Honda aumentou os preços de seus carros no Brasil

  

Honda City parte dos R$ 53.900, alcançando a marca dos R$ 70.900.

A instabilidade na economia brasileira fez o preço de diversos itens subirem. E a Honda seguiu essa tendência e elevou os valores de seus modelos no país. O destaque na alta ficou por conta do Honda City, que chegou na incrível marca de R$ 70 mil, alcançando outro modelo da marca, o Honda Civic.

Esse não é o valor inicial do City, e sim o que alcançou sua versão top de linha. Os valores foram reajustados da seguinte maneira: a versão básica, DX manual, tem valor de R$ 53.900,00; a intermediária, EX CVT, tem preço de R$ 67.700,00; e a versão mais cara e mais completa, a EXL CVT, está na casa de R$ 70.900,00. Esses valores já estão no site oficial da marca.

Obviamente, de uma maneira geral, os veículos da Honda são bem vistos tanto no mercado internacional quanto no nacional, porém com a crise econômica no país, essa alta nos valores do City não é vista com bons olhos.

A segunda geração do City foi lançada no Brasil em setembro do ano passado, e é baseada na mesma plataforma do Honda Fit, um dos modelos mais populares da montadora oriental. Sua produção é na planta da Honda em Sumaré, em São Paulo.

O City é o mais vendido entre os compactos premium no Brasil, e em abril deste ano foram vendidas 2.553 unidades. No total de 2015, até o momento, já foram emplacadas mais de 11 mil unidades, de acordo com dados da Fenabrave. Os principais concorrentes do City são o Ford New Fiesta Sedã e o Chevrolet Cobalt, que também têm bom número de vendas no país.


Só resta saber se com essa crise financeira a média continuará boa, dentro do esperado, ou irá cair, como está acontecendo com diversos outros modelos de várias montadoras pelo Brasil. Tanto, que boa parte delas está em férias coletivas forçadas para conseguirem vencer a crise e não terem que aumentar os valores de seus veículos.

Por Felipe Villares

Honda City 2015

Honda City 2015

Fotos: Divulgação

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *