhe. Muito em breve você verá o veículo rodando todas as estradas brasileiras e também nas concessionárias.

Por Kellen Kunz

BMW X4 2019

BMW X4 2019


Modelo é vem em duas versões principais (Comfortline e Highline) com dois tipos de motorização e acabamento, uma menos potente de 150 cavalos e outra mais potente de 211 cavalos, todas comandadas por câmbios automáticos.

O sedan médio da montadora alemã, Volkswagen Jetta, comercializado no mercado nacional, agora voltou a ser importado do México e é vendido em duas versões principais (Comfortline e Highline) com dois tipos de motorização e acabamento, uma menos potente de 150 cavalos e outra mais potente de 211 cavalos, todas comandadas por câmbios automáticos.

Apesar do estilo um tanto quanto conservador tanto externamente como internamente, o Volkswagen Jetta se destaca pelo seu espaço interior e um pacote de equipamentos mais recheado neste ano agregando um novo sistema de entretenimento com tela sensível ao toque denominado Discover Media.

Diferenciais oferecidos

A Volkswagen vem aprimorando e agregando itens importante ao Jetta, trazendo não só mais conforto como também mais sofisticação para seu motorista e passageiros, dentre estes itens destacamos:

  • Volante com comandos Multifuncionais;
  • Possibilidade do motorista comandar o sistema de telefonia somente com o uso da voz;
  • Incorporação da tecnologia de faróis de Xênon com luzes diurnas de LED no veículo;
  • Assistente de Manobras com Câmera de Ré conjugada e projetada no interior do veículo;
  • Ar Condicionado com tecnologia Climatronic permitindo duas zonas independentes dentro do veículo;
  • Sistema Kessy para abertura das portas e acionamento do motor somente com a aproximação do condutor;
  • Sistema de segurança incorporando um Detector de Fadiga, emitindo avisos visuais e sonoros para a pausa do motorista na condução.

Versões, Características e Preços

Volkswagen Jetta Comfortline

Preços iniciais de R$ 94.190,00.

Motorização e Câmbio: Motor de 1.4 litros TSI com 150 cavalos e câmbio automático de 6 velocidades com função Tiptronic agregada.

Direção e Suspensão: Direção com assistência elétrica, suspensões dianteiras Independentes e traseiras do tipo Multilink.

Pneus e Rodas: pneus 205/R16 com rodas de liga leve de 16 polegadas.

Principais Destaques desta versão:

– Veículo com um total de quatro airbags, sendo 2 frontais e 2 laterais;

– Controle automático de velocidade;

– Sistema de Áudio com 8 alto-falantes;

– Manobralidade total com sensores de estacionamento tanto frontais como traseiros;

– Sistema Antitravamento das Rodas conjugado com Controle de Estabilidade e Controle de Tração;

– Alarme acionado remotamente através de controle.

Cores disponíveis: Metálicos Azul, Cinza e Prata. Perolizados Preto e Sólidos Branco e Preto.

Principais Opcionais: Teto solar elétrico e Pacote Exclusive com rodas de 17 polegadas de liga leve, sensores de chuva, entre outros.

Jetta Highline

Preços iniciais de R$ 108.60 0,00

Motorização e Câmbio: Motor de 2.0 litros TSI com 211 cavalos e câmbio automático de 6 velocidades com função Tiptronic agregada.

Interior: Opção de Acabamento em Preto ou em Couro de tonalidade Branca ou Preta.

Direção e Suspensão: Direção com assistência elétrica, suspensões dianteiras Independentes e traseiras do tipo Multilink.

Pneus e Rodas: Pneus 225/R17 com rodas de liga leve de 17 polegadas.

Principais Destaques desta versão:

– Veículo com um total de seis airbags, sendo 2 frontais e 2 laterais e 2 de cortina;

– Iluminação do ambiente interno;

– Sensor que indica perda de pressão dos pneus;

– Ar-condicionado com sistema Dual Zone agregado a um sistema de refrigeração do porta-luvas;

– Placa do carro iluminada através de LED;

Cores disponíveis: Metálicos Azul, Cinza e Prata. Perolizados Preto e Sólidos Branco e Preto.

Principais Opcionais: Teto solar elétrico e Pacote Premium com rodas de 17 polegadas de liga leve, faróis com bi xenônio, Sistema de Entretenimento Multimídia, Sensores de chuva e Sistema de Acesso ao veiculo somente com a presença da chave, entre outros.

Dimensões e Capacidades

Comprimento de 4,6 metros, Altura de 1,47 metros e Largura de 1,77 metros.

Porta-malas com capacidade para 510 litros e Tanque com capacidade para 55 litros.

Mais detalhes no site da Volks

Confiram todos os detalhes deste sedan de sucesso da Volkswagen através de sua página específica no site da Volks: https://www.vw.com.br/pt/carros/jetta.html, inclusive com um configurador de versões e opções de financiamento.

Por C. B.

Volkswagen Jetta 2018

Volkswagen Jetta 2018


Versão Cooper S será vendida pelo valor de R$ 164.950.

A grande e renomada fabricante de veículos automotores Jeep anunciou oficialmente nesta última sexta-feira, dia 19 de agosto de 2016, que a nova geração do Jeep Cabrio será comercializada no Brasil. No primeiro momento o elegante veículo conversível será disponibilizado ao consumidor brasileiro em apenas uma versão, a qual será denominada Cooper S e será comercializada pelo valor de R$ 164.950. Essa única versão do Cabrio sairá de fábrica com o propulsor 2.0 turbo composto por quatro cilindros dispostos em linha, o qual possui a capacidade de produzir uma potência máxima de 192 cavalos. O sistema de transmissão é automático e tem seis velocidades.

Um dos grandes atrativos desse veículo sem sombra de dúvidas é a sua elegante capota que é confeccionada em tecido, para realizar a abertura ou o fechamento dessa capota o sistema de acionamento elétrico gasta apenas 18 segundos, desde que o veículo esteja em movimento, porém com velocidades abaixo dos 30 Km/h. O acionamento dessa capota é bem simples, sendo que basta o condutor fazer o acionamento de um botão que fica localizado nas proximidades do retrovisor interno do carro.

Do mesmo modo que nas demais versões, o Mini Cabrio dessa vez ficou um pouco maior na mudança de geração, haja vista que nessa nova geração o veículo teve o seu comprimento acrescido em 9,8 cm, de modo que o comprimento total dele passou a ser de 3,85 metros. O entre-eixo também foi acrescido em 2,8 cm, enquanto na largura o veículo também ganhou 4,4 cm. Uma parte que poderia também ser contemplada com um aumento no tamanho e não foi é o compartimento porta-malas que continua pequeno e apertado com os seus míseros 160 litros de capacidade.

Dentre os diversos itens de série que a Jeep disponibilizou aos consumidores estão a atrativa central multimídia que possui uma tela avantajada de 8,8 polegadas, ar-condicionado digital, controles de estabilidade e tração, bancos integramente revestidos em couro, sensores de luz, chuva e ré, três modos distintos de condução, head-up display, sistema este que faz a projeção das informações no para-brisa, suspensão com tecnologia adaptiva, bem como controle de velocidade de cruzeiro. Com todos estes atrativos não há como o consumidor brasileiro não se apaixonar por este pequeno notável.

Por Adriano Oliveira

JeepCabrio Cooper S

Jeep Cabrio Cooper S

Fotos: Divulgação


Volkswagen Fox 2017 chega com nova lista de equipamentos

A Volkswagen vem bastante forte para o mercado automobilístico em 2016. A montadora alemã acabou de lançar a linha 2017 do já conhecido Fox. Sem muitas novidades no visual, o grande destaque fica por conta das novidades em relação a itens de série em suas versões. Com preço inicial de R$ 44.690 (versão mais básica), o Fox 2017 chega bastante forte ao mercado brasileiro.

Uma novidade dessa linha 2017 do Fox é quanto aos pneus “verdes”, pois os mesmos passam a fazer parte de todas as versões. O mesmo é entregue nas medidas 195/55 R15, sendo que possui menor resistência à rolagem. Um diferencial está na versão Trendline, pois a mesma dispõe de rodas de aço com novas calotas Yatch.

A versão Comfortline é uma das mais interessantes da linha 2017. A mesma dispõe de volante multifuncional capaz de integrar os comandos do sistema de som e do computador de bordo, sendo que tal item passou a ser de série. Além disso, entre os opcionais da respectiva versão estão à câmera de ré que é um item de auxílio ao estacionamento além do novo conjunto de rodas de liga leve com 15 polegadas denominadas Turim.

A versão Highline, por sua vez, também conta com rodas de liga leve Turim em seus itens de série. Além disso, a mesma ainda possui como diferencial um novo interior totalmente escurecido que trás um tom bastante moderno ao automóvel. A versão Pepper apresenta faróis com friso vermelho entre seus adicionais além de dispor do novo conjunto de rodas Modena. Outra versão que também dispõe de novo conjunto de rodas de liga leve é o CrossFox, que conta com o conjunto Ancona que é acompanhado de pneus 205/60 R15.

Outra grande novidade deste lançamento é, sem sombra de dúvidas, o fato de os sistemas de Infotainment do Fox 2017 já estarem devidamente integrados com o Apple CarPLay, MirrorLink além do Android Auto.

Em relação à motorização, saiba que não houve mudanças neste quesito. Com isso, as versões Comfortline e Trendline permanecem com o 1.0 MPI de três cilindros que possui até 82 cv além do 1.6 MSI, de 8 válvulas, que entrega até 104 cv. Já as versões Fox Track e Fox BlueMotion contam com o motor 1.0 MPI. As versões Highline, Pepper e CrossFox são equipadas com o 1.6 MSI de 16 válvulas que é capaz de entregar até 120 cv através de câmbio manual de seis marchas.

Por Bruno Henrique


Projeto dobra a quantidade de carros para testes e deve agilizar o desenvolvimento da tecnologia

Foi fechado um acordo entre as empresas Google e Fiat Chrysler frente a uma parceria que tem como objetivo o desenvolvimento de 100 minivans que serão autônomas (não necessitam de motorista).

Essa é a primeira vez que o Google vai trabalhar de maneira direta com uma fabricante de automóveis que visando a integração do seu sistema de direção autônoma. Os veículos contarão com sensores e software da empresa gigante da internet.

A Fiat Chrysler foi na contramão de suas rivais como a Audi, Daimler e a BMW, e resolveu procurar uma empresa que é de fora do segmento automotivo para que seja desenvolvido o seu modelo de carro autônomo.

Atualmente, o grupo Fiat Chrysler conta com uma dívida líquida de mais de seis bilhões de euros. Segundo o presidente-executivo, Sergio Marchionne, houve algumas tentativas durante o período de mais de um ano para que fosse possível uma fusão com as rivais para que isso ajudasse na divisão de custos para esse desenvolvimento. Mas não houve sucesso.

A integração da tecnologia de direção autônoma nas minivans que serão desenvolvidas terá um trabalho conjunto dos engenheiros da Fiat Chrysler e do Google. Todo o trabalho será realizado em uma instalação em Michigan, local no qual a montadora conta com um centro de engenharia.

Esse acordo não vai excluir para que o Google ou a Fiat Chrysler deixem de assinarem acordos de cooperação frente a outras partes.

Com esses veículos da Fiat Chrysler, haverá um aumento de mais que o dobro da atual frota que o Google faz testes. Hoje, a empresa da internet conta com aproximadamente 70 automóveis esportivos que foram adquiridos da Lexus e outros pequenos protótipos que tiveram o desenho feito pelo Google. Todos estão sendo testados em quatro cidades dos Estados Unidos.

Carro do Google

Há dois anos o Google apresentou o seu primeiro protótipo de carro compacto que apresentava espaço apenas para duas pessoas. O seu funcionamento, em teoria, se dava apenas com as pessoas entrando no automóvel, quando apertar um botão e falar para onde queria ir era o suficiente para o mesmo começar a rodar. O trajeto era mostrado em uma tela no painel. A empresa mostra agora que aumenta a suas pretensões no segmento.

OSCAR ARIEL COLAÇO


Você já imaginou um carro movido a água do mar? Pois saiba que ele existe e acabou de ser homologado por órgão na Alemanha para rodar nas estradas do continente europeu – trata-se do esportivo Quant e-Sportlimousine. O automóvel pode atingir até 100 km em apenas 2,8 segundos, e foi projetado para chegar a 378km/h utilizando apenas água salgada. Todos os números serão postos à prova assim que o modelo foi lançado oficialmente.

O lançamento do carro ocorreu no Salão de Genebra em março deste ano, e foi comparado a uma McLaren P1. O protótipo foi desenvolvido pela empresa NanoFlowCell.

O Quant e-Sportlimousine possui  5,25 metros de comprimento, 2,2 m de largura e 1,35 m de altura, tendo como destaque a abertura das portas, que possuem estilo "asa de gaivota".

Como ele funciona?

O automóvel acomoda dois tanques de 200 litros destinados à água salgada, essa quantidade permite uma viagem de até 600 km.

O Quant e-Sportlimousine possui 920 cavalos, utiliza um sistema de energia de célula que tem como função alimentar os quatro motores elétricos contidos no carro. A água salgada é responsável pelo armazenamento de energia.

Entenda a energia:

A água salgada passa por meio de uma membrana entre os dois tanques, isso gera a carga elétrica. Assim a eletricidade é armazenada e então repartida por supercapacitores.

Valores:

Embora o carro tenha sido apresentado, ainda não foram anunciadas informações a respeito do preço e data oficial do lançamento. Em relação ao valor, especialistas supõem que o veículo movido a água salgada custe muito mais que os atuais carros, podendo chegar a 1 milhão de dólares.

NanoFlowcell  – empresa desenvolvedora:

O presidente do Conselho da NanoFlowCell, Professor Jens-Peter Ellermann, afirma que a empresa possui alto potencial para desenvolver soluções de fornecimento de energia que vão muito além da indústria automobilística, estendendo-se também para a energia doméstica, assim como para tecnologia de aviação, transporte marítimo e ferroviário. 

Por Rafaela Fusieger

Quant e-Sportlimousine

Quant e-Sportlimousine

Quant e-Sportlimousine

Fotos: Divulgação

 


Com maior nível de sofisticação e certos pontos exclusivos, chega ao mercado a Série Especial Sublime do Fiat Idea. Quem aprecia veículos de luxo e faz questão de trafegar em modelos que possuem o logotipo da marca italiana, pode gostar das novidades.

De acordo com as palavras oficiais por parte da FIAT, a edição especial tem acabamento de alta qualidade, com materiais que não apenas aumentam o nível exclusivo, como também proporcionam maior durabilidade. A riqueza de detalhes se faz presente tanto na parte interna como externa.

A Fiat projetou o Idea Sublime no modelo 1.6 16 V. O veículo está disponível com transmissão de marcha automática ou manual. Os interessados escolhem entre dois tons de cor para ampliar o conceito exclusivo: Preto Vulcano ou Branco Kalahari.

Na parte externa, o grande destaque fica por conta das rodas com dezesseis polegadas, que foram feitas de modo exclusivo à Série Especial Sublime, compostas por liga leve. O carro possui ainda faróis com máscara negra, colunas com adesivo fosco, frisos cromados e soleira nas portas.

De forma interna, vale destacar os bancos forrados com couro de excelente qualidade e cor marrom. Qualidade presente inclusive nas portas revestidas com tecido de alto padrão. Couro e tecido também fazem parte da composição presente nos painéis das portas.

Tecnologia e estilo se encontram presentes no painel bicolor da Série Especial do Fiat Idea. No volante revestido de couro é possível selecionar os principais comandos do rádio sem tirar os olhos do que acontece no trânsito, colaborando para aumentar o nível de segurança no trânsito. Na parte interna também há destaque aos comandos de voz, que funcionam via tecnologia Bluetooth.

A marca italiana garante que o Idea Sublime vai chegar às lojas com excelente valor de mercado, aumentando o custo-benefício aos consumidores.

Por Renato Duarte Plantier


A Kia é uma das principais marcas de automóveis de todo o mundo. E para esse ano de 2014, a empresa prometeu crescer e ampliar ainda mais suas vendas, de modo que dentro desse projeto podemos ver que sem sombra de dúvida uma das principais apostas da temporada será o Kia Cerato, um modelo bem luxuoso e com versões para todos os gostos e estilos.

Seja bem como for, seu preço sugerido varia de R$ 67.400,00 a R$ 71.900,00.  Esse caro, que foi originalmente apresentado no ano passado, é bom porque é um veículo leve de se conduzir e que na verdade também possui uma grande e boa arrancada.

O propulsor é um 1.6 16V Flex com comando variável de válvulas, o mesmo do antecessor, mas conta com tecnologia flex de terceira geração. Aqui, estamos falando da nova geração de carros da Kia.

O Cerato veio para disputar com outros médios do mercado de veículos, como o Corolla,  o Civic, o Jetta, entre outros. 

O Kia Cerato é um carro super confortável e de fácil manejo no que tange a condução do mesmo. O veículo possui ótimos itens de série, conta com um bom acabamento e traz muito prazer para quem está dirigindo.

Um ponto negativo do carro é que os valores de revisão são bem caros. No entanto, para quem quer sair do comum e ter um bom carro médio e moderno, o Kia Cerato é um dos melhores da indústria.

Outro desafio desse carro é que seu IPI é caro, mas esse é apenas um detalhe diante de tanta coisa boa que esse automóvel pode oferecer para seus motoristas. 

A Kia vem mudando muito e agora é esperar o veredicto dos clientes, pois é isso que importa. Se o leitor gostou ou não, portanto, basta comentar e mostrar sua opinião sobre o Cerato em nossos comentários.

Por Juan Wihelm


A Mercedes-Benz revelou nesta terça-feira, 11 de fevereiro, o novo Classe S Coupé, inspirado no conceito que foi mostrado no Salão de Frankfurt, em setembro do ano passado. Com apresentação ao público marcada para o Salão de Genebra, em março, o substituto do Classe CL chegará às concessionárias da Europa ainda no segundo semestre

Esteticamente, o Classe S Coupé segue as características de design dos recentes lançamentos da marca, bem como as linhas que foram antecipadas pelo conceito. Cabe destaque ao longo capô e a linha de cintura elevada com vincos que percorrem por toda a lateral do veículo, deixando o visual fluído e harmônico. A dianteira traz faróis totalmente em LEDs, com luzes diurnas de posição com a tradicional assinatura da Mercedes, enquanto que a traseira dispõe de um desenho esportivo e agressivo, reforçado pelos acentuados para-lamas, deixando o modelo ainda mais interessante. Para completar esse belo visual do novo coupé, a marca alemã oferece rodas de liga leve de 18 a 20 polegadas, dependo da versão adquirida. 

Com 5,03 metros de comprimento, 1,90 metros de largura, 1,41 metros de altura e 2,95 metros de distância entre-eixos, o novo coupé da Mercedes-Benz oferece um amplo espaço interno, inclusive para os passageiros na parte traseira, onde há dois bancos individuais.

O interior traz um acabamento refinado, com a mesma temática do Classe S Sedan, contudo com uma decoração mais esportiva, com a aplicação de elementos metálicos e o revestimento em couro vermelho. Outro detalhe que o distingue do Classe S Sedan é o volante “Super Sport” e o relógio analógico. Há ainda diversas possibilidades de revestimento e, como opção ao comprador, um display de LED projetando imagens no campo de visão do condutor, permitindo que este veja informações relevantes do coupé alemão sem a necessidade de se distrair.

Assim como o sedan, o Mercedes Classe S Coupé traz uma vasta lista de itens de série, com destaque para o sistema MAGIC BODY CONTROL, que foi atualizado e utiliza câmeras para ajustar a suspensão do veículo de acordo com o estado da via, permitindo com que o carro se incline nas curvas de forma similar à adotada por motociclistas. Com esse sistema o coupé reduz a aceleração lateral sentida pelos ocupantes, garantindo maior segurança ao efetuar uma curva, bem como uma experiência mais agradável aos passageiros. A função pode ser acionada em velocidades entre 30 e 180 km/h e inclina o veículo em até 2,5 graus.

Outro ponto curioso é a disponibilização, de modo opcional, dos faróis compostos por 47 cristais Swarovski, sendo 30 cristais utilizados como indicadores de direção e os outros 17 funcionando com luzes diurnas de posição.

Substituindo o CL como veículo topo de linha da Mercedes-Benz, o Classe S Coupé estreia na versão S500, que vem equipada com motor 4.6 V8 biturbo, capaz de oferecer 455 cv e torque de 71,3 kgfm. Acoplado ao bloco biturbo está uma transmissão automática de dupla embreagem com sete velocidades. Dotado de tração traseira, a marca oferece tração integral opcionalmente. A versão AMG do modelo, que contará com motor 5.5 V8 biturbo de 593 cv, assim como a configuração S600, são aguardadas para o Salão de Nova York, que será realizado em abril.

Por Caio Polo

Mercedes-Benz Classe S Coup?

Foto: Divulgação


Pelo visto os modelos 208 GTI e XY não serão as únicas novidades da Peugeot. Com sua apresentação oficial agendada para março no Salão de Genebra, na Suíça, o Peugeot 308 SW promete surpreender de impacto tanto no seu visual quanto no seu desempenho. 

A perua apresenta traços altamente modernos com leve rebaixada na parte superior traseira que acompanha o novo conceito da francesa. Os vidros apresentam desenho ousado que acompanha os detalhes de cada curva e de cada detalhe do Peugeot 308 SW. Por falar em ousadia, o painel apresenta detalhes cromados com traços muito particulares e bancos que garantem um melhor posicionamento e conforto do condutor em caso de viagens mais longas. 

Este modelo também vai oferecer 610 litros de espaço no porta-malas, faróis especiais bi Xenon direcionais até sete airbags e ainda alerta de mudança de faixa. Um item interessante foi acrescido nos assentos removíveis, que é o sensor para cinto e segurança. Os para-choques também somam ao item que apresenta roupagem nova.

Essa nova station wagon garante unir espaço e design para atender ao público mais exigente que visa diariamente à necessidade deste benefício.

As suas medidas são aproximadamente 4,58 m de comprimentos em 1,47 m de altura. A altura em relação ao solo também diminuiu como um atrativo esportivo a este modelo que a Peugeot espera estar entre os tops de venda para este ano.

Dentre as imagens que já vazaram pela web as cores como o vermelho, o prata e o dourado,  foram as que ganharam maior destaque, mas certamente a empresa deverá oferecer inúmeras opções de cores básicas e também  cores especiais.  

O modelo foi umas das atrações mais marcantes no Salão de Frankfurt do ano passado chamando a atenção do detalhe referente ao teto panorâmico que cresceu cerca de 27% em relação ao seu antecessor Peugeot 307 SW. Uma perua e tanto.

Por Luciana Ávila

Peugeot 308 SW

Foto: Divulgação


A Volkswagen informou recentemente que a companhia obteve um aumento de 20% em relação ao lucro operacional do terceiro trimestre deste ano. De acordo com as informações da companhia, essa “subida” nos lucros se deu devido às vendas dos modelos de luxo Porsche e Audi, que tiveram até mesmo marcas recordes. De quebra, a montadora ainda conseguiu com isso se manter no caminho certo para atingir as metas estabelecidas para este ano.

O maior grupo automotivo do continente europeu teve seu lucro operacional alavancado para 2,78 bilhões de euros (US$ 3,8 bilhões). Para uma melhor comparação, vale lembrar que um ano antes esse lucro foi de 2,32 bilhões de euros. A empresa parece estar na linha certa do mercado, já que esses números estão de acordo com as estimativas apresentadas por 14 analistas por meio de uma pesquisa da Reuters.

A Volkswagen voltou ainda a reafirmar que não se esqueceu da meta de atingir o recorde de lucro operacional que foi registrado no ano passado, sendo que este foi de 11,5 bilhões de dólares. A companhia também não abandonou o objetivo de elevar as vendas e entregas para níveis recordes ainda antes do fim deste ano. Mesmo sendo otimista, a Volkswagen não apenas sabe, mas disse estar consciente de que tais metas são "muito ambiciosa dada a forte dificuldade do ambiente econômico".

A companhia tem voltado suas atenções em dois pontos fundamentais para empresa no momento, que são a disciplina de custos e o gerenciamento de investimentos. Isso, de acordo com os comentários feitos pelo vice-presidente financeiro da empresa, Hans Dieter Poetsch.

Poetsch acrescenta ainda que nesse momento "Isso é particularmente importante, dado que o ambiente econômico não deve melhorar no curto prazo".

Porém, de acordo com alguns analistas do setor, a nova plataforma de veículos “MQB” que foi desenvolvida pela auxiliar no corte de custos e no aceleramento da linha de montagem de veículos, deverá ainda continuar pesando sobre o lucro da companhia. Consequentemente, as reduções de custos poderão ficar bem abaixo das metas apresentadas pela empresa.

Por Denisson Soares


Cada vez mais o mercado de autos lança novidades, tanto em termos de design, quanto em relação às configurações mecânicas. A nova Pajero Sport está inserida nesse contexto e a montadora Mitsubishi já está programando grandes surpresas para o ano de 2014.

A marca apostará em alterações significativas no visual do carro, que ao que tudo indica, será inspirado visualmente na Pajero Dakar, que é produzida no Brasil. Vale acrescentar que modificações no desenho da parte dianteira, além de equipamentos com tecnologia de ponta, são as mudanças mais notáveis na Pajero Sport.

Na grade frontal o design será diferenciado e novos filetes cromados serão acrescentados. Como se não bastasse, o para-choque será remodelado, as setas serão integradas aos retrovisores e as rodas serão de liga leve de 16” ou 17" .

A parte interna também passará por alterações. O interior do veículo será composto por moderno sistema de navegação, bancos com revestimento em couro de alta qualidade, excelente acabamento e ar condicionado automático.

O modelo em questão foi idealizado para o mercado russo e para alguns países do Leste Europeu, por isso, os motores escolhidos para integrar a Pajero Sport são o 2.5 turbodiesel (que gera 178 cavalos) e o 3.0 V6 (que gera 222 cavalos).

O preço de venda não foi anunciado e ainda não há previsão de lançamento no Brasil.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A empresa Renault estuda o lançamento de uma versão com maior potência para o Clio. Isso ocorre devido a uma insatisfação da montadora em relação à versão RS do modelo.

Philippe Klein, vice-presidente de planejamento de produto da companhia, afirmou à publicação Auto Express que o braço esportivo chamado Renault Sport tem escutado muitas reclamações de clientes a respeito do desempenho do hatch. Os consumidores insatisfeitos dizem que o veículo não é tão divertido para dirigir em relação ao Ford Fiesta ST.

Outra reivindicação refere-se à falta de transmissão do tipo manual, ausência que irá ser ajustada com a introdução da variante "apimentada". Características a respeito desta novidade são desconhecidas ainda, mas boatos demonstram que o carro pode ser chamado de RS Gordini e ele deve apresentar algo na faixa de 230 cv de potência (30 cavalos a mais do que no RS atual).

De acordo com Klein, o objetivo da empresa é atender cada vez melhor aos desejos de todos os clientes, afirmação que endossa as previsões.

A marca informa que até o final do ano trará diversas novidades para o mercado automotor do Brasil.

Por Marcelo Araújo


Mini JCW A montadora Mini apresentou nesta última semana o seu mais novo portfólio de veículos. Denominada de família John Cooper Works, nome do segmento esportivo da montadora, o novo portfólio da marca traz como novidade uma nova geração de motor com atualizações no quesito de transmissão automática.

A principio serão quatro modelos básicos: um Hatch, um Cupê, um Cabrio e para fechar a lista um roadster. Segundo a montadora o preço para o mercado brasileiro será de R$ 136.000,00 podendo chegar à casa dos R$ 156.000,00 para os modelos mais incrementados.

O motor foi baseado no do Mini Cooper S e também vem com o twin scroll turbo. O bloco possui quatro cilindros de 1,6 L, o motor chega até a 210 cavalos de potência, seu câmbio é automático com seis marchas Steptronic, que possibilita ao motorista trocar as marchas de forma manual no câmbio ou nas borboletas localizadas no volante.

No seu interior, o Mini JCW vem com  volante revestido em couro, linhas vermelhas, bancos esportivos e rodas aro 17”. Por fora a família JCW traz cores inovadoras para o teto e carroceria, vem também com saias laterais e desenho de para-choque modificado.

Por Fernando Setoue


Citroën C4 LoungeO novo C4 Lounge chega ao mercado brasileiro nos próximos dias e promete derrubar paradigmas.

O novo Citroën C4 Lounge está menor que a sua versão anterior, o Citroën C4 Pallas. Ao que tudo indica seus 15 centímetros a menos proporcionaram uma dirigibilidade muito superior se comparado ao modo de dirigir que o C4 Pallas apresenta.

O porta-malas acompanhou a redução do veículo e na nova versão está 60 litros menor do que a versão anterior, característica que não se mostrou nada relevante, seja positivamente ou negativamente.

O Citroën C4 Lounge chegará ao mercado ainda em setembro com valor aproximado de R$ 60.000 para o modelo mais simples ou R$ 80.000 para o modelo que inclui motor 1.6 turbo. Em ambos os casos há a possibilidade de adquirir o mesmo modelo com câmbio automático de até seis marchas, o único porém é que o consumidor que preferir câmbio automático deverá desembolsar mais R$ 6.000 para ter essa funcionalidade.

A montadora francesa decidiu realizar um upgrade em seu C4 para continuar competindo no mercado ao lado dos veículos considerados mais tradicionais.

Por Fernando Setoue


A Saveiro é um dos mais belos e mais vendidos carros no Brasil, sendo ele fabricado pela conceituada marca Volkswagen. Esse é um carro para duas pessoas e com uma carroceria incrível, que serve para mil e uma utilidades.

Nesse momento, a marca acaba de lançar a Saveiro 2014, que possui um design maravilhoso e você com certeza vai aprovar.

A nova Saveiro 2014 ganhou um visual mais moderno, assim como os modelos Gol e Voyage, também da Volkswagen. As principais mudanças da nova Saveiro foram realizadas em sua dianteira, pois ela possui agora novos faróis, nova grade e novo para-choque, porém, nenhuma mudança foi feita nas lanternas.

A carroceria recebeu uma nova arquitetura eletrônica, o que possibilita a introdução de uma série de dispositivos e soluções voltadas à segurança e ao conforto dos passageiros.

Itens de última geração como o travamento elétrico das portas, vidros com acionamento elétrico, conta-giros, MP3, ar condicionado e tampa da caçamba com amortecimento, não poderiam faltar em um carro como esse.

Esse é um carro total flex e o seu motor é o 1.6 VHT, que desenvolve 104 cv quando abastecido com etanol e 101 cv quando abastecido com gasolina.

O preço desse carro varia entre R$ 33.490 e R$ 48.900.

Por Josiane Fernandes de Jesus


O Clio 2014, segundo carro da Renault mais vendido em todo o Brasil, chegou para aumentar ainda mais suas vendas. Seja como for, para o leitor ficar por dentro desse novo automóvel, devemos analisar um pouco seus equipamentos e sua ficha técnica.

Sua motorização é 1.0, o combustível pode ser álcool ou gasolina, seu peso é de 912 kg, a tração é dianteira e seu câmbio é manual de cinco marchas. Fora isso, o Renault Clio 2014 também vem com freios a disco, com discos do tipo ventilado.

No mais, quando analisamos suas qualidades, conseguimos notar que trata-se de um excelente carro para dirigir e que, sem dúvida, seu motor é extremamente potente. Porém, no que concerne aos pontos negativos, o fato é que parece faltar alguns acessórios básicos dentro do carro, como por exemplo, um porta-acessórios ou coisa que o valha.

Em geral, portanto, este automóvel vem recebendo grandes elogios por parte de especialistas do assunto.

Os preços para adquirir o ''possante'' custam de R$ 24.290,00 a R$ 26.270,00.

Por Madson Lima de Oliveira


A WebMotors criou uma campanha que visa desaparecer com carros velhos que ficam abandonados nas grandes metrópoles. A empresa do ramo de notícias automobilísticas afirma que na maioria dos casos os veículos não são comercializados em território nacional e este motivo acaba dificultando a manutenção do veículo, que acaba sendo abandonado pelo dono.

A WebMotors ainda afirma que a falta de consciência do motorista aliado ao descaso das autoridades públicas resultam no abandono do veículo pelo dono. Um veículo abandonado, além de poluir visualmente um ambiente, também pode ser foco de agentes transmissores de doenças (abrigo perfeito para o Aedis Aegipty, que propaga a dengue) e até mesmo abrigo ou esconderijo de pessoas com más intenções.

Para retirar do espaço público os veículos abandonados e para conscientizar a população, a WebMotors lançou a campanha SALVE OS CARROS ABANDONADOS. O projeto mostra como identificar e considerar que um veículo se encontra abandonado e quais providências devem ser adotadas para contribuir para uma cidade mais limpa e consciente. Vale lembrar que a multa para quem abandona um veículo pode bater a marca dos R$ 14.000,00.

Para mais informações, mande um e-mail para editorial@webmotors.com.br.

Por Fernando Setoue


Novo Fiat Bravo WolverineNa última sexta-feira, dia 12 de julho, a Fiat anunciou a mais nova versão do Bravo: o Bravo Wolverine.

O novo hatch é uma edição especial que foi criada junto com a Fox Film, aproveitando o momento da chegada do último filme do mutante Wolverine, dos X-Men, aos cinemas.

A base para criação do Bravo Wolverine foi a versão Essence e, assim, a nova edição especial traz como item de série o Blue & Me, que permite a realização de algumas tarefas sem a necessidade de se tirar as mãos do volante, como fazer ligações e ler mensagens de texto.

Além disso, o Bravo Wolverine virá com sensor para estacionamento, suspensão igual a das versões T-Jet e Sporting, junto do kit High Tech, que traz o conjunto de retrovisor eletrocrômico, sensor crepuscular e sensor de chuva.

Em questão do design, a nova edição especial do Bravo vem com o logotipo do filme nas faixas laterais, lanternas com máscara negra, minissaias nos lados do carro, bancos da frente com o logo do filme, spoiler esportivo na parte de trás, soleiras em todas as portas, rodas liga leve com 17 polegadas e o logo “Wolverine – Imortal” bordado nos tapetes.

O preço do novo automóvel deve iniciar em R$ 57.640.

Por Guilherme Marcon


A Chery está lançando no Brasil a nova geração de um de seus utilitários de sucesso: o Tiggo. O modelo esportivo tem um papel de destaque, uma vez que marcou a estreia da marca de origem chinesa no mercado automobilístico brasileiro, lá em 2009.

O modelo sofreu diversas mudanças, fato que trouxe como consequência um visual mais moderno para o carro, além de mais conforto para quem dirige. Esta última observação pode ser confirmada pela posição do volante, que agora e mais centralizado.

O novo Tiggo chegará ao Brasil importado do Uruguai. O preço sugerido para o modelo é de R$ 51.990,00.

Entretanto, quem espera que a “nova geração” do Tiggo traga mudanças significativas é bom não criar muitas expectativas, isso porque o carro não sofreu alterações estruturais significativas (apesar das mudanças citadas). Para saber disso, basta dar uma olhada no conjunto mecânico, que continua sendo o mesmo. O SUV tem um motor 2.0 16v ACTECO movido a gasolina. A transmissão manual conta com cinco velocidades. Vale lembrar que uma opção com câmbio automático está prevista para chegar ao Brasil por volta do mês de setembro.

De acordo com a Chery, o modelo pode atingir 170km/h e é capaz de ir de 0 a 100 km/h em 15 segundos.

Por Denisson Soares


Os emplacamentos de comerciais leves e automóveis totalizaram o surpreendente número de 300.614 veículos vendidos apenas no mês de maio, período em que foi verificado um aumento de 9,58% em referência ao mesmo mês no ano de 2012, em que foram vendidas 274.334 unidades. As informações são da Federação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Fenabrave), em seu relatório que é publicado todo mês.

Entre os modelos principais, o líder continua sendo o Volkswagen Gol, carro que totalizou 19.955 vendas em maio. As outras posições ficaram com os seguintes veículos:

  • 2º lugar: Fiat Uno, com 18.352 carros emplacados.
  • 3º lugar: Fiat Palio, com 15.474 unidades comercializadas.
  • 4º lugar: Ford Fiesta (versões New Fiesta e Fiesta Rocam), com 11.395 unidades vendidas.
  • 5º lugar: Fiat Strada, com 11.083 unidades vendidas.

Atualmente, a GM é montadora vice-líder em vendas. A Fiat, no entanto, é a líder de mercado com participação de 22,57%, comercializando 67.846 carros no mês de maio, total que inclui veículos e também os comerciais leves. A novidade foi a respeito da GM, que superou a Volks e emplacou 53.815 unidades (17,90%), sendo que a VW emplacou 53.440 (17,78%).

Por Marcelo Araújo


O mês de fevereiro apresentou uma baixa nas vendagens do setor automotor brasileiro em comparação com o mês de janeiro. Mesmo com os incentivos fiscais que fizeram de 2012 um ano recorde em vendas, o segundo mês de 2013 não seguiu a regularidade apresentada em janeiro. Com isso, muitas empresas foram afetadas e uma delas é a Volkswagen.

Apesar do número de vendagens da Volkswagen ter subido 0,4% no mês de fevereiro em relação a janeiro, este foi considerado o menor ganho dentro de treze meses, como informou a montadora de origem alemã. Os embarques da empresa totalizaram 401.400 unidades no mês de janeiro, contra 399.700 verificados no mesmo mês do ano passado. Segundo a fabricante, "essa é a menor alta em muito tempo".

Apesar disso, as comercializações da empresa subiram 9,1% nos 2 primeiros meses de 2013, totalizando 893.400 unidades comercializadas.

O total de vendas referente ao grupo completo, com a inclusão das marcas de luxo Skoda e Audi, pode sair até o final da semana. De acordo com o diretor de vendas da empresa, “a competição está acirrada e a companhia não ficou imune a este processo”.

Por Marcelo Araújo


Na busca por uma fatia maior no mercado de caminhões extrapesados, a divisão de caminhões da Ford no Brasil anunciou o mais novo Cargo 2842.

O novo veículo entra no mundialmente segmento dos estradeiros que têm peso bruto total (PBT) de até 56 toneladas. A apresentação do Cargo 2842 aconteceu ao mesmo tempo em que a Ford Otosan (joint venture da empresa na Turquia) também exibia o novo caminhão.

Apesar de a apresentação ter acontecido em nosso mercado nacional, a Ford Caminhões ainda não tem uma data específica para o início das vendas do extrapesado. Entretanto, conforme o Diretor de Operações da divisão brasileira, Oswaldo Jardim, as vendas devem começar antes da Fenatran, que é o Salão Internacional do Transporte, que acontecerá no mês de outubro deste ano.

Nenhum detalhe técnico foi revelado ainda, mas foi informado que o Cargo 2842 foi desenhado em Camaçari (BA) e será produzido tanto em São Bernardo do Campo (SP) como em Eskisehir (na Turquia).

Até então, a Ford só competia pelo mercado dos caminhões extrapesados com o modelo Cargo 1933, que “aguenta” até 46 toneladas. A fatia de mercado da marca nesse setor é de 18,7%, conforme dados do final do ano passado.

Por Guilherme Marcon


O mercado de veículos do tipo sedã ganhou em dezembro mais um componente, pois a Jaguar apresentou o XFR-S.

Este veículo vem com um motor V8 5.0 litros acoplado em um câmbio automático de oito marchas e com capacidade de executar um torque de até 69,4 kgfm e uma potência máxima de 550 cavalos, sendo que este desempenho é oferecido graças a modificações feitas no compressor XFR presente no carro.

Além disso, o Jaguar XFR-S tem um visual impactante com rodas com 20 polegadas, novos para-choques, grande aerofólio na parte traseira e design com linhas e pinturas muito fortes.

Em seu interior o novo carro da Jaguar conta com muito conforto com bancos revestidos em couro, sistema de entretenimento, porta-objeto espalhados, ar-condicionado, freios ABS e outros.

Agora basta aguardar o início das vendas desta nova máquina e o anúncio de seus valores comerciais que até o momento não foram informados pela montadora.

Por Ana Camila Neves Morais


Ele já não é mais novidade, mas ainda é um dos carros mais lembrados. Lançado pela Hyundai no ano passado, o Azera 2012, que carregou o slogan “o carro de mais de um bilhão de dólares”, custa apenas R$ 109 mil na versão completa.

O Azera foi anunciado de forma extravagante pelas mídias, mas trouxe um visual bem próximo dos demais veículos da Hyundai, apenas se destacando pelo estilo de escultura fluida como o conhecido Elantra o e ix 35. Há quem diga que o Azera é o carro com maior custo/benefício na linha de sedãs de todos os tempos.

O veículo é equipado com motores 2.4 e 3.0. Além disso, o Azera possui 4.895 mm de comprimento, 1.490 mm de altura e capacidade para 70 litros no tanque de combustível.

O Azera vem equipado com direção hidráulica, ar condicionado, airbags de cortina e de joelho para o motorista e até assistência para a hora de estacionar.

Para quem ainda está em dúvida na linha de sedãs, vale apenas dar uma olhada no modelo que já estampou as capas de revistas pelo mundo todo desde o ano passado.

Por Dayane Garcia


Outra melhoria em modelos populares está perto de acontecer, pois foi apresentada a sétima geração do Golf com melhorias principalmente em suas opções tecnológicas disponíveis nas versões Trendline, Highline e Comfortline.

O novo Golf conta agora com 5,6 metros de comprimento e um peso de 1.260 quilos equipados com os motores 1.2 TSI que alcança 85 cavalos de potência e o 1.4 TSI com 140 cavalos de potência máxima.

Do ponto de vista técnico, este novo modelo possui freios ABS que são acionados de forma automática assim que ocorre uma batida na sua traseira, airbags frontais e laterais, controle de estabilidade e sistema start/stop.

Esteticamente, este veículo ganhou novos faróis, lanternas, grade e para-choques com contornos e linhas melhoradas.

No seu interior as novidades ficam por conta de dispositivos, como: painel de instrumentos sensível ao toque, banco do motorista com ajuste de altura, entre outros

Para quem deseja adquirir a nova geração do Golf, ele será vendido por 16.900 euros, que equivalem a cerca de R$ 43.000.

Portanto, para quem deseja adquirir um carro com preços mais acessíveis a nova geração do Golf consiste em uma boa possibilidade que alia economia e conforto.

Por Ana Camila Neves Morais


Mais um carro vai estar disponível para os consumidores em pouco tempo, pois a Chevrolet confirmou que o seu novo modelo compacto receberá o nome de Onix.

Este novo carro da montadora americana será produzido na fábrica da Chevrolet localizada no município de Gravataí (RS) e as informações sobre este veículo estão sendo divulgadas aos poucos.

O que já se sabe sobre o Onix é que ele terá um câmbio manual com cinco marchas ou automático com seis marchas, acondicionado em uma caixa chamada de GF6. Além disso, o câmbio deste carro tem um sistema que permite a sua adequação ao estilo de condução do seu proprietário.

No seu espaço interno, o Chevrolet Onix possui novidades interessantes, como painel de instrumentos inovador, computador de bordo e um sistema multimídia com o nome de myLink (que possibilita transportar vídeos, músicas e outros aplicativos do celular para o carro em uma tela LCD sensível ao toque).

A apresentação oficial do Chevrolet Onix acontecerá durante o Salão do Automóvel de São Paulo, que vai acontecer no final do mês de outubro de 2012.

Deste modo, para aqueles que gostaram da novidade, em pouco tempo estará sendo ofertado no mercado mais um veículo com características inovadoras e confortáveis para os amantes da velocidade.

Por Ana Camila Neves Morais


Recentemente a Porsche divulgou informações oficiais acerca do novo 911 Carrera, nas versões 4 e 4S. Ambos os modelos contarão com carrocerias estilo cupê e cabriolet. Outra característica em comum nas versões é que elas virão equipadas com câmbio com dupla embreagem de 7 marchas.

O 4 e 4S se diferenciam no desempenho. Enquanto o 4 atinge 354 cavalos de potência, o 4S entrega surpreendentes 405 cavalos.

O 911 Carrera 4 cupê faz de 0 a 100/h em 4,5 segundos e a versão cabriolet em 4,7 segundos, atingindo respectivamente a velocidade máxima de 282 km/h e 285 km/h.

A versão 4S cupê, por sua vez, vai de 0 a 100 km/h em apenas 4,1 segundos, com velocidade máxima de 299 km/h, enquanto o 4S com carroceria cabriolet atinge velocidade máxima de 296 km/h e demora 4,3 segundos para fazer de 0 a 100 km/h. Trocando em miúdos, o 911 Carrera 4S é relativamente mais potente.

Os dois modelos serão apresentados no Salão de Paris, que terá início em 29 de setembro de 2012.

De acordo com a montadora, os  preços de partida girarão em torno de 97.557 euros, o que equivale a aproximadamente R$ 247 mil.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Honda começou a produzir em sua fábrica, localizada em Swindon (no Reino Unido), as primeiras unidades do novo Honda CR-V. A nova versão do modelo será apresentada ao público no Salão de Paris, que acontece no final de setembro.

Este modelo novo representa o segundo dos três passos da companhia em seu plano de investimento nesta unidade de produção. O primeiro foi o novo Civic, seguido do CR-V e logo depois virá a produção de um novo motor 1.6 a gasolina, que será usado no sedã. A fabricante investiu aproximadamente 300 milhões de euros e contratou 500 trabalhadores para esta produção, o maior investimento da montadora em uma unidade de produção nos últimos tempos.

A expectativa da Honda é conseguir atingir 183 mil unidades no total de produção deste novo modelo, praticamente o dobro de produção comparado ao ano passado. E este número deverá aumentar ainda mais até 2015, algo em torno de 250 mil unidades produzidas.

O diretor da Honda no Reino Unido, Dave Hodgetts, está bastante otimista com o negócio. De acordo com ele, o investimento é apenas uma confirmação do comprometimento da Honda com a produção no Reino Unido e a reafirmação da posição da fábrica em Swindon como matriz das operações feitas no mercado europeu, o que acontece há muito tempo.

Por Felipe Santos Bonfim


Mais uma boa notícia chegou ao mercado automobilístico brasileiro, pois o novo Gol 2013 foi apresentado com algumas alterações em seu estilo, ficando mais semelhante com a cara geral da Volkswagen.

O novo modelo possui novas calotas e rodas de liga leve, além de uma traseira mais moderna com traços mais retos. Não bastasse isso, também ocorreram alterações na dianteira do veículo.

No seu interior, a nova versão do Gol recebeu um novo revestimento nos bancos e teve o seu painel de instrumentos melhorado. Além disso, o veículo ganhou comandos elétricos para a abertura do porta-malas.

Outra inovação interessante é o Kit Bluemotion, que inclui direção hidráulica, pneus com menos atrito e motor 1.0 com aumento na potência e no torque (que diminui o consumo de combustível). Não bastasse isso, o Kit Bluemotion também insere no veículo o Kit I-Trend (de aparência, que contém computador de bordo, caixas de som e rodas de 15 polegadas).

Todas estas inovações e novidades do novo Gol podem ser adquiridas com preços que variam de R$ 27.990,00 a R$ 37.405,00.

Portanto, para aqueles que são apaixonados por carros e suas tecnologias, o novo Gol 2013 é uma ótima opção de compra.

Por Ana Camila Neves Morais


A nova geração da picape S10 mudou. A atualização do veículo da General Motors (GM) ficou com menos equipamentos e o seu preço final está mais em conta.

A novidade é que a Chevrolet lançou em seu site de vendas preços comerciais mais em conta para a compra da caminhonete. Agora, a partir de R$ 56.949, é possível adquirir o carro, na opção LS, que vem com cabine simples e tração 4×2 (em compensação, a versão anterior tinha tração 4×4).

O automóvel também está disponível na versão com carroceria dupla (por apenas R$ 64.187). A picape possui uma lista de itens de série mais simples, e ainda assim, atraentes e que garantem o desejo dos fãs da marca. Ela vem integrada com airbags frontais, freios ABS, ar condicionado, entre outras vantagens.

As novas versões de LS  são voltadas, principalmente, para o uso comercial e trazem como novidade um novo motor, de 2.8 turbodiesel da família Duramax, capaz de gerar até 180 cv. Já para a transmissão (a força do motor para as rodas) a única opção é a da caixa manual, que tem 5 marchas.

A General Motors Corporation, também conhecida apenas pela sigla GM, foi fundada em 1908 e é a maior montadora automobilística do mundo, com sede em inúmeros países.

Por Tadeu Goulart

Fonte: IG


A JAC Motors lançou esta semana a linha 2013 dos modelos J3 Hatch e J3 Turin.

Os veículos chegaram às concessionárias com algumas novidades. Na parte externa, as mudanças ficaram por conta dos faróis, que receberam máscara negra. Já a traseira dos veículos recebeu um logotipo com a inscrição "VVT".

Por causa das adaptações, os modelos ficaram R$ 2.000 mais caros e com o acréscimo serão vendidos por R$ 36.990 (J3 Hatch) e R$ 38.990 (J3 Turin).

Na parte interna, os veículos ganharam um novo tecido nos bancos. Além disso, agora os carros contam com espelho no para-sol do motorista e luz espia de lanternas no quadro de instrumentos.

Como item opcional, está disponível para os motoristas o revestimento de couro para os bancos.

Para quem tem dificuldade em estacionar, um sensor de estacionamento também está incluído. Os dois modelos contam com rodas de alumínio e motor 1.4.

Outros equipamentos considerados como de série também estarão disponíveis, entre eles direção hidráulica, ar condicionado e freios ABS.

Para garantir a segurança e comodidade do motorista e dos passageiros, os modelos vêm com airbag frontal duplo, controle elétrico para os vidros, além de trava e faróis que funcionam com regulagem elétrica. 

Para obter mais informações sobre os carros, acesse o site www.jacmotorsbrasil.com.br.

Por Flaviane Diniz


Já começaram as vendas da Nova Ford Ranger, a primeira versão da picape com motor flex. O lançamento ocorreu em Salta (na Argentina) e agora a fabricante anunciou o início das vendas. Assim, a Ranger Flex será oferecida com cabine simples ou dupla e chegará ao mercado brasileiro custando a partir de R$ 61.900.

Além de ser Flex, a nova Ranger ainda conta com grande potência, pois é equipada com motor Duratec 2.5 16v, capaz de desenvolver até 173 cavalos de potência e 24,8 kgfm de torque. Para aqueles que gostam da tecnologia de câmbio automático, essa é a desvantagem desse carro, que só possui a opção de câmbio manual de 5 ou 6 marchas.

Entre os atrativos da nova Ranger estão: comandos de áudio e piloto automático no volante, ar condicionado, faróis de neblina, desembaçador do vidro traseiro, direção hidráulica, rodas de liga leve de 17 polegadas, chave tipo canivete, freios ABS com EBD, airbags, travas e retrovisores elétricos, computador de bordo e CD player com Bluetooth.

Para aqueles que gostam de mais detalhes, também é possível acrescentar bancos com ajuste de altura e lombar, airbags duplos, estribos laterais, itens cromados e ar condicionado digital de dupla zona.

Para obter mais informações sobre o veículo, acesse o site www.ford.com.br.

Por Camila Caetano


A Mitsubishi lançou mais uma picape na sua linha L200, agora a novidade é L200 Triton Savana, uma versão super completa, com endereços e equipamentos.

O veículo continua com as opções das demais, como cabine dupla, tração 4×2 com opção de 4×4 e 4×4 com marcha reduzida, câmbio manual de cinco velocidades e o motor quatro-cilindros, 3.2, turbodiesel, de 170 cv e 35 kgfm de torque. Também mantém a suspensão e o sistema LSD Hybrid, função que passa automaticamente a tração para a roda que necessita de força em situações fora-de-estrada.

Além disso, a sua caçamba é menor que as demais, com 18 cm a menos de comprimento. Outro fator é que diminuiu a rigidez à torção, assim a carroceria fica mais firme, no mesmo eixo de movimento do veículo, durante as curvas.

Executa bem suas funções 4×4, nas angulações laterais e de aclives e declives, conseguindo sair de qualquer obstáculo, assim como possíveis buracos que estragaria qualquer carro comum. A L200 Triton ainda possui um novo sistema que consegue reconhecer o tamanho da cratera, evitando que a roda caia repentinamente.

Os valores dessa novidade variam de R$ 83.990 para a mais básica e R$ 88.990 para a equipada.

Por Camila Caetano


A montadora Ford anunciou os preços da linha Focus 2013. Quem desejar comprar algum veículo da categoria terá que desembolsar entre R$ 49.400 e R$ 68.620.

O Focus é conhecido pelo conforto que proporciona ao motorista e seus passageiros, além da segurança. Os carros saem da fábrica com controle automático dos vidros dianteiros, travas com controle remoto, air bag duplo, CD player, computador de bordo, entre outras regalias.

A linha 2013 apresenta quatro opções diferentes do automóvel: 1.6 GL, 1.6 GLX, 2.0 Flex GLX e 2.0 Titanium. Ambas as versões com motor 2.0 possuem câmbio automático, enquanto os modelos 1.6 ainda funcionam com a troca de marchas de maneira manual. Os carros 1.6 possuem a potência de 109 CV, quando com gasolina, e 115 CV, caso abastecidos com álcool. Já os 2.0 podem chegar a 143 CV com gasolina e 148 CV com álcool no tanque de combustível.

Outra vantagem para quem se dispõe a pagar mais caro e comprar as versões 2.0 são os bancos de couro, o som com Bluetooth, sensor de estacionamento, piloto automático e ajuste elétrico para o banco do condutor.

Por Mozart Artmann


A montadora Volkswagen lançou na noite da última terça-feira (17/07) os novos modelos dos populares Gol e Voyage. Os carros mantêm seus padrões estéticos clássicos, mas apresentam mudanças principalmente na dianteira e traseira.

Os preços seguem competitivos com o mercado. Mesmo com o acréscimo de acessórios, os preços subiram pouco, em menos de R$ 100. O novo Gol custa R$ 27.990 e o Voyage R$ 29.990.

O novo design dos veículos foi feito exclusivamente por profissionais brasileiros. As primeiras mudanças são para adequar os automóveis ao restante da linha mais moderna da Volkswagen do país. Os faróis, por exemplo, estão maiores e iguais ao Fox.

No interior dos carros a maior novidade fica por conta do sistema de som. A partir de agora, a conectividade faz parte do Gol e Voyage, pois ambos possuem entrada para USB, iPod, etc. Os dois automóveis têm vidros elétricos e destravamento automático do porta-malas.

A montadora garante, ainda, que os novos carros são cerca de 4% por mais econômicos em relação às versões anteriores, no caso dos motores 1.0. As versões 1.6 do Gol e do Voyage podem chegar a custar até R$ 43.490.

Por Mozart Artmann


A linha 2013 do Citroën AirCross foi apresentada pela montadora francesa e chega trazendo uma série de novidades, tanto na parte mecânica, com novos motores, quanto na quantidade de itens instalados de fábrica, como os freios ABS com EBD e o airbag, que passam a ser oferecidos até mesmo na versão mais simples do AirCross.

O motor Vti 120 Flex, de 1.6 litro e 16 válvulas, entrega 115 cv de potência e torque de 15,5 kgfm, se abastecido a gasolina, e 122 cv e 16,4 kgfm de torque, quando movido a etanol, de acordo com os dados divulgados pela Citroën. O novo propulsor tem como diferencial uma nova tecnologia que inicia o pré-aquecimento do etanol assim que a porta do motorista é aberta, auxiliando na partida em temperaturas baixas.

A versão GLX BVM do AirCross 2013 vem com direção assistida; retrovisores com regulagem elétrica; ar condicionado; computador de bordo; sistema de áudio com CD, MP3 e entrada auxiliar; faróis de neblina; rodas de liga leve Buggy; inclinômetro; bússola e acionamento elétrico para os vidros. O preço sugerido é de R$ 53.900, enquanto o modelo GLX BVA, que adiciona o câmbio automático sequencial à configuração anterior, sai por R$ 57.600.

Já a versão top de linha, Exclusive, que inclui bancos de couro, ar condicionado digital, limitador e regulador de velocidade, volante revestido em couro, rádio PIONEER, regulagem de altura para o banco do motorista, entre outros itens, custa R$ 60.500. O mesmo modelo, com transmissão automática, é vendido a R$ 64.200.

Por André Gonçalves


O sedã médio J5, da JAC Motors, ganhou uma boa redução no preço, de acordo com a notícia publicada no site da montadora chinesa. Anteriormente custando R$ 53.990,00, o modelo já havia passado por um corte no preço, devido à redução da alíquota do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI), e agora ganhou um novo bônus, sendo comercializado a R$ 46.990,00.

O JAC J5 é impulsionado pelo motor VVT 16V, de 1.5 litro, capaz de entregar 125 cv de potência a 6000 rpm. Gerenciado pelo câmbio manual de cinco velocidades, o bloco leva o veículo a uma velocidade máxima de 188 km/h, conforme os dados da JAC Motors.

Ele conta com uma lista completa de acessórios, que abrange duplo airbag, alarme antifurto, barras de proteção lateral, freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem, sensor de estacionamento traseiro, lanternas dianteiras e traseiras de neblina, regulagem elétrica de altura para os faróis e retrovisores elétricos.

Para o conforto e a comodidade dos passageiros, o J5 vem com vidros dianteiros e traseiros elétricos, bancos em veludo, ar condicionado digital, porta copos, luz de leitura, rádio com CD player, MP3 e entrada USB, seis alto-falantes e porta revistas. Já no caso do motorista, os destaques entre os itens são: o ajuste de altura para o assento, volante com regulagem e revestimento em couro, direção hidráulica e iluminação azul no painel de instrumentos.

O preço reduzido, de acordo com o site da JAC Motors, será válido até o dia 31 de julho de 2012.

Por André Gonçalves


A segunda geração da Ford Ranger foi apresentada neste último domingo (1º de julho) em Salta, cidade da Argentina. Com o passar dos anos, desde o lançamento do 1º modelo, a Ford vem atualizando o seu design e a sua tecnologia, resultando em um veículo cada vez mais moderno e reestilizado.

Nesta nova geração da Ranger, a montadora optou por incluir a novidade do motor flex Duratec 2.5 16V, capaz de gerar até mesmo 173 cv de potência no álcool e 168 cv na gasolina. Há também a opção com o motor a diesel Duratorq 3.2 20V, que rende até 200 cv de potência.

Em uma das versões, a XLS, a picape conta com algumas especificações técnicas de série, tais como ar condicionado, direção hidráulica, CD Player com MP3, computador de bordo e freios ABS com EBD. O veículo está disponível também nas versões XLT e Limited.

A Ford Ranger 2013 está inclusa na estratégia adotada pela empresa, a chamada One Ford, que consiste em comercializar o mesmo veículo mundialmente, sem alteração de características para determinados países.

De acordo com as informações obtidas, a picape será vendida em 180 países. No Brasil, os preços já foram divulgados, sendo de R$ 61,9 mil na versão XLS 2.5 flex CS, de R$ 106,9 mil na versão XLS 3.2 diesel CD e de R$ 87,5 mil na versão Limited 2.5 flex CD.

Por Anne A. Matioli Dias


Pronto para ser comercializado, o Elantra Coupé teve o seu preço definido pela Hyundai. A fabricante estipulou o valor do automóvel somente para os Estados Unidos e, de acordo com a versão, o veículo custará entre US$ 18.220 e US$ 21.520, cerca de R$ 37.376,00 e R$ 44.146,00. Neste valor, o frete já está incluso.

Na imprensa internacional, foi noticiado que o Elantra Coupé está com preço mais alto do que o Honda Civic, seu concorrente. No entanto, o automóvel oferece itens diferenciados, como ar condicionado, rodas de liga leve 16 polegadas, câmbio automático de seis velocidades e freios a disco nas quatro rodas.

Além disso, o Elantra Coupé também oferece como itens de fábrica os bancos dianteiros aquecidos, piloto automático, Bluetooth, sistema de som USB/MP3/CD, chaves keyless e faróis de neblina. A versão topo de linha, a SE, ainda contém teto solar elétrico, rodas de 17 polegadas, spoiler traseiro, pedais de alumínio, bancos em couro, assim como alavanca de câmbio e volante revestidos com o mesmo tecido.

O motor utilizado no automóvel é 1.8 com 151 cavalos de potência e torque de 18,1 kgfm. O câmbio está disponível tanto no manual quanto automático e tem seis velocidades nas duas alternativas.

Por Matheus Camargo

Fonte: Hyundai


Com o lançamento da linha 2013 dos carros da Fiat, a fabricante de automóveis demonstrou como será o seu novo Palio Weekend. O modelo recebeu diversas melhorias, tanto na parte interna quanto externa, e será comercializado em quatro versões diferentes: Adventure, Adventure Dualogic, Trekking e Attractive.

Os novos modelos do Palio Weekend também possuem diferentes opções de motor. Uma delas é o Fire 1.4 Flex, que tem 85 cv de potência quando movido a gasolina e 86 cv quando movido a etanol. A segunda alternativa é o motor E-torQ 1.6, com 16 válvulas e 115 cv quando movido a gasolina e 117 cv quando movido a etanol. Por último, há o motor E-torQ 1.8, também com 16 válvulas, mas com potência de 130 cv quando movido a gasolina e de 132 cv quando movido a etanol.

Com relação ao design, o veículo trouxe uma grande modificação na parte da frente, já que recebeu um novo para-choque. Além disso, a grade central foi modificada, contendo agora um friso cromado na parte superior. A exceção é o modelo Adventure, que possui para-choque dianteiro mais arredondado. Esta versão do Palio ainda possui rodas de liga leve.

No painel interno, foram adicionados novos difusores de ar, porta-objetos nas portas, nova chave Telecomando (somente para os modelos Adventure e Trekking) e apoio para o pé do motorista diferenciado. No quadro de instrumentos, o motorista pode verificar diversos detalhes do veículo, como o nível de combustível, o relógio, o trip computer, a temperatura da água, o velocímetro e o conta-giros. Já o volante tem três raios e foi remodelado, oferecendo ao consumidor a opção de trazer o comando para trocar as marchas e acionar o rádio.

Outra parte importante do novo veículo é a questão da segurança. Os modelos vêm equipados com freios ABS e EBD, airbags nos bancos da frente e o pacote High Safety Drive (HSD).

O Palio 2013 será comercializado a partir de R$ 41.490,00.

Fonte: Fiat

Por Matheus Camargo


As medidas de estímulo ao consumo, anunciadas pelo Ministro da Fazenda na última semana de maio, permanecem interferindo no dia a dia das montadoras. Afinal, um dos pedidos do Governo é referente à readequação das tabelas de preços dos veículos, devido à redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). Na última quarta-feira, dia 06 de junho, a Mercedes-Benz divulgou a nova tabela de preços para seus automóveis.

Em destaque está o sedã C 180 Turbo, que ficou R$ 9.000,00 mais barato (passando de R$ 134.900,00 para R$ 125.900,00).

A redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) varia de 6,5% a 7%, dependendo dos motores dos carros.

Os preços reajustados vão até 31 de agosto.

Confira abaixo a tabela de preços divulgada pela Mercedes-Benz:

Mercedes-Benz:

  • E 250 Avantgarde Sport: R$ 238.900
  • E 250 Avantgarde: R$ 233.900
  • C 180 Turbo Coupé: R$ 135.500
  • C 180 Turbo Touring: R$ 140.500
  • C 180 Turbo: R$ 125.900
  • C 200 Turbo Avantgarde: R$ 154.500
  • SLK 250 Turbo: R$ 233.900
  • C 250 Turbo Sport: R$ 205.900
  • E 250 CGI Coupé: R$ 261.900

Smart:

  • Smart Fortwo 84cv Turbo Cabrio Tritop: R$ 72.900 (modelo 2012/2012)
  • Smart Fortwo 84cv Turbo Cabrio Tritop: R$ 72.700 (modelo 2011/2012)
  • Smart Fortwo 71cv mhd Coupé: R$ 52.500 (modelo 2012/2012)
  • Smart Fortwo 71cv mhd Coupé: R$ 49.900 (modelo 2011/2012)
  • Smart Fortwo 84cv Turbo Cabrio: R$ 72.500 (modelo 2012/2012)
  • Smart Fortwo 84cv Turbo Cabrio: R$ 71.900 (modelo 2011/2012)
  • Smart Fortwo 84cv Turbo Coupé: R$ 68.500 (modelo 2012/2012)
  • Smart Fortwo 84cv Turbo Coupé: R$ 64.900 (modelo 2011/2012)

Fonte: Automotive Business

Por Rafaela Fusieger


A Hyundai já havia apresentado o novo modelo do Veloster no Salão de Detroit, no mês de janeiro deste ano. De acordo com as informações divulgadas pela montadora, o veículo deve chegar ainda este mês nos Estados Unidos, mas ainda sem previsão de chegada ao Brasil.

O automóvel se diferencia do modelo tradicional por ser um pouco mais alto, possuir grade frontal simplificada e faróis redesenhados. Não bastasse isso, o veículo também possui bancos em couro com aquecimento, volante esportivo e aro de 18 polegadas nas rodas.

As especificações técnicas do veículo incluem um motor 1.6 de 4 cilindros em linha com turbocharger. No entanto, a melhor notícia é que o carro é bastante econômico, fazendo 11,05 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada, segundo a Hyundai.

Os interessados em adquirir um Veloster Turbo devem saber que o valor apresentado em dólar sai por volta de R$ 4.000,00 a mais que o modelo tradicional, portanto, totalizando hoje R$ 44.624,00. Além disso, o comprador terá que pagar o custo do frete, correspondente a R$ 1.552,00.

Por Anne A. Matioli Dias


Depois de ter seu lançamento adiado por conta da alta do IPI em 2011, finalmente o Optima, antigo Magentis, já pode ser encontrado em algumas concessionárias da Kia.

Com preço a partir de R$ 96.900, o sedã sul-coreano veio para competir com o Chevrolet Malibu (R$ 99.900), o Honda Accord (R$ 99.800) e o Ford Fusion, o mais barato dos quatro: R$ 84.500.

Algumas características do modelo, são: motor Theta II quatro cilindros na versão 2,4 litros com 180 cv de potência e 23,6 de torque, câmbio automático sequencial de seis marchas com opção de troca manual, modo de condução econômico, seis airbags, suspensão independente nas 4 rodas, ajuste elétrico para o banco do passageiro, ar condicionado com saída para a traseira, entre outras.

O visual está diferente também. Existem Leds nas lanternas traseiras e nos faróis dianteiros. Os destaques ficam para o acabamento refinado e para a saída dupla de escape, o que ajuda a minimizar os ruídos.

Segundo a matéria do jornal O Estado de São Paulo de 1º de abril de 2012, faltam, no entanto, alguns detalhes, como faróis de xenônio e ajuste elétrico para o banco de passageiro.

Por Christiane Suplicy Curioni


O Mini Roadster acabou de chegar ao Brasil. Trata-se do primeiro carro conversível da marca britânica a ser lançado com dois assentos. Além desse diferencial, o automóvel conta com um amplo porta-malas que comporta até 240 litros, bem como uma moderna capota que pode ser movida de forma manual.

De acordo com a montadora, o veículo conta com uma excelente propulsão, realizada pelo motor 1.6 Turbo, que atinge 122 cavalos, acelerando de 0 a 100 km/h em apenas 9,2 segundos em sua versão de partida.

Já a S Roadster, versão top de linha, conta com configurações ainda  melhores, pois apesar de possuir o mesmo motor, gera 184 cavalos de potência e atinge de 0 a 100 km/h em 7 segundos. Ambas as versões são movidas a gasolina.

Em termos de visual, o Mini Roadster se apresenta com um design esportivo, elegante e jovial. Suas linhas são arrojadas e as opções de cores são atraentes. Dentre outros atributos, o  conversível vem com itens de série como o controle de estabilidade dinâmica,  direção elétrica e controle dinâmico de tração.

No mercado brasileiro, o lançamento será comercializado pelos preços de  R$ 133.000,00 no modelo convencional e R$ 145.00,00 na versão S Roadter.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Peugeot, marca francesa produtora de automóveis, apresentou no dia 15 de fevereiro seu novo hatchback 308. O carro foi lançado em 2007 na Europa e agora chega ao Brasil em três versões, que variam entre R$ 56.900 e R$ 70.900.

Confira as características das versões:

308 Allure 1.6: essa versão, a mais barata da nova linha, que custa R$ 56.900, vem com ar condicionado automático digital bi-zone com saída de ar traseira; faróis de neblina dianteiros; conexão USB para iPod/MP3 Player e entrada AUX; conexão Bluetooth para celular (kit mãos livres) e áudio streaming; acendimento automático dos faróis; limpador do para-brisa automático; grade do para-choque dianteiro com frisos cromados; retrovisor interno eletrocrômico; apoios de braço individuais nos bancos dianteiros; 

308 Allure 2.0 manual e automático: a versão 2.0, com preço que varia entre R$ 59.990 e R$ 63.990, vem com roda em liga leve de 17 polegadas; regulador e limitador de velocidade; painel de instrumentos de fundo branco (versão automática); teto panorâmico de vidro como opcional; 

308 Féline 2.0 automático: a terceira e mais completa versão, que custa R$ 70.990, vem com alarme; bancos em couro; teto panorâmico de vidro; retrovisor externo rebatível eletricamente; luzes diurnas em LED; sensor de estacionamento traseiro; dois airbags laterais (proteção do tórax dos ocupantes dianteiros); dois airbags tipo cortina (proteção à cabeça dos passageiros dianteiros e traseiros); controle de estabilidade (ESP) e de tração (ASR); soleira em alumínio com inscrição Peugeot; pedais em alumínio; GPS com tela colorida retrátil (item opcional). 

O grande destaque do novo hatchbak da marca é o porta-malas, com capacidade para 430 litros

Por Larissa Nalin


A montadora de luxo Mercedes-Benz acabou de lançar no Brasil o novo CLS 350. O  requintado  sedan de  quatro portas já pode ser encontrado nas concessionárias brasileiras pelo preço de R$ 369.900,00, valor reajustado em função do aumento do novo IPI. A versão anterior do automóvel era comercializada por R$ 330.000,00.

O veículo pesa 1.735 kg, conta com fechamento automático de porta-malas e sistema seguro  Keyless-Go, permitindo que a porta seja aberta e o carro seja ligado sem a necessidade de chave. Além disso, o motor do CLS 350  é um espetáculo. Trata-se do  Blue Efficiency, um 3.5 V6, capaz de gerar até 306 cavalos de potência. O carro dispõe ainda de câmbio 7G-Tronic, que possibilita uma transmissão rápida e precisa. A suspensão foi totalmente recalibrada e ganhou completa assistência de direção eletromecânica. 

O novo cupê é dotado de uma esportividade ímpar. Seu design atrai ao primeiro olhar, pois a parte interna com suas linhas arrojadas e acabamento perfeito são convidativos. O interior do carro segue a mesma concepção e surpreende pela beleza, conforto e refinamento. O volante é completamente revestido em couro legítimo em três nuances modernas de cores (Preto, Cinza Alpaca e Bege Amêndoa).

A versão conta ainda com ar condicionado THERMOTRONIC, bancos com  memória e regulagem elétrica, ajuste elétrico da direção, conexão Bluetooth,  tela de 7 polegadas com sintonizador para TV e DVD, faróis de LED,  airbags laterais, frontais e cortina, moderno sistema de segurança PRE-SAFE e muito mais.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Já chegaram no Brasil, dois lançamentos muito aguardados pelos apaixonados por carros. Trata-se do Equus e do Genesis da Hyundai. As concessionárias brasileiras já estão aceitando reservas da dupla de automóveis que promete virar sensação no país, porém, isso só é possível, mediante a um sinal  de 10% do valor do modelo escolhido.

Vale ressaltar, que os sedans de luxo não custam barato. Os preços divulgados pela marca correspondem a R$ 330.000,00 para o Equus  e  R$ 220.000,00 para o Genesis. O valor se justifica pelo design marcante e super moderno,  matéria prima de alta qualidade e a tecnologia de ponta utilizada nos dois lançamentos.

Na parte mecânica,  o Genesis contará com um motor 3.8 V6  com potência de  290 cavalos e  câmbio automático de oito marchas. Em contrapartida, o Equus será movido por um motor 4.6 V8 e atingirá a excelente marca de  371 cavalos de potência.

Ambos os automóveis serão disponibilizados nas elegantes  cores branca, prata e preta. Na parte interna, o carro será conforto puro, com  seus bancos revestidos de couro, ventilação interna, sistema multimídia completo e acabamento em madeira real e aço puro. Irresistível não?

Por Larissa Mendes de Oliveira


Mais moderno do que nunca, o Renault Fluence 2012 já chegou surpreendendo. Com acessórios funcionais e um arrojo singular, os especialistas afirmam que ele é um forte candidato a sucessor do incrível Mégane.

Muito bonito e versátil, o carro pode ser encontrado em duas versões: o Fluence Dynamique e o Fluence Privilége.  As versões compartilham dos mesmos atributos técnicos, porém se diferenciam no visual e em alguns opcionais que tornam o Privilége um pouco mais luxuoso, pois acrescenta GPS com controle remoto, bancos de couro legítimo, rodas aro 17, retrovisores rebatíveis e sensor traseiro para estacionamento.

Em comum, as duas versões contam com motor 2.0 Hi-Flex, a potência  atinge até 143 cavalos e sua constituição contém alumínio, o que torna o modelo 40 kg mais leve. O carro é altamente seguro, pois possui 6 airbags, controlador de velocidade e  os freios são ABS . Além da super novidade: a chave-cartão hands free (travamento e destravamento através de sensores de presença). Como se não bastasse, o modelo tem kit multimídia completo e de alto padrão tecnológico, com sistema de Bluetooth, rádio com CD e MP3, além de entrada USB.

Esses e outros itens fazem do Fluence um carro bastante completo, com desempenho satisfatório e design impecável. Isso tem feito do automóvel um verdadeiro clássico da Renault.

Toda a elegância do  Fluence já está disponível nas concessionárias por R$ 59.990,00 ou  R$ 75.990,00, a depender da versão.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Após as fracas vendas de seu antecessor, o sedan 307, a Peugeot lança a sua mais nova linha, o novo sedan 408 Turbo, com novo câmbio automático de seis marchas e motor 1.6 THP turbo com 163 cv. O modelo chega ao mercado pelo valor de R$ 83.490.

Em parceria com a BMW, a Peugeot introduziu o motor THP em seu sedan que é 1.6 com direta injeção de combustível, contendo 12 cv a mais que o 2.0 16V, o único problema é que ele não é flex.

Outro ponto forte do novo sedan é o câmbio automático de seis marchas, que possui um funcionamento progressivo e suave, ao contrário de seu antecessor, que com quatro marchas, as trocas eram quase sempre indecisas. Segundo dados realizados pela montadora, o sedan chega aos 213 km/h com uma aceleração de 0 a 100 km/h em 8,2 segundos.

No ano passado, o Sedan 408 registrou uma média de vendas de 700 automóveis por mês, ficando muito atrás de seus concorrentes Renault Fluence, que vendeu 1,1 mil, o VW Jetta, 1,5 mil e o Chevrolet Cruze, que chegou a vender 2,3 mil carros por mês.

Por Rômulo Magalhães


Ter um veículo novo, com bom desempenho e diferente da maioria é o desejo que move a maior parte dos motoristas que correm atrás das novidades automobilísticas. O problema é que várias pessoas podem ter a mesma ideia ao mesmo tempo, e aí ela já não é mais tão original quanto parecia. Quando se trata de comércio, outro empecilho surge: a lei da oferta e da procura, que inflaciona qualquer produto cujas vendas sejam bem sucedidas.

Chegou recentemente ao Brasil o mais chamativo lançamento de final de ano da Hyundai, o Veloster. O carro, que tem aparência original e moderna, impressionou ao apresentar o design inovador com três portas. A quebra brusca de padrões estéticos poderia resultar em grande rejeição por parte do público brasileiro, mas a jogada, embora arriscada, deu certo. O esportivo caiu rapidamente no gosto do consumidor, tornando-se sucesso com uma velocidade inesperada. 

Para os primeiros proprietários (que encomendaram o veículo antes que ele chegasse às concessionárias) a novidade custou cerca de R$ 63 mil, mas a procura em nível inesperado “turbinou” os preços e hoje é possível encontrar o Veloster sendo comercializado por mais de R$ 80 mil (na versão com teto solar).

Para os que estiverem dispostos a desembolsar uma quantia maior ainda tentando conseguir um exemplar mais raro, a Hyundai promete a versão branca do esportivo, por um acréscimo de R$ 5 mil.

Pois é, dirigir com estilo custa caro. Mas a julgar pela alta contínua dos preços, os consumidores continuam achando que vale a pena.

Por João Gabriel de Lima


A versão 2012 é a última atualização da Hilux que a Toyota preparou antes da sua nova geração que será em 2014. A empresa introduz um novo design e conseguiu melhorar ainda mais em qualidade, durabilidade e confiabilidade.

Confira os novos detalhes:

– Versão 2012: SRV TOP automática, que passa a ser topo de linha;

– Rodas: Aro 17;

– Câmbio e direção: Automático, tecnologia de ponta com controle de tração e estabilidade e freios ABS com EBD e BAS;

– Linhas mais quadradas em relação ao visual anterior;

– Exclusividade para o Brasil: 163 cavalos a 5.000 RPM, abastecido com álcool, e 158 cv a 5.000 RPM, com gasolina;

– Parte traseira: As lanternas foram erguidas;

– Volante multifuncional, Bluetooth e uma câmera no painel que auxilia na hora de estacionar;

– Preços:

  • Hilux 4×4 C/D SRV A/T TOP: R$ 141.920,00;
  • Hilux 4×4 C/D SRV A/T: R$ 134.410,00;
  • Hilux 4×4 C/D SRV M/T: R$ 127.260,00;
  • Hilux 4×4 C/D SR M/T: R$ 111.800,00;
  • Hilux 4×4 C/D Standard Power Pack: R$ 100.720,00;
  • Hilux 4×4 C/D Standard: R$ 93.260,00;
  • Hilux 4×4 C/S Standard: R$ 85.690,00;
  • Hilux 4×4 Chassi/Cabine: R$ 80.160,00.

A Hilux com tração dianteira retorna até março, e o motor V6 2.7, antes só movido a gasolina, passará a ser flex.

Outro grande diferencial de conforto da Hilux é que o nível de ruído do motor é baixo, o que traz comodidade ao motorista e aos passageiros. A suspensão também é outro diferencial, pois absorve eficazmente os solavancos vindos das imperfeições das ruas e estradas esburacadas de nosso país.

Enfim, a Hilux 2012 da Toyota é robusta e demonstrou que está apta tanto para o campo, como para os centros urbanos.

Por Dorcas Rosicler

Fonte: TopCar


A Fiat é uma das maiores marcas de automóveis de todos os tempos, seu diferencial, é o fato de oferecer carros com preços que qualquer pessoa pode comprar.

O Fiat Siena 2012, não terá quase nenhuma mudança em relação ao do ano passado, pois a fabricante resolveu antecipar seu lançamento, e isso fez com que suas mudanças fossem adiadas para o próximo carro da linha, pois se elas fossem adicionadas agora, faria com que o lançamento do carro fosse somente no começo do ano que vem, por isso, a Fiat resolveu lançar seu carro em agosto e deixar as mudanças prometidas para a próxima versão desse carro.

Embora o Fiat Siena não venha com grandes novidades, ele trará uma coisa muito importante para quem o comprar, trata-se de cintos de segurança de três pontos retráteis nos bancos de trás. Outra novidade é que as rodas também aumentaram, pois na versão passada tinha rodas de aro 13, e na nova versão o aro é 14.

Esse carro possui um design muito bonito, seu espaço interno é muito amplo, podendo levar cerca de cinco pessoas de uma vez só com muito conforto. Estará disponível em cores fortes e brilhantes, sem falar que em se tratando de beleza não perde para nenhum automóvel sofisticado.

Devido ao seu preço (que é um dos mais baixos entre todos os lançamentos), o Siena tem tudo para se tornar um dos carros mais vendidos dos próximos anos. Para se ter uma idéia seu preço gira em torno de R$ 30.000, e vai até R$ 47.000, ou seja, são preços muito baixos para um automóvel novo.

Por Fernanda Oliveira


Comemorando 35 anos da abertura de sua fábrica em Belo Horizonte (MG), a Fiat está preparando um mega-evento onde um dos destaques deve ser a apresentação da nova versão do Fiat Palio.

A nova geração do Palio deve ser apresentada no dia 04 de novembro e deve agradar bastante aos apreciadores do carro.

O novo modelo se assemelha bastante ao Punto e trará lanternas verticalizadas na parte traseira, com elementos arredondados nas extremidades (bastante parecido com o Renault Sandero). Vale lembrar que a Fiat está utilizando estas lanternas verticalizadas para dividir a classe de seus carros, a mesma é utilizada nos modelos mais populares (Punto e Uno), já a linha mais requintada (composta pelo Bravo, Linea e Freemont) apresenta peças horizontais.

Além da mudança no visual, o veículo também deve ganhar mais alguns centímetros em suas dimensões (o tamanho exato ainda não foi informado pela fabricante).

Com relação aos seu motor, ele será o mesmo que já equipa o veículo. O 1.0, 1.4 EVO e 1.6 Etorq. Já as suas versões serão as seguintes: Essence, Sporting e Atrattive.

Uma dúvida que paira no ar é sobre o seu preço e sua manutenção.  A montadora ainda não informou quanto pretende cobrar pelo veículo e seus serviços.


O March, novo compacto da Nissan, foi lançado oficialmente no mercado brasileiro. O modelo, que é importado do México, chega custando a partir de R$ 27.790, e é a aposta da marca japonesa para entrar na briga pelo segmento de carros populares do país.

A versão básica tem sob o capô o motor 1.0 flex, de 16 válvulas, que entrega 74 cv de potência máxima e torque de 10 kgfm. De série, ele traz computador de bordo, duplo airbag, banco com ajuste de altura (para o motorista), rodas aro 14 e conta-giros. Acrescentando R$ 700, é possível adicionar desembaçador e limpador traseiro, e calotas, entre outros itens, que configuram a versão March 1.0 Plus.

A linha equipada com o bloco 1.0 tem ainda as versões March 1.0 Confort, com preço sugerido de R$ 31.990, e que acrescenta acessórios como direção elétrica e ar condicionado ao pacote anterior; e o March 1.0 S, adicionado de controles elétricos para o acionamento das travas, dos espelhos retrovisores e dos vidros, que custa R$ 33.390.

Completando a família, aparecem os modelos equipados com o motor 1.6 16V, também bicombustível, capaz de gerar até 111 cv de potência e 15,1 kgfm de torque. O March 1.6 S, com pacote de itens parecido ao do 1.0 S, sai por R$ 35.890, enquanto o March 1.6 SV, com alarme, som 2 DIN e rodas de alumínio aro 15, custa R$ 37.990. Já o March 1.6 SR, cheio de detalhes esportivos, será comercializado por R$ 39.900.

Por André Gonçalves


As versões 2012 da família 207, da Peugeot, já estão disponíveis nas concessionárias da marca no país. Os novos modelos, nas carrocerias hatch, sedã e perua, ganharam alterações estéticas e itens de série diferenciados.

No visual, as novidades são as barras de proteção na cor da carroceria (exceto na versão Escapade) e os frisos laterais com detalhes cromados, a partir da versão XRS, que também ganhou lanternas traseiras com fundo de alumínio. Internamente, todos os modelos têm novos revestimentos para os bancos e painel de instrumentos com fundo branco.

Algumas das novidades presentes nas versões XRS são: sensor de chuva e crepuscular, computador de bordo e novos comandos para os vidros elétricos. Na linha XR, novos acessórios também se fazem presentes. Ambas as versões são equipadas com o motor Flex 8V 1.4, que gera 82 cv de potência (com etanol).

O 207 HB 2P XR, com preço sugerido de R$ 35.790, é o novo modelo de entrada da família. Já o 207 HB 4P XR sai por R$ 37.790. Os outros preços ficaram assim: 207 HB XRS 4 portas: R$ 40.490;  207 SW XR: R$ 41.490; 207 Passion XR: R$ 40.790; e 207 Passion XRS: R$ 43.790.

Por André Gonçalves


Chega ao Brasil o primeiro carro da Audi custando abaixo de R$ 100 mil. Com o valor de R$ 89.900, o A1 deverá representar 40% do faturamento da empresa no país. O carro chega para conquistar o público brasileiro com seu design progressivo, charme e personalidade esportiva.

O A1 possui faróis de xênon plus com ajuste automático e luzes diurnas em LED, tecnologia existente em modelos maiores da empresa; além de o mesmo estilo de iluminação estar presente nas portas, teto, na luz de leitura, pés e maquiagem.

Seu compartimento de bagagem é mais baixo para facilitar o carregamento e o descarregamento e comporta 267 litros. O Audi A1 pode conquistar também pelos itens customizados, como arco do teto com pintura contrastante e cores nas saídas de ar internas. Ele também oferece o sistema start-stop, para auxiliar na economia de combustível e redução na emissão de CO2.

O motor do A1 tem 122 cavalos e injeção direta de combustível, sua aceleração de 0 a 100 km/hora é feita em 8,9 segundos e chega até 203 km/hora. Ele é econômico e possui consumo médio de 18,8 km/litro; além de possuir tecnologia inteligente, ou seja, ele recupera a energia da frenagem para ativá-la quando o carro voltar a acelerar.

O A1 também vem equipado com airbags frontais, laterais e cortinas de proteção para a cabeça. Possui BLUETOOTH e o Audi Music Interface, que permite a conexão e reprodução de iPod e celulares.

Outras informações sobre o veículo podem ser encontradas no site www.audi.com.br.

Por Danielle Vieira


O Hyundai Elantra tem previsão de estrear no Brasil ainda no primeiro semestre de 2011. A cada dia, surgem mais detalhes sobre o novo sedã médio, que chegará para concorrer no mercado nacional.

As últimas novidades são referentes aos preços e aos itens de série, que estão sendo divulgados em alguns sites especializados. De acordo com as informações, o modelo estará à venda em quatro opções de configuração, nas cores preto ou prata. A versão de entrada, com câmbio manual de seis marchas, terá o preço sugerido de R$ 68.700. O mesmo modelo, com transmissão automática, sairá a R$ 73.100. A versão intermediária, com bancos elétricos de couro, oito airbags e controle de estabilidade, vai custar R$ 78.600. Já para a versão top de linha, com teto solar, dentre outros adicionais, o preço é R$ 81.200.

A lista de itens de série, comum em todas as versões, tem direção hidráulica, câmera de ré, faróis com acendimento automático, rodas aro 17, trio elétrico, sensor de chuva, ar condicionado automático de duas zonas, sistema de som completo (com diversas conexões) e freios ABS, dentre outros. O motor 1.8, a gasolina, de 148 cv de potência e tração dianteira, também será compartilhado.

Por André Gonçalves


Um carro forte e resistente, que tem no seu DNA a Mitsubishi, e que já alcançou nada menos do que doze vitórias no perigoso e radical Rally Dakar, a aventura como essência, e ainda alia o conforto e belos itens tecnológicos de série em sua linha 2012, estará à venda ainda este mês no Brasil.

Fabricado em terras brasileiras o Pajero Dakar 2012 mantém esteticamente as linhas fortes e marcantes, a imponência da frente sóbria e a harmonia de um visual enxuto e moderno. Quanto à motorização, que também não foi modificada, a performance é mantida pelo propulsor 3.2 l 16V movido a diesel e que ainda possui itens como turbo e injeção eletrônica direta que o fazem render 165 CV de potência, trabalhando em conjunto com a transmissão automática de quatro velocidades e que conta também com a opção de trocas de marchas manuais na opção Sports Mode.

De série, entre outros itens, o SUV da Mitsubishi agora entrega sensor de chuva, sistema Keyless, sistema de GPS com mais de 1.000 cidades listadas e faróis com acendimento automático. Para completar a linha 2012, que incorporou ao nome do modelo a sigla HPE, High Performance Equipament, o Pajero Dakar 2012 conta com um sistema de tração que permite oferecer 16 combinações de marcha e tração chamado Super Select 4WD.

A nova linha 2012 chega às lojas com preço a partir de R$ 147.950.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carro Online


Uma perua de estilo moderno, design atual de linhas funcionais que garantem boa apresentação, razoável e espaço interno bem equilibrado, a Spacefox da Volkswagen atua bem em seu segmento de mercado.

No entanto hoje em dia a competição é acirrada e a concorrência é grande, além da motorização, segurança e conforto é necessário oferecer também preço acessível para cativar o consumidor. E justamente visando uma maior competitividade, a Volkswagen fez algumas mudanças e um reposicionamento das versões da linha com redução de alguns equipamentos, o que gerou novos preços para as três versões da perua.

A versão de entrada é a 1.6 l que vem com direção hidráulica e chave canivete entre outros itens de série e sai a R$ 44.290. A versão do meio é a Trend que já vem de série com ar condicionado e também direção hidráulica com preço a partir de R$ 49.390. Com mais R$ 2.700 o câmbio passa a ser o I-motion automático. E a versão top de linha, batizada de Sportline é mais completa e conta, entre outros itens de série, com freios ABS, sensores de chuva, airbag e parte de R$ 55.930 e com o câmbio automático I-motion o preço passa para R$ 58.630.

Por Mauro Câmara

Fonte: Uol


Mais uma novidade aporta nas concessionárias Ford. Trata-se da linha 2012 do EcoSport que vem com novos itens de série, como airbag duplo e freios ABS, na versão FreeStyle 2.0.

O EcoSport 2012 na versão XLS vem com os seguintes itens de série: direção hidráulica; retrovisor, vidros e travas elétricos; ar-condicionado, rádio mp3, entre outros.

Para quem gosta de passear, o tanque do veículo utilitário da Ford é de 54 litros, dando mais autonomia em viagens.

O valor inicial dos modelos da linha 2012 é a partir de R$ 54.250. Agora quem quiser uma versão com itens diferenciais, vai ter que pagar um pouco mais caro. O EcoSport FreeStyle com motor Flex 1.6 está sendo vendido por R$ 60.130 e com motor 2.0 Flex sai por R$ 65.130, mesmo valor do modelo XLT de câmbio automático e motor Flex 2.0. Já o 4WD 2.0 Flex custa em torno de R$66.170.

Há a opção de bancos em couro para os modelos, ficando por R$ 68.010 o XLT Automático e por R$69.040 o modelo 4WD 2.0 Flex.

Por Andrea Gomes


Volkswagen vai lançar no mercado brasileiro a pick-up Amarok em sua versão básica, que vai contar com cabine dupla e muitas novidades.

Agora, além das versões já existentes que são a Trendline e Highline, o consumidor poderá escolher entre as novas versões de cabine dupla que em breve chegarão às concessionárias Volkswagen de todo o Brasil.

A Amarok com cabine dupla estará disponível com tração 4×2 (traseira) e 4×4 que pode ser acionada de acordo com a necessidade do condutor. O modelo vem ainda com motor 2.0 a diesel, que conta com uma turbina e com potência de 122 cavalos.

As novas versões contam com os seguintes itens de série: ar-condicionado, direção hidráulica, rádio mp3, freio ABS, sistema de Bloqueio Eletrônico do Diferencial para proporcionar mais segurança e evitar que o veículo deslize quando a roda ficar sem tração, além de outros recursos que garantem maior segurança e conforto ao motorista e aos passageiros.

O valor da Amarok com tração 4×2 será a partir de R$ 88.990. Já a versão com tração nas quatro rodas será comercializada por R$ 92.990.  

Por Andrea Gomes


A Mitsubishi lançará no Brasil em abril o Outlander 2.0L, agora com mais equipamentos de série e nova motorização. Ele é reconhecido porque tem esportividade, conforto e segurança. Os itens que garantirão a segurança do motorista e dos passageiros são os airbags duplos, laterais e de cortina e os faróis de LED, que deixam o carro mais visível.

O Outlander vem com equipamentos de série para deixá-lo ainda mais bonito: rack de teto, bancos de couro e ponteira cromada do escapamento. E em termos tecnológicos, os itens são: sensores automáticos de luz e chuva, ajuste elétrico no banco do motorista e sistema viva-voz com Bluetooth.

O motor está ainda mais forte. É o Mivec movido a gasolina, que alcança 160 Cv a 6.000 rpm e torque de 20,1 kgf.m a 4.200 rpm. O novo crossover ter tração 4×2 e câmbio INVECS-III CVT automático equipado com Paddle Shiftters e Sports Mode sequencial de 6 marchas. As rodas de liga leve do modelo japonês têm aro 18” com desenho exclusivo e a sua parte traseira tem aerofólio e brake light integrado. O preço sugerido é de R$99.990,00.

Por Flávia Yoshitani


A montadora alemã Audi normalmente prima por fabricar modelos luxuosos nos quais a elegância talvez seja seu maior diferencial. Com seu DNA consegue levar até para os modelos essencialmente esportivos essa mistura fascinante de elegância, luxo e esportividade.

E o novo exemplo disso é o superesportivo R8 GT 2012 que mantém em seu design o equilíbrio entre a esportividade extrema e a elegância do visual constituído de linhas fortes, robustas e aerodinâmicas de carro de corrida, não fosse ele inspirado em um modelo da Audi fabricado especialmente para competições.

A tradição da mecânica privilegiada também está presente no propulsor 5.2 L V10 que foi adaptado para produzir 560 Cv de potência (mais potente do que os propulsores de seu parente próximo o Coupê R8). Aliado a esse conjunto mecânico vem o câmbio sequencial R Tronic manual e todo o conjunto pode levar o modelo a um arranque de 0 a 100 Km/h em somente 3,6 segundos, e atingindo a velocidade máxima de 320 Km/h.

Nos Estados Unidos, onde a comercialização do modelo será limitada a 99 exemplares dessa máquina, de um total de apenas 333 unidades a serem fabricadas para comercialização mundial, esse esportivo teve seu preço fixado em US$ 196.800, equivalente a cerca de R$ 325 mil.

De acordo com sites especializados, para o mercado brasileiro poderá ser destinado um número bem menor de exemplares do R8 GT, cujo valor também deverá ficar bem alto. Talvez o dobro do preço praticado nos Estados Unidos em função das taxas e impostos brasileiros.

Por Mauro Câmara

Fonte: Auto Estrada


A família Livina apresenta modelos com espaço interno grande, potência e desempenho com consumo reduzido e ampla visibilidade, também possui portas maiores que facilitam a entrada das cadeirinhas de bebês e crianças menores de dez anos no banco traseiro.

Os modelos chegam com acabamentos cheios de detalhes, como porta-luvas grande e 19 porta-objetos no Grand Livina, 11 no Livina e também no X-Gear.

Estão disponíveis cinco versões do Nissan Livina, todas com combustível flex. O modelo mais acessível sai por R$ 43.990. O X-Gear chega em duas versões com molduras pretas nas caixas de rodas e laterais inferiores que formam uma peça única ao chegar nos para-choques e tem preços a partir de R$ 53.290. O Gran Livina também chega em duas versões e possui flex fuel; além de apresentar o para-choque na cor do veículo. Seu preço inicial é de R$ 62.290.

A Nissan está no Brasil há 10 anos e possui fábrica em São José dos Pinhais, no Paraná, onde tem produção da picape Frontier, Livina, Grand Livina e X-Gear. A montadora tem 95 concessionárias por todo o país e ainda importa os modelos Tiida Hatch, Tiida Sedan e o Sentra.

Por Danielle Vieira


Os revendedores autorizados de todo o país já estão com o novo modelo do sedan Corolla, da Toyota, em suas dependências, porém aguardam autorização da montadora para exibi-lo e comercializá-lo, algo que só deverá acontecer ainda após o dia 28 de março.

O preço cogitado para o modelo XEi (que é o que por enquanto tem sido alocado para as concessionárias, aguardando a hora de ser exposto e vendido) chega aos 77 mil reais.

Quem conhece a franquia desse carro garante que vale a pena adquirir o novo modelo.  Trata-se de um veículo que possui alto índice de satisfação do cliente. Além disso, ele virá com câmbio automático e motor 2.0. Outros modelos chegarão às lojas até o desenrolar do seu lançamento oficial.

Segundo informações da imprensa automotiva, os modelos que estão para chegar às lojas serão o Xli (a um preço médio de R$ 66.800 a R$ 70.960, dependendo do tipo de câmbio), o Gli e o Altis, que promete ser uma espécie de top de linha dos modelos Corolla (custará cerca de R$ 89.300).

Por Alberto Vicente


Foi lançada no dia 28 de fevereiro a nova linha de minivans C4 Picasso e Grand C4 Picasso da Citroën. Os modelos ganharam pequenas mudanças na aparência, além da garantia que agora é de três anos.

O C4 Picasso ganhou lanternas traseiras mais escuras, enquanto o Grand C4 Picasso foi equipado com faróis com luzes de lente branca e a de posição, em LED. Os dois carros possuem rodas de 17 polegadas e as maçanetas vieram cromadas. O espaço interno de ambos não passou por nenhum radicalismo, apenas o revestimento dos bancos teve alguma diferença em relação à versão anterior.

Itens opcionais bem pouco, para não dizer quase nada: somente teto solar panorâmico para o Grand C4 Picasso.

O C4 Picasso e o Grand C4 Picasso serão vendidos nas concessionárias Citroën a partir de R$ 78.490 e R$ 91.990, respectivamente.

Por Andrea Gomes

Fonte: Webmotors


O lançamento do modelo sedã S60 pela  gigante Volvo demonstra ao mercado que segurança é um item imprescindível hoje em dia, mas é algo extremamente caro. A empresa desenvolveu um veículo que não apenas é luxuoso, por dentro e por fora, mas é capaz de evitar até atroplelamentos. O preço inicial da máquina chega perto dos R$ 170 mil, na versão de 304 cavalos de potência.

O sistema de segurança do S60 é capaz de detectar pedestres, de maneira que pode ser plenamente possível ao sedã evitar uma colisão. Detalhe: para que a colisão seja evitada é necessário que o veículo esteja a até 35 quilômetros de velocidade. Acima dessa velocidade os sensores do S60 ficam inoperantes. Outra novidade é o serviço de assistência e segurança ao proprietário batizado de Volvo on Call que, aliado ao sistema de GPS, faz com que o carro “se comunique” com uma central de segurança da empresa, algo muito útil em casos de acidentes que demandem socorro imediato (mas só é gratuito nos primeiros dois anos, que é o período da garantia).

A listagem de itens inovadores vai mais longe como pode-se conferir no site da empresa. Mas, em resumo, a proposta da multinacional sueca é oferecer um conceito de automóvel que irá atrair uma faixa de compradores entre 35 a 40 anos, com tudo o que a tecnologia possa oferecer em termos de segurança, conforto e alto desempenho em quatro rodas.

Por Alberto Vicente Silva


Após certo atraso um dos carros mais populares da Fiat, o Uno enfim terá sua versão duas portas comercializada no mercado brasileiro. A montadora italiana confirmou que o novo modelo estará à venda a partir do final deste mês de Fevereiro em suas concessionárias.

O novo Fiat Uno duas portas vem com um desenho mais moderno. Suas linhas são equilibradamente compactas e transmitem a aparência de uma maior suavidade no desenho com uma frente mais despojada. Para um compacto urbano o design é jovial, leve e bastante agradável. O novo modelo será oferecido exatamente nas mesmas versões do Uno quatro portas atualmente vendidas, que são: Way 1.0 e 1.4, Attractive 1.4, Sporting 1.4 e Vivace 1.0.

Seu preço inicial no modelo Vivace 1.0 Flex duas portas parte de R$ 26.490. O modelo Way 1.0 também Flex nesta nova versão sairá a R$ 27.670. A versão Attractive 1.4 Flex com duas portas custa a partir de R$ 29.840. Já o modelo nesta nova versão da configuração Way com motorização 1.4 Flex tem seu preço partindo de R$ 30.650 e finalmente a versão Sporting 1.4 Flex duas portas custa R$ 32.170.

A expectativa da montadora é que o modelo duas portas tenha o mesmo sucesso que o Uno tradicional. O que deverá ocorrer principalmente porque em função do atraso formou-se uma fila de espera que segundo a fabricante chegou a 20 mil veículos. 

Por Mauro Câmara

Fonte: Auto Esporte


Entre lançamentos, reestilizações e versões especiais as montadoras aquecem a briga nos diversos segmentos do mercado de automóveis. E no nicho dos sedãs a briga promete ser boa em 2011 com a chegada do Peugeot 408 e a futura reestilização do Toyota Corolla prevista ainda para este ano.

E a Honda, dona do segundo colocado no ranking de vendas, o Honda Civic, também tem seus trunfos e está lançando no mercado brasileiro uma série especial chamada Honda Civic LXL SE. Mantendo a elegância e fluência das linhas do design original do sedã, que em seu visual nesta edição especial, não sofreu qualquer tipo de mudança, a série especial lançada agora prima por mais equipamentos interessantes compondo o conjunto de um carro moderno, confortável e que alia a estas características, além de beleza, muita classe.

Alguns dos itens presentes nesta série são sensores de estacionamento, direção com assistência elétrica, freios tipo ABS com EBD, retrovisores elétricos, entre outros itens de funcionalidade e beleza que aumentam o luxo e o requinte do modelo.

O motor permanece o mesmo, um 1.8 Litros 16V tipo flex que pode produzir 140 Cv de potência quando alimentado com álcool e 138 Cv quando o combustível for gasolina.

Os valores partem de R$ 67.430 na versão com transmissão manual de cinco velocidades e tecido no revestimento. Com a transmissão automática o preço vai a R$ 72.165. Já na versão com o opcional revestimento interno em couro a configuração com câmbio manual custa R$ 69.085 e a com transmissão automática fica por R$ 73.885.

Por Mauro Câmara

Fonte: Honda


Assim como o preço da segurança é a eterna vigilância, o preço da liderança é a constante atualização. E com a chegada do novo Peugeot 408, já marcada para o mês que vem, a Toyota sabe que a briga no segmento dos sedãs será acirrada.

Seu sedã Corolla atualmente é o líder folgado de vendas neste segmento e mesmo assim a montadora já planeja uma nova reestilização da atual geração líder de vendas ainda para este ano.

Sem contar as mudanças estéticas, conforme sites especializados, deverá haver mudanças mecânicas também, como por exemplo, a adição de transmissão manual de seis velocidades para a versão 2.0 do sedã. Com desenho imponente, de linhas fortes, bem equipado e com bom desempenho e rendimento o Corolla atingiu a liderança e com a próxima reestilização deverá ficar ainda mais forte para mantê-la.

E enquanto a nova geração não chega, a Toyota está promovendo uma campanha de promoções chamada Corolla Fest 2011, válida para as quatro versões atuais do sedã: a XLi, GLi, XEi e Altis, que dá a quem se tornar dono de um desses modelos a possibilidade de escolher entre IPVA grátis, taxa de juros especial para o financiamento no banco da marca ou a quantia de R$ 3.000 em combustível como brinde na compra.

Com o término desta promoção previsto para o dia primeiro de março a Toyota mostra que quer mesmo manter a liderança conquistada pelo Corolla.

Por Mauro Câmara

Fonte: Novo Corolla


Elegante no desenho e cheio de classe no estilo, como é hábito dos modelos  da Peugeot, o novo sedã 408 teve confirmado para os últimos quinze dias do próximo mês de Março o início de suas vendas no Brasil e também os valores que serão praticados para sua aquisição. E reside justamente neste item um diferencial da marca para aumentar suas vendas neste segmento de automóveis.

Mais barato que seus concorrentes diretos, o 408 tem seu preço mais baixo na versão Allure com câmbio manual partindo de R$ 59.500. Valor abaixo do atual líder da categoria, o Toyota Corolla. Mas a montadora não quer proporcionar apenas um preço mais competitivo, quer também oferecer itens que sejam diferenciais e que pesarão a favor do seu modelo, entre os quais estão: maior conforto e espaço interno, e maior capacidade no porta-malas com 526 litros, além de equipamentos de série interessantes como freios ABS e ESP.

Quanto à motorização o propulsor será um 2.0 Litros versão flex 16V, que pode gerar 151 Cv de potência quando movido a etanol e poderá agregar tanto uma transmissão automática de cinco velocidades quanto vir na configuração de câmbio automático AT8.

Para os últimos seis meses deste ano a montadora prevê que a versão top de linha já estará equipada com um motor 1.6 Litros turbo high pressure, que em conjunto com um câmbio sequencial de seis marchas poderá atingir até 165 Cv de potência. Dividido em três versões o novo 408, como já dito, parte de R$ 59.500 na versão Allure e tem seu preço mais alto na versão Griffe automático que custa R$ 79.900.

Por Mauro Câmara


O novo modelo do Passat, o CC R-Line, já está em processo de encaminhamento às concessionárias da Volkswagen no Brasil. O carro apresenta vários itens de série especiais que proporcionam ao sedã uma aparência mais esportiva, como rodas de liga leve de 18 polegadas e spoilers nas laterais e na parte frontal.

O modelo foi fabricado pela Volkswagen R Gmbh, subsidiária da Volkswagen e especializada em produzir veículos esporte e com características que os tornam únicos e particulares. Segundo o blog da montadora, o volante do novo Passat tem acabamento em couro e algumas funções podem ser acionadas a partir dele, como a mudança de marcha.

Outro atrativo são os bancos de couro que podem ser ajustados de forma elétrica e não manualmente, como na maioria dos carros. Entre outros recursos, a máquina possui visor que exibe quando o pneu do carro está precisando ser calibrado, e ainda, seis airbags, sensor de chuva, câmbio automático, entre outras mordomias. Para adquirir o Passat CC R-Line, o consumidor deverá pagar em torno de R$ 189.130,00.

Por Andrea Gomes


Este mês já começam as vendas da Ranger Sport 2011 da Ford que conta agora com nova modelagem e confortabilidade, destacando-se como a picape mais vendida no Brasil.

Segundo site oficial da Ford, a Ranger vem com para-choque dianteiro da mesma cor do automóvel, além de uma nova grade de proteção, portas com moldura na lateral e na caçamba. O novo modelo pode ser adquirido por R$ 55.990, contendo 23 itens de série como direção hidráulica, ar-condicionado, vidros, travas e retrovisores elétricos, além de outros equipamentos.

O motor do automóvel é um Duratec 2.3 16V a gasolina, apresentando maior potência e torque equivalente a 150 Cv e 22,1 kgfm. A garantia de fábrica é de três anos.

Por Andrea Gomes


Carros personalizados, grosso modo, parecem ser realidade para poucas pessoas mais endinheiradas ou totalmente apaixonadas por veículos. Contudo, o setor tem procurado abranger todas as possibilidades diferenciadas para seduzir os consumidores, como por exemplo, a montadora Fiat e a nova versão do Uno, que já pode sair da concessionária com visuais bastante inovadores.

Mesmo assim, existem modelos altamente equipados e de alcance restrito. Caso é o Gol Vintage, carro-conceito concebido por designers da Volkswagen do Brasil. Segundo informações da fabricante, 30 unidades serão confeccionadas, o que representa cada ano de existência do Gol.

Cada unidade trará uma numeração, com alguns itens da carroceria pintados à mão. Aliás, a pintura do carro, tais como teto e capô, seguirão a mesma ideia (pintado à mão), acompanhando equipamentos de série especiais e uma guitarra, também produzida limitadamente.

O carro virá equipado com rodas de liga leve aro 16, com pneus 205/45 e motor 1.6 total flex. O preço sugerido ao exemplar é de R$ 52.180,00.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Volkswagen


Se você gosta de carros especiais, daqueles que possuem uma alma além de sofisticada, aventureira e agressivamente esportiva e também dispõe da módica quantia de R$ 390.000 (preço sem as taxas para importação e os impostos cobrados no Brasil), pode se interessar pelo novo superesportivo da MacLaren. Basta também ter um pouco de paciência para aguardar na fila de espera para receber a máquina, cujas primeiras unidades deverão ser entregues aos felizardos a partir de 2013.

Brincadeiras a parte, o novo superesportivo da fabricante inglesa, o MP4-12C, é um desses carros dos sonhos, que figuram na brilhante e cara constelação dos esportivos de luxo, que esvaziam os bolsos, inflam o ego e enchem a alma, além é claro de conferir o devido status àqueles que podem comprar uma máquina dessas.

Além do DNA da MacLaren o modelo tem um design arrojado de linhas que remetem aos carros de competição. De fato o visual aerodinamicamente agressivo e o desenho insinuante parecem trazer para a pista de corrida uma elegância esportiva e jovial.

A motorização também encanta. O propulsor 3.8 V8 gera 600 Cv de potência, o que leva esta máquina ao arranque de 0 a 100 Km/h em somente quase três segundos.

Foto: My Car Heaven

Por Mauro Câmara

Fonte: Carro Online


O Brasil deve receber em breve o Porsche Carrera GTS, considerado o exemplar mais esportivo em relação ao modelo 911. Com motor de 408 cavalos de potência, bloco de 3,8 litros e tração traseira, a unidade deverá comportar detalhes exclusivos.

De acordo com informações emitidas pela Quatro Rodas, o Carrera GTS apresenta em seu exterior rodas de cubo central de 19 polegadas na cor preta. No interior do veículo o acabamento será pleiteado no padrão preto Alcântara aos assentos. Também contará com freio de estacionamento e volante de três raios.

Com capacidade de atingir de zero a 100 quilômetros por hora em 4,2 segundos, a velocidade máxima estipulada é de 306 quilômetros horários. O custo estimado ao mercado brasileiro é de R$ 580 mil.

Foto: Andrew Adams Design & Auto

Por Luiz Felipe T. Erdei


A Mini, fabricante inglesa de carros compactos, que levam ao pé da letra o significado do nome da empresa, e que fabrica talvez o compacto de maior sucesso na Europa, está se especializando também em reduzir o tamanho do preço de seus modelos.

Em uma estratégia visando uma maior fatia do mercado brasileiro combatendo concorrentes em potencial, a Mini já lançou no país uma versão mais barata do seu simpático, otimizado e funcional carrinho, o Mini Cooper.

Chamado de Cooper Salt, este compacto vendido no mercado nacional vai custar cerca de R$ 80.750. Em comparação com outras versões do modelo, uma economia aproximada de R$ 15.000. E o melhor, a redução do preço não reduziu as qualidades do simpático modelo.

Apesar de pequeno o seu motor 1.6 pode render 120 CV de potência impulsionando um carro de aspecto ágil, linhas retas e equilibradas, e dono de uma frente um tanto nostálgica, que lembra carrinhos das décadas de 50 e 60. E aí talvez resida boa parte do charme do modelo que tem na otimização do espaço interno uma de suas maiores qualidades.

E mesmo nesta versão mais barata, de um modelo atual e perfeitamente adaptado as necessidades do trânsito das grandes cidades, a maioria de seus equipamentos de série permanece aliando conforto, desempenho com tamanho e preço reduzido.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carros IG


A Rússia, como legitima integrante do BRIC, grupo de países que possuem economia emergente com altos níveis de crescimento, parece querer investir pesado na indústria automobilística. Assim como o Brasil, a China e a Índia, os outros integrantes do BRIC, os russos vem investindo em projetos e modelos de veículos que visam aumentar a eficiência e a qualidade dos carros russos.

Dentro desta nova tendência da indústria automobilística russa, o grupo Onexim, em parceria com uma grande fabricante de caminhões do país e os investimentos do empresário mais rico da Rússia, Mikhail Prokhorov, apresentaram o protótipo daquele que eles pretendem que seja o carro hibrido mais barato do mundo.

Batizado simplesmente de “E”, o modelo é um compacto de aspecto charmoso, linhas um tanto arredondadas principalmente na frente alta e de duas portas e que de acordo com os desenvolvedores do projeto terá espaço igual ao do modelo Mini Cooper. O carro que será desenvolvido em duas versões, a Cupê e a Hatch, que irão possuir um motor elétrico em cada roda e um propulsor a gasolina.

De acordo com os envolvidos no projeto a produção em série do “E” será iniciada em 2012 e o preço estimado de cada unidade deverá ficar em torno de US$ 14 mil.

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


Grandes novidades vêem aí ou já estão a venda no quesito obra de arte em quatro rodas. Carros com estilo Urbano e design original fazem a cabeça dos apaixonados por velocidade. É o caso do Fiat 500.

Ele é ao mesmo tempo vintage e moderno. Une o retrô com a ponta da nova tecnologia. O design é singular, mas não por isso menos inovador. As soluções são inteligentes e avançadas. É a versão melhorada de um modelo lançado há pelos menos 50 anos pela fiat. O teto solar é elétrico, direção elétrica dual drive e possui sete air bags.

Essa fofura sai por 63.860 reais, mas pode chegar até a 77.705 reais completo!

Por Victor Gonçalves


Os preços das versões intermediária e a top de linha SL do Sedã Nissan Sentra, tiveram seus preços reduzidos para R$ 71.290 e R$ 63.290, respectivamente. A linha SL também tem a novidade da câmera de ré, auxilia ao estacionar o automóvel.

Em contrapartida a versão de entrada não obteve seu custo de mercado diminuído, porém, tem sua linha 2011 agora novos equipamentos. Além do motor 2.0 litros, frios ABS com controle de frenagem, agora a versão de entrada também conta com computador de bordo, som com mp3 e seis alto falantes e saída para conexão Ipod.

Em termos de estética, as três versões citadas acima do Nissan Sentra, passaram por atualizações no estilo. Para os detalhes externos os faróis, pára-choques  e grade dianteiras foram redesenhados, com isso o modelo pode transmitir a linguagem da marca em seu design. Com esses novos ingredientes a Nissan espera aumentar as vendas nas concessionárias.

Confira no vídeo abaixo o comercial do Nissan Sentra 2011:

Por Oscar Ariel





CONTINUE NAVEGANDO: