Modelo não foi redesenhado, mas traz novidades nos pacotes de equipamentos.

A montadora Peugeot realizou o lançamento na quarta-feira, dia 10 de janeiro, da linha 2016 do modelo 208 que acabou mantendo os mesmos preços do ano passado, onde está R$ 45.990 na versão Active e R$ 62.890 para a versão Griffe automático. O modelo ainda não teve uma reestilização no visual do modelo lançado na Europa, no mês de março no Salão da cidade de Genebra.

Segundo o diretor de marketing da Peugeot, Frederico Battaglia, a empresa não pensou em redesenhar o carro 208, pois eles trabalham com cronogramas diferenciados, tanto aqui quanto na Europa.

Enquanto o modelo não é redesenhado, o carro conta apenas com a novidade nos pacotes de equipamentos. A versão mais simples, a Active, possui ar-condicionado, alarme, rádio, vidros e travas elétricas e também faróis de neblina, a central multimídia, nesta variante, é opcional.

Na opção Active Pack o carro conta com airbags laterais, ar-condicionado digital, volante em couro e com sistema multimídia. Na opção intermediária, a Allure, possui sensor de estacionamento traseiro, teto solar panorâmico e também piloto automático.

A versão mais luxuosa, a Griffe, a qual é comercializada somente com motor 1.6, vai equipada com sensor de estacionamento dianteiro, airbags de cortina, e também o aplicativo MyPeugeot.

A central multimídia, conta com um novo app para smartphones, o qual realiza o registro de informações do percurso e também navegação do carro na tela do próprio dispositivo.

De acordo com as informações passadas pelo Miguel Figari, o diretor geral da companhia, a montadora pretende aumentar suas vendas em até 30 por cento com a nova linha 2016.

Abaixo é possível consultar os valores das versões do novo Peugeot 208:

– 208 Active, com motor 1.5 e câmbio manual – R$ 45.990;

– 208 Active Pack, com motor 1.5 e câmbio manual – R$ 49.990;

– 208 Allure, com motor 1.5 e câmbio manual – R$ 53.290;

– 208 Allure, com motor 1.6 e câmbio automático – R$ 57.390;

– 208 Grife, como motor 1.6 e câmbio manual – R$ 59.190;

– 208 Griffe com câmbio automático – R$ 62.890.

Por Nádia Neves 

Novo Peugeot 208

Novo Peugeot 208

Fotos: Divulgação


Versão GT350 custará US$ 48.870 e terá 100 unidades produzidas, e versão GT350R custará US$ 61.370 e terá apenas 37 unidades fabricadas.

Se você acompanha as novidades no mundo dos automóveis e esportivos deve estar sabendo do lançamento do novo Mustang, que contará, dentro outras novidades, com diversas inovações tecnológicas e no design, como o aumento no spoiler dianteiro, o que causará um aumento do downforce, um novo aerofólio de fibra de carbono, difusor agressivo, novas entradas no capô, aberturas nas caixas onde ficam localizadas as rodas dianteiras, e talvez a maior das novidades: as rodas serão em fibra de carbono, com o tamanho de 19 polegadas. A Ford é a primeira empresa a apresentar esse tipo de inovação em modelos de série. Todas essas inovações fazem com que o novo modelo seja considerado o mais poderoso já feito.

Se depois de saber todas essas novidades, você está tentando imaginar qual seria o preço,  temos uma boa notícia para você! Na última terça-feira, as duas novas versões, mais potentes do Mustang 2015, tiveram seus preços divulgados nos Estados Unidos.

O vazamento da informação diz que as versões chamadas de GT350 teriam seus preços em torno de US$ 47.870, sem incluir as taxas extras. O modelo GT350 será o modelo de entrada, com produção de apenas 100 unidades inicialmente.

A outra versão, a GT350R será a mais cara e contará inicialmente com apenas 37 unidades, e terá o preço inicial de US$ 61.370, sem incluir as taxas e possíveis acessórios. Os interessados em modificações nos modelos também terão vez. As opções de incrementos para os carros apresentam vários pacotes diferenciados, com modificações esportivas, tecnológicas ou somente visuais. Os preços variam desde US$ 3.000 até US$ 7.500, para todos os gostos e bolsos.

Vale lembrar, que o preço anunciado vale, por enquanto, somente para os Estados Unidos. Ainda temos que esperar o anúncio da versão do preço para os bolsos brasileiros, que  deverá ser conhecida em breve, e como estamos acostumados será adicionado de algumas taxas e impostos, como de costume no mercado brasileiro.

Por Patrícia Generoso

Mustang GT350

Mustang GT350R

Fotos: Divulgação


Honda City parte dos R$ 53.900, alcançando a marca dos R$ 70.900.

A instabilidade na economia brasileira fez o preço de diversos itens subirem. E a Honda seguiu essa tendência e elevou os valores de seus modelos no país. O destaque na alta ficou por conta do Honda City, que chegou na incrível marca de R$ 70 mil, alcançando outro modelo da marca, o Honda Civic.

Esse não é o valor inicial do City, e sim o que alcançou sua versão top de linha. Os valores foram reajustados da seguinte maneira: a versão básica, DX manual, tem valor de R$ 53.900,00; a intermediária, EX CVT, tem preço de R$ 67.700,00; e a versão mais cara e mais completa, a EXL CVT, está na casa de R$ 70.900,00. Esses valores já estão no site oficial da marca.

Obviamente, de uma maneira geral, os veículos da Honda são bem vistos tanto no mercado internacional quanto no nacional, porém com a crise econômica no país, essa alta nos valores do City não é vista com bons olhos.

A segunda geração do City foi lançada no Brasil em setembro do ano passado, e é baseada na mesma plataforma do Honda Fit, um dos modelos mais populares da montadora oriental. Sua produção é na planta da Honda em Sumaré, em São Paulo.

O City é o mais vendido entre os compactos premium no Brasil, e em abril deste ano foram vendidas 2.553 unidades. No total de 2015, até o momento, já foram emplacadas mais de 11 mil unidades, de acordo com dados da Fenabrave. Os principais concorrentes do City são o Ford New Fiesta Sedã e o Chevrolet Cobalt, que também têm bom número de vendas no país.

Só resta saber se com essa crise financeira a média continuará boa, dentro do esperado, ou irá cair, como está acontecendo com diversos outros modelos de várias montadoras pelo Brasil. Tanto, que boa parte delas está em férias coletivas forçadas para conseguirem vencer a crise e não terem que aumentar os valores de seus veículos.

Por Felipe Villares

Honda City 2015

Honda City 2015

Fotos: Divulgação


Novo modelo reestilizado será lançado no Salão de Buenos Aires e virá para o Brasil logo em seguida.

O Ford Focus apareceu mais caro no configurador da página da montadora Ford, esse aumento do veículo ocorreu um pouco antes da chegada o novo modelo reestilizado do veículo.

O novo Focus reestilizado tem previsão para ser lançado oficialmente somente no Salão de Buenos Aires, evento que ocorrerá no mês de junho e deverá chegar ao Brasil logo em seguida.

Contudo, enquanto isso não acontece, o Focus tem preços a partir de R$ 69,9 mil na sua versão mais básica que é a S 1.6, sendo que pode chegar a custar até R$ 98,9 mil na versão considerada topo de linha, que é Titanium Plus 2.0.

Após ter sido lançada aqui no Brasil no mês de outubro do ano de 2013, a terceira geração do Focus tinha os seus preços entre R$ 60.990 e R$ 89.990. Apesar de o segmento dos sedans médios estar sofrendo uma forte queda nas vendas, o Ford Focus ainda assim conseguiu ser o líder de vendas com apenas 1.188 unidades comercializadas no país ficando à frente dos seus principais concorrentes que são o Volkswagen Golf e o Chevrolet Cruze.

A versão de mais básica do Focus, a S 1.6, já vem de fábrica, além dos itens obrigatórios, com os seguintes incrementos: airbag duplo e freios ABS, vidros elétricos somente parte dianteira, ar condicionado analógico, banco do motorista com regulagem de altura, retrovisores elétricos, alarme, Isofix, volante com ajuste de profundidade e altura, dentre outros itens.

Conforme a versão escolhida pelo cliente no ato da compra o veículo pode sair da concessionária acrescido com os seguintes itens: seis airbags, retrovisores externos com rebatimento e aquecimento elétrico, Park Assist, controle de tração e estabilidade, faróis de Xenon, sensores de estacionamento na parte dianteira e traseira, bancos em couro, ar digital de duas zonas, sensor de chuva, câmera de ré, sistema de navegação e Sybs Media System com o sistema MyFord Touch.

Veja abaixo a tabela de preço com os preços das diversas versões do Ford Focus.

– Ford Focus S 1.6: R$ 69.900;

– Ford Focus SE 1.6: R$ 74.900;

– Ford Focus SE 1.6 Power Shift: R$ 78.900;

– Ford Focus SE 2.0 Power Shift: R$ 79.900;

– Ford Focus Titanium 2.0 Power Shift: R$ 87.900;

– Ford Focus Titanium Plus 2.0 Power Shift Plus: R$ 95.900;

– Ford Focus Sedan S: R$ 77.900;

– Ford Focus Sedan SE: R$ 82.900;

– Ford Focus Sedan Titanium: R$ 90.900;

– Ford Focus Sedan Titanium Plus: R$ 98.900.

Por Adriano Oliveira

Ford Focus reestilizado

Ford Focus reestilizado sedan

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: