GNV – Queda nos Preços em 17 cidades do interior de São Paulo

  

A alta no preço do etanol tem tornado o combustível desvantajoso em várias unidades federativas brasileiras. Atualmente são cerca de 6 estados com rentabilidade para o primeiro, situação que ainda pode se agravar caso algumas tendências sejam mantidas. Outra plataforma de abastecimento do veículo automotor é o Gás Natural Veicular (GNV), que ao surgir no país motivou condutores a converterem seus carros devido à rentabilidade financeira, mesmo com perda de potência.

Em breve os preços do GNV deverão ficar mais baratos nos postos de 17 cidades do interior do Estado de São Paulo, pois a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de SP (Arsesp) publicou na última sexta-feira (10 de dezembro) uma diretriz para amenizar as tarifas do setor na esfera de concessão da Gás Natural São Paulo Sul.


Com a publicação, de acordo com o portal de Economia UOL, as concessionárias estão liberadas para comprar parcela dos volumes voltados ao setor em leilões, permitindo, portanto, o trabalho sob novas tarifas ao Gás Natural Veicular.

Apesar disso, a Arsesp não tem a possibilidade de regular o repasse do decréscimo no valor ao usuário final. Caberá aos postos, pois, regular a diferença de maneira a tornar o GNV mais competitivo perante os outros combustíveis.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *