McLaren quer Aumentar a Participação no Mercado

  

Montadora deve investir 1,3 bilhão de euros na produção de novos modelos. Veículos serão lançados nos próximos anos e devem aumentar o volume de vendas da marca.

Uma das maiores fabricantes de carros esportivos do mundo, a McLaren, tem planos ambiciosos para os próximos anos. A empresa pretende investir cerca de 1,3 bilhão de euros em pesquisa e desenvolvimento ao longo dos próximos seis anos, com o objetivo de lançar 15 novo produtos. Com isso, a McLaren deverá alcançar a marca de 4.500 a 5.000 unidades vendidas em 2022, um número bem superior ao vendido nos dias atuais. No ano passado, a empresa conseguiu vender 1.654 veículos.

Para este ano, o foco é aumentar as vendas consideravelmente para cerca de 3 mil unidades. Para conseguir estes números, a montadora inglesa, que atua na Fórmula 1 há anos, pretende investir em algumas mudanças em sua plataforma, com o objetivo de melhorar a engenharia de seus automóveis. Uma das grandes mudanças que deverá acontecer é na arquitetura do motor. A empresa poderá seguir a tendência de motores híbridos para seus novos modelos. Ainda não há qualquer informação concreta sobre a mudança do motor V8 atual para um motor V6. De qualquer forma, a McLaren deverá seguir seus traços de design arrojados e bastante esportivos, características marcantes da empresa durante toda sua trajetória no mercado.

A McLaren Automotive, como é conhecido o setor de carros de rua da empresa, dobrou seu valor desde 2013 e espera conseguir o mesmo feito por volta de 2022. A montadora tem como um dos seus objetivos ampliar consideravelmente sua rede de concessionárias em todo mundo, o que deverá aumentar o suporte aos clientes e, consequentemente, as vendas de novas unidades em locais onde a empresa não tinha grande atuação.


Atualmente a empresa conta com 82 pontos de venda em todo mundo. Até o ano de 2022, a fabricante deverá contar com mais de 100 concessionárias. Seja quais forem as metas adotadas para seus novos carros, a empresa visa conseguir um aumento substancial em suas vendas para não ficar estagnada no mercado de carros esportivos de luxo. Montadoras concorrentes, como a BMW, estão investindo cada vez mais em tecnologia em seus automóveis, uma vez que os motores híbridos ganharam força e o conceito de carros semi-autônomos já estão em patamares avançados.

Por William Nascimento

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *