Carro seminovo volta a ser a preferência dos consumidores

  

A hora e a vez dos veículos usados. É com a volta do IPI para os veículos novos, a saída para estar com carro é o usado. Desde que a presidente diminuiu o valor do imposto sobre produtos industrializados, a venda de veículos novos aumentou significantemente. Deixando de lado o bom e velho carro seminovo. Agora as lojas de carros usados estão comemorando, mas não chega a tanto, pois as vendas melhoraram, mas o veículo usado está com preço um pouco abaixo.

Segundo os especialistas, para comprar um carro novo hoje utilizando o usado que tem em casa terá que desembolsar em torno de 20%, isso sendo o mesmo modelo a mesma marca, pois as indústrias automobilísticas repassaram para os veículos novos o valor do IPI. E também a desvalorização está mais assídua devido à velocidade em que as montadoras colocam o veículo no mercado, e com valores, às vezes, quase o dobro do que custavam há dois anos, por exemplo.

As empresas vendedoras de seminovos estão com dificuldades em conseguir modelos com valores inferiores a R$ 100.000,00, pois estes que estão começando a esquentar o mercado. Carros seminovos de modelos populares são o que os motoristas estão procurando. E para explicar a escassez de seminovos é fácil: com o aumento nos preços dos veículos novos, há pouca procura dos mesmos, pois na maioria das vezes o carro usado entra como parte do novo. Logo não há veículos usados para serem revendidos.

E com a procura imensa de seminovos, fica faltando veículo no mercado. Mas quanto mais tempo passa a quantidade da frota de veículos está aumentando a cada ano nas ruas. Quem sabe agora, com essa escassez de veículos nas revendedoras, o trânsito possa ter um pouco de alívio.


Por Antônia Mendes

Carro seminovo

Foto: Divulgação

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *