Suspensão da Venda do Toyota Corolla é Respeitada por Montadora

  

O Ministério Público de Minas Gerais decidiu na última quarta-feira, 21 de abril, suspender as vendas do veículo Corolla, produzido pela montadora Toyota, em todo o território mineiro. Justificativas da companhia dão conta de que o problema ocasionado aos clientes se deve a uma falta de fixação do tapete no assoalho do carro.

A empresa, em nota, diz respeitar a decisão adotada, porém, não vê isso como um fator para gerar a represália – esse embate aconteceu em nove veículos da Toyota. O Procon Estadual, intermediário decisivo, relata que é o suficiente para colocar em risco a vida das pessoas que adquiriram o Corolla.


Além disso – relatado indiretamente –, a montadora avalia, conforme mencionado pela agência de notícias Reuters, que a decisão é fundamentada em alguns episódios de aceleração involuntária citadas por clientes. Entretanto, o MP poderá liberar as vendas quando a Toyota  adotar medidas cabíveis envoltas do problema.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Reuters

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *