Novos preços de modelos da Ford e da Honda

  

Montadoras Ford e Honda anunciaram alta nos preços de alguns de seus modelos.

Após um grande empurrão por parte da tão famosa crise, cerca de 74% das empresas afirmam que seu impacto ainda não foi superado. Grande parte da perca se relaciona à perda de investimentos, falta de demanda e acesso ao crédito.

A população em si consegue sentir na pele tal situação, em que 90% destes são ricos, escolarizados, e moradores de grandes cidades ou metrópoles.

A percepção populacional ocorre, segundo argumentos dos mesmos, devido ao aumento de preços de produtos e serviços, ou inflação, mencionado por 56%. E os demais se dividem entre argumentos que sugerem como culpada a corrupção, elevação de juros, falta de emprego, e aumento do preço do dólar.

Supera-se com grande luta, uma barreira implícita de 2 milhões de veículos vendidos este ano, causando pânico em boa parte desta área do mercado. De janeiro a setembro, foram registrados cerca de 1,95 milhão de automóveis, tanto comerciais leves, caminhões e ônibus, o que significa um decréscimo nas vendas de 22,6% em comparação com 2,5 milhões de unidades emplacadas nos mesmos nove meses de 2014.

Novidades na crise surgem com contraste em relação a outros mercados. Como já estamos acostumados com o sistema "Eu os ajudo a sair da crise que criei" devemos nos conter na hora de escolher privilégios, luxos e, é claro, marcas.

Os sites das empresas Ford e Honda divulgam preços de novos modelos de automóveis. E com todos os comércios abaixando seus preços, disponibilizando descontos, cortando taxas, nos deparamos com um leve, mas considerável aumento.

Com o susto (ou não), é explícito que existem empresas que agem como tanques de guerra, ignorando completamente a ausência de compras deste porte, ou provocando aqueles que não hesitam em investir em algo tão útil, ou importante como o ego, ou o carro mesmo.

Veja abaixo uma lista de preços feita pelo site Exame.com:

FORD:

– Ka:

  • SE 1.0 – R$ 40.590 (antes, R$ 39.390);
  • SE Plus 1.0 – R$ 42.690 (antes, R$ 41.390);
  • SEL 1.0 – R$ 46.290 (antes, R$ 44.490);
  • SE 1.5 – R$ 44.490 (antes, R$ 43.090);
  • SE Plus 1.5 – R$ 46.590 (antes, R$ 45.190);
  • SEL 1.5 – R$ 50.190 (antes, R$ 48.190).

– Ka+:

  • SE 1.0 – R$ 43.590 (antes, R$ 42.390);
  • SE Plus 1.0 – R$ 45.690 (antes, R$ 44.490);
  • SEL 1.0 – R$ 49.290 (antes, R$ 47.490);
  • SE 1.5 – R$ 47.490 (antes, R$ 46.090);
  • SE Plus 1.5 – R$ 49.590 (antes, R$ 48.190);
  • SEL 1.5 – R$ 53.190 (antes, R$ 51.190).

– Fiesta:

  • S 1.5 – R$ 47.990 (antes, R$ 46.790);
  • SE 1.5 – R$ 52.090 (antes, R$ 50.890);
  • SE 1.6 – R$ 55.090 (antes, R$ 53.890);
  • SE 1.6 Powershift – R$ 59.590 (antes, R$ 58.390);
  • Sport 1.6 – R$ 61.390 (antes, R$ 60.190);
  • Titanium 1.6 Powershift – R$ 66.490 (antes, R$ 65.290).

– Fiesta Sedan:

  • SE 1.6 – R$ 58.790 (antes, R$ 55.790);
  • SE 1.6 Powershift – R$ 63.290 (antes, R$ 62.290);
  • SE Plus 1.6 Powershift – R$ 64.990;
  • Titanium 1.6 Powershift – R$ 70.790 (antes, R$ 69.790);
  • Titanium Plus 1.6 Powershift – R$ 73.790.

– Focus:

  • SE 1.6 – R$ 69.900;
  • SE Plus 1.6 – R$ 73.900 (antes, R$ 71.900);
  • SE Plus 2.0 Powershift – R$ 80.900 (antes, R$ 78.900);
  • Titanium 2.0 Powershift – R$ 88.900 (antes, R$ 86.900);
  • Titanium Plus 2.0 Powershift – R$ 97.900 (antes, R$ 95.900).

– Focus Fastback:

  • SE 2.0 Powershift – R$ 81.900 (antes, R$ 77.900);
  • Titanium 2.0 Powershift – R$ 89.900 (antes, R$ 87.900);
  • Titanium Plus 2.0 Powershift – R$ 98.900 (antes, R$ 98.900).

HONDA:

– Fit:

  • DX manual – R$ 52.700 (antes, R$ 51.600);
  • DX CVT – R$ 57.900 (antes, R$ 56.600);
  • LX manual – R$ 57.700 (antes, R$ 55.900);
  • LX CVT – R$ 62.900 (antes, R$ 60.800);
  • EX CVT – R$ 67.900 (antes, R$ 65.900);
  • EXL CVT – R$ 70.900 (antes, R$ 68.900).

– City:

  • DX manual – R$ 55.300 (antes, R$ 53.900);
  • LX CVT – R$ 64.900 (antes, R$ 63.400);
  • EX CVT – R$ 69.000 (antes, R$ 67.700);
  • EXL CVT – R$ 72.700 (antes, R$ 70.900).

– Civic:

  • LXS manual – R$ 73.000 (antes, R$ 71.900);
  • LXS CVT – R$ 76.000 (antes, R$ 74.900);
  • LXR – R$ 80.700 (antes, R$ 79.400);
  • EXR – R$ 90.700 (antes, R$ 89.400).

– HR-V:

  • LX manual – R$ 73.700 (antes, R$ 71.900);
  • LX CVT – R$ 79.700 (antes, R$ 77.400);
  • EX CVT – R$ 84.700 (antes, R$ 82.400);
  • EXL CVT – R$ 92.900 (antes, R$ 90.700).

– CR-V:

  • EXL 4WD – R$ 136.900 (antes, R$ 134.900).

Por Caio Nunes Estima Magalhães

Ford Ka 2015

Honda Fit 2015

Fotos: Divulgação

Compartilhar:

2 comentários em “Novos preços de modelos da Ford e da Honda

  • Agora DX somente manual, Automatico no caso CVT do PERSONAL / LX / EX / e EXL

    A Honda apresentou a linha 2018 do Fit, que além de atualizações no design ganhou novos equipamentos para aumentar a competitividade do modelo. Um dos destaques é que agora o modelo vem equipado de série com o controle eletrônico de estabilidade e tração (VSA), controle de partida em rampa (HSA) e aviso de frenagem de emergência (ESS).
    Outra mudança foi inclusão de uma nova geração da direção elétrica, mais evoluída que melhora a sensibilidade da direção e o conforto.
    Visualmente falando, o Fit recebeu mudanças no para-choque e grade dianteiros, e também no para-choque traseiro, que ficou 8cm maior para aumentar a proteção à tampa do porta-malas em caso de colisões de baixa velocidade. As lanternas traseiras também são em LED em todas as versões.
    Em relação aos demais equipamentos, as principais novidades se concentram nas versões topo de linha EX e EXL. A versão EX traz luz de circulação diurna em LED na parte inferior do para-choque, airbag lateral, câmera de ré com 3 visões, ar-condicionado digital touchscreen, paddle shift – simulação de 7 marchas -, apoio de braço central revestido, função auto nos vidros dianteiros, e rodas de liga leve de 16 polegadas em nova cor.
    A EXL traz faróis dianteiros em LED, nova central multimídia com GPS e conectividade Android Auto e Car Play, rebatimento elétrico dos espelho retrovisores, bancos revestidos em couro, seis airbags, e tweeters.
    Toda a linha Fit é equipada com o motor 1.5 i-VTEC FlexOne, com controle eletrônico variável de sincronização e abertura de válvulas. Segundo o Inmetro, o Fit recebe duas notas “A” quando equipado com transmissão CVT. O Fit 2018 será oferecido nas versões DX, LX, EX, EXL, e na versão Personal. Essa nova tem como foco o público PCD, pois vem equipada com o câmbio CVT e tem o preço abaixo dos R$ 70 mil para que o cliente possa adquirir o carro com todas as isenções previstas em lei.
    O Fit 2018 também tem duas opções novas de cores: o Branco Estelar Perolizado, e o Azul Boreal (metálico). Também estão disponíveis o Branco Tafetá (sólido), o Prata Platinum e Cinza Barium (metálicas) e o Preto Cristal (perolizado). A linha possui três anos de garantia, sem limite de quilometragem.

  • Esses valores estão desatualizados, agora a linha 2017/2018 ficaram assim:

    DX – R$ 58.700
    Personal – R$ 68.700
    LX – R$ 70.100
    EX – R$ 75.600
    EXL – R$ 80.900

    Sou o VILLAS BOAS e sou da SPJAPAN da Av. Dr. Ricardo Jafet 1920 e meu telefone é 11-99944-9383
    para quem tiver interesse ou alguma duvida.

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *