Queda nas vendas de veículos em maio

  

Número de emplacamentos em maio caiu 27,5%, registrando 212.713 unidades de automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões emplacados.

Como era de se esperar, o fraco desempenho da economia brasileira está afetando diretamente a indústria automotiva no país. De acordo com dados da Fenabrave, associação das concessionárias, o número de emplacamentos de veículos caiu 27,5% no mês de maio, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Segundo a associação, foram 212.713 unidades de automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões emplacados. No mesmo período de 2014 este número foi de 293.344 veículos.  

Ao comparar com o mês anterior, abril deste ano, a queda foi significativamente menor, de 3%. No período, 219.371 veículos foram emplacados. Nos cinco primeiros meses de 2015 foram vendidos 1.106.476 veículos, contra 1.399.280 do mesmo período de 2014. Sendo assim, a queda é de 20,9%.   

No segmento de automóveis e comerciais leves, que representam a maior parcela do mercado, houve uma queda considerável de 26,2%, comparado a maio do ano passado (204.978 unidades contra 277.886).

O modelo líder no acumulado do ano é o Palio, da Fiat. Ele foi o único automóvel a conseguir superar a marca de 10 mil unidades emplacadas no mês. De acordo com a Fenabrave, foram vendidas 10.469 unidades. Na segunda posição aparece o HB20, com 8.848 unidades, seguido do Ford Ka, com 8.348 unidades vendidas.   

Já no segmento de caminhões e ônibus, o desempenho não foi nada animador. A queda foi ainda mais acentuada, registrando apenas 7.735 unidades vendidas em maio deste ano. Tal número representa uma queda de 50% comparado a maio de 2014, período que registrou 15.458 emplacamentos. Em relação ao acumulado, o segmento obteve uma queda de 38,8%.   


A queda entre as motos foi de 16,8%. Em maio deste ano foram emplacadas 105.472 unidades, enquanto que no ano passado o número foi de 126.704. Comparado a abril, mês que obteve 108.155 unidades emplacadas, o segmento registrou uma retração de 2,5%.  

O desempenho do mercado automotivo em 2015 deverá seguir em ritmo de retração, devido à crise financeira e à diminuição do crédito para aquisição de novos veículos.

Por William Nascimento

Venda carros

Foto: Divulgação

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *