Países do Mercosul terão placas de carros unificadas

  

A partir de 2016, os países do bloco econômico Mercosul usarão o mesmo modelo de placas. Isso mesmo, os novos veículos que forem emplacados em Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela, daqui a 14 meses, já virão com o novo modelo de placas. A data foi marcada em 2012, mas até agora não foram divulgadas muitas informações sobre o tema.

A ideia partiu da mesma já adotada pelos países que integram a União Europeia, que já adotou a medida há alguns anos. As placas que serão usadas no Mercosul terão 7 ou 8 caracteres, com abreviação do país, cidade e números que ajudarão na identificação. Nem mesmo o design já foi definido ou se os modelos em circulação deverão receber as novas placas. Também não foi informado como será feita a abreviatura das cidades e países e se o seguro obrigatório valerá para todos os países participantes.

O Denatran – Departamento Nacional de Trânsito ainda não tem informações precisas sobre a mudança no emplacamento. Quando consultado, não soube informar se a Carta Verde será eliminada ou mesmo se a imagem de uma placa apresentada pela imprensa argentina é verdadeira. A imagem conta com uma placa com oito caracteres e foi mostrada como sendo o modelo que será usado no Mercosul. Até o momento, a informação que o Denatran tem é que o modelo contará com 7 caracteres.

O assunto foi colocado em pauta em 2010 e seu objetivo é de ajudar na identificação e circulação de veículos do bloco. Já foi até definido um Grupo de Trabalho para a Elaboração e Implementação da Patente Mercosul, que se reuniu em Buenos Aires para dar continuidade ao projeto.


Segundo fontes do Itamaraty, o modelo de emplacamento já foi decidido e já possui aspectos gráficos e os elementos que aumentarão a segurança das placas. Ainda não há nada oficial, mas haverá um referendo sem data marcada para acertar algumas questões. 

Por Robson Quirino de Moraes

Placas de carros unificadas

Foto: Divulgação

2 comentários em “Países do Mercosul terão placas de carros unificadas

  • Eita, mas um roubo de mão armada sem arma de fogo ou fria, porque nós brasileiros aceitamos tudo que os políticos fazem, com certeza teremos que pagar mas uma fortuna para o emplacamento e pela transferência do auto comprado de segunda mão, as placas luminosos e o aumento das placas das motocicletas não diminuíram os acidentes e aumentaram a grana e os pedágio no Brasil, e nossas estrada cada vez pior e pagando mais IPVA E PEDÁGIO. Vamos pagar o pedágio e parar de pagar o IPVA. Vamos acordar pessoal JURÍDICO E FÍSICO.

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *