Financiamento de Automóveis – Mês de janeiro apresenta queda de 12%

  

A operadora do Sistema Nacional de Gravames (SNG), a Cetip, que reúne dados em um cadastro de restrições financeiras de veículos, divulgou nesta terça-feira (18) a base integrada de informações revelando a situação de financiamentos no mês de janeiro.

De acordo com o relatório da Cetip, no mês passado foram financiados 439.122 automóveis e comerciais leves. Os dados apontam que houve uma queda de aproximadamente 12% se comparados com o mês de dezembro de 2013, que foram registrados 493.685 financiamentos. Os números assustam, mas se a comparação for feita com o mês de janeiro do ano passado, quando cerca de 450 mil veículos e comerciais leves foram financiados, a queda para 2,25% de diferença dá um pouco mais de alívio aos dados do mercado automobilístico.

As vendas financiadas de automóveis e comerciais leves usados teve uma ligeira queda de 0,4% e chegaram em 264 mil unidades comercializadas. O mesmo não aconteceu com os financiamentos novos, que atingiram 175 mil unidades, o que significa 40% do total no mês passado, queda de quase 31% em conferição com o mês anterior.


Mesmo com os dados indicando pessimismo no setor de financiamento de carros, tanto para o segmento de veículos novos, quanto no de usados, o Crédito Direto ao Consumidor, conhecido como CDC, se manteve como a forma preferida para a concessão de crédito para a aquisição de veículos e comerciais leves. Os dados são 88,8% para veículos novos e 92,8% dos casos de investimento para os usados.

Além dos dados para conferir como anda o mercado de financiamento de automóveis, também foi analisado o perfil desses financiamentos. O chamado ticket médio (valor médio que é gasto por cada consumidor) do segmento teve um leve aumento de R$ 23,6 mil em janeiro de 2013 para R$ 24 mil em janeiro de 2014. Já o prazo médio de financiamento, incluído na pesquisa, se manteve em 41 meses.

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *